segunda-feira, fevereiro 14, 2011

Um goleador improvável

Após 28 minutos sensaborões, Hulk decidiu abanar com a Pedreira: arrancou antes do meio-campo, ultrapassou dois adversários e disparou um míssil que rebentou com estrondo na barra. Belluschi viu e quis fazer igual. Acertou em Artur. À saída para o intervalo, Otamendi explicou como era: com calma, precisão e classe. James preferiu a explicação de Hulk. Artur defendeu. Otamendi voltou a explicar: assim, com calma, não tem nada que saber. Assim?! - perguntou Hugo Viana, em desespero. Nem vem que não tem! - respondeu Helton. Domingos abanou a cabeça. Hulk perdeu a paciência. Eu é que sei: arrancada fulgurante, remate frouxo. Artur agradeceu. O Incrível insistiu. Artur voltou a defender, afirmando-se como o melhor elemento do Braga. E o Porto voltou a vencer, com um bis de um goleador improvável.

littbarski

46 comentários:

Ricardo disse...

Bom texto, como é normal.

luis disse...

Bom "post".

Pedro Almeida disse...

É impressão minha ou no primeiro golo do Otamendi o defesa que está a frente dele até se desvia para ele rematar à vontade???
OK, posso estar a exagerar, mas vai ser passivo assim lá longe...

Acho que esta jornada mostra bem a pobreza do nosso campeonato.
O Benfica jogou contra o 4º classificado e foi como se tivesse jogado com uma equipa de duas divisões abaixo, tal foi a superioridade.
o Porto jogou com o 6º que o ano passado foi 2º e em casa deste, e nem tiveram de se cansar muito já que o Braga pouca ou nenhuma luta deu.
Este ano só há duas equipas no campeonato (em Espanha também é assim).
Pena aquele primeiro terço da competição, tinhamos campeonato até à última jornada.

Nuno disse...

Completamente de acordo!


Saudações

low desert puke disse...

Pedro, eu acho que temos campeonato até à ultima jornada.

Imagina que ganhamos ao sporting.
E até eles irem à Luz empatam um jogo, o que aliàs, jà faltou mais. Irao a nossa casa e nòs, e de acordo com o futebol patenteado, conseguimos vencer. Passam a ser somente 4 pontos de diferença. Com jogadores importantes em "gestao de esforço" e liga europa como objectivo portista (pelo menos é o que dizem desde o inicio da época), nao sei se aguentarao a pressao de apenas 4 pontos de vantagem.

Eu vejo uma conjectura favoràvel, baseada principalmente pelo assombroso futebol que o Benfica teima em jogar.

MM disse...

Campeonato do Porto, em traços largos:
Competente, como quase sempre. Não terá sido o mais vistoso, mas foi o mais competente. Faltou ao Benfica a competência. Faltou ao Porto o brilho que o futebol do Benfica tem. Normal talvez considerando que o Porto à excepção de Belluschi e Hulk não tem propriamente jogadores muito expansivos na hora de abrir o livro, e o Hulk, mesmo o Hulk, com todas as suas qualidades não é um virtuoso. O Falcão não entra muito nesta categoria porque embora tenha muita categoria a finalizar o seu jogo não tem este brilho de que se fala, embora seja muito competente, lá está, muito antes do momento de finalizar.
O Porto resume aquilo que se quer numa equipa portuguesa: competência, seriedade e um conjunto homogéneo, equilibrado. Todas juntas, porque nenhuma destas funciona bem em separado. Parte desse equilíbrio, de resto, ultrapassa a mera gestão do treinador: tem que ver com orçamentos, escolhas. É ridículo comprar um guarda-redes por 9 milhões de euros e 2 médios por 16 milhões de euros quando o mais a que se aspira é uma Liga Sagres. Os dirigentes do Porto têm essa noção de balanço, os outros não têm, e isto é um mérito.

Sobre o post, julgo (tenho a certeza) que o Hugo Viana se tiver de perguntar a alguém como se faz, não o perguntará ao Otamendi (quem é o Otamendi ao pé do Hugo Viana?, na relação com a bola ou no jogo), e muito menos o fará em desespero. Falo em abstracto apenas, não duvidando que o jogo teve elementos concretos que fazem o enredo do post ter e fazer sentido. Lances, claro, lances que ficam na memória e que servem num qualquer resumo histórico da partida que lhe faça jus. O Braga enfim, o Braga há já alguns meses que tem o seu campeonato arrumado. O jogo de ontem não era nenhum quebra-cabeças para o Domingos ou para a equipa do Braga, uma vez que não era decisivo. Alguma dose de emotividade a mais sim, claro, mas mesmo neste aspecto o jogo terá sido bem mais "enervante" para o Porto. Na sua própria expectativa, expectativas dos seus adeptos, a noção de que era uma real prova de fogo considerando que se o Porto viajasse à Luz com 5 pontos de vantagem estaria nas mãos do Benfica deixar tudo em aberto, no fim desse jogo, ganhando-o e reduzindo a desvantagem para apenas 2.

