segunda-feira, agosto 27, 2012

Porto 4 x 0 Vitória

Domínio absoluto do Porto, com um pequeno intervalo no início da segunda parte. Soudani avisou que se o bicampeão nacional adormecesse à sombra do golo de Lucho podia ter problemas e, pouco depois, Hulk acordou toda a gente com uma daquelas bombas que vão deixar saudades, um dia destes. Desfeitas as dúvidas, quebrada a resistência do Vitória, a equipa de Vítor Pereira foi para a frente e ofereceu aos 35 mil adeptos nas bancadas do Dragão um final de jogo entusiasmante. Lucho, que fez provavelmente a sua melhor exibição desde que regressou ao Porto, aproveitou a sobra de um remate de Atsu para fazer o 3-0 e Jackson fechou as contas com um toque checo, de penalty.

É bem possível que o próximo adversário do Porto se chame mercado. E é uma pena, porque esta equipa que mistura a experiência de Helton e de Lucho com a juventude de Atsu, Danilo e Alex Sandro (e ainda há Kelvin e Iturbe), que junta a consistência de Moutinho à imprevisibilidade de Hulk, com ponta-de-lança, com suplentes de luxo, com é o caso de James, se bem aproveitada, teria potencial para fazer uma grande época.

littbarski

37 comentários:

Joao disse...

Se Moutinho sai nestes últimos dias teremos um grande problema...

Grilo Falante disse...

O Moutinho já saiu. Pelo menos, não esteve presente neste jogo...

Filipe disse...

Grilo, não está mal um jogador não presente conseguir arrancar um penalti...
Esteve ligeiramente melhor que no jogo anterior.

littbarski disse...

Teremos problemas de uma maneira ou de outra. Não é fácil motivar um jogador que fica com a cabeça noutro lado. Ainda me lembro de ver o Deco arrastar-se em campo, nos primeiros jogos da caminhada para o título europeu de 2004. Só que nessa altura tínhamos um treinador chamado Mourinho e o Deco lá encarreirou e acabou por ser decisivo, inclusivamente na final, contra o Mónaco.

O caso Álvaro Pereira diz-nos claramente que as circunstâncias são, hoje, bem diferentes. Desde logo porque temos um treinador que, em termos de capacidade comunicacional, está para o Mourinho como o Zé Cabra está para o Jim Morrison, quando chega a hora de afinar a voz (e já estou a descontar duas garrafas de Whisky). E depois porque a necessidade da SAD portista vender jogadores é cada vez maior e, não havendo um projecto sólido e motivador, como aconteceu em 2003/2004, a melhor (se não a única) solução é vender, mesmo que não seja pelo preço desejado, até porque dificilmente jogadores como Hulk (26 anos) e Moutinho (vai fazer 26 no próximo mês) valerão mais na próxima época do que nesta. Provavelmente, valeram mais na anterior, mas essa já era...

Eu tenho pena que tenha de ser assim. Mas para não ser assim, era necessário que a SAD do Porto não dependesse tanto da venda de jogadores para equilibrar as contas e que não esbanjasse milhões de euros em aquisições (e respectivas comissões) de jogadores cuja qualidade não acrescenta nada de relevante ao que poderíamos ter por cá bem mais barato, se aproveitássemos alguns jogadores da formação ou do nosso campeonato. Deco, Maniche, Derlei, Paulo Ferreira, Pedro Mendes... Não foi assim há tanto tempo.

Eu sei que alguns dos melhores jogadores do Porto não eram/são portugueses: Cubillas, Madjer, Drulovic, Jardel e, mais recentemente, Falcao e Hulk. São apenas alguns exemplos. Estes são/foram claras mais-valias. O problema são os outros. Ou melhor, o problema é haver demasiados outros a pesar nas contas da SAD e a tapar caminho a quem sai dos escalões de formação do Porto. Falava eu de motivação... Como se motivam estes jovens que sabem que as hipóteses de um dia vestirem a camisola da equipa principal são praticamente nulas?

