segunda-feira, setembro 21, 2009

U. Leiria 1 x Benfica 2

Vitória importante, mas com exibição apenas mediana. Gostei da entrada, outra vez forte, ambiciosa, pressionante. Mas cedo se percebeu que o jogo ia ser complicado, por três razões essenciais: o Benfica afunilou em demasia os processo atacantes; unidades cruciais estavam em sub-rendimento (Ramires, Di Maria, Saviola) e o Leiria, jogando com um bloco recuado, mas saindo rápido para o ataque, manifestava coesão e competência para dificultar a tarefa encarnada.

E ainda assim, o Benfica venceu. Consegue-o, em boa parte, porque Jorge Jesus voltou a mostrar coragem futebolística, apostando em três avançados e deixando em campo dois desequilibradores (Aimar e Di Maria). Não me lembro de nada assim em Portugal desde as loucuras de Co Adriaanse. O Benfica estendeu-se no campo e tornou-se mais perigoso, variando as manobras ofensivas. É verdade que se correram alguns riscos (e o Leiria até podia ter chegado ao 2-1), mas por vezes estes golpes de asa são necessários para desbloquear partidas sisudas e embrulhadas como a desta noite.

Poucos destaques individuais, sobretudo comparando com jogos anteriores. Útil Javi Garcia, decisivo Aimar, importantes Cardozo e Nuno Gomes, que agitaram e muito o ataque. Ramires ausente. Schaffer confuso e previsível. David Luíz, ídolo da imprensa, continua a cometer erros infantis: a forma como se faz à bola no 1-1 é de amador. Keirrison parece-me absolutamente medíocre.

Uma nota final sobre o penalty do qual resulta o 2-1, pedindo a vossa atenção para as esclarecedoras palavras de Manuel Fernandes: "O meu jogador cortou a bola". Ficamos pois a saber, que quando o jogador corta a bola, o lance é legal. Se o adversário ficar decepado no processo, azarito.

katanec

60 comentários:

Luciano Rodrigues disse...

Foi um jogo giro, porque depois de 3 jogos fáceis, finalmente uma equipa foi inteligente na abordagem ao Benfica, ou seja, recuou linhas cá atrás e apostou em saídas rápidas não tendo preocupação em reter a bola. Difícil para o Benfas, mas foi um justo vencedor.

Quanto aos destaques pela negativa, de facto Ramires esteve ausente (e isso muito se deveu ao tal sistema usado pela União, pois em posse o Ramires nunca tinha ninguém para partir para cima com espaço nas costas e sem posse o jogo passava-lhe por cima). O Keirrison esteve muito mal, mas do que dele conheço presumo que seja desadaptação ao ritmo europeu (parece-me, além disso, fisicamente de rastos). O David Luiz... é a patetice completa, desde o início da época tem sido o elo mais fraco da equipa, o que mascára com meia duzia de fintas estéreis e perigosas pela zona onde as faz (mas que encantam imprensa e o comum adepto). Decisões erradas em série só não fazem perigar o seu lugar porque não há alternativa (Sidney está para Luisão e Miguel Vitor não conta para o totobola). David Luís deve estar a ser a grande dor de cabeça para JJ no onze.

Quanto ao penalty, qualquer gajo que perceba minimamente de futebol não precisa de repetições para ver que é penalty...

Num lance destes, em que um defesa pontapeia a metro e meio de altura e acerta na bola e no adversário, é falta, ponto final parágrafo. Chama-se jogo perigoso. É passivo (e livre indirecto) se não houver contacto. É activo (e livre directo ou penalty) se houver contacto. Não interessa se antes ou depois do contacto com a bola.

A sério, às vezes fico na dúvida se o problema dos comentadores e catedráticos da bola é ver futebol com palas, ou burrice pura (ie, desconhecimento das regras e do jogo).

JLC disse...

Não queres comentar as declarações do Jesus?

Diz que o Leiria não teve oportunidades de golo.

A semana passado uma frase semelhante do Paulo Bento deu-te para fazer um post.

katanec disse...

Caro Luciano, os teus comentários são das coisas melhores deste blogue, obrigado. Concordo o que escreveste, sobretudo na referência à inteligência do Leiria na abordagem ao jogo. Suscrevo também os teus apontamentos aos erros de David Luiz, embora ache que estás tv a ser demasiado cruel. Em todo o caso, como sabes, acho despropositadas aquelas subidas no terreno e ainda não estou convencido quanto às suas qualidades.

