quarta-feira, março 20, 2013

A falta de peso das camisolas

Antunes fez oito jogos no Málaga (em que se incluem 3 derrotas e dois empates) e foi à selecção. O presidente do Paços de Ferreira acha que a chamada só peca por tardia, entre outras considerações sobre o peso das camisolas. Como tantos em Portugal, mal muda de cores (ou de representante) passa a estrela.

14 comentários:

Miguel Lourenço Pereira disse...

Um velho mal que não tem cura para esta gente. O importante é ter o agente certo e/ou um clube com estatuto. A qualidade só vem em 3º lugar!

Filipe disse...

O Málaga eliminou o campeão português, e está entre as 8 equipas ainda em prova na CL. Não me choca que se convoque um indivíduo que tenha oito jogos pelo Málaga num intervalo de tempo relativamente curto.

O problema do nosso futebol é que qualquer jogador dos clubes médios que dê nas vistas sai em Janeiro. Querer o Josué na selecção parece-me irrealista, foi uma nulidade contra o Benfica. Vi melhor no Vitória.

Pedro disse...

Este Filipe é retardado?

Mas percebeste o que foi escrito?

Filipe disse...

Haha Pedro, na falta de argumento vai-se para o insulto fácil. Também sei brincar a isso mas não vale a pena.

Este é um tema recorrente com o MK. Eu não percebo como é que pode ser um drama não convocar um jogador duma equipa que não esteve nas competições europeias, e que perdeu sem espinhas os jogos com os grandes. Não tendo testes à altura, não dá para aquilatar a verdadeira qualidade do jogador, a menos que se esteja a falar de um fenómeno.

Ser titular (720 minutos em 8 jogos) de uma equipa que está nos quartos da liga dos campeões tem que valer muito mais que ser titular no Paços.

Filipe disse...

Ah, e Pedro, não sei se ficaste confuso com isso, mas a referência ao Josué é relativa à entrevista do Presidente do Paços, que o MK coloca no link. O primeiro parágrafo (tal como todo o meu segundo comentário) é que era obviamente sobre a questão do Antunes.

Pedro disse...

Retardado.

Próximo.

Infante disse...

Sim, porque o ambiente na selecção realmente está muito propício à convocatória de André Leão e Josué, não haja dúvidas.

Deu uma de parvo o presidente do Paços, se acha que jogar no Málaga e no Paços é a mesmo coisa. Eu até percebia estes lamentos se o Antunes tivesse ido jogar para o Getafe ou para o Granada, mas para um clube que chegou aos quartos da Champions? Geralmente concordo com o MK neste tópico, mas neste caso não consigo.

E estamos a falar de um jogador que já tinha falhado anteriomente quando esteve perante desafios maiores (o que é compreensível, devido à idade que tinha). É normal que pudesse haver desconfiança. Mas a eliminatória com o FCP mostrou que ele está pronto a jogar ao nível mais alto.

Só pode haver 23 convocados. Se qualquer gajo que faz uma boa época numa equipa-revelação se sentisse merecedor de convocatória, estávamos bem...

O Eliseu, esse sim, tem razões de queixa. Andou todo o ano de 2012 a jogar e a brilhar a um nível muito superior ao de quaisquer Josués e nem cheirou convocatórias.

master kodro disse...

Infante, mas está propício ao André Gomes (há um mês) e, neste preciso momento, ao Carlos Martins? Há um mês não estava propício ao Antunes e passou a estar? Há 3-4 meses estava propício ao Miguel Lopes?

A única coisa que separa o Antunes do Paços e o Antunes do Málaga são dois meses, Infante (e Filipe)... Não sei se ele evoluiu assim tanto, já... E os do Corunha, Infante (já que falas de Granadas e Getafes)? Está propício? Bem, amanhã saberemos, não é? :)

Filipe disse...

Infelizmente a liga espanhola permite aferir a competência de um jogador de uma forma que a nossa não permite. O Antunes poderia parecer promissor no Paços mas é ao bater-se com equipas de nível um pouco mais elevado que isso passa a certeza. Claro que funciona nos dois sentidos, e a malta do Corunha já mostrou não ter estaleca para grandes andanças. Seria um pouco diferente se o Paços tivesse estado nas competições europeias.

Não que não tenhas razão quanto ao peso das cores e agentes. O caso mais emblemático foi a ausência do Moutinho numa fase final, quando era claramente a melhor opção para o lugar.

