sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Como dançar sevilhanas sem Álvaro Pereira nem Falcao

Com personalidade (entrada forte que colocou, desde logo, o Sevilha em sentido), eficácia (no aproveitamento dos erros adversários), alguma sorte (aquele falhanço de Kanouté...) e Rolando (decisivo, tanto a atacar como a defender). A eliminatória continua em aberto, mas a vantagem conseguida na Andaluzia coloca o Porto numa situação privilegiada para seguir em frente na Liga Europa.

littbarski

45 comentários:

Nuno disse...

Totalmente de acordo.



Saudações

Ricardo disse...

É verdade que houve sorte na forma como o Porto ganhou o jogo ontem. Por aquilo que as duas equipas fizeram, o empate ou a vitória do Sevilha pela vantagem mínima seriam os resultados mais justos - tal como, na Luz, o Befica deveria ter ganho por 2 ou 3 golos.

Mas, em futebol, isso dos resultados mais justos é altamente sobrevalorizado. Foi o que foi. Vitória em Sevilha, que escancara as portas dos oitavos aos portistas.

Não me parece correcto falarmos em arbitragem neste jogo. Se é verdade que o golo do Rolando foi em fora-de-jogo, não é menos verdade que o golo do Sevilha é precedido de falta.

Excelentes perspectivas para podermos ter 4 equipas nas últimas 16 da Liga Europa. Porto e Sporting têm o apuramente praticamente garantido (o Rangers é fraquíssimo), Benfica com um jogo difícil mas, se jogar o que sabe e o que fez na segunda parte de ontem, com muitas probabilidades de passar, e Braga com a tarefa nada impossível de vencer o Poznan por dois golos.

Por ora, já foi ultrapassada a soma de pontos de 2002/2003. Está a ser muito boa a prestação europeia das equipas portuguesas. Que continue assim.

MM disse...

Parabéns ao Porto, apesar dos ecos de erros crassos de arbitragem que validaram um golo irregular aos azuis-e-brancos e anularam um golo limpo aos seus adversários.
São erros importantes demais num jogo só, num jogo desta importância. Erros que beliscam e muito a vitória no jogo. O que não ficará beliscado é o registo de uma vitória em Espanha que perdurará nos livros de Futebol para todo o sempre.

E nesta perspectiva, parabéns.

MM disse...

Ricardo,
O Rangers não é fraquíssimo, é muito pior do que isso. O que diz muito da incapacidade deste Sporting. Salvou-se o resultado, ainda assim. Nos últimos 16 que venha o PSV. Se vier o Lille é muito bom, se vier o PSV será muito bom também. Uma das formas do Sporting superar a incompetência do seu comando técnico será ter pela frente um adversário que motive os seus jogadores. Sobre o Rangers ainda; É um dos piores Rangers dos últimos 10 anos. O futebol Escocês passa por muitas dificuldades é certo e sabido mas, as reestruturações em curso produzirão bons efeitos. É impensável o desaparecimento de 2 ou 3 emblemas históricos escoceses e isso fá-los não perder tempo. Celtic e Rangers sem esses emblemas ver-se-iam num campeonato ferido de morte, mais ainda do que já está. Muito fraco. Parco em recursos, e sem esses recursos ficam à mercê do jogador escocês. Um jogador que para jogar futebol nunca foi muito dotado.

Por isto, e atendendo à qualidade do adversário, o Paulo Sérgio mostrou mais uma vez que é um perfeito incompetente. Miserável. Um Sporting apático com os jogadores certos dispostos em campo teria sido suficiente para ganhar o jogo na Escócia por 2-0.
Ainda assim, a 2ª potência do Desporto Europeu seguirá em frente. Sintam-se alegres por isso, porque as vitórias do Sporting são também as vitórias de todos os Portugueses. É uma responsabilidade da qual o Sporting jamais se esquivará. Que vitórias? Em Lisboa frente ao Rangers, e 2 vitórias nos jogos da eliminatória seguinte. Com alguma sorte, na ronda seguinte já estará um treinador diferente ao comando dos Leões Verdes de Alvalade.
Dinamarca, França e Escócia. São estas vitórias e alguns empates preciosos obtidos em terrenos adversários que permanentemente colocam o Sporting nos 25 1ºs lugares do ranking Europeu de futebol. E mesmo em anos negros, tal situação não muda. Os emblemas contam muito, na Europa do futebol. E uma equipa habituada tem algumas vantagens que uma desabituada não tem ...

MM disse...

Faltou dizer uma coisa:

Com este empate sem sabor a 1 golo julgo que o Sporting já não é o melhor ataque da Liga Europa este ano. Por isso importa no jogo de Lisboa ganhar por 3 ou 4 e recuperar essa condição.

Ricardo disse...

Compreendo a tua fé, MM, mas parece-me que tanto o Lille como o PSV são equipas mais fortes que o Sporting. Em condições normais, o Sporting é eliminado. Não quer dizer que os não possa ultrapassar, pode, claro, mas é inferior tanto aos holandes como aos franceses.

O Rangers é ridiculamente frágil. Acho que nunca vi um Rangers tão fraco quanto o actual. Um Sporting minimamente competente, teria saído de Glasgow com a eliminatória resolvida.

"Os emblemas contam muito, na Europa do futebol. E uma equipa habituada tem algumas vantagens que uma desabituada não tem"

Concordo. Ao Braga ainda falta estaleca europeia para se destacar internacionalmente. Mas, ainda assim, acredito que podem passar.

Joao disse...

isto é bestial, parece que o Porto esta época só ganhou um jogo sem erros de arbitragem, e logo com o resultado de 5-0 ante o principal rival...

discute-se todo e qualquer lance mesmo aqueles que não existem...