Sobre o penalty, só há discussão se alguém se vender à emoção clubística, parece-me evidente também. Um abraço!

Caro JLC, não ouvi Jesus dizer isso, mas se disse, não tem razão como é óbvio. O Leiria teve uma ocasião (um falhanço na 2ª parte de um tipo isolado que não me recordo o nome). Há também o lance do golo e dois remates semi-perigosos. Se achas que as declarações de Jesus merecem um post, tens bom remédio: escreve um. Eu tenho a sorte de escrever sobre o que me apetece, quando me apetece. Abraço!

camarao disse...

Tens declarações muito boas dos tipos do Leiria - um, logo na flash interview que diz que a falta é fora da área e o Silas que diz que não há penalty porque só há "jogo perigoso" LOL
Jogo perigoso, segundo a Lei 12, é penalizado com livre indirecto se não houver contacto e com livre directo se houver contacto.
Logo pelo raciocínio do Silas, ou ele acha que não houve contacto (?) ou acha que o árbitro deveria marcar livre directo na área, mas sem ser penalty.
É pena que tipos que fazem da sua profissão o futebol, não se dê ao trabalho de saber as regras (aplica-se a jogadores, treinadores, jornalistas).. Poupava-se muita confusão.

JLC disse...

Tens também a sorte de só ler as declarações de quem te apetece. Eu parto apenas do principio que uma pessoa que escreve um post sobre as declarações sobre o treinador de um rival, se daria ao trabalho de ler as do proprio treinador.

"Não nos criou muitos problemas defensivos, não criou uma oportunidade de golo, jogou sempre com sentido defensivo e nesse capítulo esteve bem, conseguindo anular alguns dos nossos jogadores e fechando-nos os espaços"

JLC disse...

*do treinador de um rival

miguel_canada disse...

PROSTITUIÇÃO INTELECTUAL:

"Sobre o penalty, só há discussão se alguém se vender à emoção clubística, parece-me evidente também. Um abraço!"

Tribunal de OJogo:

"77'
Foi bem assinalado o penálti, a favor do Benfica, por falta de Mamadou Tall sobre Pablo Aimar?

Jorge Coroado

-

Não. Não houve qualquer grande penalidade. Existiu, sim, jogo perigoso activo de Mamadou Tall. E o contacto deu-se também pelo movimento frontal do jogador do Benfica.

Rosa Santos

-

Não, não é penálti. O jogador do Leiria joga primeiro a bola. No máximo, seria livre indirecto, nunca penálti. E isto se houver falta."


Mas não fica por aqui. Vejamos o que disse Joaquim Campos no consultório tecnico de record acerca de um lance semelhante:

"Joaquim Campos (ex-árbitro e colunista Record) responde
CONSULTÓRIO TÉCNICO RECORD



– Gostaria de saber se a entrada de pé em riste dentro da área é penálti, como o lance entre o Mateus e o Léo no último Boavista-Benfica?
RUI HUMBERTO SANTOS

– O pé em riste (acção de jogo perigoso), seja em que lugar se verifique no terreno de jogo (dentro ou fora da grande área), é sempre punido com a marcação de um livre indirecto."

Katanec, antes de dizeres DISPARATES, consulta as regras do jogo.
Não foi penalti, foi mais uma oferta a quem "faz as coisas pelo outro lado".

miguel_canada disse...

O que vale e que só lês o que te apetece e quando te apetece!

Filipe disse...

Miguel Canada, não sejas desonesto. Do site da FIFA:

«Playing in a dangerous manner involves no physical contact between the players.

If there is a physical contact, the action becomes a offense punishable with a directfree kick or a penalty kick.»

O Coroado sabe perfeitamente as regras do jogo, está a mentir com quantos dentes tem.

J disse...

GNUZADA aprendam... É penalti quando dentro da área o jogador ao fazer jogo perigoso toca no jogador adversãrio...

http://www.lpfp.pt/futebol/leisjogo/lei12.aspx

Por jogo perigoso entende-se toda a acção de um jogador que, ao tentar jogar a bola, põe em risco a integridade física de qualquer jogador, (incluindo ele próprio). O jogo perigoso é cometido na proximidade de um adversário, impedindo-o de jogar a bola por receio de ser lesionado.

Os pontapés de “tesoura” ou de “bicicleta” são autorizados, desde que não constituam perigo para o adversário.

