terça-feira, fevereiro 03, 2009

Cinco nomes e outro impronunciável

Givanildo 'Hulk' Souza Acho que chegou a hora de assumirmos todos - mas mesmo todos - que nos enganámos. Estamos perante aquele que é, no momento, o jogador mais importante do Porto, o líder do campeonato, o que faz dele uma das estrelas da prova. Contra o Belenenses, mais um espectáculo de força, técnica e velocidade, com um golo e três ofertas para Lucho, que este resolveu desperdiçar. É certo que os defesas da Liga não são os defesas da segunda divisão japonesa, mas, perto de Hulk, parecem. Cedo piámos.

Márcio 'Mossoró' Costa Tem tido alguma dificuldade para se impor no concorrido e valioso plantel do Braga, tendo apenas agarrado a titularidade consistentemente à 13.ª jornada, mas resolveu aproveitar bem os minutos que lhe dão: foi com duas assistências do brasileiro que o Braga bateu o Paços de Ferreira (2x0). E a primeira foi tão boa que até Renteria conseguiu marcar...

Ricardo Quaresma Esta passagem pelo Inter não correu bem ao extremo. Até teve alguns - poucos - momentos de bom nível, fez mais de 900 minutos de competição a sério (Liga e Champions) mas acabou a experiência com a sentença de Mourinho: "O Ricardo precisa ter força psicológica para superar o medo de jogar". Medo de jogar. Ora aí está algo que Quaresma nunca teve mas que desenvolveu em Itália. Vai fazer-lhe bem a mudança para Inglaterra. Vai chegar ao fim da época com 25 anos de idade e passagens pelo Barcelona, Inter e Chelsea, o que está ao alcance de muito poucos.

Miguel Veloso O Sporting não aceitou os 10 milhões do Bolton e o jovem fez gazeta sem avisar. E porque é que o sabemos? Porque o site do Sporting nos informou. A notícia é das 12.21, pelo foi tudo extremamente rápido. Vamos ver de quanto tempo vai ser o castigo. Já sabemos que o de Grimi foi curto. Eu vou ficar a pensar porque é que o site do Sporting publicou aquele comunicado por volta do meio-dia.

Zoro É impossível não gostar dele. O rapaz que me permitiu escrever o ponto 3. deste post (aproveitem e leiam os comentários, leiam todos os comentários, dotados de uma actualidade inusitada) merece tudo. Até jogar no Vitória de Setúbal (como é que o Macedo não se lembrou deste?...).

____ O chifrudo voltou a atacar. Já disse tudo o que tinha dizer sobre____. Foi aqui. Agora atacou na terra dos cangurus. Só tenho mais uma coisa a dizer: contra 'meninas', também eu.

ps - Agora ninguém me avisa que o link em 'meninas' não está a funcionar?... Fica aqui em baixo o vídeo:




master kodro

16 comentários:

david disse...

Será que o Miguel Veloso anda a tentar forçar a saída? E será que desta vez o Dias Ferreira lhe dá uma ajuda, como fez com o outro?

O Nadal é o melhor tenista do circuito actual e tem tudo para continuar a sê-lo durante os próximos anos. O gajo é um monstro dentro do court, mas reduzi-lo à sua força e resistência física é um erro. É um tenista com técnica e que tem desenvolvido muito ao longo dos anos. Só assim se explica que tenha começado a ganhar torneios também em pisos rápidos.

Será que desta vez é o minino qui vai protegê o Scolari?

Filipe disse...

Eu diria que o Quaresma não teria dificuldade em tirar o Malouda ou o Kalou da equipa, mas o problema é que esses também pareciam ser bons jogadores antes de passarem pelas mãos do Mourinho. O Mourinho parece ter o toque de Midas relativo a alguns jogadores e o inverso em relação a outros (o sheva nunca mais foi o mesmo).

O Zoro tem de salário anual mais que o orçamento do Setúbal para a época.

Eu aproveitava para juntar a esses nomes o Hermínio. Só saber quem é o adversário na véspera dum jogo é mais daquelas coisas que só lembra à nossa liga. Há que tempo que se fala nisto... não é assim que se gere uma competição.

Littbarski disse...

A ida de Quaresma para o Chelsea poderá será boa para ele e para a selecção. Isto se Scolari apostar nele. É uma pena ver um jogador desta qualidade ser subaproveitado.

O Porto tem esta capacidade: vende os seus melhores jogadores, quase todas as épocas, e consegue renovar a equipa de forma a mantê-la competitiva, em Portugal e na Liga dos Campeões. Seria interessante fazer uma sondagem que perguntasse aos portistas se trocavam Hulk por Quaresma. Eu estou convencido de que a grande maioria diria que não.

Impressionante a vitória de Nadal. Eu sou um grande admirador de Federer, mas é impossível não reconhecer o grande jogador em que se transformou Nadal, aos 22 anos. Fazer quase 10 horas de jogo, em 2 dias, ao seu melhor nível, só mesmo para o actual número 1 do mundo.