O Porto não é nenhuma super-equipa. É uma equipa muito muito competente e este mérito ninguém lho deverá tirar. É o tipo de competência que faz toda a diferença na hora de ganhar jogos europeus, ou ganhar clássicos, ou ganhar jogando mal. Na perspectiva dos adeptos caso o objectivo seja (naturalmente) o de ver bom futebol sintonizaríamos a Benfica TV. Na perspectiva de atribuição de títulos, não chega ter brilho, claro. É preciso muito mais. Não é preciso músculo, nem Paulinho Santos, discursos ou espíritos de guerrilha. É precisa tranquila competência, apenas isso. E o Villas Boas até nesse aspecto portou-se bem, em ano de estreia ao serviço de um grande. Foi garoto sim, por vezes, mas podia ter sido bem pior. Na esmagadora maioria do tempo limitou-se a trabalhar a sua equipa não se preocupando em ser papagaio às sextas-feiras. É portista, anti-benfiquista retinto, e isso notou-se. Mas esteve bem, sóbrio, no cômputo geral. Assim mantenha esse registo e não duvido que ficará pouco tempo no Porto, embora, para que tal aconteça no curto prazo (meses ou 1 ano, e época mais) é necessário que a sua equipa mantenha o nível na Liga Europa. O Sevilha será um bom teste para nos apercebermos disso.

Pedro Almeida disse...

Pela parte do Benfica acredito que ganhamos todos os jogos até ao final do campeonato.
Agora o Porto a jogar contra equipas cujos defesas nem se fazem à bola para tentar travar o remate, como no primeiro golo do Otamendi...vai ser dificil.
Mas a esperança é a última a morrer.

Grilo Falante disse...

Bom jogo, dominamos a partir do remate do hulk, até aí o jogo esteve equilibrado. Voltamos a jogar bem no momento certo, e ainda sem alvaro pereira e falcão, o que é um bom indício para quando eles voltarem.
Quanto ao mais, apesar dos erros de arbitragem que nos prejudicaram (um penalti claríssimo aos 28 minutos e pelos menos a expulsão de 2 jogadores do braga perdoadas, o excesso de dureza dos jogadores do braga contrastou com a macieza do guimarães), conseguimos superar todas as adversidades e ganhar "sem espinhas".

MM disse...

Competência, se quisermos, é a diferença entre:
Ganhar na Turquia reduzido a 10.
Levar 3 em Israel.
Golear num clássico por 5-0.
Ser goleado num clássico por 5-0.
(Falta de competência) É isto.

low desert puke disse...

E de acordo com os ultimos anos do sporting, quem melhor do que tu para nos elucidar sobre a definiçao de falta de competencia?

Pedro Almeida disse...

Para mim o paradigma de competência/orgulho ainda é levar 15 golos do Bayern Munique em dois jogos.

Grilo Falante disse...

O F.C. Porto foi a melhor equipa portuguesa na primeira década do século XXI, de acordo com o ranking divulgado nesta segunda-feira pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS). O Sporting ocupa o 26º lugar, enquanto o Benfica aparece na 44ª posição do ranking.
Afinal parece que o "mais-maior-grande-clube-do-mundo" é pequenino.
O Sporting ficou à frente dos lampiões. Reduzam-se à vossa insignificância encarnados.

low desert puke disse...

é isso grilo, é isso.

Comentares o que tem sido dito aqui nas ultimas horas é que està quieto.

Pedro disse...

Enquanto cantarem mais pelo nosso clube do q pelo vosso ... corruptos e patéticos.

LOL

MM disse...

Qual é a relação entre as vitórias do Sporting e a eventual competência ou incompetência dos seus adversários? Vocês desdobram a vossa pequenez com uma facilidade notável. Eu sei que estão habituados a cantar de galo quando ganham mas tenham calma, não se orgulhem disso a toda a hora. Se pensarem 2 segundinhos verão que não é nada que vos devesse fazer sentir orgulho ...

TP, sobre o que você disse no post anterior. É muito isso, é tudo isso sim, subscrevo. Aquilo que o Ricardo fala de mentira e invenção é isso: parece rebuscado, mas não é. Não é surpresa que a maioria dos portugueses se reveja no Benfica. O Benfica é facilitismo. É o maior? Então vamos ser do maior. Mas é o maior porquê? Não sei, importante é sermos os maiores. Repara que 50 anos volvidos sobre 2 Taças dos Campeões um jovem benfiquista hoje solta a noção de que é o maior e o Benfica é o glorioso com uma facilidade medonha, apesar de ter visto o Porto sagrar-se campeão 25 vezes em 30 anos, ter ganho essas mesmas 2 Taças só que num contexto bem mais difícil e ainda Intercontinentais, ou 1 UEFA. Isso não acontece por acaso, tem razões.

