quinta-feira, março 10, 2011

Esta gente não é do Tottenham, de certeza

Do jogo, ficou-me na memória a frieza de Gallas, aos 25 minutos, a tirar a bola da trajectória das redes, em cima da linha, um segundo depois de se ter desequilibrado. Mas o que me interessa é que o Tottenham de Harry Redknapp chegou ao top8 europeu, depois de eliminar o Milan, líder do Calcio, equipa de Ibrahimovic, Pato e Robinho, depois de duas mãos sem sofrer um golo.

master kodro

27 comentários:

JNF disse...

Será que a carroça já está atascada numa poça de lama?

http://entredez.blogspot.com/2008/11/andar-de-carroa.html

Ricardo disse...

OU o Pateta Allegri...

JNF disse...

Ou o ridículo 442 do senil Aragonés que ia impedir a Espanha de ganhar o Europeu.

MM disse...

Kodro, tenho a certeza que não foi para isto que fizeste esse post. Isto = o que acabamos de ver aqui em cima. Parecem aquela situação em que alguém diz "olha ali qualquer coisa", e depois as crianças começam a gritar "pois é!!!! e daquela vez que ele fez aquilo!", e diz outra "aía é mesmo, e ele bla bla bla".
Patético. Não há nada que estes benfiquistas façam que não seja patético. Esta sua necessidade que demonstram de virtualmente formarem um "coro" qualquer que procure "atacar" um qualquer alvo. Diz muito deles, são sinais daquilo que são nas suas vidinhas. Dá vontade de rir. Espero que caso o Nuno do Entre10 leia este post saiba que que o teu propósito não era este, Kodro.

Sobre o post,
As equipas inglesas são por norma acessíveis, é um facto. Acessíveis em algumas coisas. Não tanto noutras. Desprezar aquilo que são capazes de fazer contra um qualquer adversário tecnicamente superior é um tremendo erro, porque elas compensam esse menor poderio com outros atributos que - às vezes parece - só elas possuem. Tem que ver com o espírito com que encaram um jogo, mentalidade, a simples e descomplicada noção de que não interessa o que está do outro lado. Quando não se interessam pelo que está do outro lado e são fieis apenas a si próprias, é como se nem se apercebessem do perigo em que incorrem. Isso, dás-lhes vantagem. Em tudo. É como estarem a perder a 10 minutos do fim e virarem por completo um jogo. Acontece tantas vezes com equipas inglesas e acontece por isso mesmo: não têm medo da derrota. O público nem sequer as penaliza muito. Os treinadores e jogadores só em situações de arrasto é que sofrem contestação. Não há a cultura de constante penalização, apontar de erros ou falhas. Logo, os espíritos daqueles jogadores estão pouco inundados de medo ou receio. E isso não lhes fragiliza o jogo. Em Portugal por exemplo se o Sporting estiver a perder em casa por 0-1 a 10 minutos do fim, os jogadores já estão alheados do jogo a pensar no que é que tal pessoa vai dizer, e o jornal vai escrever, e o público vai apupar e cria-se todo uma aura negativa que consome energias que são precisas para o jogo. As suas mentes não estão limpas, porque sentem medo. Nas equipas inglesas isso não acontece, e é por isso que dos 0 aos 90, estejam a perder por 1-0 ou a perder por 6-0, o seu comportamento é o mesmo até ao fim. Às vezes parece que têm muito orgulho mas não, é o contrário. Não sentem orgulho, e como não o sentem também não sentem especial desânimo na hora da adversidade. Quando o jogo acaba, aí sim, ou festejam ou sentem desapontamento pelo resultado que não conseguiram. Já o público, esse, do início ao fim é como se já entrassem a ganhar 4-0, porque independentemente do resultado a sua equipa é sempre apoiada. Isto é por si só uma vantagem tremenda porque cria-se um espírito de comunhão entre jogadores e público que lhes dá uma vantagem sobre o adversário, fazendo compensar outras desvantagens, caso existam.