O melhor mesmo é saborear os bons jogos que a equipa do Porto faz, mesmo com uma equipa algo diminuída pelas lesões de Falcao e Álvaro Pereira e pela falta de "adaptação" à organização portista do Walter.

MM disse...

Não é fé Ricardo. E sim, é claro que este Sporting não é superior ao Lille. O PSV não faço ideia, desconheço a sua valia. Sobre o Lille, é esse o motivo este pelo qual as 2 vitórias obtidas frente aos franceses há uns meses foram depressa desvalorizadas pelos adversários do Sporting. Fenómeno normal, que serviu o propósito de esconder as fragilidades dos acusadores. Essa vitória em terreno gaulês, de resto, é a confirmação prática do que se afirma quando se fala em hábito. Da mesma forma que ganhar 3-0 na Dinamarca o é, obviamente.

Parece fé, mas não é. Porque os exemplos multiplicam-se. Como de resto se multiplicaram o ano passado onde pelo meio de tanta peripécia e falta de força o Sporting vai prosseguindo sem grandes problemas nas competições europeias. Dado isto, sim, no terreno do jogo o Lille tem certa vantagem - a sua classificação nunca o desmentiu - mas, o Sporting é favorito. Em Lisboa, em Alvalade, qualquer um cai.

Sobre o Braga, sim. O fenómeno poder-se-ia aplicar ao Sporting minhoto mas, tal não se verifica este ano. Não é normal, não é, mas ainda assim temos de abrir um parêntesis e dizer que este Braga, este ano - tal como o do ano passado ou o anterior - é uma equipa perfeitamente tranquila e personalizada nos palcos europeus. Razões e motivos? Desconheço, mas a verdade é que o é. Brilhante em Sevilha e brilhante superação da pré-eliminatória que tinham pela frente. Brilhante participação na Liga dos Campeões. Isto não é sorte, obviamente. A falta de hábito versava sobre outros. Não quero particularizar nem abrir guerras por isso, deixo apenas a pauta por preencher sobre os quais a expressão pretende fazer alvo:
- Equipas que jogam bom futebol.
- Equipas bem preparadas tecnicamente.
- Mas equipas que claudicam e sofrem contra adversários teoricamente ao seu alcance.
Isto não é azar. Da mesma forma que a performance do Braga não é sorte. Há razões e motivos, também. Motivos tão fortes que na categoria desses adversários que fazem este tipo de emblemas sofrer encontram-se conjuntos perfeitamente anónimos do futebol Europeu. Outros, ainda que não sejam anónimos, não deixarão de ser médios no panorama Europeu. Todos eles, penalizam e castigam adversários tecnicamente superiores mas que entram em campo com medo, adversários pouco habituados a ouvir o hino da Champions e pouco tarimbados na hora de libertar-se da pressão e jogar o seu futebol de forma tranquila, ou feliz.

Grilo Falante disse...

MM, antes de escrever alarvidades informe-se. No golo do Porto o Rolando está em linha, logo não há fora-de-jogo. O outro erro crasso foi o golo do sevilha. Não foi invalidado. Foi validado, mas é ilegal, pois o Kanoute impede o Otamendi de saltar. Ou seja, o resultado correcto, sem erros de arbitragem seria 0-2 e não 1-2-

MM disse...

Grilo,
Não preciso de informar-me, existem felizmente imagens. No golo do Porto existe fora de jogo. Milimétrico mas existe. Vale o que vale, mas vale bastante quando à equipa adversária é anulado um golo limpo.
Se isto belisca, então é porque os ecos de uma exibição pobre são verdadeiros, caso contrário e tivesse o Porto feito um bom jogo estes erros não seriam suficientes para tirar o sono aos seus adeptos.
Isto já é informação, porque não vi o jogo. São os relatos de um jogo mal conseguido do Porto onde os portistas atribuem uma dose grande de sorte à obtenção dos seus golos.

Sobre o golo do empate Sevilhano, não existe falta alguma. Quando saltam todos os jogadores usam os braços. O do Sevilha saltou primeiro, saltou mais determinado, e por isso o seu braço chegou lá primeiro. Só isso. Se esse tipo de contactos fossem penalizados 80% dos golos resultantes de bolas paradas teriam de começar a ser invalidados.

Por isso Grilo, pegue nos parabéns endereçados ao Porto e aprenda a reconhecer as coisas como elas são. Se o fizer verá a alarvidade vista em outros desaparece num ápice ...

Offshore disse...

MM,
percebi num comentário que não tinhas visto o lance do golo do Rolando.
aqui está um pequeno resumo
http://www.footytube.com/video/sevilla-fc-porto-feb17-73525

penso que já deverias saber dar o devido desconto aos comentários acerca das hipotéticas ilegalidades dos golos do Porto.

MM disse...

Offshore, vi claro.
Existe fora de jogo. Milimétrico mas existe. No momento em que pé do jogador do Sevilha bate a bola, o Rolando já está ligeiramente adiantado. Da mesma forma que vi o golo do Sevilha claro, caso contrário nunca diria que é legal. É dos tais lances onde qualquer uma das decisões se aceitaria. Para mim, não é ilegal, existem muitos golos como esse. Importa é manter o critério claro ...

Já agora Off Shore, sobre os ecos portistas referia-me por exemplo a isto:
http://www.fcporto24.com/forum/viewtopic.php?f=21&t=533&start=40
A unanimidade em reconhecer o Helton como um dos melhores em campo e a repetição de testemunhos de adeptos portistas desagradados com a exibição e algumas opções do Villas Boas.

