terça-feira, agosto 31, 2010

Uma por dia

(não sabes o bem que te fazia) A partir de hoje, é uma por dia, dedicada aos "amigos" de Carlos Queiroz. Porque isto já ultrapassou todos os limites.

Ponto prévio: o CNAD é o órgão consultivo do ADOP que dá pareceres a propostas de castigo desta natureza (mais ou menos desta natureza, aliás). A 8 de Junho, o CNAD reuniu e emanou o seguinte:

"Parecer CNAD N.º 34/2010
Parecer prévio relativo à proposta de sanção disciplinar.
(N.º 1 do Artigo 63.º da Lei n.º 27/2009, de 19 de Junho e Artigo 33.º da Portaria n.º 1123/2009, de 1 de Outubro)

Processo com o código PRETÓRIO, amostras “A” e “B” 395137, cujas análises confirmaram a presença de canabinóides, no decurso de um controlo de dopagem em competição realizado em 13/02/2010, na modalidade de Futebol.

Propõe a federação que se aplique uma pena de suspensão de 6 meses a 2 anos, de acordo com o previsto no artigo 10.º, n.º 1, alínea a) do Regulamento do Controlo Antidopagem da Federação Portuguesa de Futebol, ainda aplicável por força do n.º 3 do artigo 76.º da Lei n.º 27/2009, de 19 de Junho.

Atendendo por um lado aos argumentos apresentados pela Federação e pelo praticante desportivo, nomeadamente o facto de não ter havido intenção de melhorar o seu rendimento desportivo, o facto de a substância em causa estar descrita na Lista de Substância e Métodos Proibidos como substância específica, o facto de o praticante desportivo ter colaborado na descoberta da forma como foi violada a norma antidopagem e o facto de não se tratar de um desporto motorizado, sem os riscos especiais associados à prática desses desportos; e atendendo por outro lado à necessidade de harmonizar as sanções aplicadas pelas diferentes federações desportivas relativamente ao mesmo tipo de violações de normas antidopagem, aplicando assim o Principio da Equidade, o CNAD recomenda para o caso em apreço a aplicação de uma sanção a determinar de entre uma advertência a um mês de suspensão da prática desportiva, na condição de o praticante desportivo em causa se submeter a um follow up – segundo as recomendações do CNAD para procedimentos de detecção, follow up e sancionamento para canabinóides
."

Para a próxima já sabes, Carlos: enrolas uma, dizes aos gajos para irem fazer o controlo para o caralho mais velho (tem o mesmo efeito que pretendias e assim o menino já não faz birra) e em vez de te aumentarem a pena 6 vezes, este organismo que tanto gosta de aplicar princípios de equidade, vai diminui-la 6 vezes, ou mesmo dar-te uma pancadita nas costas e dizer-te: "Fumar ganzas não é inteiramente correcto, cidadão... A jogar à bola todo fodido, hã? Ah, juventude irreverente!..."

Depois de fumares a ganza, já os podes mandar fazer o controlo para a cona da mãe do menino, porque então dizes que foi da ganza e, desde que não estejas a conduzir, pelos vistos, não há problema. Mas diz sempre como é que a fizeste, porque atenua a pena.

ps - Agora, a sério, devias agradecer ao menino por te terem atenuado a pena. Foram queridos e a selecção agradece. A selecção e todo o mundo desportivo, que ficou mais limpo de doping depois desta sanção justíssima. Olha, a propósito, vou fazê-la. Queres?

master kodro

20 comentários:

NPR disse...

Pelos vistos o Carlos Queiroz, conseguiu-se tornar a vitima em todo este processo, e de repente todo o país está com pena do senhor.

O essencial desta história é o seguinte:
-> Carlos Queiroz teve um desempenho vergonhoso na fase de qualificação para o mundial (chegamos ao limite de empatar a 0, em casa, contra 10 albaneses)

-> Tivemos um mundial fraco, jogando de forma medrosa, em que apenas ganhamos a uns pobres coreanos.

