domingo, fevereiro 10, 2013

Cantinho do Vitória

É mais do que natural perder um jogo em que se fica com 10 jogadores desde os 4 minutos. Podemos desejarque se cumpra a lei em todos os jogos e em todos os lances que devem ser para vermelho (o que não acontece, nem nada que se pareça), podemos amaldiçoar a sorte, mas é completamente normal. E não foi um miúdo o causador do desequilíbrio, foi o experientíssimo Alex.

Concordo menos com as opções de Rui Vitória face à adversidade: colocou Ricardo na lateral direita (vá lá, não foi Bamba...), num jogo em que se passou a defender e chutar para a frente (para Baldé), quando o extremo seria o jogador ideal (o melhor em campo para esse efeito) para contra-ataques rápidos; trocou Barrientos por Soudani, para ficar com um bizarro desenho de 4x3x2 (com Baldé e Soudani!)... Matou a equipa. Voltou com a expulsão de Steven Vitória, mas já era muito tarde.

2 comentários:

cincoAzero disse...

parece que jogadores e Proença tiveram dificuldades em entrar no autocarro tal o banho de multidão

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=381648

Vimaranes disse...

A opção de Ricardo para lateral foi circunstancial, e a prova disso foi que Rui Vitória mandou aquecer jogadores logo após a expulsão. Creio que não recua Bamba naquela altura porque o "miolo" do Vitória ainda teria menos bola e acentuaria a inferioridade numérica no sector. Não estando na cabeça de Rui Vitória creio que El Adoua acabaria por entrar e Bamba seria deslocado para a direita. Contudo, como a equipa conseguiu equilibrar o jogo (depois da fase de maior dificuldade logo após a expulsão) não quis mexer. O problema é que o Estoril marca de bola parada quando pouco o fez para merecer naquele momento e a estratégia ruiu.
Quanto à entrada de Soudani, creio que a ideia era juntar mais uma unidade na frente quando o Vitória jogava futebol mais directo e Barrientos estava demasiado faltoso. Mas... de novo num momento em que o Vitória podia ter marcado, mais um lance de bola parada a decidir. Venha o próximo!