quarta-feira, novembro 18, 2009

Adeus África

master kodro

39 comentários:

Sérgio_alj disse...

Adeus África?

Não percebi...

Fredy disse...

Lindo!

eu percebi e adorei hehe

grande MK!

luissm disse...

Vinha cá festejar convosco...

Mas afinal o ressabianço é mais forte que a festa. É pena!

atribodofutebol disse...

Chama-se ironia barata, Sérgio.

BAD-RELIGION disse...

Adeus África pros Bosnios LOL que o Blazevic ja pensava que ia ao mundial e que era tudo muito fácil, mas quando se tem uma selecção com aquela qualidade... LOL nem aos playoffs se devia ir...

Mr. Blue disse...

Muito bem MK.

Certeiro, como sempre.

jose reyes disse...

Boa, Master Kodro :)

Também gosto de os ver espumar o fel.

Hugo disse...

Estamos lá para tristeza dos Manhas desta vida

Jorge disse...

Boa...

A falta de fe no Queiroz e tal que ainda ha dias havia uns tipos a questionarem a escolha do Paulo Ferreira para defesa direito.

Pedro disse...

Queiroz cumpriu o objectivo e isso é q importa. Pouco interessa se a selecção jogou bem ou mal. Está lá e foi para isso q Queiroz foi contratado. Não acreditava q ele conseguisse portanto só tenho q lhe dar os parabens.

td disse...

caro MK, já estás convencido que Paulo Ferreira é a melhor opçao? Como eu disse,Paulo Ferreira defende melhor que Miguel,muito melhor no jogo aereo e pode fazer de 3º central a fechar por dentro.Penso que em campo foi tudo justificado e Queiros optou bem!certo?

Yazalde disse...

É verdade, mesmo com o bluff que é o queirós enquanto treinador principal (não está em causa a sua competência para adjunto do fergusson ou director técnico ou team manager), conseguimos apurar-nos. O que é o mínimo dos mínimos, face à qualidade individual abismal entre a nossa selecção e as demais, incluindo a dinamarca.

master kodro disse...

Sérgio alj, Adeu África foi uma manchete de um jornal desportivo há poucos meses.

Ressabianço, luissm? De quem? Estou a ver que tenho que fazer um best of. Fica para o fim-de-semana.

Jorge e td, continuo a questionar a opção de Queiroz de convocar um jogador que fez um jogo mais 19 minutos esta época, quanto mais de o colocar a titular.

Para a próxima eu cobro, tribodofutebol, para não ser tão barata.

Francisco disse...

A dada altura da campanha não acreditei mais na classificação: a selecção jogava um futebol muito fraco, coleccionava maus resultados e já não dependia de si própria. Assumo sem qualquer problema. E pergunto: é assim tão execrável que me tenha sentido assim dado a situação?

Felizmente, os jogadores e Queiroz trataram de dar a resposta e conseguir a classificação para o Mundial, o que constitui um grande motivo de alegria! Ontem, principalmente, a selecção deu mostras de uma enorme maturidade, união e vontade. Conordo com os que dizem que apesar de não ter sido dos melhores jogos desta era Queiroz, foi certamente o mais tacticamente esclarecido e conseguido.

Agora é altura de comemorar! Mas a selecção terá que melhorar e MUITO se quisere ter uma participação digna no Mundial. Senão arriscamo-nos a reedições de 86 e 2002...

Offshore disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Offshore disse...

mk,
há link para essa capa ?

Sérgio_alj disse...

Foi do jornal o Jogo, depois do Portugal 0-0 Suécia!

Muito bem visto MK!

Sérgio_alj disse...

http://miguel-lima.com/wp-content/uploads/2009/03/africa.jpg

ADEUS AFRICA

Valdemar disse...

Deixem-se de merdas:

a determinada altura da campanha, até o Queirós deixou de acreditar. A naturalização do Liedson, prova-o, entre outros episódios de descontrolo no discurso do seleccionador e do Madaíl.