As equipas inglesas não são vaidosas. Simplesmente jogam, e no fim, vê-se o resultado. Esta forma de encarar o jogo - ou qualquer outra coisa - é um atributo muito valioso.

MM disse...

Ricardo, não me referia a ti.
Importante lapso. Um abraço.

Fredy disse...

eu acho que foi mesmo por isso que o MK fez este post hehe

o grande Nuno, que tinha tantas teorias e falhava em quase todas lolol

entao aquela que "só" os jovens do sporting é que iam ser jogadores hehe

mas va lá..numa ele acertou. sem querer mas acertou. No Pele que não deu em jogador! não foi por falta de qualidade mas foi por não tem nada na cabeça e preferir a noite. mas prontos..ha´que lhe dar o mérito nessa haha

JNF disse...

Ai este MM, este MM,

depois de ridicularizado n' O Banco, também gosta de fazer figura de urso aqui. Eu não tinha tanta certeza, nomeadamente no que à tua primeira frase diz respeito. Olha, e o Josué Pesqueira?

MM disse...

Ridicularizado?
Porque quem galinha, tu? Outros como tu? Galinhas vazias como tu? Era um doce, se pudesses. E uma pena que nao possas ...
Cala o bico galinha. Nao tens nada para dizer fica caladinha porque apesar de isto ser acessivel a todos, ha por aqui 4 ou 5 pessoas muito inteligentes com capacidade de perceber. E a essas, nao foi dificil ler a intencao dos teus comentarios. E muito feio o que pretendeste fazer e que nao o entendas, e normal. Nao entendes nada, e e por isso que es essa coisinha ridicula que por ai anda.

E ja agora repito-te galinha: apesar de estares num ambiente virtual todas essas coisinhas dizem muito sobre ti, aquilo que faras na tua vida. Pedaco de merda que nao se aproveita para nada. Queres dizer alguma coisa ao Nuno vais la ao Entre10 e falas com ele directamente. Mas nao, porque sabes que ele - independentemente dos defeitos que possa ter - limpava-te o rabinho em menos de nada. Por isso, preferes a partir do conforto de um post do Kodro, atingi-lo, ao Nuno. Com isso, pedacinho de merda triste que por ai anda, atinges 2 objetivos:
1 - Passas uma imagem muito pobrezinha de ti.
2 - Arrastas o Kodro - por associacao - a esse teu comportamentozinho merdoso.
E por causa de patetinhas como tu que o teu pais e uma merda, infelizmente. Sao as pessoas pateta, sao elas que dao cor a tudo.

Dito isto, certamente havera post sobre o assunto mas dar os parabens ao excelente Braga pelo resultado (curto) que conseguiu, dar os parabens ao Porto por (mais uma, outra) excelente vitoria fora de casa (mais nao fosse, a capacidade que o Porto demonstra este ano de de ir ganhar ao estadio dos adversarios europeus que defronta devia ser suficiente para que se percebessse o ridiculo que e achincalhar-se ou questionar-se o seu merito, esta epoca) e dar os parabens ao Benfica pela vitoria frente aos franceses.

Ainda no Benfica, um tipo abre o Record online e a primeira coisa que aparece e, “Este jogo tem dois casos: Primeiro o golo do Luyindula, depois o penálti não assinalado sobre o Saviola. A UEFA colocou mais dois árbitros nos jogos - são mais 4 olhos - mas continuam a não ver nada. Fomos prejudicados pela arbitragem”.

Palavras do Jesus. Nao ha pachorra para o choro semanal destes palermas. E que so sabem falar de arbitragens. Incrivel.

JNF disse...

Monte de Merda,

choro semanal? Não caias no ridículo e olha para o teu clube. Gente pequenina, pequenina, minúscula, insignificante.

Filipe disse...

MM, olha que tenho a certeza de que foi para isto que o MK fez o post. Se tens dúvidas lê:

http://quatroquatrodois.blogspot.com/2010/05/carroca-e-poca-de-lama.html

Pedro Almeida disse...