O jogo perigoso não implica necessariamente contacto físico entre os jogadores. No caso de contacto físico, a acção passa a ser punida com um pontapé-livre directo ou com um pontapé de grande penalidade. No caso de contacto físico, o árbitro deve analisar a possibilidade de ter ou não havido um comportamento antidesportivo.

GM disse...

A questão tlvz nem seja o contacto pois parece-me claramente que o houve, apesar de ter sido após o pontapeamento da bola. A questão passa mais por quem força o contacto. E neste caso o Aimar é que força o contacto. Eu marcaria livre indirecto e um amigo benfiquista que estava a ver o jogo a meu lado também. Mas há quem veja estes lances de forma isenta e quem veja com óculos vermelhos....

Leão de Alvalade disse...

Cada um terá a opinião que entender mas convém, antes mais, conhecer a lei. Segundo as leis do jogo um penalty deve ser marcado "uma equipa cometa uma das 10 faltas punidas com livre directo". Ora estas são (lei 12):

* dar ou tentar dar um pontapé num adversário;
* passar ou tentar passar uma rasteira a um adversário;
* saltar sobre um adversário;
* carregar um adversário;
* agredir ou tentar agredir um adversário;
* empurrar um adversário.
* entrar em tacle contra um adversário.
* agarrar um adversário;
* cuspir sobre um adversário;
* tocar deliberadamente a bola com as mãos (excepto o guarda-redes dentro da sua própria área de grande penalidade).

Digam lá qual delas cometeu Mamadou Tall. É que estender uma passadeira vermelha ainda não consta como falta, talvez não falte muito. Quem viu o jogo por certo se lembra de uma situação idêntica, fora da área, com Aimar que o árbitro não marcou. Se acho que Jorge de Sousa errou de propósito? Não! Concordo é com Jesus: é assim que se fazem campeões, em particular em Portugal há uns anos para cá.

No "ANorte" está uma fotografia que comprova o que afirmo: o defesa do Leiria corta a bola e Aimar promove o contacto.

Filipe disse...

Leão, eu coloquei a parte da regra que te diz que jogo perigoso com contacto é punível com livre directo, o J até deu o link. Faz parte da regra 12 na secção do jogo perigoso.

Havia um gajo no raio de acção e o jogador acertou-lhe. Tecnicamente o árbitro esteve bem, pode ter estado mal a julgar as intenções. Não me incomoda que questiones se o contacto é consequência do jogo perigoso, ou se foi aproveitamento do jogador do Benfica.

É uma jogada passível de grande penalidade. Se houve erro do árbitro foi a julgar as intenções do Aimar.

Pedro disse...

Claro q não é penalty...É perfeitamente permitido arrancar a cabeça do Aimar a pontapé.

Nem com as leis escarrapadas nos comentários estes gajos deixam de ser cegos...

Mr. Blue disse...

Eheh.

Que qualidade de escrito.

PS- Parabéns a todos os benfiquistas pelo título de campeão 2009-2010.

Offshore disse...

http://4.bp.blogspot.com/_6Acvw5QoJD0/SrcyxTPl0AI/AAAAAAAABCw/2lGwBFcgBn0/s1600-h/Mamadou_Aimar_LeiriaBenfica,20-9-09.jpg

é um excelente corte.
tivesse sido o Luisão a fazê-lo e o post seria intitulado 'Luisão: um predestinado'

Offshore disse...

.

luis disse...

Leao: quando o Beto deu um pontapé SEM QUERER no Liedson - e pénalti -, na Luz, gritaste pénalti ou ficaste dizer que foi sem querer e que por isso nao era falta?

O Anti Lampião disse...

Uma imagem clara do lance:

http://oantilampiao.blogspot.com/2009/09/jorge-sousa-o-apostolo-de-jesus.html

Valdemar disse...

Já estou como o outro:

a qualidade futebolística do Sporting, tão duramente criticada, ultimamente, torna-se uma questão académica, quando os adversários parecem ter vidas infinitas. O Sporting até podia jogar com a equipa do Brasil de 1970, com o Pelé e o Tostão. Há sempre um penalty a ajudar os adversários.

Não vou aqui discutir com um gajo que é dono da verdade, como o iluminado katanec, se é ou não penalty. Que na minha opinião, que nada vale, não é.

Digo apenas que a favor do Sporting, jamais teria sido marcado.