Qualificámo-nos.

Foi o mínimo. Éramos a equipa mais forte do grupo e era escusado passar por esses tormentos, se a vaidade do professor lhe permitisse pedir vitórias em vez de goleadas. Pragmatismo, em vez de superioridade moral quer depois não tinha expressão no marcador.

Não foi o caso, e foi preciso um banho que humildade para que o seleccionador e alguns jogadores perceberem que só há um caminho para o mundial: o trabalho.

Vedetas não ganham jogos. Nem quando se sentam no banco de suplentes a dar instruções, com barba de 2 dias de inspiração Mourinho.

Em relação à posição de defesa direito, temos vários atletas. Cada qual com as suas características. Bosingwa é rápido e ofensivo. Miguel é tecnicista e também algo rápido e ofensivo. Paulo Ferreira é lento, mas experiente e defensivo. Cada qual com características que se adaptarão a adversários diferentes.

É estúpido afirmar que apenas um é bom.

Como seria dizer que bom médio é só o Deco. Raúl Meireles ou Tiago, por exemplo, não.

Qualquer gajo com dois dedos de testa sabe que cada qual cumpre funções diferentes. Não se pede a Deco que defenda como Meireles. Não se pede a Paulo Ferreira que ataque como Miguel. Sabe-se que Bosingwa não é concentrado a defender, como Ferreira. Isto é claro.

Bom, agora é esperar pelo verão e ver se aprenderam a lição. Trabalho e colectivo. Vedetismo e sobranceria, não nos levam a lado nenhum.

kovacevic disse...

Valdemar, deixa-te de merdas tu.

Quando a capa Adeus África surgiu, faltavam cinco jogos -- 15 pontos -- e Portugal estava a 4 pontos do segundo (Hungria) e do primeiro (Dinamarca com menos um jogo).

Achas essa manchete inocente?

Ou preferes aquela da Bola, que até apareceu antes: "E o burro sou eu?"

Estou perfeitamente à vontade, porque várias vezes critiquei o Queiroz nesta qualificação, incluindo aqui no 442, mas não restam dúvidas: o homem foi provocado e estava mais de meio mundo na imprensa a desejar um falhanço.

Essa antecipação da derrota é que fez a cabeçados adeptos quando nada justificava tamanho pessimismo.

Quem precisa de um banho de humildade és tu e outros como tu.

Francisco disse...

A bem da verdade, quando surgiu essa capa, embora faltassem 5 jogos, Portugal havia feito apenas 6 (!!!) pontos nos 5 jogos disputados. Era uma situação delicadíssima, não há como negar.

Desculpem, mas estabelecendo um paralelismo não muito equiparável, mas que ilustra o meu ponto: se surgisse agora uma capa a dizer "Adeus título" para o Sporting. O Sporting pode ainda conseguir o título, mas tendo em conta o desempenho actual e a situação em que está, é esse o cenário mais provável?

Foi extemporâneo? Foi. Tinha segundas intenções? Provavelmente.

Mas quantos outros artigos e posicionamentos públicos de certas pessoas da imprensa (e não só) durante a era Scolari não foram também? Quantos não desejaram também o insucesso?

Entre milhentos exemplos, lembro do Eduardo Barroso antes do jogo com a Espanha, no Euro 2004, a pedir que se corresse com "o brasileiro" dado o mais que evidente fracasso que se avizinhava, pois "obviamente" Portugal nunca ganharia da Espanha e passaria da fase de grupos.

Faz parte. Não há necessidade do pessoal se exaltar e começar a trocar insultos.

Valdemar disse...

Kovas,

a imprensa quer sangue. Ou dos que apoiam ou dos que estão contra.

Porque vende.

Porque o povo consome.

E já agora, eu preciso de humildade por..?

último! disse...

Épa, a nossa sorte e a do Queiroz foi a lesão do Cristiano, só após a mesma mostramos jogo de equipa.