MM disse...

É a conversa em casa, o que ouve na televisão, o que lê nos desportivos. "O Benfica é uma nação filho", "Um bom pai de família é benfiquista", "Tens de ser benfiquista como o teu irmão", "Maria quando ele nascer vamos logo fazê-lo sócio", "Não interessa que aprenda a ler, o importante é que seja do Benfica", "O Benfica é uma nação ...", duas gerações de portugueses morrem em África, 90% do país é analfabeto e passa fome mas, "desde que a Amália cante um fado, o Torres faça 1 golo e o presidente do Conselho apareça à varanda, o povo sorri", o Porto ganha a Intercontinental em 2004 e a capa do dia seguinte é a lesão do Luisão, país deprimido, "Jesus é o Exterminador" enquanto o FMI bate à porta, com uma capa do treinador do Benfica vestido de Schwarzenegger em cima de uma mota enquanto centenas de milhar de jovens não sabem o que fazer às suas vidas porque os seus governantes nada lhes oferecem. Para esses, contudo, as vítimas, quando até há outras bem piores como os reformados que não têm dinheiro para remédios ou os que vivem na pobreza, para essas vítimas, todas, tal como o reprimido povo do chefe de Conselho 50 anos antes ... nada disso importa desde que em Agosto o Vieira diga que o seu Benfica vai ser campeão europeu. É aqui que entra a esquizofrenia portuguesa e do Benfica em que ficamos sem saber se devemos culpá-los ou, sentir pena. Porque é difícil, às vezes, ter-se solidariedade para quem não a procura ou ainda a rejeita. A culpa é de todos TP, sem dúvida, governantes e governados, porque os segundos também nada fazem para mudar e rejeitam a mudança. É uma síndrome esquisita sim, mas é real, tal como é real o gene saudosista de que falas, expresso na máxima "Portugal foi dono de meio Império, fomos os maiores, mas ai de ti que hoje olhes para a vizinha do lado Espanha e fiques envergonhado com o que vês". É tudo a mesma coisa, o espírito é o mesmo. Irreal, fantasista, ao mesmo tempo que o Vieira enriquece à conta de negócios como o do Roberto e o Mantorras, ou toda uma classe política enriquece e ganha direito a reforma por cumprir 2 mandatos no Parlamento.
Portugal é, infelizmente, um país estranho. Ou os portugueses são estranhos, porque de resto o país é melhor do que muitos. A sua geografia, costa, riqueza histórica e cultural, ligações a África ou ao Brasil. Portugal é bom, os portugueses, esses, vivem atados. Não todos claro, nem sequer a esmagadora maioria, mas uma grande parte. Mais do que metade.

A via mais fácil e mais curta é sempre a melhor. É mais importante dizer-se que se é o maior do que realmente sê-lo.
E o Benfica é isso. Aqui, surge ainda com mais força a responsabilidade que o Sporting tem no contexto português, a responsabilidade de educar desportiva e socialmente todos aqueles que o pretendam. O Porto, esgota as suas baterias na alimentação dos seus, no futebol. Muito bem, é um direito que lhe assiste. O Sporting, não. A missão do Sporting é global, vai de Trás-os-Montes ao Algarve, e envolve tudo aquilo que esteja relacionado com desporto e a vida. Vida em sociedade sobretudo, no respeito pela natureza e todas as coisas vivas.

MM disse...

Ganhemos noção daquilo que o Sporting realmente representa, ao pé de pequeninos vaidosos apenas preocupados com o seu pequenino umbigo. Os mais de 14000 títulos, 15 Taças dos Campeões, centenas de títulos Olímpicos e mundiais ou 26 competições Europeias de clubes ganhas ao longo da sua história são a menor das parcelas nesse papel que o Sporting ocupa.

A menor, de longe:
"O Sporting Solidário, programa de solidariedade social do Sporting, em parceria com o projecto «Sobre Rodas», da Escola Secundária Raul Proença proporcionou a concretização de um sonho ao jovem Pedro Duarte, de 16 anos, um sportinguista e um lutador que é um grande exemplo de vida, pois poucos dias depois de nascer foi submetido à primeira de cinco cirurgias ao coração, devido a uma malformação cardíaca (só possui um ventrículo e um aurículo) e, infelizmente, a anestesia da segunda cirurgia teve como consequência a paralisia dos membros inferiores. Aos 16 anos, já fez mais três operações, duas às pernas e a terceira aos rins, o que lhe deu alguma mobilidade nos membros inferiores, com a sua deficiência a ser designada por paraparesia".

Ou o brilho nos olhos desta menina, um brilho inconfundível que só pode ser visto em Alvalade ou em atletas que vistam o emblema verde.