E digo também que se o Aimar vestisse de riscas azuis, hoje, os lampiões mais pareceriam virgens ofendidas.

Digo também que gostei de ver o Benfica esmagar por 2-1 com ajuda do 12º jogador, que mencionou o Jorjesus. Só que foi o apitador no penalty, não o público.

LionHeart (o autêntico) disse...

Valdemar:

Estás tão correcto, que nem é preciso lembrar que recentemente em Alvalade, contra o Braga, um defesa fez uma mancha com as mãos tal qual guarda-redes, e nem isso serviu para ser penalty.

rui disse...

Para quem diz que é penalti é preciso ser mesmo muito burro!!!entao um jogador que corta a bola, jogando a uma altura maxima do peito faz falta?? Desde quando? E se é o aimar que se atira para cima das pernas do jogador do leiria a falta é deste?? Desde quando? è de notar que o jogador do leiria nao pontapeia o aimar, i.e., o movimento da perna nao é no sentido do aimar, mas sim de baixo para cima, numa posiçao em que, quando ela pontapeia a bola, só a bola é que está nesse espaço...por isso como se pode marcar penalti??

Repito: quem achar que é penalti só pode ser mesmo BURRO!!


ruibonga

último! disse...

béu béu, béu béu...

Deixem-se de cenas a penalidade foi assinalada pelo arbitro menos suspeito (nos últimos 10 jogos apenas uma vitória do Benfica) o lance visto em tempo real não merece nenhuma duvida até fico espantado como o Aimar não se lesiona. As duvidas são levantadas com repetições em apenas um ângulo todos os outros comprovam a falta.

JNF disse...

Ó Canada, só leste até ao Rosa Santos?

António Rola

+

Sim. O jogador do Leiria tentou fazer um pontapé de bicicleta, vindo a atingir Aimar, e, perante a lei, o árbitro só teve de considerar penálti.

rui disse...

Pontape de bicicleta?? LOL...pensava que num pontape de bicicleta tinha de se jogar a bola acima dos ombros...mas pelos vistos o Rola é que sabe...


ruibonga

O Anti Lampião disse...

"A equipa foi guerreira, pois quando não se pode de uma maneira, tem de ser de outra"
JJ

tal como o orelhas este também já gosta de fazer as coisas por outro lado

pitons na boca disse...

Os suspeitos do costume, nesta caixa de comentários...

Pelo menos fiquei com a certeza em relação a uma coisa: tirando os benfiquistas (e algumas airosas excepções), se o Aimar vestisse as cores do vosso clube diriam que não era penalty.

Evidentemente.


Nota (1) - jogo perigoso é quando se pontapeia a bola a menos de um metro da cabeça do adversário (desde que este não baixe a cabeça).
Nota (2) - quando há falta com contacto é assinalado livre directo.
Nota (3) - quando dentro da area, os livres directos a favorecerem quem ataca são penalties.

O resto é a mesma areia do costume que tentam mandar para os olhos dos menos atentos.

Valdemar disse...

Pitons,

dando de barato essa tua incursão no mundo da arbitragem como eficaz:

Se Aimar trajasse de verde, não teria sido assinalado penalty. E aos comentários de Paulo Bento após o jogo a constatar isso mesmo, choviam críticas com expressões como "calimeros", "chorões" e as originais expressões do costume.

Se Aimar tivesse camisola azul, teria, claro, sido marcado penalty, mas já havia comentários especialmente de Benfiquistas, a falar do colinho do costume aos de azul. Que só assim. Da influência de Pinto da Costa. Das próximas férias de Jorge Sousa ao Brasil, patrocionadas pelo FCP.

Tivesse sido Luisão a fazer um corte daqueles, e as certezas dos lampiões acerca de jogo perigoso, já não seriam tantas. Já lhes dava para falar em "corte limpo" e "primeiro toca na bola".

Mas quer se queira quer não, são lances destes que decidem jogos que decidem campeonatos.

Não a forma das equipas.

De resto, parabéns ao Benfas, que esmagou por 3-0, com ajuda do 12º jogador, como bem comentou Jorge Jesus.

Metralha disse...

It´s a fucking disgrace!

luis , não sejas pateta. Nesse lance da Luz o Liedson tira a bola da frente do Beto, sendo pontapeado por este. Neste lance, o defesa corta a bola primeiro, havendo contacto após o corte.

