quarta-feira, abril 06, 2011

O Teles e o Crouch

1.Não discuto se é falta, ou não, nem me interessa, porque o árbitro não viu o emsmo que eu posso ver (embora isto esteja um pouco escuro, mas não tenho tempo para retocar). Discuto, desde o início, a "entrada atrasada de Teles". Discuto o "pretexto" e "tentar jogar a bola". Bruno Teles jogou a bola e foi o único a fazê-lo. Com a imagem parada fico com outra dúvida.

2. Jornada louca na Champions...Tenho sérias dúvidas se havia necessidade da expulsão de Crouch, daquela forma e naquele momento, principalmente com o critério largo usado durante toda a partida para os encostos viris. Mas começa a ser comum, nesta fase da Champions, aparecerem estas passadeiras para quem nem precisa delas. E o Schalke? Nem nos melhores sonhos deles...

master kodro

22 comentários:

L. disse...

antes de mais, sou benfiquista.

mas reconheço que a falta do teles existe. ele joga a bola, sim. mas quando para jogares a bola entras de uma forma que te obriga a varrer as pernas do adversário, epá, é falta.

o crouch? ontem tinha uma ervilha a fazer de cérebro...

Francis disse...

É falta.
É fora da área.

Jorge disse...

O Crouch e muito bem expulso. O momento nao e relevante para o arbitro, as regras sao as mesmas do principio ao fim, seria mais relevante para o jogador que tinha feito o mesmo erro alguns minutos antes mas nao conseguiu controlar o seu impeto. O amarelo nao tem a ver com a virilidade da jogada mas com o facto dele ter entrado/atirado fora de tempo com os pitons para cima atingindo a perna de um jogador adversario. Razoes mais que suficientes para um amarelo.

Jorge disse...

O jogador do Guimaraes joga claramente a bola mas depois limpa o jogador do Sporting. Acho que e falta mas lembro-me do lance em que o De Jong parte a perna ao Ben Arfa sem jogar a bola tao claramente e nem sequer falta e marcada.
O que parece fazer confusao ao MK e o facto dos comentadores nao conseguirem admitir que ele claramente joga a bola. Parece-me que os comentadores acham que e falta mas nao percebem porque (uma coisa comum nos comentadores portugueses e terem uma opiniao sem perceberem porque) e tentam justificar a opiniao negando factos obvios.

Ricardo disse...

O Schalke nas meias? Mas era tão fraquinha, a equipa. Não acredito.

Rearviewmirror disse...

Tomando como base este penalty, todos os famosos lances entre guarda-redes/avançado, são sempre penalty, mesmo que o GR toque na bola primeiro.

Peyroteo disse...

Neste caso, o Bruno Teles fez uma "voadora" e, por acaso, tocou na bola.

Jorge disse...

Rearview:

Deve ter-se em conta a forma como o contacto fisico e feito. O facto de um jogador tocar na bola nao lhe da o direito de abalroar o adversario, por isso nas regras sao usados termos como "careless," "reckless" e "using excessive force."

master kodro disse...

É isso, Jorge e Francis. Não me interessa se é ou não, interessa que um gajo, a ver o lance aberto, em slow motion, não viu o Teles a jogar a bola, e depois, com o lance parado, não parece ser muito dentro da área... Pouco interessa, porque os árbitros não têm acesso a estas imagens.

A questão do Crouch, para mim, tem mais a ver com o critério larguíssimo ao longo de todo o jogo, que foi abandonado apenas naqueles dois momentos.

Riga/V-1-Boy disse...

master kodro

o adebayor(tal como o pepe) levou leva um amarelo numa entrada igual as dos 2 amarelos do crouch

master kodro disse...

É daquelas coisas que nunca poderei provar, Riga, até porque a segunda mão já não vai valer para nada. Mas tenho dúvidas que o segundo sairia para o outro lado. E até podíamos estar a falar da mão do Dawson, não é isso que está em causa. É uma tendência dos últimos anos da Champions.

Nuno disse...

O Leonardo está ter uma semana terrivel,depois dos 3.0 no derby de Milão agora leva 5 de uma equipa banal.

Não queria estar na pele dele...dasssse

:)

Saudações

Mr. Shankly disse...

A equipa banal já vai nas meias da Champions. Não é habitual as equipas banais irem tão longe, é uma sorte do caraças.
Hoje li as declarações dõ Bale e do Redknapp. Depois de lerem isto deixam de ter dúvidas. E ficamos todos envergonhados do futebol que temos.

Bruno Pinto disse...

O Schalke é uma boa equipa. Não percebo é como é que a melhor equipa de Portugal e candidata a vencer a Champions não os conseguiu derrotar!!! O Benfica é o Benfica caralho, foda-seeeeeeeee.

Bruno Pinto disse...

O Sálvio para o ano virá para o FC Porto. Fonte segura.

Belhote disse...

