quarta-feira, junho 09, 2010

Portugal 3 x 0 Moçambique

Mais do que pelo resultado, valeu por ninguém se ter lesionado, em especial na primeira parte, fase em que os moçambicanos bem se esforçaram por atirar mais alguém para o estaleiro. Também valeu para testar a paciência face a um árbitro extremamente permissivo e alheado da realidade. Danny apresentou forte candidatura a um lugar no onze.

master kodro

7 comentários:

N. disse...

Confesso já que não vi o jogo. Nem vi o resumo.

Depois desta introdução digo que ouvi o relato na Antena 1 e no final do jogo aquilo que se dizia con insistência era que a selecção de Moçambique tinha sido o adversário ideal porque foram muito macios e deixaram jogar sem nunca meter o pé para não haver mais nenhum contratempo de última hora.

E agora, em quem é que eu acredito?


P.S: Por falar em contratempos, quem é que vai comentar a "lesão" do Nani? Tu ou o anti-adepto?

Filipe disse...

N, estarem lá os moçambicanos ou uma série de bidões teria sido o mesmo. Uma coisa é não haver entradas violentas, outra é jogar com uma equipa que quase foge da bola. Não vejo qual o interesse deste jogo, nem percebo que os moçambicanos tenham aceitado fazer isto.

Tiagojcs disse...

Um ensaio fraquito

Infante disse...

Em relação ao Danny, ele sempre foi um óptimo jogador e isto só é supresa para quem está mesmo distraído (não digo que é o teu caso, MK).

O "problema" dele é o mesmo do Pauleta e de outros. São jogadores que nunca jogaram ou não fizeram mossa nos "3 grandes" e que explodiram fora de Portugal.

Esses jogadores são sempre vistos com alguma desconfiança pelo pessoal que acha que o mundo futebolistico é só os 3 grandes, mais o Barça, Real, Manchester Utd. e outros tubarões. O resto não existe.

(ainda me lembro das coisas que se diziam do Pauleta quando ele estava no Salamanca, ou do Costinha quando estava no Mónaco, "Um jogador do Salamanca na selecção? Onde isto vai chegar!"

LMGM disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
master kodro disse...

Pois é, infante. Passa-se o mesmo com o Duda, por exemplo. Tem uma carreira respeitável na primeira liga espanhola e continua a ser alvo de todas as injustiças (mesmo que lá jogue a extremo).

Infante disse...

Não sei se estás a ser irónico, mas a questão de jogar a extremo não me parece de somenos. Se calhar, se pusesses o Simão ou o Nani a jogar a lateral, também tinhas fífias de todo o tamanho, mas OK.

É verdade que a nível de qualidade, o Duda é dos piores da selecção (apesar de ser melhor jogador do que o pintam). A sua convocatória tem a ver com o simples facto de haver poucos esquerdinos disponiveis. Quem é que vocês queriam meter lá? Algum miudinho dos 3 grandes sem qualquer experiencia?