quinta-feira, março 05, 2009

Miguel Lopes e Varela no Porto, Nené onde quiserem e o SLA

1. Prefiro o Tiuí Gostava de saber o que acham sobre a contratação de Varela e Lopes por parte dos dragões. O primeiro parece-me uma boa solução de banco, não mais do que isso (tinha a desvantagem de não se chamar Tiuí em Alvalade), o segundo tem ainda que provar as boas indicações que tem dado para se tornar no novo Bosingwa ou algo semelhante a isso. Matéria-prima ofensiva, há. O resto não sei.

2. Super-Nené Ainda neste capítulo, por proposta do Ricardo, gostava de vos perguntar se não acham que Nené devia reforçar um dos grandes. Sou fã incondicional e defendo que, ao contrário do que se costuma dizer, quem o faz num clube menos apetrechado, de certeza que o fará num clube com maiores potencialidades.

3. Prefiro o Maxi Ainda a propósito de Miguel Lopes, lembro que o jovem lateral direito já foi jogador do Benfica, ou seja, foi mais um talento desperdiçado. Encontrei um post escrito por mim há mais de 3 anos que fala dessa passagem, embora com outros contornos. Fica na íntegra no ponto 4, para animar esta fase sem jogos.

4. "SPORT LISBOA E ALVERCA

CARLOS PEREIRA
De entre as leituras de férias que adiei, apareceu-me uma reveladora entrevista de Carlos Pereira ao jornal Record (sim, voltei a comprar jornais e a fumar...), conduzida por João Cartaxana, que já fizera uma entrevista histórica a António Figueiredo. Carlos Pereira substituiu Jesualdo Ferreira no comando técnico do Alverca, quando este foi para Braga, para além de ser o coordenador das camadas jovens dos ribatejanos, quando estes conquistaram o título nacional de juniores. Chega de apresentações, vamos às palavras, copiadas da entrevista.

PROJECTO O actual presidente do Benfica chegou a ligar a Dias da Cunha para que o Sporting não fizesse finca-pé para o regresso de Carlos Pereira a Alvalade. "Estive uma manhã inteira reunido com Ribeiro Telles e José Bettencourt e tínhamos já tudo assente para o meu regresso, mas Luís Filipe Vieira demoveu-me. Acreditava nele e nos valores morais que apregoava." (...) "Sim, estou arrependido da decisão que tomei, mais emotiva que racional."

FORMAÇÃO Vítor Manuel substituiu-o, Carlos Pereira voltou à formação e o Alverca foi campeão nacional de juniores, feito histórico, com dez jogadores do Sporting trazidos por ele.

DONO DO ALVERCA "Ainda acreditei que as empresas, que são as maiores accionistas da SAD, a Spinel [de Luís Filipe Vieira] e a Olivedesportos [de Joaquim Oliveira] iriam encontrar uma saída para a situação." (...) "A saída do presidente foi a primeira machadada no projecto. Fiquei um pouco inquieto e céptico, apesar de o presidente ter deixado na SAD pessoas da sua inteira confiança, incluindo o próprio filho. Ainda acreditei, mesmo estando no Benfica, que continuasse a dar apoio ao projecto, até porque 'mexia os cordelinhos' na SAD do Alverca, mas isso não aconteceu."

FALÊNCIA "Não sei se o Mantorras foi pago ou não, se os dez jogadores [Manu, Rodolfo Lima, Yannick, Zé Rui, Futre, Amoreirinha e mais quatro jovens] que sairam para o Benfica na época passada foram pagos; se o Miguel Lopes que, dentro de dois, três anos vai ser o lateral-direito do Benfica, foi de borla ou não e quais os contornos do contrato..."

Podem tirar-se várias conclusões desta entrevista: a primeira é a de que Dias da Cunha anda a fazer figura de urso, há alguns anos, apesar das farpas inconsequentes que lança nos media; não se compreende como é que a Alverca SAD acumulou o passivo que a levou à suspensão do futebol profissional, com sucessivas e chorudas vendas (?) ao Benfica. E daí, talvez se perceba...; podemos desconfiar das palavras de Paulo Barbosa sobre a ligação de Luís Filipe Vieira à Spinel, mas não das de Carlos Pereira, que confirmam a ligação e vão mais longe, bem mais longe...