-> É perfeitamente notorio que parte dos jogadores estão contra o treinador, não há liderança nem tao pouco pulso para tomar conta da seleccao

-> Nunca teve o povo portugues do seu lado, ainda em recente sondagem 80% dos inquiridos votaram ser contra a continuação de CQ

Posto todas estas alineas, o normal não seria um treinador findo o mundial, reconhecer a falta de condições para continuar e negociar a sua rescição com a entidade patronal?
Não é isso que se passa normalmente em todo o mundo?

Mas o que se passou? CQ mal colocou os pes em terra, afirmou que nunca sairia da seleccao. De lá ninguém o arrancava....

Excepto, se lhe pagassem os 4M€....

A partir desta irredutibilidade, as posicoes extremaram-se. E tanto o CQ tem o direito para exigir o que esta o contracto, como federação e afins têm de usar os meios ao seu alcance para dificultar a vida a este treinador sem qualquer tipo de gloria ao nível dos seniores.

pitons na boca disse...

Acho este castigo uma farsa, um a piada de muito mau gosto que só acontece neste país.
Acho também que o Queiroz já lá não deveria estar assim que acabou o Mundial.
E acho que a FPF já teve mais que razões para o despedir com justa causa (devido aos actos do Queiroz antes e depois do Mundial).

Joao disse...

Oh cavaleiro andante, defensor de damas em perigo como a virgem ofendida Carlos Queiroz, porque não sublinhas a parte:
"e atendendo por outro lado à necessidade de harmonizar as sanções aplicadas pelas diferentes federações desportivas relativamente ao mesmo tipo de violações de normas antidopagem, aplicando assim o Principio da Equidade"?

master kodro disse...

Oh João, acusador mor do reino dos puritanos, não consegues extrapolar princípios de equidade para além do que te é dado para pasto?

master kodro disse...

Não deixa de ter muita piada que, logo neste caso, te refiras a Queiroz como uma virgem ofendida. É extraordinário.

Pedro Almeida disse...

O mais extraordinário nisto tudo é como alguns ainda conseguem defender o pior seleccionador da história do futebol português.

O Rui Santos e o Dias Ferreira parace que são amigos pessoais do treinador-adjunto, qual a tua desculpa?

Pedro disse...

Agora polvo não é polvo..."é terramoto, é nuvem..é o q quiser".

LOLOLOL

Patético este Queiroz, patético.

Pedro Almeida disse...

Ele não sabia que polvo era um eufemismo para máfia porque quando passava a série italiana cá em Portugal ele vivia no estrangeiro...

Convenceu-me!!!

Queiróz Forever, mas é!

Bruno Ribeiro disse...

Eu não sei o que é pior: ver a idiotice de todo este processo (incluindo Queiroz, mas sobretudo por parte do CNAD e da FPF) ou ler esta pérola:

"ainda conseguem defender o pior seleccionador da história do futebol português"

Tens noção que os únicos troféus de relevo que este país venceu em toda a sua história foi com o pior seleccionador da história do futebol português ao leme?

Mas explica lá à malta porque é que ele é o pior. Foi por ter perdido por 1-0 com a então Campeã da Europa e futura Campeã do Mundo? A mesma que venceu por 1-0 daí para frente Paraguai, Alemanha e Holanda? Por ter empatado 0-0 com o Brasil? Foi o empate com a Costa do Marfim? Ou a maior goleada do Mundial e da Selecção em fases finais?

Terá sido a fase de qualificação? É que já tivemos de tal forma piores que passamos o Verão em casa, e mesmo a anterior não foi melhor. São os problemas disciplinares dentro da Selecção? A mesma que tem na sua história o caso Saltillo, um jogador que agride o seleccionador, e jogadores a serem suspensos por vários meses pelo comportamento em campo?

É por ter insultado o Luís Horta? A sério? Isso merece uma pena assim tão ampla? Até parece que na história desta selecção nem sequer tens o caso de um treinador que espetou um soco num jogador adversário.

Estarias sob o efeito dos canabinóides como o referido jovem ou simplesmente não fazes a mínima ideia do que estás a falar?

Pedro Almeida disse...

Peço desculpa, fui impreciso, devia ter dito: "o pior seleccionador SÉNIOR da história do futebol português".

É que uma coisa é ganhar campeonatos do mundo com miúdos contra selecções do terceiro mundo outra coisa é ser-se o treinador adjunto da melhor equipa inglesa.