Francisco disse...

Genial a abrangência das teorias histórico-sociológicas do MM a partir do clube que cada um escolhe. Ao nível das melhores teorias de selecção da espécie humana do século XIX e começo do XX. Arthur de Gobineau, Francis Galton e Alfred Rosenberg muito se orgulhariam.

Eu que, por exemplo, sou filho de um pai sportinguista e tenho vários amigos do peito portistas, descubro assim a minha diferença profunda e inferioridade perante eles. E por que motivo? Por ter tido uma educação familiar distinta? Por condições socio-económicas? Por causa da formação académica ou áreas de interesse? Não, simplesmente por ser benfiquista, pelo meu clube de futebol. Isto, pelos vistos, mais que tudo, revela a minha visão limitada do mundo e meu reduzido intelecto.

Gratíssimo por finalmente ter visto completamente esclarecidas todas as minhas dúvidas e angústias existenciais! O mundo inteiro devia ficar a par de tamanha sabedoria, certamente atacando esse mal que é o benfiquismo e abraçando o nobre e superior sportinguismo, alcançaríamos o Éden na terra. Amen.

MM disse...

"E por que motivo? Por ter tido uma educação familiar distinta? Por condições socio-económicas? Por causa da formação académica ou áreas de interesse? Não, simplesmente por ser benfiquista".

Exacto, simplesmente por isso.

Porque as tuas características humanas são muito mais importantes do que a educação, condição económica, formação académica ou área de interesse. A escolha de um clube é das coisas mais primitivas e básicas que podemos fazer. O futebol não é isso mas a escolha, pertença e amor a um clube é só isso. É por isso que é importante e diz mais do que muita outra coisa. Não se escolhe sequer, não é algo que se controle. É como o bem e o mal. A decência ou indecência. Por isso sim, se és benfiquista e gostas do Benfica, estás a subscrever tudo o cancro humano que o Benfica representa.
É lamentável sim, mas existe.

pitons na boca disse...

Calma, Francisco.

Deve estar próximo o capitulo em que te pergunta se, como benfiquista que és, já pediste perdão pelos 6 milhões de judeus mortos pelos nazis, como fez há uns meses no Banco da Mexicana.

luis disse...

"A escolha de um clube é das coisas mais primitivas e básicas que podemos fazer."

ÂHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAAHAHAH

Já puseste toda a gente a rir! És um alarve.

Deus...anteriormente conhecido como... disse...

Carrega littbarski...a coerência lampiã será sempre algo que me deixará bem disposto. Um bem haja a quem me consegue sempre fazer rir...

Ricardo disse...

Eu digo-vos uma coisa: eu gosto do MM. Não devia dizer isto já que o homem passa o tempo todo a dizer mal do Benfica, mas a verdade é que ele é cómico. As teorias em que acredita e a forma como expõe as suas ideias é engraçado de ler. Eu chego a esquecer que ele está a falar dos benfiquistas ou do Benfica, abstraio-me do conteúdo específico, leio só maravilhado, a forma como ele difunde as coisas em que acredita.

Chamem-me um romântico inveterado, mas acho comovente a forma como o MM acredita piamente nas merdas que diz.

Pedro Almeida disse...

Bem, ele tem uma certa razão... toda a gente sabe que o Hitler tinha uma empregada portuguesa, a Maria Benzódeus, que era uma benfiquista fanática e que passou esse cancro ao Adolf. Aliás no julgamento de Nuremberga vem uma referência a uns tais de diabos vermelhos que seriam a inspiração das SS.
E isto é a verdade, meus amigos, eu sei que custa, mas é a verdade.
Ouviram, seus cancros?

M disse...

o MM é extraordinário..cada vez que constato que comentou, surgem aos meus ouvidos a música do genérico do "Allô Allô", desato-me a rir e não consigo ler mais do que 2 linhas...

tão lindo, fdx....

Nuno disse...

O slb tem de ser campeão porque dá espectáculo...tal como o Arsenal que passa os campeonatos a dar espectáculos e no fim queda-se pelo quarto lugar!

:-)


Saudações

low desert puke disse...

" enquanto centenas de milhar de jovens não sabem o que fazer às suas vidas porque os seus governantes nada lhes oferecem."

Assim uns metem-se na droga, outros na prostituiçao, alguns vao para a academia para depois irem ganhar titulos nos rivais e outros ainda escrevem em blogs espalhando o seu cheiro a azedo de tanta falta de personalidade.

"It is I, MMclerc!"

MM disse...