O Monte de Merda ainda não percebeu que por mais que mande beijinhos e chame lindo ao MK este nem se digna sequer a responder-lhe.
É triste ser-se tão triste.

MM disse...

Filipe,
Nao e preciso isso. Nem ha duvidas de nada. Nao li isso na altura em que saiu uma vez que nem frequentava a blogoesfera mas tive oportunidade de faze-lo em momento posterior pegando numa dica que alguem deixou no Entre10 a respeito de outra discussao sobre outro tema mas que tambem cruzava "guerras" entre bloggers.
Isso no entanto sao farpas, respostas e contra-respostas que os proprios ou iniciam, ou alimentam, ou nao dao sequer resposta, caso nao tenham partido da sua iniciativa. Percebe-se por esse post e ao longo dos comentarios que era uma discussao que tinha comecado noutra altura qualquer. Ontem, ou hoje, meses depois, o Kodro volta a lancar o tema. Mas o Kodro, Filipe. Nao e a mesma coisa aquilo que o post dele faz, e aquilo que esse badameco que comentou fez.

Ate ao simples nivel da forma, ha maneiras proprias e elegantes de fazer isso e aquilo que esse merdinhas fez no seu comentario foi aquilo que sempre fazem: deixam uma farpa qualquer, um link, e pisgam-se. Nao dizem nada, nao se preocupam em meter nada que tenha o minimo de conteudo, e apenas pretendem atingir alguem. No caso, o Nuno. E um comportamenteo merdoso e nao tem nada que ver com aquilo que o Kodro fez.

E como esse imbecil do Pedro Almeida, repara que nao tem nada para dizer. Limita-se a seguir um qualquer guiao onde na sua vazia mente apenas interessam as "relacoes" entre as pessoas que aqui vem. E um comportamento virtual idiota que nao adianta nem atrasa nada e so cria maus ambientes nas caixas de comentarios. Sempre que isso exista, pode e deve ser apontado. Porque dessa forma esses imbecis nao ficam com a ideia que passam impunes. Porque nao passam: tenho a certeza que por exemplo tu percebeste a intencao merdosa e cobarde desse amendoim que nunca diz nada.

Filie, responde com sinceridade: farias isso que esse merdas do JNF fez? Dessa forma triste e vazia em que deixa um link qualquer que sabe que so vai servir para que depois viesse alguem pegar na deixa e comecar-se para aqui um rol qualquer de ataques ao Nuno? E estou-me nas tintas se e o Nuno ou o Joaquim. Esse comportamento merdoso ve-se repetidamente seja com bloggers ou simples users que comentam, e mais uma vez, regra geral, sao pintelhos benfiquistas que se dedicam a essa tarefa.

Filipe disse...

MM, e que mal é que tem? O post do MK é claramente uma alusão ao Nuno e todos os clientes habituais cá do blog se lembraram seguramente da carroça, incluindo o Fredy que é portista.

Eu não vejo nada de particularmente grave nos «ataques» ao Nuno. Ele põe-se a jeito com os laivos de vaidade do cabeçalho «um lugar para falar de futebol, como o futebol já merecia.» O Nuno é crescido, sabe o que pensamos dele, e não tem qualquer problema em defender-se.

MM disse...

Nao interessa aquilo que o Nuno disse ou deixou de dizer, ou a forma como se entende ou entende outros. O que esta eu causa e a forma e o espirito rasteirinho dessa intervencao ao post, em que apenas se preocupou em procurar atingir alguem. Sem uma opiniao ao post, sem uma opiniao sobre o assunto, sem nada.

A intencao do comentario e nitido: atingir o Nuno, so. A intencao do post e nitida tambem: dar seguimento a uma qualquer "guerra" passada que os 2 blogggers tiveram, seguimento esse que no entanto nao e rasteiro porque versa sobre o tema, nao e ofensivo e procura a partir da boa epoca que os Spurs estao a fazer fazer valer qualquer coisa, nessa tal "guerra" passada.

