domingo, janeiro 11, 2009

Benfica 1 x Braga 0

Num jogo com mais uma arbitragem inqualificável, o Benfica obteve uma importante vitória - mas não me entusiasmou nem um pouco. Os problemas estão identificados e repetem-se com uma frequência avassaladora: construção ofensiva insípida; meio-campo desgarrado e sem criatividade; sectores pouco coesos; tremideira psicológica. Junte-se a este cenário o barrete Aimar, o mau momento de Yebda e a inconsistência de Di Maria e temos a receita para uma época frágil como a deste ano.

Nem tudo foi desastroso, claro. A equipa revela capacidade de sofrimento e parece ter superado a habitual passividade. Luisão atravessa uma boa fase. Miguel Vítor cumpre com notas positivas. A garra de David Luiz ajuda muito. E Ruben Amorim, mesmo adaptado à direita, continua a brilhar. Mas verdade seja dita: sem as várias decisões favoráveis do árbitro e com um Braga menos perdulário, jamais o Benfica teria vencido este jogo.

katanec

18 comentários:

master kodro disse...

O Braga continua a ser a equipa que melhor joga em Portugal e merecia ganhar este jogo.

Ricardo disse...

Sem dúvida, Katanec. Subscrevo na íntegra.

Também subscrevo o comentário do Kodro. Do melhorzinho que se tem visto neste campeonato.

Filipe disse...

MK, ajudava um bocado se o Jesus deixasse o Renteria no banco. Há uma jogada em que vejo um jogador do Braga partir isolado para a baliza do Benfica e resigno-me a esperar o empate, até reparar que é o Renteria. Acalmei logo...

Com sorte fica de fora contra o Porto.

Miguel disse...

"construção ofensiva insípida; meio-campo desgarrado e sem criatividade; sectores pouco coesos..."

Katanec, concordo no essencial do post, em especial com esta frase que transcrevo.

Para mim a culpa é do Quique Flores. Tem jogadores para fazer um meio campo muito mais forte.

Ainda bem que o mau futebol do Paulo Bento não seja o único a ser discutido em Portugal.

Filipe, também não percebo a titularidade do Renteria.

galvao99 disse...

Arbitragem muito má, a cheirar a compensação.

Não acho Aimar um barrete. Como dizia o comentador, precisa de fazer uns quantos jogos seguidos, ganhar ritmo e consistencia física. Depois, haja uma estrutura forte à volta dele e poderemos ver o melhor Aimar.

Amorim muito bem, tal como Maxi e Moreira. Aimar sem ritmo, Yebda pouco influente e Katsouranis desaparecido.

Filipe disse...

Bem, melhor que o Renteria só o Guarin. Imagino os insultos à mãezinha do jogador que se devem ter ouvido naquele estádio.

low desert puke disse...

Epoca fràgil, mas vamos à frente no campeonato. Que aconteceria se fosse uma època sòlida?..

Pedro disse...

Barrete Aimar??
Viste o jogo? O homem ainda não está a 100% mas nota-se q está a subir de rendimento a cada jogo e hoje esteve muito bem a pegar na bola a meio campo, a pegar no jogo sem se esconder e a fazer passes, minha nossa, do outro mundo.

Férenc Meszaros disse...

O choradinho e a pressão mediática resultam e bem. Só assim é que uma equipa medíocre consegue ganhar este jogo. Uma vergonha.

Agora vamos lá ver quantas capas de jornais fazem o director desportivo do Braga e os seus jogadores. E se no próximo jogo o Braga vai ser claramente beneficiado, para compensar, como foi hoje o Benfica.

Leão de Alvalade disse...

A fase que melhor atravessou o Luisão neste jogo foi quando ele próprio se "atravessou" em frente ao Mateus como se de um júnior se tratasse.

