terça-feira, abril 06, 2010

Naval 2 x Benfica 4

Jogo marcado pela entrada atrevida e corajosa da Naval, a ganhar vantagem com justiça, face à passividade dos centrais encarnados, ao desnorte de Coentrão e a ausência de Javi Garcia. Perante a desvantagem de dois golos, o Benfica reagiu em grande estilo virando o resultado em vinte minutos. Só uma equipa no auge das suas capacidades físicas e mentais é capaz deste género de remontada. Para mais, quando ela é tão categórica que inviabiliza praticamente qualquer recuperação: até final, o Benfica limitou-se a gerir a partida (somando mais um golo e permitindo apenas uma oportunidade à Naval). Triunfo importante (o décimo nos últimos onze jogos do campeonato!) antes de duelos de grande exigência (Liverpool e Sporting).

Nota muito positiva para Di Maria e Weldon, os obreiros da reviravolta (não percebi a recente ostracização do brasileiro: parece-me ser o terceiro melhor avançado do plantel). Pela constância exibicional, Amorim e Aimar também merecem referência. Menos bem os já mencionados centrais (David Luiz infantil no primeiro golo), Javi e Coentrão - este último foi mesmo péssimo (o que não apaga as boas prestações nos últimos meses).

Breve menção a mais uma arbitragem anedótica. Embora sem influência no resultado, conseguiu colocar Maxi fora do derby por um corte com o ombro e amarelar Carlos Martins sem que uma única alminha percebesse porquê.

katanec

13 comentários:

luis disse...

São os árbitros que temos. Fome de protagonismo. Erros atrás de erros, sempre sem punição. A fazer lembrar aqueles gestores que mandam as empresas para a falência e depois saem com guito no bolso mais subsídio de desemprego.

Quanto ao jogo, que se pode dizer? Muita vontade de virar o resultado, não falhar as duas oportunidades e depois o habitual futebol de trocas de bola que põem as defesas completamente à nora.

Como é possível termos apenas 6 pontos de vantagem?

Mr. Shankly disse...

Grande jogo também do Carlos Martins.

rui disse...

Eu gostei foi de ver o Jorge Jesus a ir vociferar para cima do arbitro (para nao dizer insultar...)...gostava de vos ver criticar tal como quando criticam qualquer jogador do porto que faz o mesmo e que reclamem o castigo que mereceria...


ruibonga

JNF disse...

Nada disso, foi lá pedir as insígnias, também queria umas.

rui disse...

LOLOLOL...muito bom... ;)


ruibonga

david disse...

"...amarelar Carlos Martins sem que uma única alminha percebesse porquê."

Só tu não percebeste!
O Martins quis marcar o livre à Ruben (Pimba) Micael, mas uns podem tudo e outros nada.

Filipe disse...

O Jesus é um invejoso. O Jesualdo ganha por 4 depois de dar um de avanço, o Jesus quis fazer melhor, deu dois de avanço.

Enfim, não havia necessidade disto, dispensava o susto. Mas não deixa de ser interessante que nos últimos jogos o Benfica tenha feito por 3 vezes algo que não conseguira na primeira volta: dar a volta a um resultado.

Allez Sporting disse...

sem influência ?!?

e o fora de jogo do Maxi no 1º golo

Deixa Tar Que Eu Faço disse...

Caro Katanec é certo que só uma boa equipa consegue dar a volta daquela maneira, mas mesmo assim acho que estes sinais que a equipa deixou são preocupantes tendo em conta os jogos que se avizinham.
O benfica foi no geral superior mas esteve uns furos abaixo do que tem mostrado nesta época.
Cumprimentos

LT

Mr. Shankly disse...

"e o fora de jogo do Maxi no 1º golo"

Acrescento, e do Di Maria no terceiro. Já o Weldon claramente imita o apito do árbitro para que a defesa da Naval pare no 4º golo. E o segundo parece-me com a mão, e o canto que o origina é inexistente.

Assim também eu era campeão.

N. disse...

Deve ser fodido ser anti-Benfica nos tempos que correm.

Deixa Tar Que Eu Faço disse...

ahahaha, Mr.Shankly muito bem...
Eu acho que não vale a pena dar atenção a este cromo, mas a tua resposta foi certeira..

cparis disse...

Katanec,

il gol del definitivo 3-2 arriva addirittura al 97esimo minuto, con il signor Soares che assegna un rigore a dir poco ridicolo al Braga, quando Renteria, diversi istanti dopo essere stato impercettibilmente toccato da un avversario, scivola da solo e vola a terra nell'area del Guimaraes.

O prestígio da arbitragem de Soares Dias no Eurosport que o elege como o candidato favorito para o título do "pior árbitro de 2010, senão da década".

Na verdade, dizer que o lance foi a anedota da semana, é no mínimo, um ... elogio.

Enfim... só pode ser por má fé, ou então por não devem ter visto as repetições todas de todos os lances com cuidado.