quinta-feira, julho 03, 2014

Play It Again, Sam # 144 - Torres

Uma torre no centro do Olival e Oliver foram as principais novidades no primeiro dia de trabalho do Porto de Lopetegui. O jovem médio chega por empréstimo, sem opção de compra, do Atlético de Madrid. Não sei se este será um caso isolado, eventualmente para satisfazer a vontade do treinador, se será uma forma de adoçar algum negócio futuro, ou se, não havendo dinheiro para comprar, se pede emprestado, o que seria uma mudança na política de aquisições da SAD portista. O que parece certo é que, independentemente do seu rendimento no Porto, Oliver regressará a casa, no fim da época. E, assim sendo, mais vale que deixe saudades.

Música: "Jealousy and I"
Álbum: "Torres", 2013
Interpretação: Torres



4 comentários:

Mr. Shankly disse...

Esse miúdo é craque, por isso é que o Atlético não aceitou que tivesse cláusula. Havia adeptos que o queriam a titular no início da época.

littbarski disse...

Eu percebo a posição do Atlético, a do Porto é que ainda não percebi muito bem.

Joao disse...

Oliver é pedido expresso do treinador, tal como parece ser Tello.

Se o empréstimo é o que se pode arranjar, paciência!

Sinceramente prefiro ver um Porto comedido nas contratações mas com as contas em dia ao longo da época...

DC disse...

Acho que a posição do Porto é a de, a todo o custo, evitar o bi-campeonato do benfica. Nem que para isso tenha que pedir Oliver e Illarramendi emprestados, fazer um esforço financeiro "perigoso" pelo Tello e até rejeitar propostas milionárias pelo Jackson.