Claro que dou os parabéns ao seleccionador, pois com muito menos qualidade de meios conseguiu um apuramento e manteve-nos por lá (depois de sair é complicado voltar) agora o essencial é conseguirmos jogar como equipa (o que claramente conseguimos ontem) com todos os jogadores.

psergio disse...

Penso que o que Eduardo disse revela bem o espirito que se vivia dentro do grupo de trabalho da Seleção.

"Muitos abutres falaram mas não tiveram carne para comer"

Esta vitória não foi da seleção de todos nós mas sim da seleção de alguns de nós...

PS.
O mais engraçado é que agora ninguem falou mal da seleção...

ALguem sabe se a direção do jornal O Jogo mudou????

Jorge disse...

MK

Estava a brincar, eu afinal tinha concordado contigo... mas depois do jogo de ontem parece-me que o Queiroz tomou a decisao certa.

Fredy disse...

Valdemar..tu contradizes-te..então o queiroz não acreditava na qualificação e por isso naturalizou o liedson?? para quê? LOL

se não acreditava porque quis ele naturalizar um gajo que depois do mundial não é mais convocado provavelmente? ;)

Ricardo disse...

O chorão do Eduardo ficou ofendido...

Essa frase é repugnante...

O R. Carvalho mostrou toda a sua classe ontem.

TVI: 'R. Carvalho depois desta qualificação tem alguma mensagem que queira deixar a todos os que anteviam que esta selecção não ia ser apurada e que a têm vindo a criticar?'

R.Carvalho: Não, não tenho plenamente a noção de que naquela altura as criticas faziam sentido, cometemos demasiados erros e prova disso foi o facto de nos vermos obrigados a ganhar todos os últimos jogos e de estarmos hoje aqui...não interessa assim até sabe melhor (risos) mas claro que era preferível termos feito o que era esperado.

Isto sim é de ressalvar...

Valdemar disse...

Fredy,

como se tu fosses burro, coisa que desconfio que não és:

vendo que ficava complicado marcar golos, e a qualificação por um canudo,

Queiroz resolve comprar Liédson, e um tal de Edinho. Além de inventar um Duda a lateral esquerdo. Por ver que com os que tinha não se safava.

É difícil, isto?

Já agora um apontamento. Cuidado quando dizem que o Liédson está velho. A agilidade do atleta e o seu faro para o golo, vai permitir-lhe prolongar a carreira por mais anos que o Nuno Gomes, por exemplo.

td disse...

Camarada yazalde parece que estás com azia! Portugal qualificou-se amigo,se calhar preferias que ficasse pelo caminho? só para criticares? meu caro ,Portugal passou pela qualidade do coletivo e nao das individualidades , basta veres os que foram eliminados e comparares a "qualidade individual abismal". Amigo futebol nao é tenis!parabens Queirós.

Yazalde disse...

TD: o trabalho do treinador não é ampliar as qualidades individuais para favorecimento do colectivo?
Quando a soma das partes é inferior ao colectivo algo está errado.
Sofre a qualidade abismal continuo a dizer que no nosso grupo estamos bem distantes dos outros todos, incluindo a dinamarca.
A nível mundial só vejo 5 equipas com um colectivo de individualidades melhores que nós: espanha, itália, frança, argentina e brasil. Por isso perder com qualquer outra significa que colectivamente foram melhores.
Mas queirós já disse que somos candidatos ao título e ai até concordo com ele.

Jorge disse...

Discordo dessa ideia que o nosso colectivo e de topo.

Simplesmente nao temos um unico defesa esquerdo de qualidade, na baliza tambem nao diria que temos um guarda-redes de grande qualidade e o trinco tem sido um tipo adaptado nao havendo uma alternativa claramente superior.

Nas restantes posicoes, temos possivelmente um jogadore de grande nivel para cada posicao mas nao temos suplentes a altura. Quando o "titular" se lesiona ou esta em ma forma temos serios problemas em encontrar um suplente a altura.