Oh Bruno, esqueces-te de dizer que era por troca directa pelo Mariano.

Se o Benfica fizesse a época que o Porto está a fazer este ano, imaginem as barbaridades que os lamps diziam.

miguel_canada disse...

Os mentirosos

Pode enganar-se toda a gente durante um certo tempo, pode mesmo enganar-se algumas pessoas todo o tempo, mas nunca se conseguirá enganar toda a gente sempre. Vem isto a propósito de mais uma mentira cirurgicamente posta a circular nos últimos dias pelo habitual ministério da propaganda com o simples objectivo de limpar a imagem de quem não tem vergonha e, ao mesmo tempo, manchar a imagem do FC Porto.

E o que diz a nova propaganda que na noite de segunda-feira chegou ao programa Dia Seguinte da SIC Notícias e que ontem prosseguiu no programa Trio de Ataque da RTPN? Simples, que o FC Porto apagou a iluminação do Estádio do Dragão logo após o final do jogo com o Benfica, para a Taça de Portugal, disputado a 2 de Fevereiro, com o objectivo de impedir os jogadores adversários de festejarem a vitória com os seus adeptos.

É mentira e quem o diz, caso não se retrate, só tem um nome: mentiroso. O objectivo, está bom de ver, é mitigar os efeitos da transformação do Estádio da Luz no Estádio das Trevas no último domingo. Correu-lhes mal, queriam impedir a festa, mas apenas a tornaram ainda mais inesquecível e planetária, tantas as notícias que correram o mundo, porque, como diz o outro, para alguns “o fair play é uma treta”. Agora, andam desesperados, a inventar mentiras. Só que nós estamos atentos e vigilantes e havemos de os denunciar sempre.

A atestar a verdade podem ser questionados os senhores Álvaro Albino, secretário-geral da Federação Portuguesa de Futebol e benfiquista, e Rui Pereira, chefe de segurança do Benfica. Ambos, na companhia de Luís Silva, Director de Campo do FC Porto, deslocaram-se mais de uma hora depois do final do jogo e já depois da saída do estádio dos adeptos do Benfica, ao sector visitante para contabilizarem os estragos causados pelas claques ilegais do Benfica. Estes senhores podem atestar que nessa altura as luzes continuavam ligadas. Mas com certeza que também os próprios jogadores do Benfica – ou a polícia –, podem atestar que a iluminação se manteve a funcionar.

Sejamos razoáveis. Alguém no seu perfeito juízo acredita que caso a iluminação do Estádio do Dragão tivesse sido desligada um décimo de segundo antes do habitual o assunto não tivesse sido de imediato denunciado à UEFA, à FIFA e ao Conselho de Segurança das Nações Unidas? Que não tivesse reunido o comité de emergência, constituído por notáveis das artes, do jornalismo, da política (só faltam mesmo os entendidos em futebol), que um ou mais ministros não tivessem já recebido em pomposa audiência o presidente e o seu arcanjo da guarda? Claro que não.

Já não há pachorra para estas mentiras sucessivas, num decalque da propaganda nazi que acreditava que uma mentira repetida mil vezes se tornava verdade. Não torna, nunca tornará, e o FC Porto não permitirá que uns quaisquer que não sabem perder – apesar da vasta experiência na matéria – possam beliscar o clube que tanto invejam.

A vida é como os interruptores, uns dias para cima, outros para baixo, mas no FC Porto continuamos “on” como o clube de toda a Europa com mais troféus no sec. XXI.

PS: O FC Porto equipa de azul e branco, toda a gente o sabe. Recusou, é verdade, entrar em campo com crianças equipadas à Benfica, porque, também toda a gente o sabe, sempre que se fazem este género de iniciativas, equipam-se as crianças com os equipamentos dos dois clubes e cada um entra em campo com as crianças com as cores adversárias. O Benfica recusou-o, como confirmou através da chamada telefónica que fez ontem para o programa Trio de Ataque. E dizer que tinha proposto, como alternativa, camisolas brancas ou cinzentas só mostra hipocrisia. A última coisa que esperávamos era que se instrumentalizassem crianças, mas há, de facto, quem não tenha limites à estupidez.

Infante disse...

Mais duas coças espanholas. É giro ver o Real Madrid e o Barça a tratarem os adversário europeus como se fosssem Almerias ou Levantes. Depois digam que a Liga Espanhola é que é fraca e tal...

Belhote disse...

miguel_canada,


O nosso novo director de informação Francisco Marques entrou a golear.
E também assim, cai mais uma vez a máscara das virgens ofendidas choronas.

"...mas há, de facto, quem não tenha limites à estupidez."

miguel_canada disse...

Mas é bom que vás sabendo...

Mr. Shankly disse...

"mas há, de facto, quem não tenha limites à estupidez"
Isto que língua é? Galego?

Belhote disse...

Além de estúpido, não sabes ler?