A propósito, a Alverca SAD foi concorrente da Benfica SAD nas épocas de 2000/2001, 2001/2002 e de 2003/2004."

master kodro

21 comentários:

Ricardo disse...

1. O Varela é um jogador interessante: possante, capaz de entender as movimentações dos médios e com um bom remate. Acho-o um jogador com qualidade para jogar numa equipa que lute para a Europa, para dar uma definição. No Porto, tenho sérias dúvidas de que algum dia seja influente.
Há, sobre esta contratação, uma questão: já há algum tempo que a contratação vem sendo falada e acaba por ser anunciada ainda longe do fim do campeonato e com o Estrela na situação que se conhece. Tendo em conta a possível "ajuda" de há uns tempos por parte do Porto ao clube da Reboleira, pode ser um negócio com outras intenções. Eu disse "pode ser", não disse "é"...

Quanto ao Lopes, ofensivamente é bom. A forma como defende não me maravilha por aí além e até acho que tem algumas dificuldades em fechar os espaços. Mas pode ser uma boa solução para o Porto se, entretanto, evoluir e superar os defeitos que tem.

2. Olhando para o historial deste jogador no Brasil, ficamos com a ideia de que andou muito tempo perdido por terras de Vera Cruz, fosse por incapacidade para se afirmar, fosse por poucas oportunidades de se mostrar a bom nível. A verdade é que, nesta primeira época em Portugal, tem sido arrasador. Aparece no sítio certo para aproveitar bolas perdidas, ataca bem os espaços nos cruzamentos, sabe recuar, receber e rodar a bola, tem um bom remate, parece compreender na perfeição a estratégia da equipa (para mim, esta é das condições mais importantes num jogador, porque revela a forma como pensa e conhece o jogo) e é solidário (sabe passar a bola quando deve). Por tudo isto, dir-se-ia que está mais do que talhado para jogar num grande em Portugal. No entanto, vários foram os exemplos de jogadores goleadores em pequenas e médias equipas que, por um motivo ou por outro, não conseguiram nos grandes potenciar todo o crédito que haviam ganho nas épocas anteriores. Não sei se será o caso do Nené mas desconfio que sim. Ou, pelo menos, não seria a minha opção para o Benfica. No Sporting, tendo em conta a predominância que Liedson tem, também não lhe auguro grande sucesso. O Porto, mais uma vez e já algum tempo, parece ser, de longe, o clube que mais facilmente poderia fazer dele um goleador num grande.

De qualquer forma, nada como esperar para ver. Há quem diga que ele já está contratado por um clube estrangeiro.

Aquilo que ele tem feito neste campeonato, seja qual for o seu destino, já ninguém lho tira. É uma das figuras da Liga Sagres.

4. A ser verdadeiro o que Carlos Pereira diz, é grave. E preocupante.

Quanto a Miguel Lopes, parece que o Pereira acreditava totalmente no seu potencial, era ele ainda (mais) jovem. Olhando para ele (Lopes) agora, não entendo a frase tão assertiva de Carlos Pereira.

master kodro disse...

Só para esclarecer, eu não prefiro o Tiuí. Mas o Sporting prefere. É só uma boca.

Quanto ao Nené, é tudo o que dizes. O Liedson não é eterno e joga com um ao lado. No Benfica, com Reyes, Martins e Aimar a assistir era gajo para marcar. E no Porto então...

O Carlos Pereira costuma ter olho. E que olho.

Pedro disse...

Anda aqui cada Zé...

Para quem não sabe o Varela sai em final de contrato, ou seja, a custo ZERO.

O único favor aqui é do Porto ao Estrela, porque lhe tira mais uma boca para alimentar.

Deixem de ser vieiristas e usem o cérebro!

Sérgio_alj disse...

Boas!

Tudo sobre o Mundial de Rugby Sevens, a NBA e os Hornets no seguinte link:
http://geoalj.blogspot.com/

João disse...

MK, faz-me verdadeira confusão que num país já de si tricéfalo até os adeptos dos não-grandes se preocupem com quem os grandes devem ou não contratar.

