quarta-feira, setembro 18, 2013

Cardozo, o driblador

O excelente momento de Cardozo serve para exemplificar o que foi o jogo de ontem e que diz tanto da qualidade ofensiva do Benfica como da inépcia defensiva dos belgas. Um drible em 20 m2 com direito a rata, seguido de finta curta para a linha, que entusiasmou os meus vizinhos benfiquistas tanto como os golos marcados por Luisão e Djuricic. Foi um domínio quase absoluto que só não acabou em goleada porque Markovic esqueceu-se que tem colegas de equipa e porque Cardozo, obviamente, está a guardar os golos para Guimarães. Nota ainda para André Almeida que teve muitos momentos de qualidade durante o jogo e para a velocidade de Siqueira, talhada à medida do que Jesus pretende para aquele lado. O PSG também fez o seu trabalho com distinção na Grécia, o que não é de menosprezar nas contas do apuramento.

1 comentário:

.:GM:. disse...

Um árbitro amigo para começar. Antes do primeiro amarelo a um belga, o Matic e o Fejsa já tinham feito faltas bem piores. De resto um Anderlecht muito abaixo do Anderlecht de outros tempos. 10 golos sofridos em 7 jogos na liga Belga quererão dizer algo. Quero vê-los contra outras equipas para perceber o que valem.