Infante disse...

Mas também em 2004 o FCP se fartou de vender e também nessa altura, como disseste, já havia jogadores contrariados. Não me parece que esse problema seja de agora, mas de sempre, pelo menos desde a lei Bosman: os jogadores querem ir para os melhores campeonatos, e se não puderem ir, ao menos que ganhem mais dinheiro (Rússia). Não há "gestão competente" que consiga evitar isto (mesmo tendo tu razão nas criticas que fazes).

E tens toda a razão quando falas dos jovens "que sabem que as hipóteses de um dia vestirem a camisola da equipa principal são praticamente nulas". E há outra coisa, é que o cricuito dos empréstimos começa a revelar-se um fracasso tremendo, em termos de aproveitamento, seja no FCP, seja nos outros. Basta ver o caso do Castro, que vem de 4 empréstimos seguidos e mesmo assim não conseguiu ter oportunidades e lá vai a caminho do Cluj. Se nem se dá tempo de jogo a gajos que fazem boas épocas a jogar na primeira divisão de Espanha, como é que os das equipas B, a jogar na segunda portuguesa, vão achar que conseguem alguma coisa? Pelo menos nos casos de Benfica e Porto, duvido muitissimo que algum jogador da equipa B seja promovido à equipa A. O mais natural é que os melhorzinhos sejam emprestados a clubes da primeira e depois, por muito que boa que seja a época que fazem, recambiados para a Roménia ou Chipre. O que se ganha com isto? No Sporting, talvez possa ser diferente devido à tradição de formação, mas ainda assim...

Isto é que eu acho um bocado estranho, sobretudo tendo em conta o excelente aproveitamento que clubes como Barça e Bayern fazem dos seus clubes B. Aqui em Portugal, parece mesmo que só vão servir para Maritimo e Guimaraes.

Mr. Shankly disse...

littbarski, o teu comentário substituindo Porto por Benfica ficava 100% correcto também. São cada vez mais parecidos nas coisas negativas.

Grilo Falante disse...

Filipe, por falar em penalties, vamos em duas jornadas e três penalties por assinalar. Just saying..

Fredy disse...

potencial para fazer uma grande época temos sempre..já a época passada tínhamos..

mas com o maior cepo de todo sempre a treinador o máximo que podemos aspirar é ganhar algo internamente, apenas e só porque o benfica tem outro cepo (apenas porque se julga o maior, se fosse humilde..) a treinador.

Rearviewmirror disse...

Grilo, o Benfica também já vai com 2 jogos e dois golos limpos anulados. Just saying...

Antonio Silva disse...

Rear:

2 jogos, 2 expulsões dos adversários, um penalty a favor, um golo em fora de jogo e jogaram mais de 100 min contra 10 nos 180 min de jogo.

Just saying...

Antonio Silva disse...

Além do mais:

11 contra 11 e o Benfica perde 1-2
11 contra 10 e tem um impressionante 0-6 a favor.

Just saying...

Filipe disse...

Tem-me dado mais gozo ver as equipas B porque não há todo esta conversa ridícula acerca dos árbitros. Quando erram assume-se que é erro.

O Benfica B-Belenenses está a ser um espectáculo do caraças.

Rearviewmirror disse...

Ou seja, o Amoreirinha é mal expulso e o penalty do Douglão não é penalty.

Está certo.

Obrigado pela contabilização dos minutos e dos 0-6, etc etc,
É sempre bom ter acesso a estas estatísticas importantes.


Joao disse...

Pois o Luisão, esse respeitado defesa central se jogasse ontem no Setubal também teria sido expulso...

O jogo de ontem tornou-se fácil para o Benfica. A expulsão é justa, o primeiro golo é em fora de jogo (em caso de dúvida beneficia-se o infractor). Mas espera o Amoreirinha não fez a sua formação no Benfica? O presidente do Vitória não veio à praça pública dizer que o Benfica era o seu abono de familia?