Para mim o que é mais preocupante não é que os grandes deixem escapar alguns talentos que apareçam em clubes mais pequenos. Para mim o mais preocupante, pensando na competitividade que se deseja para o futebol português, é que qualquer talento que expluda num clube pequeno, se não for imediatamente contratado por um grande, vai acabar por sair ao fim de pouquíssimo tempo para o estrangeiro, muitas vezes para campeonato ainda menos interessantes (excepto do ponto de vista financeiro, claro está) do que o nosso.

Eu olho para o passado e recordo-me de excelentes jogadores que jogaram vários anos em Portugal sem nunca terem passado por um grande: Mladenov, Yekini, Edmilson (Marítimo e Guimarães), Radi, Amâncio... Hoje isso é impossível. Um Cláudio Pitbull faz uma boa época no V. Setúbal e transfere-se para o Rapid de Bucareste, de onde não temos notícias dele. Um Saganowski mostra atributos no Guimarães e um ano ou dois depois está no Southampton. Isto é que me entristece, enquanto adepto de futebol neste país.

Ricardo disse...

Uma pequena nota sobre o Varela.

Não sei como vai evoluir este jogador, se vai chegar a ser um jogador da selecção ou não.
O que sei é que neste momento tem categoria para fazer parte de qualquer plantel da primeira divisão.
Neste momento não será uma estrela dos 3 grandes, mas tem categoria para fazer parte e jogar.
Além do mais, é novo e barato.
Conclusão: Boa compra.

Cumprimentos,
Ricardo Marques

Pedro Reis disse...

"Há, sobre esta contratação, uma questão: já há algum tempo que a contratação vem sendo falada e acaba por ser anunciada ainda longe do fim do campeonato e com o Estrela na situação que se conhece. Tendo em conta a possível "ajuda" de há uns tempos por parte do Porto ao clube da Reboleira, pode ser um negócio com outras intenções. Eu disse "pode ser", não disse "é"...

Se ele falhar um penalty contra o FCP falamos...
Ainda assim será menos grave do que ele falhar um penalty contra uma equipa que "no dia seguinte" o contrata.

Red_Devil disse...

Portanto, no dia em que vai a Tribunal mais um caso de Corrupção envolvendo o Presidente do Futebol Corrupto do Porto, vem o Master Kodro desenterrar um texto de teoria da conspiração para atacar o Benfica.

Mas o Master Kodro é adepto do Guimarães, claro!!!!!

Red_Devil disse...

"Não sei se o Mantorras foi pago ou não, se os dez jogadores [Manu, Rodolfo Lima, Yannick, Zé Rui, Futre, Amoreirinha e mais quatro jovens] que sairam para o Benfica na época passada foram pagos; se o Miguel Lopes que, dentro de dois, três anos vai ser o lateral-direito do Benfica, foi de borla ou não e quais os contornos do contrato..."

"Não sei se o Paulo Ferreira foi pago ou não, se os dez jogadores [Marco Ferreira, Jorginho, Cândido Costa, Sandro, e mais quatro jovens] que sairam para o Porto na época passada foram pagos; se o Cissoko que, dentro de dois, três anos vai ser o lateral-direito da Selecção (lol), foi de borla ou não e quais os contornos do contrato..."

Como é fácil lançar bitaites... É só mudar uns nomes....

Rui Almeida Santos disse...

2- Rafael (Paços de Ferreira) quando assinou pelo F. C. Porto; Hassan (Farense) quando assinou pelo Benfica.

São apenas dois exemplos de jogadores que se evidenciaram em clubes "pequenos" e não o conseguiram nos "grandes". Portanto, é possível que Nené vingue (ou não) num dos três grandes. Não é uma verdade absoluta. Aliás, tais coisas não existem no futebol.

master kodro disse...

João, não me parece justo que apontes essa primeira frase a quem escreve posts (estão activos neste instante) sobre o Baba Diawara enquanto jogador do Marítimo ou sobre o Nené enquanto jogador do Nacional. De resto, concordo com tudo, de tal forma que foi isso que me levou ao post (sob proposta do Ricardo numa caixa de comentários): sabendo que o futuro de Nené é o estrangeiro ou um grande português, prefiro que este talento fique por cá.