Ricardo disse...

Tenho de concordar, MM. Mais uma vez, desarmas e analisas correctamente. O Benfica, para mal dos meus pecados, não tem estaleca europeia. Em termos históricos, então, nem vale a pena comparar com o Sporting porque, simplesmente, é ridículo tal comparação. A vantagem leonina é assombrosa! Por qualquer ângulo que olhemos. Às 9 finais europeias e três ganhas nos últimos 55 anos, finais horríveis frente a Bordéus, Barcelona e Real Madrid (autênticos clubes secundaríssimos do futebol internacional), o Sporting responde com duas (repara bem no assombro: duas!) e uma ganha contra uma equipa do mais alto quilate europeu. Que ninguém saiba quem são os senhores que perderam essa final europeia, não tem mal nenhum, só diz da ignorância de quem olha para as coisas de forma enviesada! Meus senhores, não sejam hipócritas: quem diz desconhecer esse gigante do futebol interplanetário chamado MTK Budapeste é um ignorante, um tolo, um invejoso! Tudo se resume a estaleca europeia, meus caros. Uns têm, outros não têm. São idiossincrasias muito próprias dos clubes. O Benfica, admito-o sem problemas, não chega sequer à planta do pé do Sporting, tal é a experiência europeia acumulada deste em relação ao outro.

E não me façam falar na actualidade! Ah não façam, não! Querem estaleca europeia nos últimos 5 anos, querem? Então tomem lá com uma ida aos oitavos-de-final do Sporting na UEFA que é para calarem já a matraca! Embrulhem! Querem mais ainda, é? Se conseguirem superar, metam-se à frente: 12-1 nos oitavos da Champions! Embrulhem!!! Um excelente golo marcado em Munique de fora da área não é para todos. O quê? Os 12 ridículos golos, que entram directamente para o recorde negativo da Champions numa eliminatória? Valem de alguma coisa, esses? Golos estúpidos que não dizem nada a ninguém. Agora aquele golo do Moutinho, que classe, que capacidade para jogar ao melhor nível europeu...

E o Benfica? Eu nem sei o que diga, de tal forma desprestigiante é ter ido 3 vezes, nos últimos 5 anos, aos quartos-de-final das provas europeias, numa delas na Champions. Absolutamente ridículo. Ter eliminado o Liverpool com vitórias em Anfield e na Luz, ter afastado o Manchester da fase de grupos, ter ganho em Marselha, ter sido eliminado por 2-0, empate em casa, contra um equipa que acabaria campeã europeia mas que não jogava nada. Este Benfica é absurdo de ridículo. Historicamente e na actualidade, uma vergonha para o futebol português.

Tu hoje estás imparável, MM. Tens toda a razão. Há as habituadas e as desabituadas. Um facto que ninguém minimamente lúcido poderá rebater.

Pedro Almeida disse...

Não percebes nada de futebol, Ricardo, vê-se logo que és benfiquista (apesar de não nos representares, atenção!).
Se o MM diz que é assim, é assim, ponto final, ele é a Verdade!

Diego Armés disse...

Diria que só uma enorme borrada vos impediria de sguir em frente. Não é impossível. Mas não estou a ver o Porto a vacilar. Porém, acho sensato o uso de cautela, o Sevilha não é a Naval 1.º de Maio... Por falar nisso, ontem na Luz vi o Benfica entrar em campo como se fosse defrontar a tal Naval ou o Rio Ave e, com isso, arriscar-se a comprometer (se é que não comprometeu) uma eliminatória com tudo para acabar com saldo de goleada.

miguel_canada disse...

Boa, Ricardo...Já há muito tempo que nos estavas a dever uns comentários sóbrios. Toda a gente aqui reconhece que tens capacidade para tal apesar de às vezes andares frustrado com qualquer coisa na tua vida privada e vires para aqui despejar essa frustração em forma de gonorreia opinativa.

O FCPorto ontem fez, mais uma vez, um jogo péssimo no capitulo ofensivo, já que no defensivo esteve irrepreensível.

Foram largos e largos períodos de tempo de jogo em que não fomos capazes de manter a pose nem sequer de fazer três passes seguidos. Fomos absolutamente incapazes de contrariar a natural superioridade Sevilhana e os erros na construção ofensiva chegaram a fazer lembrar equipas das divisões inferiores.

Dei uma nota severamente negativa ao João Moutinho e ao Belluschi que foram absolutamente incapazes de dar jogo a equipa e de controlar as operações de meio campo.

Nota muito negativa também para o André Villas Boas que parece continuar a ser o único que ainda não percebeu que retirar o Hulk do seu lugar natural é meio caminho andado para destruir toda a dinâmica ofensiva do Porto. Por muito mal que o Walter possa estar, acho que mais vale ter um cepo no meio e o Hulk na sua posição do que qualquer outra opção com o Hulk no meio.

O Arbitro teve dezenas de erros inacreditáveis durante o jogo todo. Cortou jogadas de ataque para assinalar faltas beneficiando o infractor, assinalou faltas em quedas ridículas e deixou andar faltas que roçaram a agressão, e permitiu que o Sevilha empatasse num golo precedido de uma falta inacreditável de Kanouté sobre Otamendi.

O golo do Rolando foi precedido de um fora de jogo milímetro. Creio que é de uma ma fé inacreditável vir-se para aqui vomitar em tons altamente depreciativos como fez o badamerdas do Puke que o Porto ganhou gracas a um golo em fora de jogo. Esse puke gosta de se esquecer das directivas da Fifa que aconselham os árbitros, em caso de duvida, a beneficiar o ataque.
O Arbitro terá tido duvidas??? Claro que sim! O fora de jogo é de 10 cm.