Ricardo,
Percebeste o que quis dizer sobre primário e básico? Subscreves que a relação com um clube é uma desse tipo. Primária como em original, não copiável, uma que não pode ser exercida 2 vezes. Primária como em primitiva, básica, que remete para um início, e começo? Uma das escolhas mais importantes que podemos fazer, sem fazer, tão antiga quanto um átomo.
Subscreves?
Caso subscrevas, entendes que uma "escolha" deste tipo fala mais por nós do que a escolha de um par de sapatos, escola que se frequente, área de interesse, desenlace ou situações momentaneamente monetárias numa vida? Até mais "importante" e primitiva do que a escolha de uma namorada, ou parceira, ou esposa, porque a elas anterior e porque tal como elas igualmente primária, que carrega até uma dose maior de instinto?

Ricardo, o teu benfiquismo é mero casualismo? É assim que o entendes? Sente-lo dessa forma? Não pois não? Ele fala por ti, em tudo o que faças. Dessa forma, Ricardo, como entendes as intervenções do teu companheiro de clube Ministro?, no post anterior. Ou a intervenção do Luís?, aqui, onde mostra claramente que deve tudo à inteligência e capacidade de interpretação. Ricardo, o que te parecem as intervenções das 3 galinhas aqui em cima?, aquelas que sentem uma imensa necessidade de mostrar que riem-se tanto e desfazem tanto que não conseguem simplesmente ficar indiferentes.

Ricardo, última pergunta e esta não precisas de responder: custa assim tanto reconhecer a superioridade do Sporting? É assim tão difícil abstrairmo-nos das nossas individualidades, suas necessidades, egos, e simplesmente vermos o mundo como ele é?, sem que ele se relacione connosco. Porquê essa necessidade das galinhas relacionarem toda e qualquer coisa consigo próprias, porquê tanta falta de auto-estima? Isto não tem que ver comigo, ou contigo. Eu sei isso. Tu sabes isso. Tem que ver com coisas incomparavelmente maiores, superiores a nós, realidades que não controlamos e que nada têm que ver connosco. Eu sou afortunado, porque nasci sportinguista, mas o Sporting não precisa de mim para ser mais ou menos perfeito. Eu não lhe acrescento nada. Ricardo, porque é que as galinhas que te acompanham não o sabem? Porque é que essas galinhas vêem os seus pequeninos mundinhos como se tudo se relacionasse com elas? Como te disse, a esta não precisas de responder. Mas se quiseres ... elas estão aí para escutar-te.

Eu não vejo galinhas falar sobre o Carnide. Por algum motivo deve ser ...

Hattori Hanzo disse...

É natural ... os outros também falam mais do Benfica do que dos seu clubes (Honra seja feita ao Littbarski.... aliás bom post mais uma vez), começando por lagartos como tu. Eu tenho apreço por sportinguistas, por lagartos(festejei com eles e fiquei contente com o título deles após 18 anos), por outras espécies que também andam por Alvalade nem por isso. Quanto ao Post em si, não só peloa golos parece-me que Otamendi é claramente o melhor defesa do Porto e uma boa compra. O Porto ganhou e bem. Quanto ao Braga parece-me que a grande diferença para o ano passado é não ter equipe para duas competições. O ano passado forma logo eliminados das competições europeias, este ano não.

Fredy disse...

pedro Almeida, tas a falar da passividade do defesa do guimaraes no golo do carlos martins?? onde ele se afasta e até se baixa, não fosse a bola bater nele?

LOL tretas! acorda pa vida!

Ricardo disse...

MM, levando a sério as tuas teorias, coisa que me custa porque, com todo o respeito por ti (porque, apesar de tudo, me pareces uma pessoa com alguns princípios), as tuas generalizações são completamente absurdas. Diria mesmo: imbecis. Repara: não te estou a chamar imbecil, não te conheço pessoalmente, não sei que tipo de pessoas és, mas as tuas teorias são de facto muito imbecis. E imbecis porquê? Acho que a resposta é óbvia mas dou-me ao trabalho: são imbecis porque têm em si o princípio de que, por uma pessoa ser de um clube, torna-se passível de ser formatado numa espécie de análise em que esse e todos os outros milhões se enquadram. Ora, se eu dentro dos 10, 50, 100, 200 benfiquistas que conheço vejo pessoas tão diferentes ou dos 10, 20, 50, 100 sportinguistas que conheço vejo o mesmo, ou seja, a total individualidade na forma como vêem o mundo (e o desporto e o futebol, em particular), como é que podemos extrapolar para uma ideologia colectiva, em que colocamos um grupo de milhões de pessoas numa forma de ser, pensar e agir comum? Impossível. É de uma imbecilidade atroz. E isto serve para uma teoria sobre benfiquistas, como fazes, como para uma teoria sobre todos os padeiros ou sobre todos os brancos ou pretos ou índios ou sobre todos os anões ou sobre todos os comunistas ou fascistas.