Também acho que ele tem lugar no plantel de qualquer um dos grandes, como complemento ao que lé existe.

Rui Almeida Santos, o Hassan, quando assinou pelo Benfica, na primeira época, teve a oportunidade de fazer 10 jogos nos quais marcou 6 golos. Se isso é falhar, o Suazo e o Cardozo estão a fazer uma época absolutamente miserável. O Rafael nem sequer era ponta-de-lança e também não teve oportunidades. A minha ideia é que com oportunidades (se não lhas dão, claro que não podem vingar), estes jogadores fazem tanto ou mais do que nos clubes pequenos (é passar de ter Mateus e Ruben Micael a dar jogo para ter Reyes e Aimar ou Lucho e Hulk ou Moutinho e Izmailov).

Pedro disse...

Não é só a qualidade de um jogador q influencia a afirmação num clube grande. A força psicológica é tão ou mais importante q a qualidade do jogador.

A capacidade de gerir e suportar a pressão diária imensamente superior num clube de topo é, quiçá, a peça fundamental para um jogador de um clube pequeno vingar num grande. Qqr pormenor é discutido. Nenhum blog vai questionar os falhanços do Nené no Nacional, as oportunidades q perde, os maus jogos, etc...apenas se olha para o bom. Num clube grande isso nunca acontecerá. As críticas serão duras e imparaveis. Para bem e para o mal. Isso faz toda a diferença.

Bruno Ribeiro disse...

Red_Devil tens a certeza que não és o João Gabriel? Mas olha que se não fores devias candidatar-te ao lugar dele... e que continuem ambos por longos anos a instruir-nos com tamanha capacidade de prosa e argumentação.

Passando ao texto do MK,

Acho o Varela melhor do que o Djaló, por exemplo. Mas preferia que se estivéssemos a falar do regresso do Hélder Barbosa e do Bruno Gama.

O Nené tem estado a grande nível. Tem lugar num grande? Acho que sim. Também havia quem duvidasse da capacidade o Adriano, e foi fundamental em 2 títulos do FC Porto. Pena que outros comportamentos e desavenças o tenham afastado do plantel.

Quanto à questão do Alverca é mais divertido ver o Red_Devil a reagir do que comentar o caso.

leaoconselheiro disse...

O tiui é mais novo, é avançado e não extremo e é mais barato de manter do que o Varela. Em termos de qualidade, entusiasma-me mais o Varela, mas se o Tiui fosse portugues também tinha sido internacional sub21. Criticar é facil, pensar nem tanto...

Leão de Alvalade disse...

MK:
1-O Varela que saiu para comprar caramelos em Huelva não me fazia diferença perder. Agora o que de lá voltou tenho algumas dúvidas. E não gosto que vá por 0€. Ao menos o preço da viagem e dos caramelos.

O MLopes parece-me ser um bom reforço porque tem margem de crescimento e isso dependerá dele e do técnico que apanhar. E as suas deficiências a defender, que podem ser corrigidas, são mais notórias no Rio Ave do que no fcp, pelo menos no consumo interno.

2-Gostava se fosse o Sporting! Para o lugar do... Tiuí. E assim fazíamos as pazes com o Rui Alves. Agora como o Rui Alves faria com os sócios do Nacional é que já não sei. E também não me interessa.

3-O slb o que mais tem é talentos desperdiçados. Basta ouvir o seu actual director de comunicação para perceber o que andam a perder as produções ficiticias. O Miguel Lopes é só mais um deles. Quem perde mais no meio disto são alguns sportinguistas: os familiares do miúdo.

4-MK este tipo de memória não interessa mesmo nada. Mas já ninguém se lembra que o LFV este no SLA, que o Deco foi do slb, que o LFV é sócio do fcp e amigo de abraço e cadeiraõ do PdC. Que me interessa a mim, por exemplo, lembrar-me que o FSF se senta ao lado do PdC. Erase, Erase meu caro. Delete, delete, não estrague o fim de semana a ninguém. Como me estragou a mão do Rony há 2 anos atrás... (também tenho que fazer alguns delete´s)

Red_Devil disse...