Um vintém é um vintém, um cretino é um cretino.

MM disse...

Ricardo, lol.
Hábito não se refere a isso.

Hábito é por exemplo isto: períodos de 10 anos, 15 anos. Sim já sei que vais dizer que só pego nisto porque o Benfica no último intervalo de tempo considerado pelo período esteve mal. Bastia, Metallyst, 2 anos fora da Europa, Vigo, Atenas, Anfield, Hapoel, Shalke, Lyon e tantos outros palcos que se situam nessa Europa fora. Tantos outros que custa lembrar porque o Benfica teve ali nesse período de 15 ou 20 anos que já foi miserável, um mini-período de 8 ou 9 anos verdadeiramente inacreditável que de tão mau que foi é como se o Benfica nem contasse para o que é relevante (pode parecer cruel mas, durante 2 ou 3 anos o Boavista superou-vos, factualmente, em nº de títulos ganhos e classificações).

Mas não, não é por isto Ricardo.
A sério, não é.

Quando falo de hábito importa reportarmo-nos a este tipo de períodos porque são aqueles que sempre interessam no rendimento de uma equipa. É como por exemplo o Porto. Quem dirá que o Porto da década de 90 teve equipas medianas? Ainda no outro dia se falou no jogo em Milão, a propósito do Porto do Oliveira. Os Portos de Ivic, Robson, idem. Fernando Santos, com Capucho, Jardel, Drulovic e Companhia Limitada. No entanto, esses Portos perdiam para o Nantes, iam a Barcelona e não tinham quaisquer chances. Levaram 5 do Bremen. Discutiram uma eliminatória em Munique mas sempre em esforço. É dito que falo. Não se compara a estaleca europeia que resulta de 9 ou 10 anos consecutivamente a disputar a LC com as prestações dos 4, 5 ou 6 primeiros anos desse intervalo. Independentemente das equipas que se tenha e excluindo claro está casos em que uma qualquer super-equipa se afirme numa época isolada pela sua imensa superior valia.

Hábito refere-se a isso.
Senão claro, o Forest seria eterno candidato às provas europeias. É bi-campeão europeu tal como o Benfica. Ou o Dortmund. Ou a própria Juventus num nível imensamente superior ao do Benfica. Steaua, Ajax, Liverpool ... Ricardo achas sinceramente que conta para alguma coisa num jogo que aconteça hoje, conquistas de há mais de 50 anos atrás? Não, como é óbvio. Mas já conta o passado recente, esse conta muito. E conta muito especialmente para o bem e não tanto para o mal. A boa estaleca constrói-se paulatinamente. A má não obedece a nenhuma deterioração progressiva. Está-se no 0 mas não se vai abaixo disso. Crescer em termos de valia europeia não, faz-se época a época. Com hábito ...

Crescer para o que importa em termos de influência positiva no desempenho. Porque para a história de um clube é irrelevante claro, qualquer bom feito soma-se a um palmarés e é sempre valorizado.

MM disse...

Ricardo, porque é que há tantos anos que o Benfica não ultrapassa o Sporting no ranking?
Repara que vamos em 1 ano e mais de 6 meses de um Sporting miserável e mesmo assim estamos 10 ou 15 lugares à vossa frente, quando para este ranking o momento é extremamente valorizado. O momento actualíssimo, porventura até em demasia ...

Mas mesmo assim salvo erro estás até atrás do Braga. Posso estar enganado, há muito que não o consulto, confesso.

Hábito. Agora é claro o do Sporting não é nada de extraordinário. Tem é constantes presenças nos 16 avos, oitavos, por 2 vezes quartos e, claro, 1 final europeia. Tudo isto nos últimos 10 anos. Hábito, mais uma vez, é determinante. Não sei porquê, mas é. Deve ter certamente que ver com o elemento psicológico. Vê-se em qualquer clube isto, português ou estrangeiro. As coisas na Europa do futebol obedecem a passos, fases, demora tempo. Regra geral.

low desert puke disse...

Ah bom, ficamos todos a saber que a teoria do vintém e do cretino ainda é actual.

miguel, demonstras que a tua capacidade de anàlise de textos e comentàrios é do mesmo nivel à que utilizas para ver futebol.
Porque dizer que o porto obteve um resultado positivo alicerçado num erro do àrbitro nao é a mesma coisa que dizer que o porto ganhou graças a um golo em fora de jogo.
Um resultado positivo, nestes jogos europeus, nem é forçosamente uma vitòria. Veja-se o sporting contra o Rangers. Mas tu és assim, miguel. Limitado.

E ainda bem que nao houve uma mà fé inacreditàvel de certos bitaiteiros quando o Saviola levou com um petardo do Cardozo no ombro e a bola entrou.

Faço copy/paste para refrescar essas memòrias?

Hattori Hanzo disse...

Não vi o jogo do Porto, apenas os golos. Parece-me que estão já na fase seguinte tal como o Sporting tem meio-caminho andado para isso (apesar de nos últimos anos ter sido eliminado mais do que uma vez com empates com golos fora-de-casa - Partizan de Belgrado e Gençlerbirliği - esses colossos europeus; aliás tanto no ranking iffhs como no da UEFA o Sporting está atrás do Benfica). Quanto ao Benfica parece-me que o Estugarda é também uma equipa muito fraquita e a primeira parte pareceu-me que se deveu essencialmente a uma atitude de sobranceria com que a equipa portuguesa entrou no jogo. O Braga tem também ainda muitas chances de passar para a fase seguinte: têm equipa para ganhar por dois em casa.

