terça-feira, julho 20, 2010

Curtas

1. O "caso" Nani resumido, uma semana depois do fim do Mundial: "Comecei a treinar sem limitações com a equipa há um par de dias e sinto-me muito bem" (...) "A minha condição física está cada vez melhor e espero jogar esta semana".

2. Acho que está na hora de darmos os parabéns à arbitragem portuguesa, em especial a Olegário Benquerença. No mesmo ano, foi mais longe nas competições europeias do que qualquer clube português e foi mais longe do que a selecção no Mundial.

master kodro

5 comentários:

kovacevic disse...

parabéns ao olegário? este blog vai de mal a pior!

Deko disse...

O Mourinho também já lhe tinha dado os parabéns pelo seu brilhante desempenho na Champions...

Não sei se foram só os parabéns... mas pelo menos 'isso' deu-lhe...

Offshore disse...

é o mesmo Nani ?
"I just started training with the team three days ago."

"Nani is ready to return to action for Manchester United after making a swift return from a dislocated collarbone.

The Portugal winger was ruled out of the FIFA World Cup after suffering the injury before the first game in South Africa.

It looked as though he would miss United's northern summer tour but he joined the group at its training camp in Chicago last week.

He is now hoping to get a run-out against Philadelphia Union and Kansas City Wizards this week.

Speaking before a session at the NovaCare Complex, Nani said: "I just started training with the team three days ago.

"I am feeling good now. I can feel my fitness beginning to build up and I am hoping to play a little bit this week."

Nani has praised the support of manager Sir Alex Ferguson and added: "I am learning a lot from him.

"He knows how to work with young lads and makes us grow up."

Pedro Almeida disse...

O caso Nani resumido 2 semanas depois do final do Mundial:

"O seleccionador de Portugal considerou inoportuna a presença, a 16 de Maio, no hotel da selecção dos médicos da Autoridade Antidopagem de Portugal. Apesar de se tratar de um procedimento habitual, Queiroz não concordou e dirigiu-se aos médicos com um palavreado agressivo e insultuosa. Luís Horta, que não estava presente, foi o maior alvo do descontentamento. Por parte dos responsáveis da FPF, departamento médico da selecção e jogadores sujeitos ao controlo registou-se total colaboração."
DN

Algarve_Farense disse...

"Queiroz não concordou e dirigiu-se aos médicos com um palavreado agressivo e insultuoso"

-> Ele só istava à difendê os minino...