quinta-feira, julho 29, 2010

Braga 3 x 0 Celtic

O mesmo Braga paciente e eficaz da época passada, mesmo com vários nomes novos, como o do internacional nigeriano Echiéjilé (Elderson para os amigos, mas ainda há uma versão melhor para os jornalistas portugueses que é Uwa...), que fez uma exibição prometedora na lateral esquerda. O adversário, habituado a estas andanças europeias, pouco mais fez do que observar e cometer faltas (24). Na falta de Mossoró, Alan tem a seu cargo a responsabilidade (pelo talento que tem) de provocar a maior parte dos desequilíbrios. Falhou na maior parte dos casos, mas foi muito importante para o domínio patenteado. É o que se pede dele. E que grande livre de Matheus!... Meio caminho andado para a próxima eliminatória e para o sonho.

master kodro

1 comentário:

littbarski disse...

Vi só o resumo, mas aquele terceiro golo do Braga é de levantar o estádio.