Ricardo disse...

"Ricardo, porque é que há tantos anos que o Benfica não ultrapassa o Sporting no ranking?"

Acho o ranking IFFHS das coisas mais ridículas em termos estatísticos. Os critérios são absurdos e incompreensíveis. Não o levo nada a sério. Mas tu levas. Por isso, faz o favor de responder à tua própria pergunta.

Aqui:

http://www.futebol365.pt/rankings/iffhs/default.asp?mover=proxima&pais=&mes=1&ano=2011&order=


Se te cansares de ver o Benfica à frente do Sporting, faz outro favor a ti mesmo: não fales nos pontos amealhados pelos dois nos últimos 5 anos. É que podes ficar surpreendido. Como, não sei, porque toda a gente sabe quem é que deu mais pontos ao futebol português nos últimos 5 anos mas tu pelos vistos não sabes. Ou não queres saber. Ou preferes não saber. Tudo coisas que são giras mas que, infelizmente para ti, não correspondem à realidade.

Fala-me de futebol, MM. Não demonstres todos os dias a tua necessidade de falar no Benfica. O tema era o jogo do Porto, as equipas portuguesas nos jogos de ontem. Não caias nessa constante desvalorização e achincalhamento do Benfica. Só te fica mal.

MM disse...

Ricardo,
Eu disse que não o consultava há muito. Mas parabéns, estão à frente agora. Sinceros parabéns por isso. A vontade de negar o óbvio é tanta que dás importância desmedida a elementos que não a têm, isto porque eu disse-te que não o consultava há muito. Pegas nisso para colocar em dúvida tudo o resto. É desonesto. E Ricardo, tu é que falaste no Benfica não fui eu. Eu dei os parabéns ao Porto no 1º comentário que fiz. No 2º, falei da noite europeia das 3 equipas. Tu é que pegaste no "hábito" para falar do Benfica. Vai lá ver se digo alguma mentira ...

Hattori,
Correctíssimo. Última actualização, julgo ser a última:
Benfica - 48º
Sporting - 50º
Braga - 69º
Julgando pelos movimentos de subida e queda dispostos na coluna, a classificação anterior seria:
Sporting - 41º
Braga - 55º
Benfica - 59º

Visto aqui.

Ranking UEFA,

2001
Porto - 18º
Benfica - 68º
Sporting - 83º

2002
Porto - 25º
Sporting - 73º
Benfica - 91º

2003
Porto - 15º
Sporting - 78º
Benfica - 86º

2004
Porto - 8º
Sporting - 64º
Benfica - 72º

2005
Porto - 11º
Sporting - 30º
Benfica - 57º

2006
Porto - 11º
Sporting - 32º
Benfica - 35º

2007
Porto - 13º
Benfica - 19º
Sporting - 37º

2008
Porto - 17º
Benfica - 18º
Sporting - 21º

2009
Sporting - 19º
Porto - 19º
Benfica - 23º

2010
Porto - 15º
Benfica - 17º
Sporting - 28º

Das 10 épocas o Sporting termina à frente do Benfica em 6 delas e é a melhor dos conjuntos portugueses em 1, 2009, em ex aequo com o Porto.
O Porto é de longe a melhor em todas elas e nunca deixou de ser a melhor dos conjuntos portugueses.
O Benfica das 10 épocas fica à frente do Sporting em 4, e nunca é a melhor equipa portuguesa.

Visto aqui.

Dito isto, porque é que a mim, pessoalmente, o ranking da UEFA nada diz. Porque é um ranking que não contempla o momento. Ou seja, o vencedor da taça UEFA em 2002/03 e campeão europeu em 2003/04, por exemplo, queda-se entre o 25º, 15º e o 8º lugar. Isto é absurdo.

Da mesma forma que o finalista da Liga Europa em 2004/05 fica-se pelo 64º ou, 30º lugar, sendo que, existem apenas 2 grandes competições europeias que apuram por isso somente 4 equipas para as suas finais. Isto é absurdo.

Da mesma forma, já agora, que o Benfica sem ir à Europa em 2001/02 termina esse ano apenas 22 lugares atrás do Sporting. Absurdo. Em 2002/03, o Benfica pelo 2º ano consecutivo fica fora da Europa, faz uma classificação interna ainda pior (passa de 4º para 6º) mas, melhora o seu ranking. Isto é absurdo.

O ranking da UEFA ao pé do da IFFHS é todo ele absurdo. O da IFFHS olha apenas para o momento, logo, é muito mais exacto.

Seja como for, a penúltima actualização da IFFHS confirma o Braga à frente do Benfica e, mesmo o ranking da UEFA espelha a questão do hábito que falei, na comparação Sporting - Benfica. Espelha-a, como todos esses absurdos. Sem eles ficaria ainda mais evidente. Não são precisos rankings aliás, de cabeça toda a gente percebe que nas últimas 10 épocas as prestações do Benfica na Europa são miseráveis. As do Sporting, assim assim, já contemplando a final europeia. Não é por ela ter existido que para mim deixa de ser assim assim. Ao pé do Benfica, só os 2 anos fora da Europa são suficientes para que os benfiquistas lembrem os últimos 15 anos de forma muito negra, isto porque entre 1995 e 2000 não fizeram por aí além melhor.
15 anos, portanto.

low desert puke disse...

Se posso intrometer-me, esta discussao do ranking IFFHS também jà foi feita hà uns meses là n'o banco da mexicana.

E os resultados nao foram nada bons para o MM, mas parece que o masoquismo futebolistico é algo que o apaixona. Ou se calhar é sò amnésico. Ou se calhar é sò sportinguista. Ou se calhar, e por ultimo, é apenas anti-benfiquista.