Digo que é o pior porque não me lembro, mesmo a nível mundial, um seleccionador ser suspenso (1 mês, 6 meses, 2 anos???) a nível interno pela própria federação e não pela FIFA.

Hugo Viseu disse...

Isto é o espelho do futebol português: pouco sério.
1) O seleccionador não impressionou (pessoalmente sou daqueles que acha que fez o melhor que podia tendo em conta o calendário mauzinho);
2) A federação quer despedi-lo, mas não quer largar os 3 ou 4 milhões (o que seria um castigo justo pela estupidez de contratar um treinador por 4 anos e não 2 que no futebol sénior nunca mostrou nada de especial como treinador principal)
3) Nem pensar que ele quer sair de lá sem os seus merecidíssimos (pela capacidade negocial do seu contrato milionário e não pela sua aptidão como treinador) 3 ou 4 milhões.
4) Como o futebol português é a antítese da mulher de César, nem é sério nem sequer se dá ao trabalho de o parecer, arranjam uma desculpa qualquer. Primeiro a cona da mãe do presidente de não sei o quê e depois o polvo de não sei que mais.
Conclusão: apesar de nunca o ter querido como seleccionador, agora espero bem que ele não saia de lá. Pode ser que isso seja suficiente para finalmente haver uma mudança de direcção da Federação.
Na minha humilde opinião, quando as pessoas estão em cargos de chefia "eleitos" por muito tempo, agarram-se demasiado ao poder e perdem a eficiência.
Mas ainda acredito na qualificação para 2012.

Miguel Pereira disse...

Bruno,

Touché.

É impressionante a memória de peixe dos portugueses, incapaz de pensar que CQ foi o responsável pela vaca que outros mamaram até ao fim sem nunca terem ganho nada, apesar de uma final em casa contra aquela potencia que sempre foi e será a Grécia.

Que existam no passado seleccionadores que socam adversários ou levam cebolas e alhos para o balneário, jogadores apanhados em controlo anti-doping, cenas de violencia no final de jogos chave e, pasme-se, seleccionadores que até foram campeoes da Europa e que nem o apuramento ao tal Mundial conseguiram, que dizer.

Querem ganhar o Mundial e o Europeu? Façam como a Espanha. Apostem na formaçao de verdade, apostem em infra-estruturas de verdade, apostas em dirigentes com cabeça como o Fernando Hierro de verdade e depois peçam resultados.

Se querem o Scolari outra vez só têm que o dizer, não precisam de estar a crucificar o homem que não tem culpa de ser da merda deste país.

um abraço

Bananaman disse...

@ Miguel Pereira:

*clap*clap*
(palmas)

Hugo disse...

A propósito disto ler esta merda de jornalismo

http://dn.sapo.pt/desporto/seleccao/interior.aspx?content_id=1652610

Numa página patrocinada pela Adop...

cparis disse...

Só gostava de ter a tua opinião sobre o comportamento de Luís Horta neste caso.

master kodro disse...

Só tu - e LFV - para querer encontrar paralelismos entre um caso de duas amostras positivas e outro de uma frase, enquadradas por leis distintas e com processos distintos.

cparis disse...

Eu não encontrei paralelismo nenhum.
Fiz-te uma pergunta que não te apetece responder: como classificas o comportamento de Luís Horta?
Se quiseres ajudo-te com uma pergunta de resposta mais simples:
Achas Luís Horta honesto, responsável e competente?
Não queres responder, estás no teu direito. Escusas é de lançar areia para ar, com a referência a LFV.

galvao99 disse...

Dada a situação rídicula em que foi deixada a nossa selecção, à conta de um braço de ferro entre um treinador que falhou completamente ao nível da sua conduta humana e uma federação que luta há anos para se manter no poder, então só nos resta uma alternativa:

ródácena, MK :)

master kodro disse...

Não, cparis. Honesto é o Nuno Assis ou quem lhe fez a comida.

Ai galvao, não, que há muitas para publicar... Vai mas é preparandoo o apito para a Astrocosmo... :)

cparis disse...

Com ironia, ou sarcasmo, evitas responder à pergunta. Percebo-te.