quinta-feira, julho 12, 2012

A limpeza

Nilson (36 anos), João Alves (31), Edgar (25), Nuno Assis (34), Faouzi (27), Paulo Sérgio (28), Pedro Mendes (33) e João Paulo (30), entre outros nomes menos importantes, saíram do Vitória, a maior parte em nome do alívio da factura salarial. Passa a haver espaço para o Ricardo, o João Amorim, o Assis (brasileiro com 22 anos, no Vitória desde os 20) e para o Paulo Oliveira; passa a haver espaço para o Soudani do Vitória poder justificar os 600.000,00, em vez de lá estar o Edgar a render para a Invertfutbol ou o Urreta para o Benfica; passa a haver olho para a prospecção em divisões secundárias e ir buscar o André André. Assino por baixo.

master kodro

8 comentários:

zorg disse...

Há um gajo chamado André André???

Filipe disse...

Zorg, é bem possível que seja algarvio, onde André pode ser nome de família, tal como David, Tomé, Inês e outros. Conheço uma Inês Inês.

Férenc Meszaros disse...

É o filho do António André, médio do Porto. Deve ter achado que assim o filho tinha uma ganda pinta...

Tomé silva disse...

Mk financeiramente talvez seja mesmo o caminho ideal em vez de afundar ainda mais a situação financeira.

Mas achas que desportivamente é o caminho a seguir?

Só no fim é que se faz o balanço,mas á 1ªvista desportivamente será uma época extremamente difícil.

Com excepção do Faouzi que nunca me convenceu,todos os outros acrescentavam qualidade á equipa mesmo que não fossem todos titulares indiscutíveis.

Abraço.

www.Vamosjogarnototobola.blogspot.com

master kodro disse...

Não há outro caminho, Tomé. Não há como afundar mais a situação financeira. E repara que o caminho anterior, para além da falência iminente, nos últimos dez anos tanto te deu um terceiro lugar como um 17.º e a descida de divisão, quintos, sextos e um 14.º. Portanto...

Riga/V-1-Boy disse...

kodro

e´assim que tem de ser, sem dinheiro nao ha vicios

Pedro disse...

É preciso é que os adeptos tenham essa noção e não ponham em cima da equipa exigências impossiveis de satisfazer.

Não significa q o Vitória não consiga uma grande equipa mas, à partida, as exigências têm que ser menores.

Tomé silva disse...

MK eu entendo que seja impossível manter todos os jogadores que foram dispensados devido aos ordenados que auferiam.

Mas era mesmo necessário sair esses jogadores todos?

Eu bem sei que nos últimos anos o Vitória tanto tem conseguido boas classificações como péssimas classificações,chegando até a descer de divisão.

Não quero ser pessimista,mas se o Vitória descer de divisão será que consegue voltar-se a erguer na época seguinte como o fez da última vez?

Mas como Vimaranense espero chegar ao fim da época e não ter de pensar naquilo que disse agora.

Riga/V-1-Boy o problema é que os clubes só se lembram de apertar o cinto quando chegam ao fundo poço.

Abraço.

www.Vamosjogarnototobola.blogspot.com