Infante disse...

Basicamente, é o que o Filipe disse: uma promessa passou a certeza. Naturalmente, há mais confiança num jogador que joga num patamar elevado como os oitavos da Champions, do que numa equipa de meio da tabela portuguesa, que, por muito bom campeonato que esteja a fazer (e está), não é testada de uma maneira tão exigente. É natural que isso seja visto como um critério.

Parece-me existir por parte de muita gente (não digo que seja de ti) a ideia de que os clubes pequenos/médios do campeonato português estão ao nível dos pequenos/médios dos principais campeonatos e só nos grandes é que ficamos a perder. Isto é treta! Quando muito, o que acontece é precisamente o contrário.

E para que conste, nem estava a defender as escolhas do Paulo Bento, que já foram ridículas, em certas ocasiões. Em relação aos jogadores do Depor - pára lá com "o Corunha" ;) - sim, acharia ridículo que fossem convocados 3 ou 4. Que foi o que o presidente do Paços sugeriu em relação ao seu clube, naquele delicioso modo que os presidentes dos clubes pequenos/médios têm de se pôr em bicos de pés por tudo e por nada.

Filipe disse...

Infante, claro que isto seria a explicação razoável de um selecionador e federação que fizessem as escolhas ditadas somente por critérios desportivos.

Mas lá no fundo não consigo deixar de suspeitar que a motivação é bem capaz de ter mais a ver com o critério do agente indicado pelo MK (as verbas de negociação de transferência ou salário são muito mais altas no Malága que no Paços).

Infante disse...

Claro que é perfeitamente possível que tenha a ver com isso, não estou a fazer a defesa de FPF ou Paulo Bento, nem pouco mais ou menos.

Não consigo concordar é com a ideia de que não existe evolução entre lutar pelo 3º lugar em Portugal com o Paços e passar aos quartos da Champions com o Málaga. Sobretudo, quando, como tu disseste, o Paços não fez nada de especial contra a única verdadeira competição de qualidade que teve, Benfica e FCP. Sim, ganhou duas vezes ao Braga, mas isso também o Cluj conseguiu. Vamos convocar o Rui Pedro?

Além do mais, as competições europeias infelizmente mostram-nos, ano após ano, que o nível dos clubes pequenos/médios portugueses não é lá grande coisa. Da ultima vez que esteve na Europa o Paços foi de vela contra um clube israelita (ora vejam só), depois de eliminar à rasca um clube da Moldávia. E este ano, foi o que se viu com quase todos os clubes portugueses, foi quase tudo com os porcos em Dezembro.

Não sou contra a convocatória de jogadores do Paços, não percebo é este burburinho todo em relação a este caso em particular. Há casos mais graves de esquecimento dos seleccionadores. Por outro lado, também é pena que tenhamos que estar à espera que sejam clubes como o Paços a fornecer jogadores à selecção. Mas enfim, pode ser que comece a mudar.

Pedro disse...

Parece que o Antunes deixou de ser promessa a partir do momento que assinou pelo Málaga.

Isto quando ele já tem 25 anos.

Já jogou em Itália.

Já anteriormente jogou na Champions pela Roma.

Já jogou na Grécia.

Não aí ainda era promessa. Agora é uma certeza. Agora que jogou 2 jogos pelo Málaga na Champions e 6 na liga espanhola. Agora sim é uma certeza.

Enfim.

Depois de termos de levar com o Varela e o Carlos Martins na selecção ainda temos de levar com estes iluminados.

Tristes

Infante disse...

Se fores ver o currículo do Antunes, de facto, ele não fez qualquer mossa em Itália e podia-se considerar uma promessa adiada.

Ele fez 5 jogos pela Roma para o campeonato, 1 para a Champions, durante os quais até FOI CHAMADO à selecção. Depois disso, foi sempre a subir, emprestado ao Lecce, ao Leixões, ao Livorno e culminando no grande Panionios (agora jogar na Grécia passou a ser maravilhoso? OK). Nunca fazendo mais de 10 jogos em qualquer clube. Regressou à base, sem grande glória, mostrando que tinha dado o salto demasiado cedo. Fez uma boa primeira parte da época, deu novamente o salto, mostrando finalmente que estava à altura de grandes desafios. Juro que não compreendo qual o problema de ele só ser chamado agora, mas OK, vocês é que sabem.

E olha lá, é preciso andares sempre com insultos da treta? O gajo é teu primo ou quê?