sábado, outubro 09, 2010

Portugal 3 x 1 Dinamarca

A única coisa que interessava, que era a vitória, foi conseguida. E vai ser assim até ao fim da qualificação (e daí talvez nem seja necessário). Pouco importa que a exibição (principalmente a da primeira parte) tenha sido pobre e pouco produtiva. Muito mais importante é que se permitiu pouco ao adversário (e mesmo assim entrou uma) e que se manteve a superioridade durante quase toda a partida. Para o bom resultado contribuiu decisivamente a prestação de Nani (que grande golo, o segundo), o Ronaldo que trabalha com os companheiros (absolutamente decisivo, ao contrário do Ronaldo que quer fazer tudo sozinho, quase dispensável, que também esteve, e muito, em jogo) e, parecendo que não, o facto de Eduardo não ter frangado (3 dos 5 pontos perdidos na qualificação têm a sua chancela). Hoje ninguém se vai lembrar que Tiago, Moutinho e Meireles estiveram juntos em campo e que o último jogou adaptado.

master kodro

7 comentários:

SamM disse...

Saudades das noites sonolentas segundo Queiróz...

Hattori Hanzo disse...

Concordo em parte contigo Kodro.. Para já não há grandes mudanças (como aliás seria de esperar), com a diferença que desta vez algumas bolas entraram. E ao contrário do que a imprensa diz Portugal tremeu e bem após o 2-1). De resto quase que prefiro que Ronaldo não joga (o que eu me fartei de rir com a ironia do gajo protestar com Postiga por este ter preferido já quase no final do encontro rematar em vez de lhe passar quando estava isolado).

rui disse...

Vai ser uma dura e longa era esta de Paulo Bento. Muitos sapos ainda ha para engolir. Defensores de Queiroz e criticos de longa data de Paulo Bento... vai ser muito complicado!

Desejo-vos boa sorte!

Filipe disse...

Uma primeira parte pouco produtiva em que se marcam 2 golos... venham elas.

master kodro disse...

Filipe, obviamente que não estou a falar de golos. Normalmente, para marcarmos um golo precisamos de pouco menos de 10 oportunidades, desta vez marcámos 2 em 3 nesse período (e duas das três foram remates de fora da área).

Rui, aqui continua-se a torcer por Portugal como sempre. Se leres bem o post, nem peço exibições de qualidade, agora só quero vitórias, que é a única coisa que interessa para estarmos em mais uma fase final. Tal como nas duas últimas fases de qualificação, depois dos maus resultados iniciais.

Hattori, eu só gostava que alguém lhe mostrasse que quando joga sozinho raramente resolve e quando joga com os outros é mesmo dos melhores do mundo. Não sei como, porque nunca ninguém o conseguiu na selecção, mas imagino que lhe faria bem ver 24 horas seguidas de jogos do Figo, uma vez por semana.

SamM, ainda bem que falas de sono. Recebi uma mensagem ao intervalo de um amigo, crítico feroz de Queiroz, que se queixava exactamente dessa condição. Sono. Eu acho natural, tal como achei natural na qualificação passada, quando a margem de erro era quase nula.

Em 4 comentários, 2 falam de Queiroz (sem assunto relevante correspondente). Regista-se.

Infante disse...

O homem saiu há um mês e querias que não se falasse dele?

Acho que o verdadeiro teste vai ser se, daqui a 2 anos, vamos andar a fazer posts com derrotas dele em campeonatos dos quais raramente se fala. Isso é que vai ser giro ver (ah, mas espera o tipo não vai voltar a adjunto do Man Utd?)

Em relação ao jogo de ontem, concordo com quase tudo no teu post. Correu muito bem, tou-me lixando para a exibição (como já estava com os seleccionadores anteriores), cada vez gosto mais de ser "resultadista" na era da obsessão com o "bom futebol" e vitórias morais.

Cumps.

Júlio Pereira disse...

Força, Paulo Bento! Não é fácil devido à "pesada herança" do douto "Professor", mas, contigo, espero que Portugal seja apurado para o EURO 2012!

Aproveitava a oportunidade para vos convidar a visitar o nosso blogue de humor leonino "A Insustentável Leveza de Liedson" ( http://levezaliedson.blogspot.com/ ), em particular, neste tema, a trilogia de post Post dedicada ao "Professor" e também o post "Risco de ausência no Euro 2012 origina corte no “rating”: Moody’s ameaça colocar Selecção Nacional no “Junk Bond”!". Saudações leoninas!