Acredito que Federer ainda conseguirá bater o record de Pete Sampras. Ganhar em Roland Garros, com Nadal a este nível, é que já me parece mais complicado.

Littbarski disse...

* Em dois dias, isto é, em pouco mais de 48 horas.

Ricardo disse...

Hulk - Eu faço parte da gentalha que entrou na espiral do "é rápido, forte, tecnicista, tem potencial, tem talento... mas não é jogador de futebol". Sou desses, sim senhor. E a verdade é que tenho visto uma evolução no Sr. Hulk. Mas ainda não acho que seja jogador. Não é por mal, é porque vejo no homem algumas deficiências colectivas. Ainda não dou totalmente o braço a torcer. Dá-me mais 3 semanas e decido.

No entanto, elogio a tua posta. Falaste num assunto delicado, admitiste o erro e tornaste o assunto (o constrangimento de admitir que o Hulk é melhor do que o imaginámos) público. Parabéns.

Mossoró - É bom jogador. E fazer o colombiano marcar, eh pá, é de craque.

Quaresma - Se no Hulk posso estar prestes, dentro de umas semanas, que não percebi nada da realidade, em relação ao Quaresma foi na "mouche". Gosto muito do Quaresma e sempre defendi que seria um jogador a menos em Itália. Este empréstimo vem confirmar isso mesmo. Inglaterra pode ser o início de uma era nova para o Ricardo. Espero que sim. É um jogador genial como poucos. A minha única dúvida em relação a Quaresma nunca foi de âmbito desportivo, mas psicológico. Esse medo de que o Mourinho fala não me espanta. É pouco dado a ambientes adversos. E tenho sérias dúvidas sobre a possibilidade de mudança, ainda que a espere a toda a linha. Pode parecer exagerado, mas, depois de Messi, acho o Quaresma dos 4 ou 5 jogadores mais geniais do mundo.

Veloso - Nem o jogador tem cérebro nem o Sporting se defende. Ou, no último caso, defende-se em demasia...

Zoro - Este homem tem tido uma passagem pelo Benfica das mais estranhas de sempre. Afinal, por que razão não foi nunca opção credível para os treinadores? Daqui a uns meses saberemos.

Nadal - não é só força, não é só garra, não é só vontade. É um excelente jogador de ténis. Apesar de tudo. Apesar de o Federer ser (o) maior. É um Hulk.

Hugo disse...

Hulk - Cada vez melhor! Um potencial inacreditável por explorar

Mossoró - Bom jogador sem dúvida. Já repararam que o Renteria só marca de cabeça?

Veloso - Um jogador que tem como grande sonho alinhar no Bolton nunca irá muito longe

Zoro- Como é possível ganhar 100.000 euros?

Nadal - Federer é grande mas começa a desesperar com este portento espanhol.

Pedro disse...

Zoro ganha o q ganha pq veio a custo zero. Todos sabemos q o "custo zero" de zero tem muito pouco.

tp disse...

O Nadal melhorou imenso mas alguns factores tem contribuido para o seu sucesso.

Além da já conhecida vantagem de ser esquerdino ( que , por exemplo, faz com que possa servir em slice do lado das vantagens )beneficiou do facto de:
- o Open da Austrália ter mudado o piso, que agora está mais lento e permite algum deslizamento
- o estilo de jogo da maioria dos jogadores ter passado a ser o de base-liners o que prolonga imenso os jogos. Devido a isto, a partir dos quartos de final, o piso em Wimbledon é muito mais parecido com terra batida do que com relva.

Claro que isto são desculpas porque o que realmente acontece é que detesto o jogo à bruta do Nadal ( tal como não gosto do do Roddick ) e venero o sublime jogo do Federer. O rancor é algo de feio, eu sei....

Nuno disse...

"Estamos perante aquele que é, no momento, o jogador mais importante do Porto"

Isto é para ter piada, não é, master? O jogador mais importante? Com base em quê? Hulk tem demonstrado aquilo que já se sabia dele. É um jogador explosivo, com uma capacidade técnica e atlética invejável e que, aproveitando-as quando tem espaço, pode ser demolidor. Acho e achei desde cedo que era um jogador muito útil à equipa a jogar de determinada maneira e em determinadas zonas do campo. Continuo a achar isso. E continuo a achar que a jogar noutras zonas e de outra maneira o Hulk é horrível. Os desequilíbrios que consegue são quase todos em transição, quando tem espaço para aplicar a sua velocidade e/ou junto à linha, quando ultrapassa o adversário directo no um para um. A jogar no meio, de costas para a baliza, é um jogador fácil de anular. Contra equipas mais fechadas, é uma nulidade. E continuará a sê-lo. Agora, está muito longe de ser o jogador mais importante do Porto. Além de Lisandro e de Lucho, que é inegável que sejam os jogadores mais importantes daquela equipa, o Raúl Meireles e o Fucile são bem mais importantes. Assim como o Fernando, que garantiu a estabilidade à equipa que faltou no início da época quando não tinham quem substituísse convenientemente o Paulo Assunção. Hulk é um jogador muito útil, mas está longe de ser o jogador mais importante da equipa. É, juntamente com Rodriguez, dos primeiros a sacrificar caso as coisas não estejam a correr bem.