Mas ele agora veste a pele de desentendido e dirà que "hà muito tempo nao controlava a coisa", ou algo do género...

low desert puke disse...

Chiça...

"Ricardo,
Eu disse que não o consultava há muito. Mas parabéns, estão à frente agora."

Começo a conhecer-te demasiado bem, MM. E isto assusta-me.

MM disse...

Olhando para esses dados reparamos por exemplo que:

Em 2007 ou 2008, o Sporting num desses anos participa na Liga dos Campeões. Nessa participação fica-se pelo 3º lugar do seu grupo e é recambiado para a Liga Europa. Nessa Liga Europa viaja até aos últimos 8, sendo eliminado então pelo Rangers.
Nesse ano, seja um ou o outro, o Benfica termina à sua frente, quando, de certeza que não foi aos quartos de final de coisa nenhuma.
Mais uma vez, isto é absurdo. Mas mais uma vez, mesmo esse ranking espelha as diferenças entre os 2, no novo milénio.

Ricardo disse...

Desonesto estás a ser tu, MM. Afirmas coisas que são mentira (repito: MENTIRA) com toda a cagança do Mundo, baseias as tuas teorias falsas e imaginativas nesses factos (que se revelam falsos) e depois vens dizer, confrontado com a realidade que os outros são desonestos porque te mostram factos que tu não conhecias. Se os não conheces, não fales de cor, que é uma coisa que tu fazes muito. Mas não me interessa para nada os rankings, já te disse. O Benfica é, historica e actualmente, mais vencedor que o Sporting. Disso não restam dúvidas para ninguém. Tu tentas, com teorias absurdas que não convencem ninguém (porque basicamente vão contra os... FACTOS), negar a realidade. Eu limito-me a responder-te, não com teorias mas com a verdade. Confrontado com ela, chamas-me desonesto. Não sei o que posso fazer mais para que percebas. Se não queres perceber, o problema é teu.

E não digas mentiras, que aqui ninguém é Bettencourt (leia-se: parvo). Foste tu que iniciaste, PELA MILIONÉSIMA VEZ, a conversa sobre o Benfica e os hábitos e aquelas tretas todas. Não o disseste directamente mas deixaste no ar. Eu peguei nisso, falei no Braga e tu finalmente falaste ao que vinhas.

Tu, que gostas de imaginar e fantasiar sobre as verdadeiras intenções, características e traumas dos outros, talvez te fizesse bem reflectires sobre a razão pela qual tu tens sempre de mencionar o Benfica, menorizá-lo, achincalhá-lo. Reflecte um pouco sobre isso, MM. As conclusões ficam contigo.

Ricardo disse...

"Em 2007 ou 2008, o Sporting num desses anos participa na Liga dos Campeões. Nessa participação fica-se pelo 3º lugar do seu grupo e é recambiado para a Liga Europa. Nessa Liga Europa viaja até aos últimos 8, sendo eliminado então pelo Rangers.
Nesse ano, seja um ou o outro, o Benfica termina à sua frente, quando, de certeza que não foi aos quartos de final de coisa nenhuma."

Em 2007, o Benfica chegou até aos quartos-de-final da Taça UEFA. Logo, a frase "quando, de certeza que não foi aos quartos de final de coisa nenhuma" é... mentira. Não te cansas disto, MM?

MM disse...

Não deixei nada no ar, lá estás tu.
Dei os parabéns ao Porto, versei sobre as 3 equipas portuguesas de forma muito curta e tudo o mais começaste-o tu.
E Ricardo, tem calma. Eu sei que custa mas os dados estão aí. Está aí inclusive a fonte, só para o caso de quereres ver por ti. Se os rankings nada te dizem, óptimo, caga na questão. Se não te dizem nada é mesmo o melhor que tens a fazer. Agora não digas que sou desonesto, por 3 motivos:
1 - Não falei de Benfica nenhum. E mesmo que falasse e começasse uma discussão sobre o Benfica: é meu direito faze-lo. É, claro está, até ao dia em que o Littbarski ou o Kodro me derem a indicação que não devo faze-lo, aqui. Não é nada de novo. Deixei de ir ao Banco da Mexicana há largas semanas quando vi que o Repórter deu-me o sinal de que devia faze-lo. Não custa nada, gosto de frequentar fóruns de bola mas se não o fizer também não sinto grande falta.
2 - Tu falas em "histórica e factualmente". Verdade, mas mesmo assim reduz ao futebol. Dizeres "o Benfica é mais vencedor", é falso também. Só há um clube na Europa com mais títulos do que o Sporting. Na Europa, não é em Portugal. E sabes porquê? Por causa da carica. O palmarés do Sporting na carica é invejável e dá-nos uma posição que mais clube nenhum português tem. Ricardo, eu falei em hábito e reduzi na medida tempo o que entendo por hábito. Passado recente, sei lá 10, 15 anos. 15 não digo mas 10, 10 é um número bom. Eu falei disso. Por isso não digas que digo mentiras. Mais uma vez, se achas que não faz sentido falar em hábito nesta perspectiva (passado recente), ignora. Mas não digas que minto, porque assim só mostras que te custa ler a Verdade (com "v" maiúsculo sim, "v" de Verde).
3 - Qual imaginação Ricardo? Estão aí os rankings. Eu disse-te que não consultava o da IFFHS há imenso tempo. O que é que queres mais? Se calhar a semana passada o Braga ainda estava à tua frente. Se calhar, só depois da noite de ontem é que passaste o Braga e o Benfica. Provavelmente, na próxima jornada europeia, voltarás para trás do Sporting, porque nós jogamos em casa e vós - quais Barcelona lusos - são tão demolidores que estão apenas 2 lugares à frente. Claro que sim, demolidores, porque a campanha miserável e patética da LC não existiu. Só contam as vitórias. E hoje, vós são os melhores do mundo. Porque deram um banho ao Guimarães e ganharam ao Estugarda.