Mais absurdo se torna se fizeres teorias que simultaneamente atingem pejorativamente um grupo de milhões enquanto teces loas a outro grupo de milhões, o grupo ao qual pertences. Quantos sportinguistas imbecis existem? Muitos. Quantos imbecis benfiquistas? Muitos. Quanta gente boa, solidária, que pertence à Coração Amarela? Alguma, não muita. E, dentro dessa gente que visita os velhinhos nas suas casas, nos hospitais, que lhes dá conforto, fala com eles, que os ouve, quem dessa gente é benfiquista e portista e sportinguista? Alguns, de todos. E quem mata, esfola, viola, sova outros? Vitorianos, bracarenses, portistas, benfiquistas, sportinguistas, portimonenses. E quem vive o futebol como devia ser vivido? Portimonenses, alguns, benfiquistas, alguns, sportinguistas, alguns, portistas, alguns. É imbecil o que escreves, MM, é imbecil porque é imbecil. Não há muito a dizer sobre o assunto. É imbecil porque é um atalho à inteligência.

Ricardo disse...

Mas comecei por dizer que te ia levar a sério. Ou melhor: ia levar a sério a tua imbecil teoria. Levando, então: já percebi que me tens em melhor conta do que tens a outros benfiquistas. Defines uma diferença entre mim e as outras "galinhas", como lhes chamas, de forma estúpida. A pergunta é: mas se eu sou benfiquista, logo, pelas tuas palavras, estúpido, imbecil, pequenino, com a mania da grandeza, etc, etc, etc, o que se passa comigo que me diferencia dos outros? Se a tua teoria é a de que todos os benfiquistas são broncos, como poderá haver um menos bronco do que outros? Não pode, MM, somos todos broncos. Somos benfiquistas, somos broncos. Não há nada a fazer. Se a razão desta imbecilidade é a de sermos de um clube específico, então, por mais educação que tenhamos, cultura, visão, lucidez, a imbecilidade está em nós, não há nada que possamos fazer. Eu, bronco, me confesso.

E agora imagina isto: estás a ver aqueles broncos que insultam quem vai lá comentar decentemente, no Sangue Leonino? Agora imagina que eu, por aquela amostra de pessoas, tomava ares como tu e dizia que os sportinguistas são todos mal-educados, burros, incapazes de aceitarem a diferença e tremendamente traumatizados e pequeninos, cheios de sentimentos de inferioridade para com o Benfica.

Não digo. Sabes porquê? Porque seria estúpido. Um atalho à lucidez e à inteligência. E era só o que faltava que eu admitisse tendo eu belísismos amigos sportinguistas e, acima de tudo, tendo sido o meu avô um sportinguista de eleição, pessoa de carácter, educado, bom, mas bom mesmo, de poucos bons que conheço, um sportinguista que me ensinou quão grande era o seu clube, um sportinguista que levava o meu Pai à Luz para ver o Eusébio e acabou a "perder" o filho para os rivais. O filho e o neto. Gente desta, MM, é boa porque é boa, não porque seja do Sporting, do Benfica ou do Carcavelinhos. Que tu não entendas isso só faz de ti, aqui sim, um ser muito pequenino. Coisa em que nem sequer acredito porque "vejo" em ti alguém com valor. Só acho que odeias em demasia o Benfica. Mas isso aprende-se a moderar. O desporto não é uma guerra. Não devia ser. Que alguns o entendam como tal, é coisa de atrasados mentais. Atrasados que não têm cor clubística ou têm todas.

E foi a última vez que entrei por esta conversa escusada. Tens aí a minha resposta às imbecilidades que defendes. Pela última vez. Quando quiseres falar de futebol, estaremos cá para isso.

low desert puke disse...

"Ricardo, última pergunta e esta não precisas de responder: custa assim tanto reconhecer a superioridade do Sporting? É assim tão difícil abstrairmo-nos das nossas individualidades, suas necessidades, egos, e simplesmente vermos o mundo como ele é?, sem que ele se relacione connosco."

Se substituires a palavra sporting por Benfica veràs que descreves na perfeiçao a tua inveja que, de resto, nos é mostrada jà quase todos os dias através do teu Evangelho Anti-Benfiquista. Agora aqui, antes n'o banco da mexicana. Onde parece que jà desististe de falar, e o facto de até os teus camaradas de clube se insurgirem là, contra o teu ego podre, deve ter contribuido para isso.

é como te digo desde hà meses: apontas armas ao Benfica querendo denegrir o clube e os seus adeptos, as "galinhas absurdas", mas nao causas mais do que umas valentes gargalhadas a nòs, aliada a uma exasperante vergonha nos sportinguistas.

Por tudo isto sò te peço uma coisa. Continua, por favor.

Pedro Almeida disse...

"o que se passa comigo que me diferencia dos outros?"

Ricardo, pensei que já tivesses percebido, sinceramente.
Ainda por cima neste dia tão especial...
Só não sei se terá sido pela tua foto ou pela tua escrita :-)

MM disse...

