segunda-feira, novembro 19, 2012

Mão até ao pescoço

Cantinho do Vitória Jogo entre Vitórias, este ano, é sinónimo de penalties e expulsão de José Mota. Para cimentar a tradição, a eliminatória decidiu-se nos penalties. Não deixa de ser engraçado que tivesse sido o campeão dos penalties desta época, Meyong, a falhar o pontapé decisivo. É uma "vitória" que se deve a uma exibição excelente de Douglas. O adjunto do Vitória sadino diz algo de muito acertado: "É importante sabermos as regras de um jogo antes do mesmo". De facto, parece-me cada vez mais actual tentar perceber se o uso do tronco dos jogadores do VSC na bola, na própria área, vai continuar a ser penalty, para que este se possam, finalmente, adaptar a este tipo de regras.

Finalmente as surpresas Com o Arouca a fazer a festa maior, mas também o Tourizense e o Lourinhanense a fazerem estragos contra favoritos. O Mirandela e o Penalva do Castelo também fizeram suar equipas da primeira.

ps - O Palmeiras desceu de divisão, no Brasil. O "sargentão", que já não estava para ver o final de época, não conseguiu pôr ordem na casa em dois anos, bem pelo contrário.

master kodro

2 comentários:

Filipe disse...

Os jogos do VSC esta época acabam por ser agradáveis de ver. Muito mal jogados mas geralmente emotivos.

G. disse...

Diz lá se não gostaste do golo de calcanhar sem querer ou saber sequer onde estava a bola?... É uma animação...