segunda-feira, março 28, 2011

Outro mafioso

"... candidatura de Dias Ferreira, que, no entanto, deu razão ao empresário no que toca ao pedido de impugnação, como deu conta a O JOGO o director de campanha, Paulo Rêgo. O responsável, igualmente candidato derrotado como vice-presidente de Dias Ferreira, foi claro na posição oficial sobre o assunto. "Parece-nos que há motivos para a impugnação das eleições, o que não significa que impugnemos ou estejamos ao lado da impugnação, pois, de acordo com a votação que obtivemos [ver página 8], não estamos em condições de disputar os resultados das eleições", disse, sublinhando: "O facto de acharmos que há dados para a impugnação não significa que estejamos a apoiar. Compreendemos o pedido de impugnação".

No Jogo, esta manhã.

kovacevic

1 comentário:

The Blue Factory of Dreams disse...

Dias Ferreira é um contorcionista. O que ele não faz por um tacho ou por um microfone.

O sonho dele é ser presidente do Sporting.
Teve todas as condições para lá chegar um dia.

Foi desperdiçando todas as condições para lá chegar.
E não é fácil ser tão burro.

Ele concorreu ou ia concorrer contra Bettencourt, foi atirado de umas escadas abaixo para desistir, cenário perfeito para agora ser favorito nestas eleições.

O que fez na altura? Vendeu-se e trocou o lugar da oposição por um tacho na mesa da assembleia-geral.

Mesmo assim ainda tinha condições para ir à luta nestas eleições.


O que faz ele?
Contrata um dos maiores traidores e mercenários do clube no primeiro dia.

Hoje já deve estar a negociar o próximo tacho para não alinhar com o da impugnação.

E lá deve arranjar outro tacho na televisão outra vez.

Assim é Dias Ferreira. Que tudo teve para lá chegar e tudo desperdiçou.