Perante o post, quem le podia fazer 1 de 4 coisas:
- Falar so sobre o tema.
- Falar sobre o tema e relaciona-lo com essa passada discussao de uma forma minimamente util, com conteudo.
- Nada falar, por nao achar interesse.
- Ou fazer isso que esse badameco fez: a via mais facil de todas, procurar atingir, so.

Repara que mesmo que ele tivesse feito apenas isso que fez podia ser que houvesse uma sequencia qualquer nas suas intervencoes ou um historico qualquer onde se percebesse e ate se pudesse entender essa tentativa vazia de ataque. Mas nao, nao ha nada. E um badamecozinho qualquer que seja aqui ou noutra caixa de comentarios qualquer adopta constantemente esse tipo de accao.

Filipe, tu proprio nas tuas intervencoes a este post deixas que se perceba que tambem tens qualquer coisinha encravada com o Nuno. Achas que ele merece, achas que cultiva esse tipo de coisa. Mas no entanto, estas tuas intervencoes aqui nao sao o mesmo que aquela la de cima. Sao coisas que se percebem: quando e que algo e puramente mesquinho, ou nao.

Mas se achas que nao tem mal, optimo. Nao vale a pena insistir. Tenho a certeza que havera quem veja o mal, e tal como em tudo, apenas esses no fundo interessam.

Filipe disse...

Não tenho nada encravado com o Nuno, acho apenas que apesar de tudo o JNF se manteve «on-topic» no primeiro comentário. Nem me parece que tenha sido particularmente deselegante, a menos que me ponha a tentar adivinhar intenções maquiavélicas. O Nuno tem defendido algumas ideias pouco convencionais, e parece-me perfeitamente aceitável que seja gozado.

Quanto ao entre10, a avaliação que faz do futebol é essencialmente estética e subjectiva. O Nuno sabe argumentar, tem uma capacidade retórica apreciável, e vence os opositores sobretudo pelo cansaço, e pela forma como vira os argumentos contra eles. Não sou grande fã.

luis disse...

AHHAAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAH

Pedro Almeida disse...

Este Monte de Merda é mesmo um prato, faz figura de urso, percebe que fez figura de urso...e qual o passo seguinte? Continuar a fazer figura de urso, pois claro, sempre a fuga para a frente.

E mesmo assim continua sem perceber que quem ele quer que lhe dê atenção, nunca lhe deu, nem lhe dará atenção nenhuma.
É a vida!

Nuno disse...

JNF e demais seres irracionais, o Tottenham está em 5º lugar na Liga Inglesa, a lutar pelo acesso à Champions. Está a fazer um campeonato ao nível do do ano passado, embora tenha um plantel muito mais forte que o do ano passado.

O que eu disse - e repito - é que o Redknapp é um treinador fraco (igual ao tradicional treinador inglês) e que o Tottenham, com o plantel que tinha na altura, se tivesse um treinador capaz de oferecer mais do que o que os treinadores ingleses oferecem, podia intrometer-se na luta pelo acesso à Champions, que na altura estava confinada a Manchester, Arsenal, Chelsea e Liverpool. No ano seguinte, o Tottenham não se intrometeu nesta luta, como parecem crer. Nunca foi capaz de chegar aos calcanhares do Manchester, do Arsenal e do Chelsea. Conseguiu ir à Champions porque o Liverpool fez uma campanha miserável. Este ano, reforçou-se ainda mais e, muito sinceramente, teria a obrigação de fazer até mais do que está a fazer. É provavelmente o plantel com mais opções de qualidade aos titulares. Este ano, com um treinador a sério, o Tottenham teria de andar a lutar pelo título. Está a fazer uma campanha razoável, só isso. Não está a exceder as expectativas, como não excedeu o ano passado.