A fucking disgrace os critérios para azuis e vermelhos.

luis disse...

Metralha, estava apenas a querer discutir o factor "intenção".

Por isso, Metralha, não sejas pateta.

N. disse...

Ricardo Pateiro - União de Leiria - Flash Interview:

Sobre o penálti cometido por Mamadou Tall, que permitiu o golo da vitória benfiquista a Cardozo, Pateiro teve algumas dúvidas no lance. "Ainda não vi o lance, mas penso que foi fora da grande área. O juiz assim não o entendeu. Perdemos este jogo mas penso que fomos uns dignos vencidos", concluiu.

http://www.record.pt/noticia.aspx?id=991a22dc-bcb6-4a26-a91b-b57b00df3330&idCanal=00000019-0000-0000-0000-000000000019

Espera lá, ele estava em campo e não teve dúvidas que foi falta! Mas foi fora da área! Ah bom, então está bem. :)

Filipe disse...

Esquecendo por momentos estas coisas da arbitragem.

«Keirrison parece-me absolutamente medíocre.»

Num jogo tão povoado como este convém um jogador saber posicionar-se. O Nuno Gomes conseguiu uma ocasião para golo. É móvel, sabe mais ou menos onde os colegas se vão colocar. Até ver o Keirrison a jogar num jogo mais aberto, e adaptar-se aos colegas hesito em classificá-lo. Não sei se ele já tinha jogado contra equipas tão defensivas como o Leiria.

Já agora, o Leiria foi defensivo mas sem recorrer muito ao antijogo. O Jogo foi relativamente fluído e agradável de seguir.

O Anti Lampião disse...

Ricardo Pateiro - União de Leiria

esse não é o mesmo da marcação subliminar ao saviola ?

querias que ele dissesse o quê ?

só lhe faltou marcar um auto-golo

camarao disse...

rui bonga,

Antes burro do que uma besta quadrada com a cabeça enfiada pelo rabo acima. Altura do peito? Mas isso está escrito em que lei?
Um pontapé de bicicleta tem de ser à altura dos ombros? Fantástico.
Resumindo, és uma besta quadrada que não sabe o que é um pontapé de bicicleta, não conhece as regras e não és capaz de fazer valer os teus pontos de vista sem insultares os outros. Por isso mesmo, e só para ti, eu digo: És uma besta quadrada.

A todos os outros que acham que não foi penalty, eu discordo, aceito as opiniões mas peço que me digam o que faziam ali É que a opinião do Coroado é desonesta. Segundo ele o jogador do Benfica devia parar de jogar para o adversário não lhe tocar. Lirismo.

Allez Sporting disse...

abram os olhos ogres lampiões

isto é que é um pontapé de bicicleta
http://fotocache02.stormap.sapo.pt/fotostore01/fotos//52/7c/40/48458_001cf6pd.jpg

LionHeart (o autêntico) disse...

A cegueira do costume. Os fanáticos do costume.

Se o avançado equipasse de verde e branco, provavelmente a falta teria sido contra ele, e ainda via o cartão amarelo por baixar a cabeça.

Se o avançado equipasse de azul, teria sido penalty, mas não faltariam os fanáticos do costume a argumentar sobre os gostos do árbitro em matéria de fruta.

Enfim, os fanáticos cegos do costume. Os mesmos que ganham taças com penalties marcados por bola no peito fora da área.

Siga a procissão. É o futebol que temos.

luis disse...

Lion, infelizmente deves ser igual a esses que tanto criticas.

Referes-te a esse lance da taça quando sabes perfeitamente que, no universo dos blogues, pelo menos (e é a esses que te referes agora), quase ninguém defendeu que o lance foi pénalti.

Depois, socorres-te de tiradas que não atingem ninguém, sabes porquê? Porque quem defende que o lance é passível de penalidade, pelo menos, tenta apresentar argumentos. Tu? Vai ler as regras e aplica-as ao lance em causa.

Depois aparece para falarmos de cegueira.

António Pista disse...

E eis que os autores do blog se estão a converter, tal não é a onda vermelha que assola o país...

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Sérgio_alj disse...

Então segundo maior parte que aqui comenta, quando o Katso mandou o Anderson para o estaleiro, não foi falta, porque jogou primeiro na bola!!

