segunda-feira, junho 14, 2010

O caso Nani

Pouco dado a teorias da conspiração, nada escrevi sobre a lesão de Nani e as várias explicações exóticas que logo surgiram na internet e noutros locais. Admiti desde logo que tinha havido negligência médica e que havias questões pertinentes por responder (Nuno Nogueira Santos compilou uma boa lista), mas pareceu-me que a perda de Nani resultara, ainda assim, de um acidente, mau para o próprio, para Queiroz, para a selecção, para os adeptos portugueses.

Mudei de opinião nos últimos dias. As afirmações evasivas do jogador e responsáveis e a inexistência de uma declaração médica taxativa acentuaram a minha desconfiança, que agora se tornou inequívoca face à recente confissão de Nani: "Numa semana já estou bom". Dir-me-ão: foi apenas um desabafo tonto. Admiti-lo-ia se tal frase não surgisse num contexto com várias declarações no mesmo sentido. Nesta altura, torna-se portanto claro que Nani foi afastado por motivos disciplinares.

A hipótese "doping" perde sentido pois o jogador, em tal caso, só ganharia em sublinhar a sua condição de "lesionado", o que não tem de todo sucedido. Na minha opinião, Nani teve um desentendimento (com Queiroz? com outro jogador? com dirigentes?) e foi pura e simplesmente afastado do Mundial, com a condição de que, se não falasse do sucedido, poderia voltar à selecção num futuro próximo. Teoria da conspiração? Antes fosse.

katanec

13 comentários:

Filipe disse...

A lesão não teria que ser confirmada pelos médicos da FIFA para que a troca pudesse ser efectuada?

J. disse...

A confirmar-se, confirma-se que deve haver qq coisa entra a selecção nacional, mundial, treinadores portugueses e indisciplina.

Leão de Alvalade disse...

Não afasto qualquer cenário mas a questão da indisciplina parece-me a menos provável face ao que aconteceu: Nani permaneceu na selecção para lá da chegada do RAmorim, e o seu regresso parece ser de sua iniciativa. Afigura-se-me muito difícil ele ter-se incompatibilizado com alguém e ter permanecido no estágio este tempo todo. A não ser que a indisciplina fosse de outra natureza, envolvendo comportamentos inapropriados (aqui as hipóteses são muitas...) que não deixaram margem de manobra ao seleccionador.

O "numa semana já estou bom" também me parece dever ser relativizado. Não creio que Queiroz o perdesse caso essa fosse uma hipótese com alguma viabilidade. E duvido que tendo Nani sido indisciplinado de qualquer forma viesse agora com uma saída destas, que obriga a FPF a uma tomada de posição clara sobre o assunto.

pitons na boca disse...

Até haver alguma confirmação (se é que alguma vez haverá) não deixa de ser uma "teoria de conspiração".
Bem mais credível que a do doping, mas uma teoria da conspiração, à mesma.

Também tenho evitado comentar esse assunto, mas tenho visto com cada coisa escrita por essa blogosfera fora... e a velocidade com que apareceram todo o tipo de génios a falar de fracturas, fissuras e afins? No fim de contas o país ficou a ganhar com a quantidade de técnicos radiológicos que despontaram, nestes dias.

pitons na boca disse...

(Ia-me esquecendo de escrever esta parte)

Quanto ao tempo de recuperação poder ser uma semana, acho que seja de desvalorizar.
Uma lesão ao nivel do ombro que se cure numa semana, [b]em principio[/b] não deveria ser impeditiva de fazer trabalho de ginasio para não perder o ritmo de trabalho e voltar aos trabalhos normais ao fim desses 7 dias, portanto acredito que a recuperação seja mais comprida do que aquilo que Nani quer acreditar.

cparis disse...

Há tanta coisa para explicar nesse caso que até custa fazer uma lista. Gostei de o ver a carregar a malinha (18 Kg?) com os dois braços e a colocá-la no carro. Mas mais importante do que saber porque saiu, a dívida é porque é que Rúben entrou, se:
- Queiroz que defendeu intransigentemente que queria ter 8 defesas, 6 avançados e 6 médios, vem substituir um avançado, por um médio.
- Se Rúben era hipótese porque é que não alinhou contra a China.
A não ser.... a não ser que CQ tenha visto a asneira que fez e Rúben seja um substituto de Pepe.

N. disse...

Filipe, sim.
Mas o Nani tem mesmo uma lesão, de pouca gravidade aparentemente, mas não deixa de ser uma lesão.

Pelo que sei, não cabe à FIFA avaliar a gravidade da lesão e a alteração é autorizada desde que haja um relatório médico.

Aguardemos por um "Relatório Boronha" versão 2010.

N. disse...

E eu também vi o Nani a carregar a mala para dentro do carro, tal como também o vi no tal safari que os jogadores fizeram a fazer festinhas a um leão com o corpo totalmente apoiado sobre o cotovelo esquerdo num terreno irregular.
Não sei se a foto ainda está na galeria do Record.

Enfim...

Jorge disse...

Mais teorias da conspiracao e "medicos" em Portugal que conseguem fazer diagnosticos atraves de fotografias e videos... Qualidade.

M. disse...

Há um cheiro maravilhoso a "Coreia/Japão 2002" nisto tudo. Oxalá tudo corra na maior merda possível e que depois os que criticaram Scolari apareçam. Mas, como sempre, a maravilhosa imprensa portuguesa esquecer-se-à de perguntar a esses mesmos porque não falam tanto agora.
Lembram-se dos "beach boys"?

Hugo disse...

Os fãs do Socolari são assim como este M.Que asco de gente

cparis disse...

Jorge,

Não sou médico, nem faço diagnósticos por vídeo ou imagem.

Mas confesso que gostava de ouvir quem fez o diagnóstico. É que, curiosamente, ainda não houve NENHUM médico que se pronunciasse sobre o caso publicamente. Aliás, creio que foi a única lesão de um jogador da Selecção Nacional onde a equipa médica não se pronunciou.

Creio que se a equipa médica o tivesse feito na altura, ninguém estaria agora a olhar para imagens ou vídeos a tentar perceber como é que uma lesão, tão grave, ocorrida em Portugal passa despercebida tanto tempo que apenas no último dia se convoca um suplente.

Já sobre a escolha de um jogador que nunca tinha alinhado pela Selecção, não encontro resposta a não ser no elevado grau de planeamento que esta Selecção tem revelado.

LMGM disse...

A verdadeira teoria da conspiração era o Ruben ter uma lesão (cruzes credo que ficamos outra vez sem defesa direito) e ser reconvocado o Nani.