Kaiser disse...

Abençoado Nadal.

Bruno Ribeiro disse...

"A jogar no meio, de costas para a baliza, é um jogador fácil de anular. Contra equipas mais fechadas, é uma nulidade"

Olha, é como o Cristiano Ronaldo! Também é uma nulidade quando o colocam a jogar de uma forma que lhe limita as qualidades.

Mas dizeres que um jogador é uma nulidade contra equipas fechadas, quando ainda no último jogo dentro da área deixou 3 jogadores do Belenenses a olhar para ele, tem que se lhe diga.

ChuckE disse...

Pah, sem querer negar que o quaresma flopou nestes ultimos 6 meses (flopou deveras...), acredito que este emprestimo beneficia apenas e sö o inter pelas seguintes razöes:

- crise econömica
- possibilidade de o valor a pagar pelo ricciardi ao porto subir atë aos tais 30 milhoes da praxe atingidos determinados objectivos (que geralmente nestes casos ë jogos jogados, a titular e/ou suplente)

porque, convenhamos:

- atë no ultimo jogo, em que o quaresma flopou mais uma vez, foi protegido pela enesima vez pelo mourinho (convenhamos, ele nunca explodiu com ele como com o julio cruz ou o adriano), logo hä razöes pra acreditar que iria continuar a insistir no cigano atë dar
- scolari nao ë o melhor treinador para recuperar o minino, visto que o usou como bode expiatörio para safar-se perante o püblico do caso do soco, e tambëm desancou no jogador, retirando-lhe valor na seleccao (insistir no simao depois dos jogos seguidos com o brasil e a belgica, ou os celebres recados aos "individualistas do grupo", depois dos jogos com a italia e com aquela equipa que ninguem se lembra, mesmo antes do euro comecar).

portanto, matemätica feita, ganha o inter (poupa guita e mantem o jogador), perde o quaresma (vai passar de jogar menos a menos jogar), e perde o chelsea (depois da escola de samba, estabeleceu a escola do vira).


Epa, qto ao federer, acho que nao se levanta nunca mais. Acredito que possa bater o recorde, mas pra isso tem que esperar que alguem elimine o nadal antes da final.

A verdade ë que as grandes armas do Federer sao ineficientes contra o Nadal. Aquele ditar o jogo que encosta os jogadores todos no backcourt, atë provocar um erro nao forcado, nao funciona contra provavelmente o melhor jogador de backcourt de todos os tempos, que arranca winners de lä, o que dificulta as subidas ä rede. E aqueles trunfos dele quando um adversärio sobe ä rede pra pressionar, como os lobs perfeitos ou os passing shots, nao servem de nada contra um jogador que sabe que sucka no frontcourt, e por isso nunca vai lä. E pronto, e ser canhoto... Ë um verdadeiro ying vs. yang. Nao acho o Nadal invencivel, mas contra o Federer... e entao depois desta choradeira, claramente o federer n vai ter condicoes psicologicas para bater-se de igual para igual com o nadal. Que bata o record, portanto.

Fredy disse...

mas alguém liga ao que o Nuno diz?? lol djaló e postiga é que são jogadores, o hulk nao vale nada pah lolol

david disse...

«Claro que isto são desculpas porque o que realmente acontece é que detesto o jogo à bruta do Nadal ( tal como não gosto do do Roddick ) e venero o sublime jogo do Federer. O rancor é algo de feio, eu sei....»

Parece estar aqui implícita uma comparação entre o Nadal e o Roddick que, quanto é a mim, é absurda. Se queremos comparar o Roddick com alguém, comparemos com o Pete Sampras. E mais depressa o acho comparável a Federer do que ao Nadal. O jogo do Nadal nunca foi e nunca vai ser aquele jogo de serviço&net. O Federer sim, é capaz de fazer esse jogo. Um dos pontos menos fortes do jogo do Nadal é o serviço (se bem que está a melhorá-lo e quem dera a muitos ter o serviço dele), enquanto para Roddick o serviço é mesmo o ponto mais forte.

A propósito do Nadal, aconselho a leitura de mais um post brilhante do Maradona:

http://acausafoimodificada.blogs.sapo.pt/242472.html

leaoconselheiro disse...

Estou confundido...

Na teoria "Paulo Bento, o treinador de filhos e enteados", o Veloso é o quê? No inicio da época era filho, agora não tenho a certeza.
Se alguém me puder encarecidamente esclarecer, agradecia para não perder o fio à meada...

tp disse...

Oh David,

O que escrevi foi que o Nadal joga em força e que o Roddick tem um jogo baseado tb na força. Mais nada!
Não procures " verdades implícitas" onde elas não existem.

O principal problema do Federer com o Nadal parece-me ser mais mental. Basta ver a percentagem de primeiros serviços na final.

Comparar o jogo do Federer com o do Nadal é comparar alhos com bugalhos, comparar um bisturi com uma serra eléctrica, Mozart com Wagner.