Grilo Falante disse...

O Setúbal não ia tratar mal o seu abono de família...

miguel_canada disse...

A vitoria do Porto foi clara, simples e justa. Mais nada a acrescentar.
A vitoria do benfas foi mais uma vitoria à benfas!
Aos sete (7) minutos de jogo, aquele que já se tornou o bombo de festa oficial dos vermelhinhos tal a facilidade com que encaixa 8, 7, 6 ou 5 ano após ano, ficou reduzido a dez graças a uma expulsão desenhada a régua e esquadro de um ex jogador....dos vermelhinhos. Obrigado Amoreirinha.... és um gajo do caraças!
Portanto, basicamente poderemos apenas acrescentar que o Vitoria de Setúbal passará mais um ano descansado sem o fantasma dos ordenados em atraso a atrapalhar a sua digna luta pela permanência.

Rearviewmirror disse...

A diferença deste lance do Amoreirinha para outros analisados pelo Jorge "SD" Sousa, foi que desta vez o sr do apito aplicou as leis de jogo. Tão simples como isso.
Claro que é de estranhar a alteração comportamental desse senhor em comparação com diversos jogos onde o Benfica é interveniente (lembro-me de um Benfica-FCP aqui no Algarve onde Cardozo foi o saco de pancada de Bruno Alves, e aí o critério foi "larguíssimo", para não dizer outra coisa), mas esperemos que seja para manter.


Se o primeiro golo do Benfica é em fora-de-jogo (milimétrico) aos 69 min é anulado um golo claro ao Benfica por fora-de-jogo mal tirado a Rodrigo. Como diz o outro, até "dou de barato".

Miguel, fico contente por andares a seguir com redobrada atenção os jogos do Benfica.
Mas podes ver que embora tivéssemos já 2 golos claros anulados (com a atenção que vês os jogos do glorioso, não sei se viste esses lances ou não) não viemos (equipa técnica) para a praça pública justificar a falta de qualidade ou erros próprios com tais lances (ou com a relva, ou com as dimensões do relvado), que objectivamente já nos custaram 2 pontos no campeonato.

Temos um "problema" para resolver (lateral-esquerda), mas pelo que vi neste jogo de Setúbal, parece que está a ser resolvido, com a união e entre-ajuda da equipa. Falta chegar o Eliseu (embora pessoalmente ache que não vai servir de grande coisa).

Boa sorte para o Braga hoje.

Antonio Silva disse...

União e entre-ajuda... contra 10.

Pedro disse...

Minuto 58...repetição de um penalty convertido..onde andava o presidente do Setúbal nessa altura?

Já agora, podem dizer em que jogos é que o Amoreirinha foi expulso contra o SLB?

Joao disse...

Pedro, o problema é mesmo esse. No Porto é tudo questionável, no Benfica não passa nada...

Filipe disse...

João, funciona para os dois lados. Estou a ver aqui muita gente a questionar o Benfica. Qualquer expulsão, penalti, fora de jogo milimétrico a favor do Benfica é sempre questionado, pelos mesmos que dizem que não passa nada quando a favor do Porto.

miguel_canada disse...

"...foi que desta vez o sr do apito aplicou as leis de jogo. Tão simples como isso."
Rear, essa parte ninguém questiona! O que se questiona é tudo o resto!
- Porquê que o Amoreiras se auto-expulsa aos 7 minutos?
- Porquê que o Setúbal abre as pernas ao teu clube de forma consistente e permanente?
- Porque que o benfas mais uma vez começa o campeonato constantemente "bafejado pela sorte"?
- Porquê que em duas jornadas já foram sonegados 2 penalties mais do que evidentes ao FCPorto?

miguel_canada disse...