Almeida,
A pergunta do Ricardo visava desmontar a generalizacao. Ele nao estava realmente a perguntar no sentido em que respondeste. Mas Almeida, esse "smile" fica-te bem. Nao parece nada homossexual, associado ao conteudo da tua resposta ...

Ricardo,
Tu bem tentas mas e dificil. Pedi-te que me dissesses o que pensas sobre as intervencoes do Almeida, Puke, Ministro e quase totalidade dos benfiquistas que aqui comentam. Nao respondeste, e eu compreendo isso. A tua nao resposta confirma no entanto a verdade por tras da generalizado. Essa mesma que fazes por rejeitar.

Tambem nao quero prolongar isto. A minha capacidade para repetir-me existe mas mesmo ela e limitada. Comecei por falar de futebol. Epoca do Porto em concreto, e foram justamente - mais uma vez - as intervencoes dos benfiquistas que impediram o debate. O Kodro apontou-o, eu peguei na deixa. So isso. Queres falar de futebol? Optimo, falemos, mas primeiro interioriza que falar de futebol nao e falar de arbitros e, tu, aqui, so falas de arbitros. Quase sempre para desculpabilizar o Benfica e tirar merito ao Porto.

Generalizacoes bacocas: muitas das mulheres que viajam do Brasil para Portugal dedicam-se a prostituicao. As brasileiras sao prostitutas. Isto e uma generalizacao bacoca, muito tipica do portugues. E bacoca porque ignora que muitas dessas mulheres viajam para Portugal justamente com esse proposito, e logo, elas nao representam a mulher brasileira.
Outra generalizacao que seria bacoca: nas decadas de 50, 60 ou 70, 80% dos portugueses em Franca trabalhavam na construcao civil. Eles, ai. Elas, como domesticas ou empregadas de limpeza. Os portugueses - diriam em Franca - sao na sua generalidade gajos que trabalham nas obras e as suas mulheres sao umas quaisquer sopeiras. Generalizao bacoca, obviamente falsa, porque? Porque a maioria dos emigrantes que para la ia era gente sem habilitacoes que emigrava para fazer isso mesmo, havendo proposito e condicao por tras da particular situacao.
Compreendes? Isto sao generalizacoes bacocas. Falsas e que a simples razao desmente.

Generalizacao que nao e bacoca: 90% das intervencoes de benfiquistas sao trampa e revelam indecencia. Logo, a generalidade dos benfiquistas apenas tem trampa no lugar de neuronios e, mais grave, sao seres pequeninos que muito devem a decencia. Isto e verdade, porque? Porque todos esses benfiquistas da mais variada especie e feitio nao estao sujeitos a nenhuma condicao que faca filtrar para aqui apenas os merdosos. Nao, vem todos. Todos os que tem acesso a um pc vem aqui. Nao aqui, ao 442, mas aqui a foruns de futebol. E o que vemos aqui vemos em todos os outros. E simples Ricardo. Da mesma forma que vem sportinguistas, portistas, vitorianos, coimbrenses ou conimbricenses adeptos da Academica e outros adeptos de muitos outros clubes.
Compara-os. Es capaz disso?

Sobre o mais, e respondendo ao que perguntaste. Aquilo que o Almeida nao entendeu e que usou para mais uma vez confirmar tudo que para cima esta escrito. Simples, Ricardo: tu nao representas o Benfiquismo, porque pegando na amostra gera, o tipico benfiquista nao junta ideias como tu. Logo, tu nao serves nem tens capacidade - por ti - para anular os 90% de benfiquistas que mais nao sao do que o tal monte de trampa que te falei. Nao sei honestamente qual e a dificuldade em entender isto. O conceito de generalizacao nao e assim tao dificil de compreender.
Cumprimentos e abracos.

MM disse...

Esclarecimento:

Nao existe qualquer associacao entre um pedaco trampa benfiquista e a construcao civil, pintores, escultores, domesticas, advogadas, mulheres-a-dias, empresarias ou o que quer que seja. Nada disto, mais uma vez, nada disto tem que ver com condicao socio-economica.
A merda que e o Benfica e a merdinha que sao os benfiquistas esta presente no ser humano, ponto. Falta de qualidades humanas, apenas, de onde tudo o resto naturalmente deriva, e por isso e que a trampa e generalizada. Esta em todas as profissoes, pobres e ricos, novos e velhos.

90% dos benfiquistas sao o cancro da sociedade portuguesa. Simples.

Pedro Almeida disse...

"Ricardo: tu nao representas o Benfiquismo"

Pronto, temos pena, Ricardo.
Começa a torcer pelo Vitória agora!

Hugo disse...

O Maicon tão cedo não volta a calçar. Ao contrário do Pepe evoluiu muito pouco desde a primeira época

miguel_canada disse...

Para quê esgrimir argumentos?

