terça-feira, abril 09, 2013

Dois em um

Mais precisamente, no pé esquerdo de Kelvin. Desta vez, Vítor Pereira (com a corda na garganta) arriscou e deu-se bem: o miúdo resolveu-lhe o jogo.

Mas não era neste dois em um que eu pensava. Pensava em Defour, um jogador com a polivalência de que todos os treinadores gostam. É, em rigor, um n em um, sendo que n é igual ao número de posições que o treinador sonha que o jogador pode ocupar. Com Atsu as contas são mais simples, não tiram o sono a ninguém. Assim que o ganês entrou, o ataque do Porto e a defesa do Braga sentiram a diferença. Gosto de coisas simples.

Convém, no entanto, não confundir simplicidade com displicência: a de Otamendi, no lance que quase deu o golo a João Pedro, ou a de Danilo (fatal), que virou as costas à bola e a Alan, permitindo que o jogador do Braga entrasse na área portista como se fizesse compras no supermercado, numa altura em que a equipa de Peseiro conseguia, com muito menos posse de bola mas usando-a com mais objectividade, discutir o jogo com o Porto.

James, um grande golo de James, deu início à recuperação portista (e ao fim do Braga). A segunda parte foi toda azul e a reviravolta só não aconteceu mais cedo porque o remate de Alex Sandro foi tão perfeito que a barra quis guardá-lo como recordação. O pé esquerdo de Kelvin é menos perfeito, contou com uma ajudazinha dos santos (o homónimo e São Joaquim), mas valeu dois pontos.

Ainda não foi desta que o Benfica fez a festa (e aviso já que na próxima jornada sou improficuamente sportinguista desde que o Miguel Lopes era pequenino).

5 comentários:

Grilo Falante disse...

O que mais me impressiona nos últimos jogos é a falta de inteligência de parte da massa adepta do n/ clube. Assobiarem a equipa aos 15/20 minutos de jogo é de mentecaptos. Qualquer dia deixo de ir ao estádio só para não ter que pregar um testo num desses fdp.

Costa disse...

Impressionante, é que na época em que a instituição pratica o melhor futebol dos últimos 30 anos e o FCP tem, segundo alguns 'experts',o pior treinador desde o Octávio Lavrador, a coisa não esteja ainda resolvida.

E não fossem alguns 'contratempos' como os penaltis do Jackson ou os do slx x Académica no último minuto, as coisas estavam já resolvidas.

E já se fazem sondagem de se a instituição vai ganhar o 'triplete'.
Cuidado...

Mr. Shankly disse...

"Impressionante, é que na época em que a instituição pratica o melhor futebol dos últimos 30 anos e o FCP tem, segundo alguns 'experts',o pior treinador desde o Octávio Lavrador, a coisa não esteja ainda resolvida."
É uma tremenda injustiça o que dizem do VP, embora eu compreenda que os portistas estão habituados a mais, sobretudo na Europa. Mas no campeonato tem estado bem, só que a performance do Benfica tem sido surreal. E como bem dizes tudo ainda é possível.

As sondagens são feitas por mentecaptos, os benfiquistas com quem tenho falado estão apreensivos, tanto pode ser uma grande época como uma grande desilusão.

TaKuara disse...

Costa, ias tão bem até falares de arbitragem... porque então temos de falar dos dois penaltys inventados em Coimbra, do golo anulado ao CArdozo com o Braga, ou dos lances de andebol de Alex Sandro com Moreirense e Braga...

E acho que nem vale a pena entrar por aí, porque acho que a classificação reflecte aquilo que se está a passar: Uma época fantástica do FCP, e uma excepcional do Benfica.

.:GM:. disse...

O lance de andebol do Alex Sandro com o Braga é comparável ao do Hugo Viana, ontem.

O do Moreirense, fala-se nele por má fé uma vez que nesse o braço estava na direcção do tronco.

De resto, não vou procurar desculpa nos erros de arbitragem, mas sim nas más exibições que resultaram em empates com Olhanense, Sporting ou Nacional, somente para citar três exemplos. Foi aí sim que terá ficado decidido o campeonato. A ver vamos...