Por isso e facil passarmos de uma equipa que pode lutar por titulos quando nao temos lesoes e os jogadores estao em forma para uma equipa que tem dificuldades em ganhar contra seleccoes mais modestas.

Por isso nao queiram por Portugal ao mesmo nivel da Italia, Espanha, Franca, Alemanha, Brazil e Argentina que tem um leque de jogadores de qualidade muito mais vasto e equilibrado.

jamsilva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jamsilva disse...

Normalmente não gosto do homem mas factos s factos:

Madaíl:
"Esta vitória é para todos eles. É o encerramento de uma década de ouro do futebol português. Estivemos no Euro2000, Mundial2002, Euro2004, Mundial2006 e Euro2008 e agora vamos ao Mundial2010. Só cinco selecções europeias conseguiram isto", realçou o presidente da FPF, na chegada a Lisboa"

jamsilva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Zé Luís disse...

Não gosto de me meter em conversa de entendidos, por já conhecer a praça do peixe miúdo de raciocínio e conhecimentos.

Mas é tão evidente que se esquece a perda de jogadores (retirados e lesionados) como se desconhece factos básicos que toldam as pretensões de análises lúcidas e concretas.

Na altura da naturalização de Liedson, até Hugo Almeida se lesionou, melhor teve uma apendicite aguda e foi operado de urgência. Sobrava o suplente do Benfica, Nuno Gomes. E o tal Edinho, esse como outros desprezados e sem perceber-se a razão.

O Edinho não veio roubar o lugar ao Pauleta. Muito menos ao Saviola e Cardozo, ao Lisandro e ao Farias. O Edinho, nas circunstâncias actuais, serve por se calhar não haver melhor e passível de jogar pela selecção. OK, há sempre o Postiga, para quem quiser.

Também ainda não vi melhor que o Duda na posição. Não quer dizer que é um "must", mas numa posição onde passou o sofrível Nuno Valente, onde Rui Jorge desapareceu da actividade, o Paulo Ferreira foi testado vezes sem conta com rendimento insuficiente, bem há sempre que suspire por Miguel Veloso, ainda por testar verdadeiramente, num lugar que ele rejeita no seu clube.

Se CQ tivesse as certezas de algumas amebas, estaríamos a plantar cactos neste deserto de vacuidades. Mas esperar que entendam isto é debalde mar.

Achar que o Miguel, gordo que nem motorista de camião TIR, é rápido e considerar o actual Deco à altura em que foi bicampeão europeu em anos consecutivos. E, infelizmente, aqueles que não viam Deco como sucessor de Rui Costa, em 2004, deviam temer que depois de 2006 não teremos um 10 minimamente decente. Bem, só se forçarem a adulação por Moutinho, até porque Tiago não faz de Deco (nem Meireles). Ou... naturalizarem mais alguém, fora Aimar ou Matias Fernandez. Não sei se Belluschi ainda poderia ser elegível por Portugal. O problema é que o campo de recrutamento encurtou de forma dramática sem preocupação de quem pendurava bandeirinhas (com pub.) na janela.

jamsilva disse...

qd a coisa começou a ficar má e sobre pressão a equipa fez 13 pts em 15 possíveis.

É um bom sinal.

Mesmo assim ainda há pessoal q critica... a vida para alguns é demasiado fácil, são uns iluminados e incapazes de entender a lentidão dos outros comuns mortais.

Valdemar disse...

Zé Luis,

essa do debalde foi gira.

Fazes stand-up?

Fredy disse...

Valdemar, la ta..eu prefiro ver as coisas doutro prisma: por ele acreditar ser possivel é que "comprou" o liedson! provavelmente sem ele não tavamos na africa agora..

enfim..acho que depende da forma que cada um "olha" o queiroz: eu olho com indiferença, já tu não o vês com bons olhos hehe ;)

Zé Luís disse...

Nos primeiros tempos pensei se este não seria o mesmo da TVI. Estúpidos há muitos, como sabemos, sem nada para dizer, repisando mentiras que julgam ser verdade.