segunda-feira, Abril 14, 2014

Bora lá fazer a revolução

Não a que O Jogo anunciou, com pompa, para o final da época (quem está cada vez mais dependente de vendas de jogadores e é obrigado a vender Mangala, Fernando e Jackson, quando ainda não conseguiu substituir Moutinho nem James, que remédio tem senão fazer uma revolução), mas a que fez Luís Castro, a pensar no jogo da Taça com o Benfica. Correu bem, muito por culpa de Josué, o melhor em campo, mas podia ter corrido mal (e Abdoulaye bem tentou...). Eu sei que o Porto está a fazer um campeonato para não recordar, mas convém não esquecer quem vem atrás. A não ser que a intenção seja fazer a revolução na Liga Europa.

sexta-feira, Abril 11, 2014

Taça Astrocosmo - Quartos-de-Final AO VIVO

kodro 2 Rui Patrício (0); Garay, Rojo, Luisão, Jefferson; Adrien, Tarantini, Evandro, JP Galvão (1); Slimani (1), Lima

xanana 1 Oblak; Garay, Rojo, Ruben Fernandes, Mexer; Adrien, Gaitan (1), Evandro, Miguel Rosa; Derley, Jackson Martinez

------------

daniel 3 Fabiano; Danilo, Alex Sandro, Mangala, Garay; Gaitan (1), Adrien, Sálvio, Quintero (1); Jackson Martinez, Rodrigo (1)

luissm 0 -
------------

tomé 3 Fabiano; Garay, Luisão, Rojo, Mangala; Gaitan (1), Adrien, Evandro, Marcos Paulo (1); Jackson, Rodrigo (1)

bernardino 1 Oblak; Garay, Edimar, Rojo, Mangala; Gaitan (1), Adrien, Evandro, William Carvalho; Jackson Martinez, Lima

---------------

margarida 1 Oblak; Garay, Mangala, Rojo, Cohene; Evandro, Sálvio, Miguel Rosa, JP Galvão (1); Jackson Martinez, Lima

gil 3 Oblak; Garay, Mangala, Rojo, Jefferson; Evandro, Gaitan (1), Enzo Perez, JP Galvão (1); Jackson Martinez, Rodrigo (1)

11-04 | 20:34 Penalty para Académica e golo de Marcos Paulo (o Tomé adianta-se cedo)

12-04 | 16:33 Mexer e Derley em campo a vestir as cores do Xanana, mas é Reginaldo (quem é o Reginaldo?) quem marca o único golo do derby madeirense à meia-hora de jogo.

12-04 | 20:02 Tarde sem acontecimentos relevantes na Astrocosmo. Segue-se o Sporting x Gil Vicente com gente activa em todos os jogos.

12-04 | 20:22 Um minuto bastou para o Slim'Shady marcar o primeiro. Força, pá.

12-04 | 20:49 Acaba de cair uma Granada na Neymariquice que se instalou em Barcelona.

13-04 | 18:05 Rodrigo, após cruzamento de Lima, no final dos dois minutos de descontos da primeira parte, adianta o Benfica (e o Gil, o Daniel e o Tomé ainda mais).

13-04 | 18:18 Gaitan faz o segundo para o Benfica, aumentando vantagens em dois jogos e empatando outro...

13-04 | 18:33 Acontecimento estupidamente relevante: Oblak é abalroado e tem que ser substituído, não completando os 90 minutos.

14-04 | 16:36 Quintero é o único a marcar no Braga x Porto e há já 3 apurados: o Tomé e o Gil, primeiro e terceiro do vamosjogarnototobola, que se defrontam nas meias-finais, no próximo fim-de-semana e o Daniel "Pinto" Santos que espera pelo final do congresso de bruxaria que decorre até final do Estoril x Paços.

14-04 | 20:51 O golo do João Pedro Galvão ajuda a acabar com as dúvidas. mas ainda não acabou...

O que mudou entre Madrid e Sevilha?

