segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Benfica e Selecção

1. Em Setúbal, óbvia desilusão para o Benfica. David Luiz confirmou que é um bom jogador que, estando em excelente forma, parece um muito bom jogador. O pior é que os erros posicionais e a displicência continuam lá. Como se viu naquele patético auto-golo. Cardozo também merece um puxão de orelhas. Não se falha um penalty naquela situação, ponto final. Arbitragem pavorosa, com erros graves para ambos os lados.

2. Em Varsóvia, o sorteio de apuramento para 2012 alinhou Portugal com Dinamarca, Noruega, Islândia e Chipre, em grupo de dificuldade média (qualificam-se o primeiro, o melhor segundo e mais quatro equipas via play-off). No pote 2 havia bem melhor por onde escolher, mas reconheça-se que a Noruega era provavelmente a equipa mais fraca do pote 3. Principal obstáculo: a escassez de jogos (8) impede recuperações de última hora, como ocorreu em anos anteriores. Desta vez, é mesmo preciso ser consistente desde o primeiro jogo. Em todo o caso, Portugal tem obrigação de se apurar.

katanec

9 comentários:

Fermelanidades Leite de Matos disse...

Em Gales?

katanec disse...

Um erro que não consigo explicar. Já está alterado, obrigado.

Mr. Shankly disse...

A arbitragem não foi pavorosa, mas cometeu dois erros graves com influência no resultado (pelo menos o golo, o penalty se calhar falhava-se :)
Mas já tenho visto muito pior. lembro-me de jogos em que aos 10 minutos já se tinha percebido quem ganhava e quem era expulso.

Filipe disse...

Caramba, só nos faltou a Suécia.

pitons na boca disse...

Finlândia o quê?

Quetzal Guzman disse...

O problema do Bonfim tem simples explicação: para os adeptos era sábado, para os jogadores já era terça. Espero que tenham levado a devida reprimenda no balneário.

Grilo Falante disse...

E para o árbitro era dia de receber...

Filipe disse...

Décima segunda "chicotada psicológica" na nossa liga! Alguém sabe qual é o recorde?

Fora de jogo disse...

Portugal vai passar. O grupo também não é assim tão poderoso.