Ricardo disse...

«São estas vitórias e alguns empates preciosos obtidos em terrenos adversários que permanentemente colocam o Sporting nos 25 1ºs lugares do ranking Europeu de futebol. E mesmo em anos negros, tal situação não muda. Os emblemas contam muito, na Europa do futebol. E uma equipa habituada tem algumas vantagens que uma desabituada não tem ...

2:36 PM»


«"Os emblemas contam muito, na Europa do futebol. E uma equipa habituada tem algumas vantagens que uma desabituada não tem"

Concordo. Ao Braga ainda falta estaleca europeia para se destacar internacionalmente. Mas, ainda assim, acredito que podem passar.

2:55 PM"»

«A falta de hábito versava sobre outros. Não quero particularizar nem abrir guerras por isso, deixo apenas a pauta por preencher sobre os quais a expressão pretende fazer alvo:
- Equipas que jogam bom futebol.
- Equipas bem preparadas tecnicamente.
- Mas equipas que claudicam e sofrem contra adversários teoricamente ao seu alcance.»

MM disse...

"Não te cansas disto, MM?"

Não, não me canso. E por muito que te custe lá vai de novo e reformulado então (desconhecia que em 2007 tinham ido aos quartos da UEFA, só para veres a importância que dou ao teu Benfica):

Num desses anos, seja um ou o outro, o Benfica termina os 2 à frente do Sporting. E termina à frente do Sporting nesses 2 anos quando (reformulado):
- O Sporting participa na Liga dos Campeões em ambos.
- O Sporting num deles vai até aos quartos de final da Liga Europa.
- O Benfica também vai (não vou verificar porque acredito no que dizes) mas, não faz pior que o Benfica pelo menos num deles. Não faz pior e ... a nível interno termina à sua frente em ambos, também.

Nível interno este que certamente contará para esse ranking, do contrário em 2002 e 2003 não farias parte dele sequer, porque nem à Europa foste.

MM disse...

Aí tens Ricardo, abre lá a ferramenta da "procura" e pesquisa pelas palavras "Carnide" ou "Benfica".

Ela não aparece, verificarás.

Ricardo disse...

MM:

"Em 2007 ou 2008, o Sporting num desses anos participa na Liga dos Campeões. Nessa participação fica-se pelo 3º lugar do seu grupo e é recambiado para a Liga Europa. Nessa Liga Europa viaja até aos últimos 8, sendo eliminado então pelo Rangers.
Nesse ano, seja um ou o outro, o Benfica termina à sua frente, quando, de certeza que não foi aos quartos de final de coisa nenhuma."


Ricardo:

"Em 2007, o Benfica chegou até aos quartos-de-final da Taça UEFA. Logo, a frase "quando, de certeza que não foi aos quartos de final de coisa nenhuma" é... mentira. Não te cansas disto, MM?"


MM:

"desconhecia que em 2007 tinham ido aos quartos da UEFA, só para veres a importância que dou ao teu Benfica"

Brilhante.

MM disse...

Pronto,
Então foram ambos aos quartos de final, o Benfica termina ambos em 3º e o Sporting em 2º, na liga doméstica, o Sporting vence inclusive troféus domésticos, o Benfica não, o Sporting disputa em ambos a Liga dos Campeões mas ... não é absurdo que o Benfica termine ambos à sua frente nesse ranking da UEFA?

Ricardo, seja. Longe de mim querer chatear-te. Já vi que estás mais obcecado em procurar as falhas do que digo. Falhas pequenas claro, porque a Verdade universal pelos vistos não a rejeitas. Fazer o quê ... se calhar trocarias. Preferias que a verdade fosse uma mais do teu agrado, ainda que sem quaisquer falhas.

Hattori Hanzo disse...

Desde 2005/2006 Sporting na liga dos campeões vai aos oitavos de final uma vez, entra duas vezes na fase grupos (acaba num ano em 3º no outro em 4º) e num outro ano não chega sequer lá. Na Liga Europa vai uma vez aos quartos-de-final, uma aos oitavos e num outro ano não entra sequer na fase de grupos. A nível doméstico tem 2 taças de Portugal e 2 Supertaças.
A partir da mesma altura o Benfica na Liga dos Campeões chega uma vez aos quartos de final e acaba duas vezes em 3º no seu grupo. Na Liga Europa/Taça Uefa chega 2 vezes aos quartos, uma aos Oitavos e fica uma outra vez na fase de Grupos. A nível doméstico ganha 1 Campeonato, 1 Supertaça e 2 Taças da Liga. Explica-me lá qual a maior experiência do Sporting em relação ao Benfica e aonde é que fez melhores resultados nestes últimos 5 anos.

MM disse...

Hattori,

Não tenho de explicar nada. Já disse o que entendia por passado recente. Período sensivelmente de 10 anos, mais coisa menos coisa. Sobre esse, estão aí os dados. Rejeitas a visão, óptimo.

Não a rejeitas mas entendes que são 5 anos, óptimo também. Não te quero vender nada. Fala tu sobre os últimos 5 anos. Olha, fala dos últimos 2, para concluirmos com ainda mais certeza aquilo que gostavas que fosse verdade ... claro, ou não fossem os últimos 5 anos o período que mais interessa se não fosse essa a razão. Bruxo.

