domingo, janeiro 06, 2013

Uma boa notícia e uma dor de cabeça

A boa notícia é, obviamente, o facto de o Porto não ter perdido pontos, antes da deslocação à Luz. A dor de cabeça é a lesão de James.

Foi notória a quebra de rendimento portista, depois da saída do colombiano, de tal forma que o Nacional, embora sem criar verdadeiro perigo, conseguiu manter a incerteza no resultado até ao fim do jogo. O ataque do Porto ficou manco (se considerarmos que Varela foi mais do que uma muleta), algo que poderia ter sido resolvido com o adiantamento de Danilo (que continua a atacar melhor do que defende). Mas para isso era preciso que Miguel Lopes não estivesse, como tudo indica, de saída. Numa altura em que tanto se discute, com razão, a falta de opções, mesmo que temporária, para o ataque portista, eu pergunto-me quem jogará do lado direito da defesa, se Danilo tiver o azar de se lesionar. Izmailov não será, com certeza. Sobram as adaptações.

O plantel do Porto é curto também por isto: um deficiente aproveitamento dos recursos disponíveis.

3 comentários:

Joao disse...

Começo com o bom prenúncio de mais uma vitória portista na luz em hóquei...

Em relação ao futebol parece-me que o Porto só joga à Porto nos jogos a doer, e nos últimos tempos jogos a doer no campeonato são muito poucos...

Benfica, Braga são nestes momento as únicas equipas que dão luta ao Porto (e vice-versa), depois há uma ou outra excepção como o Sporting, Marítimo ou Paços de Ferreira. De resto não há grande competição...

Para o jogo da próxima semana vamos ver primeiro quem falha o clássico...

Hugo disse...

O Fucile talvez dê jeito agora

miguel_canada disse...

"Foi notória a quebra de rendimento portista, depois da saída do colombiano"
Principalmente por se substituir um ala por um centro campista!!!!!

A gestão do plantel do FCPorto foi uma coisa que deixei pura e simplesmente de pensar porque dá-me ideia de que tudo que se faz não faz sentido absolutamente nenhum.
Contratam um defesa central quando há mais 5 no plantel, atiram-se borda fora laterais ficando a equipa sem alternativas, despacham o austríaco que até marcava uns golitos para deixarem ficar o Kléber que é uma nulidade, despacham o Souza ficando o Fernando que se lesiona constantemente como único médio defensivo e para cereja no topo do bolo estão a tentar ir buscar ao Sporting mais um médio, com 30 anos e duas cirurgias aos joelhos!