CAMPEÕES, CAMPEÕES,
NÓS SOMOS CAMPEÕES...

Adorei a prosa do puke, o acreditar que ainda se chega ao Porto. Foi lindo... romântico.
Na Luz leva na tripa outra vez e mete a cassete do arbitro... tra la la!

low desert puke disse...

Basta ver o futebol que o Benfica joga para realisticamente saber que é possivel uma aproximaçao.

Nao percebo como podes pegar no amor que alguém tem no seu clube para o continuar a apoiar, e fazeres disso mais uma piadola fraca.
Eu sei que é dificil chegar ao primeiro lugar, mas nao impossivel, e especifiquei o porque. Agora é lògico que a equipa da Apaf tem um plantel melhor e que decide jogos, nos estàdios onde joga e noutros, mas ainda assim yes we can.

Ricardo disse...

MM,

"Para quê esgrimir argumentos?

CAMPEÕES, CAMPEÕES,
NÓS SOMOS CAMPEÕES...

Adorei a prosa do puke, o acreditar que ainda se chega ao Porto. Foi lindo... romântico.
Na Luz leva na tripa outra vez e mete a cassete do arbitro... tra la la!"

miguel_canada disse...

I believe.....in angels...
Something good in everything i see.....
I believe in angels...
When i know the time is right for me...
a song to sing...
I have a dream....

ABBA - I Have A Dream.

miguel_canada disse...

"90% dos benfiquistas sao o cancro da sociedade portuguesa. Simples"

FODA-SE! Eu não teria dito melhor!!!

rui disse...

A ver se nos entendemos: eu nao tenho nada contra os benfikistas enkuanto pessoas, alias conheço gente muito boa pessoa e muito inteligentes que é benfikista...mas enkuanto benfikistas são uma merda (de adeptos)...nao sabem ver futebol e quando se trata de falar do benfica parecem que deixam de ter cerebro...a maior parte dos benfikistas ke conheço é mm assim e nunca consegui perceber porquê...


ruibonga

low desert puke disse...

Olà ruizinho. agora que voltaste a comentar diz-me là o que achas disto?

"Depois do "penalty" em Aveiro, as palavras de alguns frequentadores do blog foram estas:

grilo falante - "É preciso ser muito estúpido ou intelectualmente muito desonesto para se dizer que o penalti de ontem não o foi."

joao - "blá, blá, blá, blá...duvidarem do penaltie tanto me faz. o jogador foi derrubado dentro da área, e as regras são para se cumprir..."

ruibonga - "O hulk levantou as pernas para evitar ser atingido, mas a acçao do jogador do beira mar foi tal que mm assim ainda foi atingido: falta clara."
"Dizer que o Hulk nao é tocado é de quem é cego...assim sendo aconselho a deixar de acompanhar o futebol já que é algo que para apreciar é preciso olhinhos."


Hoje, e depois de termos todos visto o Mossorò ser tocado por tràs nos dois pés enquanto a bola seguia imaculada, poderiamos concluir que o jogador do braga "é tocado", "aproveitou-se mas como hà toque seria desonesto dizer que nao é penalty", ou ainda que "as regras sao para se cumprir". Repito, poderiamos!

Mas nao. Em vez assistimos a isto:

miguel canada - "um penalti que mais ninguém viu"

bruno pinto - "Em relação à queda do Mossoró na área, terá sido uma rajada de vento?!"

miguel canada - "treta bla bla bla"

master kodro - "É inacreditável a falta de fair-play e de desportivismo da maioria dos adeptos do Benfica que aqui vêm comentar."

miguel canada - "dores de coto (...) LOOOOOOOLLLLLLL"

Demonstra là tu agora rui, que tens olhinhos.

-=amadorjp=- disse...

´Realmente a criatividade por estes comentários é imensa...
Mais uma vez, os adeptos do FCP continuam com um certo Alzimer e esquecem-se que foram o único clube com um Presidente eleito durante 3 mandatos que simultaneamente era deputado da União Nacional.. que inauguraram o seu estádio no aniversário da implantação do Estado Novo ou que o Youtube contém mais do que apenas músicas...
Já os adeptos do Sporting... atiram a tudo o que mexe, mas continuam vendidos aos do Porto. Com isso conquistaram imensos títulos... uiii Aliás, recentemente compraram um rapaz chamado Moutinho, contrataram Ruben Micael e Vilas Boas... Ah pois afinal foram para o Porto.

Quanto ao jogo dos FCP... parece que o penalty não assinalaado e o fora de jogo que isolava o jogador do Braga ainda antes do tal golo que dá o 0-1, foram esquecidos... bem o Borges na SIC diz que aconteceram, o tipo que veste fatos da Chicco na Sic Noticias tb, os gajos da Jornada na TVi tb falaram dos lances e dizem que foram mal ajuizados... ah pois, mas os portistas sofrem de Alzimer!