Fala dos 5 anos. Se eu quiser debater alguma coisa sobre eles fá-lo-ei.

Sobre os últimos 10, tens alguma coisa a dizer. Rejeitas alguma coisa?, consideras que o Benfica nos últimos 10 anos teve melhor prestação nas competições europeias de futebol que o Sporting ou, achas que não, que o Sporting esteve melhor? Se não quiseres responder por entenderes que os últimos 10 anos não interessam para nada, fica à vontade. Se preferes fazer como o Ricardo, não rejeitar a ideia que resulta da análise mas, procurar pequeninos erros nas minhas palavras, fica à vontade também.

Felizmente os factos não mudarão por divergências como essas.

MM disse...

E já agora Hattori,
Rejeitas também o que disse sobre o Sporting há muito ocupar uma posição superior no ranking relativamente ao Benfica, Benfica esse que estava inclusive atrás do Braga ou ... preferes também fazer como o Ricardo e dizer que agora que estão à frente (agora = última actualização): É TUDO MENTIRA. O BENFICA É QUE É. NINGUÉM DO BENFICA ESTAVA ATRÁS DO SPORTING E DO BRAGA, COMO DISSESTE MM, SEU MENTIROSO!

Hattori, diz isto, que eu volto a dar-te os parabéns por teres ultrapassado o Sporting. Palavra, farei isso ...

Hattori Hanzo disse...

O ranking da IFFHS a mim não me diz nada, se a ti te diz, parabéns. eu só coloquei para veres que nem aí o Sporting está à frente do Benfica. Al
em disso ao contrário do que tu dizes esse ranking é apenas do ano. Se me vais falar desse ranking da década ppodes falar à vontade. É um ranking rídiculo sempre o achei (Wenger como melhor treinador da década? enough ssaid...). As verdades há várias, dependendo do interveniente, quanto à realidade há apenas uma: se queres falar nos últimos 10 anos podemos falar. O que demonstra é que há uma equipa portuguesa com melhores resultados que todas as outra e depois estão mais ou menos iguais os "grandes" de Lisboa. Volto a perguntar mostra-me onde é que o Sporting fez melhor? Só num ano é que têm melhor resultado claramente que o Benfica que foi quando chegaram à final da Taça Uefa, mas também foram eliminados por colossos como o Gençlerbirliği (quem?).

MM disse...

Se só o colocaste só para se ver que nem aí o Sporting está à frente do Benfica, estás a dar-lhe importância. Pois aí, na frente do Benfica, é onde o Sporting tem andado há muito muito muito tempo.

Hattori,
Mais uma vez: não. "Mais ou menos iguais", não. Era bom - na perspectiva do Benfica - que assim fosse, mas não. Ficar 2 vezes fora da Europa, levar 7 em Vigo, 5 em Atenas, 3 em Israel e fazer 1 ponto e marcar 1 golo num grupo inteiro da Liga Europa, não é "mais ou menos igual" daquilo que o Sporting tem feito.
Ainda que fosse tudo igual, só o simples facto de terem ficado 2 anos consecutivos fora da Europa, faz uma gigantesca diferença. São marcos históricos para um clube grande, ficar fora de uma competição europeia. O Benfica, nos últimos 10 anos só não foi capaz desse brutal feito como ... ainda o repetiu.

Por isso, não. Não é mais ou menos igual. É uma diferença gigante. Custa encaixar sim, mas nada a fazer. Está feito. Não pode ser alterado.

O Anti Lampião disse...

A caganeira na agremiação corrupta
http://oantilampiao.blogspot.com/2011/02/uma-epoca-de-caganeira.html

Hattori Hanzo disse...

Não.. não lhe dou. Se tu o dás, bom para ti. Quanto ao Vigo, foi há mais de 10 anos. mas desonesto como és nem falas que nesse ano essa equipa era tão fraca que também deu 4 à Juventus(que era uma Juventus que lutava por títulos italianos e europeus ao contrário de agora). Quanto ao Benfica ficar duas vezes fora da Europa é verdade. Mas para variar (desonestidade a trabalhar, algo normal em ti) esqueces de dizer que na segunda vez isso aconteceu pelos péssimos resultados das equipas portuguesas, dado que o Benfica ficou em quarto no Campeonato. Com a classificação do ano passado o Sporting tamvém ficaria de fora por exemplo. Quanto aos maus resultados: para cada 3 golos em Israel ou 5 em Atenas há jogos como 1-4 contra o Gençlerbirliği(já é a 3ª vez que falo, diz-me então algo sobre isto) ou ter o recorde negativo da Liga dos Campeões na única vez que no seu historial passam da fase de grupos(Deve ser por este recorde que o Sporting tem melhor historial que o Benfica nas Competições Europeias nos últimos 10 anos).

Hattori Hanzo disse...

Já agora esqueci-me doutro feito histórico do Sporting dos último 10 anos nas Competições Europeias: não sei se há mais alguma equipa que no mesmo ano consegue ficar fora da fase de grupos nas duas Competições Europeias. Tens razão - feitos históricos como estes tanto o Benfica como outras equipas terão dificuldades em conseguir.

low desert puke disse...

...E também a recepçao ao Atlético Madrid o ano passado é um record que perdurarà na memòria....

Joao disse...

Mais uma vez a discussão resvala para a rivalidade Porto Benfica Sporting...

Análise concreta da noite europeia - a hipótese de termos 4 equipas na próxima eliminatória da Liga Europa...

david disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Anti Lampião disse...

Vejam e divulgem
http://oantilampiao.blogspot.com/2011/02/de-pequenino-se-dopa-o-menino.html