PS. onde escrevi "2 penalties mais do que evidentes ao FCPorto" queria mesmo dizer "indiscutíveis".

miguel_canada disse...

"David Addy, lateral-esquerdo ganês de 22 anos, vai rescindir o contrato que o liga ao FC Porto até ao final desta época e muda-se para o Vitória de Guimarães, clube por que assinará por dois ou três anos. Ficam assim resolvidos os problemas dos vimaranenses no lado esquerdo da defesa."

UFFF! Menos um. Já só faltam quantos? 45?

miguel_canada disse...

Hooolyyyy shiiiit!!! Outro???

"Sadri Sener, presidente do Trabzonspor, confirma a contratação de Marc Janko ao FC Porto, anunciando a presença do avançado austríaco na Turquia, esta terça-feira à noite."

44 agora?

Filipe disse...

Mudando de assunto, grande Braga, e Portugal volta a meter 3 equipas na champions. Já agora, alguém devia ensinar os gajos do mais futebol a consultarem fontes (até a wikipedia serve). Têm uma peça a dizer que a última vez que tivémos 3 equipas na champions foi em 2006-2007.

Mr. Shankly disse...

"- Porquê que o Setúbal abre as pernas ao teu clube de forma consistente e permanente?"

Tem piada:
- O Porto não perde no Bonfim desde 1983
- As últimas 12 visitas ao Bonfim foram 12 vitorias do Porto

Mas não, ao Benfica é que eles abrem as pernas.

Joao disse...

Quantas vezes é que o Setúbal ficou na primeira metade da tabela nos últimos 15 anos?

A fraca competitividade do campeonato português resume-se a isto, os clubes grandes perdem muito poucas vezes...

Antonio Silva disse...

Quantas vezes é que o Setubal não é goleado pelo Benfica?

Mr. Shankly disse...

Estás enganado, João. O Setúbal é goleado porque abre as pernas.
Em 2005 tentou abrir as pernas e não conseguiu, e ganhou a final da Taça. Há uns anos espetou 5-2 ao Benfica porque estava a jogar com calções apertados e não conseguiu abrir as pernas, também.

Joao disse...

Algumas excepções confirmam a regra. Por exemplo o Rio Ave (que este ano é "patrocinado" pela Gestifute de Jorge Mendes) nunca tinha ganho ao Sporting em Alvalade...

Rearviewmirror disse...

O Sporting também nunca tinha começado uma época com o Sá Pinto a treinador principal...

Rearviewmirror disse...

- Porquê que o Amoreiras se auto-expulsa aos 7 minutos?

Porque ele, como muitos outros, jogam num futebol onde raro é haver uma expulsão por vermelho directo, seja qual for a gravidade do lance.
Onde se um jogador sente um toque e atira-se para o chão e automaticamente o árbitro marca falta.
Onde haver 40 faltas por jogo é normal e não o contrário. Onde os amarelos são dados por palavras. Onde se pode usar a tv para despenalizar um jogador, ou para castigar por agressão (com sumarissimos) e nunca se pode castigar um Saviola ou um James por se atirarem para o chão constantemente, lance atrás de lance.

Ontem vi o jogo do Braga, e achei a arbitragem absolutamente perfeita. Não precisou de andar sempre a apitar e a mostrar cartões para segurar um jogo que valia 9M€.

E se os Olegários e os Proenças lá fora apitam desta maneira, porque razão que cá dentro a coisa não se passa assim?

Costa disse...

Uma 'auto-expulsão' destas nao era vista por estas bandas, desde os tempos do 'Algarve Gate'

LDP disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LDP disse...

Eu também vi o Otamendi a auto-expulsar-se na segunda jornada do campeonato passado, em casa contra o Gil Vicente e dentro da sua grande área.

O árbitro é que não foi na cantiga!

miguel_canada disse...

O Otamendi também terá querido "dar um jeito" ao seu anterior clube... o Gil Vicente! LMAO!