Sejam coerentes!!

rui disse...

caro camarao,

eu nunca disse directamente que vossa pessoa era burra. Se lhe serviu a carapuça pois muito bem. Não viu mais ninguem aqui a barafustar pois não? É sinal que sabem que devem estar caladinhos quando devem.
Depois, insultar gratuitamente não é sensato.
Sobre a definiçao do que é um pontape de bicicleta, agrada-em saber que voce consegue fazer figura de urso sem precisar de ajuda de ninguem...Mas também outra coisa nao seria de esperar de pessoas sem a lucidez e inteligência suficientes. O que me traz ao ultimo ponto: chamei e chamo burro e continuarei a chamar burro, tal como imagino que chame burro a quem não saiba que 1+1=2. Mas também, nem todos podemos ser assim altamente qualificados no campo da matemática.

enfim...

RuiBonga

rui disse...

"Então segundo maior parte que aqui comenta, quando o Katso mandou o Anderson para o estaleiro, não foi falta, porque jogou primeiro na bola!!"

A pequena (pequeníssima) diferença é que neste lance do leira, foi o aimar que provocou o contacto. Em relação ao anderson, é o katsoranis que promove o contacto, se bem, que o katsoraunis joga a bola sendo assim discutivel se é falta sequer...mas isso sou eu que consigo ver futebol sem lunetas...


Ruibonga

pitons na boca disse...

"Não viu mais ninguem aqui a barafustar pois não? É sinal que sabem que devem estar caladinhos quando devem."

Ou então não. Talvez sejam como eu que por, no passado, já ter visto demonstrado suficientemente que nem merecem o esforço de se lhes dar uma resposta, apenas prefiro ignorar tais comentários.
Se prefere imaginar que lhe estão a dar razão, é uma fantasia sua, viva-a como bem entender.

rui disse...

Caro pitons,

consigo é já tenho uma bela historia e por isso tambem nao me apetece estar a bater no (seu) ceguinho. Mas não me estao a dar razao, simplesmente porque eu nunca a perdi...e quando nunca a tive sei reconhecer. Por isso nao se preocupe e deixe sangue fresco vociferar à vontade.


Ruibonga

Mr. Shankly disse...

"foi o aimar que provocou o contacto"
Isto é notável. Aimar devia ter ficado quietinho em vez de tentar isolar-se.

rui disse...

Mas alguma vez se disse isso? Agora que é ele que provoca o contacto é, logo nunca seria falta sobre ele...alguem viu a foto do jogo? è bastante explicita no que do movimento dos dois jogadores diz respeito: o do leiria nao se "atira2 para cima do aimar, a parte do seu corpo que toca com a do aimar é a parte lateral das pernas, o seu movimento nao é contrario ao do aimar, nao lhe obstrui deliberadamente a passagem,etc...por isso onde está a falta? Só mesmo para quem tem oculos vermelhos.

Agora que me digam que na altura pudesse paracer isso ao arbitro? Ó pá a mim nao me pareceu, mas se calhar n relvado é mais complicado. Agora depois de ver a repetiçao nao reconhecer que foi uma falha grave do arbitro, isso é que é de burro.


Ruibonga

Filipe disse...

Pitons, Mr Shankly, Camarão:

«Never argue with an idiot. They drag you down to their level and then beat you with experience! »

Leão de Alvalade disse...

Mr. Shankly:
E o defesa tinha que deixar de cortar a bola para o Aimar se isolar?

rui disse...

Filipe ora aí está um bom conselho para se dar. especialmente a quem escreve isto :
"Havia um gajo no raio de acção e o jogador acertou-lhe." tá claro que o jogador do leiria estava quietinho no seu raio de acção quando veio um gajo de vermelho de tras e acertou-lhe...isso parece-me obvio. E ao filipa também ;) Ah e eu que me pareceu que por momentos não concordavamos...

Enfim...


RuiBonga

Sérgio_alj disse...

"E o defesa tinha que deixar de cortar a bola para o Aimar se isolar?"

Não, mas tentava de uma forma legal!

Mr. Shankly disse...

Leão, isso não sei. Eu só sei que, depois de levar um pontapé na cabeça o Aimar ainda é culpado porque provoca o contacto. E ainda dizem que o Aimar é um jogador inteligente! Se fosse inteligente provocava o contacto com um braço, ou assim. Agora com a cabeça? Que tremenda estupidez!

Filipe: na mouche.

jose disse...