Quanto à Liga dos Campeões e ao facto de estar entre o Top 8 europeu, francamente, que merda de argumento. O Shaktar também faz parte do Top 8 europeu? O Shalke está a lutar para não descer na Alemanha e também pertence ao Top 8, então. Que grande feito, de facto, o do Tottenham. Passou num grupo que continha o Twente e o Werder Bremen, por isso não fez mais do que a sua obrigação. E passou em primeiro porque o Inter teve uma primeira fase da época ridícula. Depois, apanhou o Milão e teve a sorte de ganhar um jogo em Itália. Em Inglaterra, só defendeu, não mostrou nada para além de cruzamentos de longe para o Crouch. E o Milão, com 9 ausências, a jogar com o Boateng (provavelmente a coisa mais ridícula da competição deste ano) a meio-campo.

O que me parece é que isto é uma questão de exigência. O que eu defendia era que o Tottenham merecia um treinador que fosse capaz de tornar aquele conjunto muito bom de jogadores numa equipa muito competitiva. O Redknapp fez o que um treinador inglês mediano faria. Tornou-o uma equipa de segunda linha em Inglaterra. Eu, que sou exigente, acho que quem tem Gallas, Dawson, Corluka, Gareth Bale, Modric, Lennon, Van der Vaart, Crouch e Pavlyuchenko tem de querer mais do que andar a lutar pelo 4º ou pelo 5º lugar, sobretudo num ano em que o Chelsea e o Manchester estão bem menos fortes. Na Liga dos Campeões, até podem chegar às meias-finais com facilidade, dada a conjuntura da prova. Isso não significa que se tenham excedido. O Redknapp ainda não fez nada de extraordinário. Ou seja, aquele conjunto de jogadores é que tem obtido os resultados que vocês gabam. São as individualidades e a capacidade financeira para adquirir essas individualidades que fez do Tottenham uma equipa mais séria, não o Redknapp. Isso é óbvio, para quem quer que perceba qualquer coisa de futebol.

JNF disse...

Já cá faltava o ser da superioridade moral e intelectual.

Olha, e o Josué?

Bruno Pinto disse...

MM, Nuno e Ricardo na mesma caixa de comentários?? Os três estarolas sempre com comentários longos e conteúdo=zero... Já só aí falta o namorado do Nuno, o Ministro, o tal que me pediu o mail para me "arrebentar todo", mas que até hoje... Deve ter ficado com medo de levar nos cornos o patetinha...

low desert puke disse...

Tem cuidado, Bruno Pinto. é imperativo mostrar educaçao a quem nem a palavra te dirigiu.

Ricardo disse...

Apenas e só um esclarecimento e apenas e só pelo Nuno, cujas opiniões eu respeito (ao contrário de outros imbecis, tipo Bruno Pinto), para que não seja confundido:

O meu único comentário neste post foi "OU o Pateta Allegri", uma referência ao pobrezinho treinador italiano. Nem sequer sabia desta rixa entre Kodro e Nuno nem ela me interessa para nada. Só para que conste.

Metendo a colher na discussão que não me interessa para nada, gostava apenas de realçar uma evidência: o Nuno, com os defeitos que tem (como todos nós, certamente) ARGUMENTA (sim, ARGUMENTA), fundamenta (sim, fundamenta) as suas opiniões. Mais: o Nuno corre riscos porque propõe, antecipa, vaticina. Ora, é lógico que, fazendo-o, corre o risco de ver as suas previsões serem negadas ou parcialmente negadas mas isso não lhe retira valor, principalmente porque às que ele acerta ninguém faz o favor de escrever textos a elogiar. Ao contrário de uns broncos, que só sabem denegrir sem argumentar, fundamentar, fizer absolutamente nada sobre as ideias que têm. É a velha História da Humanidade. Nada de novo.

Não conheço o Nuno de lado nenhum. Ele não me pagou um gin-tónico ontem nem me pagará amanhã. Este esclarecimento serve apenas para defender uma pessoa que, pelos motivos errados, tem de levar com a crítica acéfala de mentecaptos armados aos cucos. E a injustiça causa-me repulsa.

Filipe disse...

Ricardo, não podia concordar menos contigo.