Azia à parte por uma das piores arbitragens que vi até hoje, (que me evocou uma das muitas famosas de Fernando Correia, Pinto Correia, Izidoro Rodrigues, Paraty, Guímaro, etc, etc)o Braga foi de longe a melhor equipa em campo. Mas também deve a si mesma o facto de não ter pelo menos um ponto. O Renteria é uma nulidade e joga apenas porque fica barato, face ao contrato que tem. Quanto mais jogar mais barato fica. Só assim se compreende que Meyong seja suplente de um jogador tão banal.

joaoscp78 disse...

Katanec, os meus parabéns pela tua lucidez!
Cada vez mais dificil de encontrar pela blogesfera.

low desert puke disse...

O que vos chateia mais ainda è o facto de o Braga jogar muito melhor futebol que o sporting.

joaoscp78 disse...

É isso mesmo, puke.
Agora é que acertaste!

Pedro Santos disse...

Inqualificável! Roubo monumental! O Jesus é que teve coragem para dizer o que todos os outros pensam, mas engolem em seco, sempre com os olhos postos num futuro tacho: " Eles não deixam mais ninguém lutar pelo título". EXACTAMENTE! É o retrato fiel do triste futebol português!

Mr. Shankly disse...

"O choradinho e a pressão mediática resultam e bem."
Sem dúvida que sim. Por isso é que todos os praticam.

Má arbitragem, em benefício do Benfica (no golo pelo menos). O Braga merecia vencer ou pelo menos empatar. Espero que tenham mais sorte para a semana :)

Littbarski disse...

"Arbitragem muito má, a cheirar a compensação."

Se era para compensarem o erro do Pedro Henriques, ficavam-se pelo fora de jogo de 1 metro. Não era preciso pagarem juros! Alguém imagina o escândalo que seria se alguma vez na vida o Benfica perdesse um jogo desta forma?

Bruno Ribeiro disse...

Leão de Alvalade,

o Rentería joga porque o treinador quer que ele jogue! Ao contrário dos jogadores da formação, o empréstimo do Rentería não fica mais barato a cada jogo que faça. O preço do empréstimo é o mesmo quer jogue ou fique no banco.

É verdade que falha muito, mas também é preciso ver o outro lado da coisa: os outros avançados do Braga criam tantas oportunidades como ele? Surgem tantas vezes como ele em situação para marcar?

Se o Jesus o põem a jogar quando tem Meyong, Linz, Paulo César, Orlando Sá e Yazalde é porque considera que é a melhor opção para a equipa.

Quanto ao árbitro, não era de esperar outra coisa! Talvez menos evidente, mas pronto...

Catarina disse...

normal na luz. ainda o Delibasic jogava com as cores do Braga e já o Petit podia empurrá-lo dentro da área, quando ele vai a cabecear a bola. e ainda esse senhor, Petit, podia dar pau ao wender quanto queria sem levar um único amarelo. pagou-se pela mordidela do Wender.

quanto ao jogo de ontem, foi aquilo que se viu. uma jogada de ombro-a-ombro que até se pode aceitar se o árbitro mantivesse uma linha de coerência; um golo em fora-de-jogo, mas do que claro; um comboio que passou na área do Benfica levando tudo o que lhe estava à frente, mas que o árbitro não viu....e ainda...um lance muito duvidoso com Alan que, embora a falta consista num agarrão, todos (os que lhes convém) insistem em olhar para as pernas. não irei falar de lances como o encontrão do Suazo ao Frechaut, nem sequer das constastes piscinas e consequente reclamação do Aimar nem tão pouco de uma falta à frente do fiscal sobre o Renteria que, não fosse o homem desviar-se, iria dar-lhe um abraço.

campeonato da treta em que só se pede justiça quando somos prejudicados. onde estava a sporting que, depois de se queixar de um penalty a favor do trofense e a ganhar 3-0, não abre a boca no final do jogo com o Braga?
onde está a entrevista do senhor (?) LFV e do Rui Costa a pedir para ganhar em campo e a falar de arbitragens? prá semana vem o Porto que já esta semana se esbanjou de críticas.

contra isto, pouco se faz. é gozar com todos os que gostam de futebol.