sexta-feira, agosto 07, 2009

Europa: rescaldo

1. Aparte o "bisonte" de Enschede, a semana foi um desastre absoluto. O Braga somou nova derrota com o actual terceiro classificado do campeonato sueco. Depois de três temporadas a afirmar-se no panorama europeu, a desilusão total, justamente quando a equipa parecia ter o arcaboiço (e o ranking) para sonhar com algo mais. Duro revés para o "projecto Salvador": vai ser difícil valorizar activos só com o campeonato nacional.

2. O desaire "Paços" era mais expectável, depois de dirigentes, treinadores e jogadores virem queixar-se desta maçadora prova. Pergunto-me: se é assim um tão grande incómodo, por que não abdicam os clubes de participar, abrindo as portas a outras equipas mais motivadas?

3. Em qualquer dos casos -e incluo a situação do Sporting, embora por razões quase miraculosas tenha acabado bem - parece ter havido problemas ao nível da preparação da temporada. Os clubes continuam a agir segundo métodos antigos, iniciando os trabalhos no fim de Junho ou no início de Julho, quando as provas começam hoje cada vez mais cedo. Encontrando adversários em fase de preparação mais avançada (casos de Elfsborg, Twente, Yehuda), as dificuldades aumentam consideravelmente. Eis um tema a rever no futuro.

4. Os efeitos para o ranking português são calamitosos. Sem Braga e Paços, provavelmente sem Nacional (em maus lençóis no próximo sorteio), Portugal não pode aspirar a temporadas memoráveis, nem nada que se pareça. Olhando para o quadro geral, já seria bom manter o 9º lugar, à frente de Holanda e Turquia (significando seis equipas para 2011/12). Mas parece difícil, dada a pujança destes países e a escassa diferença para com Portugal (0,416 e 0,529 respectivamente). Roménia e Ucrânia, mais acima, são inalcançáveis este ano.

5. Venha assim de lá esse mega-sorteio. O Sporting é o caso mais bicudo, pois os seus adversários oscilam entre o terrível (Atlético) e o fantástico (Timisoara), com três difíceis pelo meio (Celtic, Fiorentina e Anderlecht). Para o meu Benfica, um desejo: o Genoa não, por favor. Para o Nacional, uma esperança: venha daí o Odense ou o Litex - tudo o resto é francamente mau.

katanec

6 comentários:

Fredy disse...

4. O ideal era irem apenas 4 clubes à europa..com o campeão a entrar directo na champs! 2º na prés e os outros 2 na europa!

não sei se há algum lugar no ranking que dê isso..mas era o melhor para o nivel das equipas portugues (fora FCP claro)!

Hugo disse...

Concordo em absoluto com o ponto 2

pitons na boca disse...

1. As declarações de Domingos roçam a patetice. Ninguem esperava que eles ganhassem a competição, mas certamente (quase) todos esperavam e desejavam uma boa prestação que honrasse o que tinha vindo a ser feito nos ultimos anos.

2. Nem mais nem menos.

3. Sinceramente, essa desculpa não me convence muito. Um mês de preparação deveriam ser mais que suficientes para não passar tantas dificuldades com equipas deste calibre.

5. Não sei quais as equipas que podem calhar ao Benfica e ao Nacional. No caso do Benfica, penso ter equipa para ultrapassar o Genoa, com maior ou menor dificuldade. No Nacional, esses dois nomes parecem-me acessiveis.
Quanto ao Sporting - se não melhorarem o seu futebol - Atl. Madrid seria muito mau. Meto Celtic e Fiorentina quase no mesmo patamar dos espanhois, sendo que os escoceses mais pelo traquejo que estes ultimos anos de competições europeias lhes tem dado. Os romenos e tambem o Anderlecht seriam bem vindos, a meu ver, para as aspirações dos sportinguistas.

Férenc Meszaros disse...

3. Não sei se o problema é quando começam a pré-época, se o que fazem durante as férias. Se os jogadores não andarem a enfardar feijoadas e bolas de berlim todos os dias, um mês devia ser suficiente.

td disse...

Foi notória a "falta de pernas" das equipas portuguesas.Neste momento só o Benfica está muito bem fisicamente,veremos se os jogadores vão aguentar durante a época ou vão começar a aparecer as pubalgias...

katanec disse...

Obrigado pelos comentários. Fico contente de haver quem concordo comigo no ponto 2: continuo sem perceber o que vão fazer à Europa equipas contrariadas. Não querem, tudo bem. Mas deixem-se de choradinhos, por favor, e apliquem-se.

Caro Fredy, não existe tal possibilidade. O mais próximo é que vamos ter no próximo ano: campeão directo na LC, 2º na pré, e mais três na UEFA. Quando se desce para quatro clubes, isso significa que o campeão já está nas prés para champions e o 2º só pode ir à UEFA.