sexta-feira, março 19, 2010

Marselha 1 x Benfica 2

Escrevi anteriormente que só uma exibição notável em Marselha poderia levar o Benfica ao apuramento - e foi isso que aconteceu. Prestação personalizada, com grande organização táctica, empurrando os franceses desde o primeiro minuto. Depois de uma primeira mão em que actuou de forma demasiado expectante, o Benfica optou por uma abordagem mais consentânea aos seus princípios de jogo - e ganhou muito com isso. Circulou a bola, explorou as alas e sobretudo utilizou processos simples para chegar à área adversária - sem recorrer ao "pontapé para a frente". Conseguiu assim um número anormalmente elevado de oportunidades num jogo deste tipo, vencendo com naturalidade.

E todavia, houve algo de épico nesta vitória. Ora como fruto das adversidades ocorridas (arbitragem medonha, um golo sofrido contra a corrente do jogo, os sucessivos erros na finalização, a sensação de que a eliminatória lhe escapava injustamente). Ora devido àquela ponta final inesquecível, na qual o Benfica demoliu um adversário de grande valor. Mais do que o apuramento merecido, é essa imagem de superioridade indiscutível que marca esta exibição.

Magnífica partida dos laterais, que tantas vezes critico. Coentrão ganhou praticamente todos os lances disputados. Maxi foi enorme a atacar (e que crença levava aquele pontapé!). Ramires em altíssimo plano, como também David Luiz. Nota positiva ainda para Cardozo (apesar de novo falhanço atroz), a primeira parte de Carlos Martins e o oportunismo de Kardec, o herói improvável. Menos bem Saviola (ausente) e Di Maria (confuso e perdulário).

No sorteio (hoje, 6ª feira, 12h), há duas equipas temíveis (Liverpool e Valência), três fortes (Hamburgo, Wolfsburgo e Atlético) e duas acessíveis (Fulham e Standard de Liège). Opinião pessoal? Hamburgo (motivado pelo facto de a final ser em sua casa) e Liverpool, não obrigado. Venham daí os belgas.

katanec

8 comentários:

Rearviewmirror disse...

Pra quem se sinta ofendido.

"incha filho da da puta".

AQUELE abraço.

Hugo Viseu disse...

Só discordo completamente do que dizes do Ramires... Achei que passou completamente ao lado do jogo, perdeu todos os lances que disputou e o golo do Marselha começa com ele a queixar-se que o Brandão é mais rápido e forte...
De resto, foi lindo. Vi o jogo na tv francesa e os comentadores foram passando de "que sorte que temos que o árbitro não viu" para "o Benfica está mais forte que no jogo anterior" para acabarem com "que final terrível para o Marselha".

Pedro disse...

Os belgas...um cadito de sorte neste sorteio please!!!! As eliminatórias vão ser numa fase crucial do campeonato e por isso dava jeito não serem jogos demasiado intensos.

Não quero Valência. Gostava de evitar o Liverpool e o Atlético nesta fase.

Grande jogo. Grande exibição. Fomos superiores do principio ao fim e com um Di Maria "normal" era goleada!!!!!

pitons na boca disse...

tal como já disse no blog do Sr. Boronha, Coentrão fez uma exibição do tamanho do... Mundial.

JNF disse...

Enormes!

Quanto ao sorteio, a ordem que prefiro é Standard, Fulham, Atlético, Wolfsburg, Hamburg, Liverpool e Valência.

Mr. Shankly disse...

Liverpool...podia ter sido melhor. Daqui a umas semanas vamos ver quem teve mais azar...

luis disse...

Liverpool, era o que eu desejava. Obrigamos a dar o máximo, mesmo que o máximo não chegue, teremos duas belas noites de futebol.

Katanec: ainda vamos a tempo de perder tudo, mas confesso que ontem deixei de lado, por completo, qualquer receio. Estou maravilhado com esta equipa, com estes jogadores e com este treinador.

katanec disse...

Caro Hugo, acho q Ramires foi mto importante no equilíbrio da equipa. Eu gostei.

Caro pitons, a jogar assim, qual Duda, qual quê!

Caro Luís, li o teu texto no Sector, com o qual concordo totalmente. Já sei, já sei: não ganhámos nada. E então? As competições já acabaram? Além disso, já quase me estou nas tintas: nunca vi o SLB jogar assim. Nunca mesmo. E isso deixa-me cheio de orgulho desta equipa. Abraço!