A determinada altura do jogo de ontem, pensei que estivesse a ter algum pesadelo, durante o qual o Atlético marcava ao Porto os golos que falhou naquele início arrasador que vulgarizou o Barcelona. Depois lembrei-me que já tive esse pesadelo (e não foi só em Madrid). Entre Madrid e Sevilha, o que mudou?

Mudou o treinador, mudou o modelo de jogo, mas há coisas que se repetem e que, pelos vistos, não têm solução à vista. A equipa continua a defender de forma patética, em alguns momentos dos jogos; continua a ter muita dificuldade em sair com bola, se for pressionada (antes faltavam apoios, agora falta o quê?); continua sem um meio-campo capaz (Paulo Fonseca já saiu há mais de um mês); continua a falhar passes, cruzamentos, remates em série, não por centímetros, mas por vários metros (ontem, em 20 remates, apenas 5 foram enquadrados, 4 deles por Quaresma). Como é que isto se explica?

Lucho, não desprezando a vertente táctica do jogo, disse que, em última instância, é a cabeça dos jogadores que faz a diferença. E, assim sendo, vejo apenas uma solução para este Porto: férias. Se bem aproveitadas, como é evidente.

Empréstimos e ausências ilegais e a pouca vergonha

Isto vem a propósito do que se está a escrever sobre Courtois e a posição da UEFA face ao negócio entre Chelsea e Atlético Madrid, esses dois antros de negócios de limpeza imaculada.

Não é só na UEFA que limitar e condicionar a utilização de jogadores por parte de outras equipas é proibido. Aliás, não é preciso nenhuma cambalhota jurídica para que o Sporting e o Estoril possam queixar-se de comportamentos ilegais dos seus concorrentes directos e beneficiar do cumprimento da lei com grandes vantagens desportivas e financeiras.

Basta uma leitura cruzada do artigo 52.º do Regulamento de Competições da Liga com os artigos 63.º, 64.º, 65.º e 66.º do Regulamento Disciplinar.

Se o fazem por coisas tão mais irrelevantes e vagas...

Narrativas cómicas

Em tons de azul Que Paulo Fonseca, inteiramente moldado pela sua (extraordinária) experiência de pão-e-água no Paços de Ferreira, abdique de dois dos melhores médios que existem no campeonato (e, no caso de Quintero, que passou pelo futebol português nos últimos anos), até se compreende, porque o homem mostrou que não sabe mais do que aquilo fora da zona de conforto. Agora que este senhor que está no Porto, depois de ver o que aconteceu ao outro, depois de ver o que é o futebol do Porto com Quintero, depois do jogo da primeira mão, insiste num trio de meio-campo formado por Defour, Carlos Eduardo e Herrera, presume-se para defender o resultado - e que bem que correu - e ainda consegue ser expulso, algo que nem Quaresma conseguiu, é digno de anedotário.

Em tons de encarnado Sálvio arranca na direita junto ao meio-campo, leva tudo à frente sem deixar prisioneiros, cruza uma bola larga que uma seta chamada Rodrigo aconchega no caminho da baliza, à entrada da pequena área. Neste preciso momento, Cardozo está quase a chegar à linha da grande área. Todo o jogo foi mais um espectáculo de inadaptação aos colegas, à baliza, à bola - ao mundo. Jesus é incapaz de pensamentos tão elaborados, mas, neste momento, colocar Cardozo em campo é bem capaz de ser a vingança perfeita.


Quantos metros perdes em 50? Sálvio assumiu o drible, o sprint e leva a bola; ao lado Cardozo já iniciou o sprint (ok, aquilo...); em baixo, na mesma linha, Rodrigo ainda não começou o sprint, tal como os dois jovens de encarnado que vêm atrás e que vão chegar à área ao mesmo tempo do que Cardozo.


Taça Astrocosmo Não se esqueçam dos palpites até esta noite, às 20:00, hora de início da jornada com o Académica x Vitória de Setúbal.