Bruno Ribeiro,

Eu também me divirto imenso :-) Especialmente por ser preciso desenterrar textos com 3 anos para falar mal do Benfica. É giro, mesmo giro, vê-los espumar de raiva :-)

Sobre o Julgamento, não se passa nada, claro :-)

Red_Devil disse...

Bruno Ribeiro,

Eu também me divirto imenso :-) Especialmente por ser preciso desenterrar textos com 3 anos para falar mal do Benfica. É giro, mesmo giro, vê-los espumar de raiva :-)

Sobre o Julgamento, não se passa nada, claro :-)

Ricardo disse...

Pedro Reis,

a questão que levantei prende-se com assuntos mais profundos do que penalties falhados por jogadores contratados por grandes ou em vias de serem contratados. Tendo em conta os factos até agora divulgados, pouco poderemos afirmar; apenas deixar a questão. Foi o que fiz...

Concordo com o que o Pedro disse. A vertente psicológica é fundamental. Imaginando que o Nené aparecia num grande na próxima época, seria importante que começasse a jogar logo de início. Caso contrário, e isto acontece frequentemente, o jogador desmotiva-se, aparece muito a espaços como suplente pouco utilizado, não rende e começa a ser alvo da boçalidade dos adeptos. Depois é emprestado e nunca mais volta a aparecer a bom nível.

Também é precia alguma sorte e empatia com o treinador que apanhar.

Mas volto a repetir: não sabendo se Nené seria capaz de singrar num grande, a verdade, pura e dura, é que tem todas as capacidades para ser um jogador decisivo.

Espero que as notícias de que vai para a Rússia não correspondam à verdade.

kovacevic disse...

Eu não quero nem o Tiuí nem o Varela no Sporting.

Mas concordo com o MK: se é para gastar dinheiro no Tiuí, porque não ficar com o Varela?

E não me agrada ver o Sporting a largar a custo zero jogadores que têm mercado e podem ser vendidos.

Claro que há sempre espertos que dizem que ele só tem mercado porque é um jogador livre.

E uma pessoa pensa: com tanto Chipre, Roménia, Polónia, Grécia, Turquia e Bulgária no mundo, com milhões de clubes no planeta, e não há ninguém que dê um mísero euro pelo homem?

- o Tiuí é apenas 9 meses mais novo do que o Varela

- o Tiuí custou 650 mil euros por metade do passe

- se o Tiui fosse português tinha competido nos sub-21, entre outros, com Hugo Almeida, o próprio Varela, Quaresma, Vaz Tê, Djaló e Nani.

cparis disse...

1. Varela
Não creio que se afirme no FCP.

2. O historial do Nené assusta qualquer um. Com a idade que tem nunca ter passado mais do que um ano na mesma equipa é estranho. O facto é que tem marcado bastantes e bons golos. Do jogo ao vivo que tive oportunidade de o ver não gostei. Creio que será um pouco como o Adriano - tanto pode ser útil como um peso morto.

3. Acho que Miguel Lopes tem potencial e querer para se afirmar. Não é garantido que se afirme (ainda denota algumas lacunas principalmente a defender) mas pode ser uma muito boa aposta.

leaoconselheiro disse...

Talvez fosse melhor incluir nesta reflexão que escolhe burros e espertos, quanto receberá o varela ou o miguel lopes por terem assinado pelo Porto e quanto é que vão ganhar a seguir.

Depois valeria a pena perguntar porque é que o Porto gasta esse dinheiro se tem Ukras, Candeias, Helder barbosas, diogos valentes e Vieirinhas emprestados. Junta-se a esta sobrecarga de jogadores o facto da ficha salarial do clube ser manifestamente exagerada.

Ora, não sendo a gente do Porto propriamente burra ou cega, porque continua a gastar centenas de milhares de euros em contratações duvidosas no plano nacional?

Mk, se tentasses responder a isto (o que não é dificil!), talvez chegasses a um ponto de interesse, agora este post é apenas areia para os olhos das pessoas porque não se tratam de contratações a tentar uma mais valia desportiva e o destino mais provavel destes jogadores será o empréstimo (no caso de Miguel Lopes há mais hipóteses de ficar pelas lacunas do plantel), como qualquer um bem perceberá...