A retórica, quando bem aplicada, é uma forma de vencer um debate contornando erros de raciocínio, e falta de lógica, inerante à posição defendida. O Nuno não fundamenta nada. O Nuno alicerça os seus argumentos nas suas opiniões, a que dá um estatuto de verdade absoluta, que «quem quer que perceba qualquer coisa de futebol» tem obrigatoriamente que partilhar.

O texto com que nos presenteia no seu comentário é um ad hominem pegado. A argumentação do Nuno, mais uma vez, é tergiversar. Nos três mil e tal caracteres com que no presenteou, repete as suas opiniões, e minimiza tudo o que vá contra isso como sendo devido à sorte, ou então devido às capacidades sobrehumanas dos jogadores, que lhes permitem ultrapassar as limitações do treinador.

É uma estratégia de debate que dá os seus frutos, mas estéril: «eu percebo muito disto, eu sou exigente, logo isto tem que ser assim. Se não for é por acaso, e irrelevante, pois as minhas ideias são tão óbvias que têm que ser verdade.»

Ricardo disse...

Filipe, eu não disse que concordava com o Nuno sobre a valia táctica do Redknapp ou até com a forma como defende os seus argumentos - acho que, por vezes, cai na falácia de achar que só a sua verdade é a correcta e isso não é um bom princípio. Mas acho errado dizer-se que ele não fundamenta aquilo que diz; é lógico que fundamenta, basta ver os textos que escreve. Não se limita a dar uma opinião sobre o assunto, normalmente aprofunda os temas e normalmente de forma muito interessante. Há que distinguir o Nuno escritor de textos do Nuno comentador na caixa de comentários porque, apesar de ser a mesma pessoa, têm comportamentos diferentes. E eu percebo isso perfeitamente. Há quem lhe chame arrogante, mal-educado, presunçoso mas já alguém se dignou a ver a forma como muita gente vai ao Entre10 comentar? Querem que o Nuno leia insultos e críticas não fundadas e responda como? Eu, do que vejo ali, percepciono um Nuno que, se o comentador for discutir de forma séria o assunto, responde de forma correcta; se o comentador optar pela imbecilidade, o Nuno responde-lhe com mais imbecilidade. Percebo perfeitamente isso e concordo com a atitude. Depois há sempre, para quem não gosta, a opção de não ler ou não comentar. Ou, ainda, e aqui é que é o ponto crucial desta discussão inútil, não fazer posts sobre o assunto. Ou vir para esta caixa de comentários "gozar" com o Nuno por aquilo que ele escreve noutro blogue. Isto chega a ser patético. E é sinal da importância que dão àquilo que ele escreve. Caso contrário, não se preocupavam tanto com as incongruências do Nuno.

Outra coisa: isto que aqui fazemos é uma brincadeira, é um fait-diver. Isto não é a vida - pelo menos, para alguns. Quero lá saber se o Nuno é feio, arrogante ou mal-educado. Quero saber dos seus textos, que geralmente (eu disse: geralmente) são lúcidos, inteligentes, correctos, educados, fundamentados, argumentados, belos. E é só isso que interessa. Pelo menos, para mim. Há uma vida lá fora.

rui disse...

Dar qq espécie de valor ou respeito a quem não é capaz de fazer mea culpa depois de dizer disparates como "o guarda-redes que defendeu um penalti por nao se ter atirado e ter permanecido no meio da baliza só o fez pk é burro..." é de quem não pensa...


ruibonga

Bruno Pinto disse...

Puke,

É imperativo calares a boca que a conversa ainda não chegou aí. Tem cuidado??? Olha outro...

low desert puke disse...

Bruno, por acaso estava a mandar uma indirecta a alguém através da resposta ao teu comentàrio. Nao era nada de pessoal e nem te queria atingir, a sério.

Mas, e antes de fechar este nosso parentesis, penso que deverias ser mais comedido e nao usares termos como "calares a boca" quando te diriges a alguém.

abraço.