O defesa tem que tentar cortar a bola, mas nao incorrendo em jogo perigoso activo. Que o homem seja burro e que avente com as duas pernas no ar na grande area a cabeca do Aimar, queria o que?


Olha, o David Luis no principio da 2 parte teve um remate dentro da area do Leiria, onde o jogador do Leiria baixou a cabeca, o arbitro marcou livre a favor do Leiria, por fora aparentemente jogo perigoso passivo. E engracado que agora nao seja penalty, porque os meminos estao a deitar a chupeta fora do berco...

rui disse...

Cabeça? Qual? Ah já sei, o shankly estava a tentar fazer uma piada porca, ehehe ;) Muito bom sim senhora!!!

Ha cada um...alias eu dou, REPITO DOU, dinheiro a quem me provar que o aimar sofreu um toque na cabeça (de cima tá claro). Comprometo-me a pagar, juro pela saude de todos os que me sao queridos!!!


Vá lá parem de fantasiar...Já chega de fazerem figuras ridículas...


RuiBonga

Filipe disse...

O Rui Bonga fez-me ver a Luz. Nao é penalti! Sendo assim, espero que se daqui a pouco um gajo acertar com um biqueiro nos queixos do Liedson, mas tendo tocado primeiro na bola, seja marcado livre indirecto.

E espero que os adeptos do Sporting sejam os primeiros a elogiar o árbitro por decidir a bem da verdade desportiva.

O Anti Lampião disse...

mão de Aimar

http://oantilampiao.blogspot.com/2009/09/mao-de-aimar.html

Hattori Hanzo disse...

Eu vi jogo perigoso sobre o Aimar. Havendo toque pela lei é falta, e sendo na grande-área é pénaltie. Quanto a provocar contacto que eu saiba vão os dois à bola, se é verdade que o jogador do Leiria tenta cortar a bola também é verdade que o Aimar procura cortar a bola: como o defesa do Leiria tenta cortar de uma forma violenta é jogo perigoso. O resto são delírios. Quanto ao jogo que é o que interessa o Benfica jogou menos porque o Leiria tinha a "lição bem estudada". De resto não acho que no golo o David Luís nem esteve mal, teve foi azar, mas concordo com vcs, que ele com as suas subidas pode deliciar a imprensa, mas são autênticas burrices, eu quero lá saber se o gajo tem boa técnica, ele está lá +e para cortar bolas. Há cerca de uma década tivemos um central que também tinha bom controlo de bola, o seu nome era Júlio Cesar e também fazia a mesma coisa, teve tanto sucesso que foi sempre a descer(veio emprestado pelo Real Madrid e acho que está agora no fortíssimo campeonato cipriota). Quanto ao Keirrison de facto ainda mostrou pouco para o que se dizia dele: aparenta estar com a sua confiança em baixo e colocando-o a jogar a titular neste jogo não foi muito inteligente por parte de Jesus. Ainda não digo que é absolutamente inútil, mas sei perfeitamente que muitas das "estrelas" do futebol brasileiro na Europa acabam por não mostrar nada - é que o André (que veio na mesma altura que o Roger) também marcava lá muitos golos.

Hattori Hanzo disse...

Desculpem, quando digo "Aimar procura cortar a bola" como é óbvio devia estar "Aimar procura controlar a bola"

jose disse...

Ao Luciano e aos outros batatinhas:
http://rioavefc.no.sapo.pt/RioAveBenficaMantorrasBrunoMendes.jpg
Qual foi a vossa desculpa, perdão, o vosso entendimento da lei, neste lance que deu o golo da vitória ao benfica?

Luciano Rodrigues disse...

Sérgio, olha como as coisas são:
- para mim o penalty sobre o Aimar é claro como água
- para mim a entrada do Katso sobre o Anderson é limpa.

E não posso ver o Benfas nem pintado, olha se pudésse! LOL

Katanec, inclino-me perante o teu elogio! :)

camarao disse...

Filipe, tens razão, é impossível discutir com uma besta como o Rui Bonga que nem sequer compreende o que escreve.

rui disse...

Continuo a espera de quem por aqui apareça a provar-me o contrario para que eu possa dar dinheiro...eu tenho todo o tempo do mundo.

Ora muito bem: na minha opinião besta é quem escreve "besteiras", por isso acho que estamos conversados. Pois quem não tem argumento, só mesmo insultando é que têm algo a dizer...

Enfim...ha que ter paciencia...


Ruibonga