terça-feira, julho 27, 2010

O futuro de Espanha

O presente é o que sabemos, o futuro está nos pés de rapazinhos como Keko, Canales, Pacheco e Thiago Alcântara, que hoje aviaram Inglaterra nas meias-finais do Europeu sub-19 com uma limpeza impressionante.

master kodro

9 comentários:

Férenc Meszaros disse...

O livre que dá o golo do Canales é um luxo...

Eagle84 disse...

É a diferença entre Portugal e Espanha. Uns apostam na formação, mesmo que tenham os melhores jogadores estrangeiros a jogar na liga principal, e outros preocupam-se em naturalizar brasileiros de 2ª linha (mundial) e em final de carreira.

O CQ até era suposto fazer essa transformação mas já se viu que isso não vai acontecer. Bem que podia ser despromovido e tratar apenas das camadas jovens.

Nuno disse...

O Keko é banal. Os outros três são muito bons. Assim como o Oriol.

Infante disse...

"e outros preocupam-se em naturalizar brasileiros de 2ª linha (mundial) e em final de carreira."


Nessa descrição diria que cabe apenas o Liedson, chamar "jogadores de 2ª linha" ao Deco e Pepe, implica que a 1ª linha é só CR, Messi e mais um ou outro.

E olhe que a Espanha não é nada estranha a naturalizações: Donato, Pernia, Pizzi, Senna... Diria que destes só Senna pode rivalizar com Deco ou Pepe.

A história da "falta de aposta" na juventude não é exclusiva de Portugal. Já alguém pensou que os novos miúdos portugueses simplesmente não são assim tão bons?

master kodro disse...

Realmente, infante... Estes sub-19 espanhóis até têm um Rodrigo e um Thiago Alcântara... Começam mais cedo...

Infante disse...

Já nem percebo se estás a ser irónico ou não. Ao que parece, ambos estão em Espanha há vários anos, mas ainda assim gostaria de saber qual a reacção se isso acontecesse em Portugal. Se aqui até se chama "estrangeiro" e "naturalizado" ao Nani e Makukula...

Só estava a responder ao outro tipo que fala em naturalizações e tal. Espanha nunca foi avessa a isso, era só o que estava a dizer. E mesmo assim é quase unanimemente cosiderada a melhor selecção do mundo.

J. disse...

E não podem ser apenas bons!?
Acho que há alguém que se esqueçeu de apresentar o meio termo a muita gente.
Há 6 anos que não iamos a uma fase final de um europeu de sub-19.E apesar da vergonha que foi o jogo contra a Croacia, conseguiram ainda assim o apuramento para o mundial da categoria.

Não somos os maiores como eramos há 20 anos, mas não deixamos de ser bons hoje em dia com jogadores como Roderick, Sergio Oliveira ou Nelson Oliveira.

Offshore disse...

interessante:
http://www.capelloindex.com/en/news-detail.aspx?id=72ef9154-6e58-4576-8bed-ded78158d84e

master kodro disse...

Estou a concordar contigo, infante. Não temos que discordar sempre... :)