domingo, junho 14, 2009

Mercado (2)

1. Cissokho no Milan por 15 milhões de euros, notícia confirmada por fontes do FC Porto. Os portistas recebem 9 milhões, uma vez que detinham 60% do passe (o negócio prevê ainda mais um milhão de euros por cada título de campeão conquistado pelo Milan). Penitencio-me pelo comentário de ontem: pese embora alguns tiros no pé, o Porto sabe vender como ninguém em Portugal.

2. Este encaixe notável é possível também (ou exclusivamente) pela absoluta distorção do mercado operada por Florentino Pérez, de que o Master Kodro falava ontem. O Milan (como o Manchester, o Valência e sabe Deus quem mais) têm agora caminho livre para gastar - saibam outros vender. Muito gostaria eu de ver Rui Costa a utilizar os seus conhecimentos em Itália para realizar negócios rentáveis. Mas infelizmente o Benfica costuma passar ao lado destas oportunidades únicas...

3. Enquanto o Porto valoriza jogadores de forma extraordinária, o Sporting procede a desvalorizações igualmente prodigiosas. Continua a falar-se de Veloso, e do interesse do Bolton, mas os números envolvidos vão descendendo vertiginosamente: o "principal activo" do Sporting deverá sair por apenas 10 milhões de euros, muito longe de valores mencionados no passado. De quem é a culpa?

katanec

22 comentários:

JLC disse...

O que me espanta, é que um dia depois de dizeres asneira com base no que os jornais vão dizendo, voltas a fazer a mesma coisa...

Deixa estar que ainda vais a tempo de perceber que nem 5% do que os jornais dizem é verdade...
Desde que o Benfica contratou Tomasson e Robinho que eles ficaram com a mania que sabem...

master kodro disse...

E comunicado à CMVM.

http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR24316.pdf

Falta uma reacção ou outra, apenas um dia depois.

GM disse...

"O clube de Berlusconi vai pagar 15 milhões de euros à SAD portista e o jogador terá um contrato de cinco temporadas para cumprir. Mas o negócio - fantástico atendendo a que numa primeira fase o FC Porto pagou 300 mil euros por 50 por cento dos direitos desportivos do jogador (posteriormente adquiriu mais 40 por cento por valor não revelado) - pode atingir valores mais elevados, havendo até a hipótese académica de chegar aos 25 milhões."

O Porto detém 90% do passe e não 60%...

master kodro disse...

GM, não sei, a Bola também fala hoje de 60%. Tenha quanto tiver, é um negócio do Kralj.

Já o Record ficou parado numa notícia das 7.35 da manhã a dar conta do interesse do Milan, quando já há comunicações à CMVM sobre negócio a decorrer.

Absolutamente divertidos são alguns dos comentários da notícia do Público, dos quais escolho estes dois excertos:

"A notícia esquece um simples facto: é que o grande FCP, que só faz negócios da China, só tem 60% do passe, logo, façam as contas!"

ou

"Alguém conheçe um jogador do FCP transferido lá pra fora que tenha tido uma carreira digamos aceitável?"

O país futebolístico explica-se nestes dois comentários.

GM disse...

MK, o Mais Futebol alinha pela mesma bitola... só falam do interesse, pelo menos até há pouco, enquanto que O Jogo e A Bola já tinham capas preparadas com esse facto.

Sintomático uma vez mais.

Esses comentários são pérolas. :)

master kodro disse...

É que bastava darem um salto ao site do Milan (já fiz post)...

Mr. Blue disse...

O FCP emite um comunicado à CMVM onde diz que vendeu por 15 milhões (e que eu saiba à CMVM não se comunica valores que não nos pertencem...) e o "amigo" Katanec fala em "Os portistas recebem 9 milhões"...
E depois vai-se buscar ABola, esse jornal de referência, para falar dos supostos 60%... Enfim.

Mais um grande negócio do PC, que considero mesmo o melhor de sempre, dado que o Cissohko não é um jogador feito e nada me diz que na 2ª época não confirmasse aquilo que de bom mostrou nos primeiros 2 meses em que esteve no FCP. Sim porque desde que se começou a falar na sua saída, aliado a um cansaço óbvio por não estar habituado a estas andanças, o seu decréscimo de produção foi notório.

Agora só falta sair o B ALves por 25-30 milhões e cá estará o Prof Jesualdo a formar, como bem sabe, mais uma equipa fortíssima.

João disse...

1 e 2) Com o final de carreira do Maldini, não teria sido mais óbvio o Milan ir buscar o Sepsi, esse sim o novo Maldini?

3) A culpa é, obviamente, do Miguel Veloso, por ser estúpido que nem um alho.

Mr. Blue disse...

Sobre o comentário que referia a perda de poder negocial do FCP desde a saída do Quaresma, deixo estes 2 comentários que agora vi enquanto lia a notícia da venda do Cissohko na Marca:

"el oporto es el equipo que mejor vende del mundo ,vas a ficharle alguien y sales sangrando con clavada en el pecho"

"El mejor fichaje k puede hacer un club es contratar a los ojeadores del oporto, madre mia si son el equipo que mas rentable compra. he visto k ha este lo ficharon por 300000€ hace 6 meses!!!!!!"

Sem mais comentários.

leaoconselheiro disse...

A tentativa de ter razão mesmo que não se a tenha leva às mais fantásticas tiradas por parte dos editores deste blog (louvo-vos o espirito de equipa, porque neste aspecto é tudo igual).

A proposta que o Sporting rejeitou em Janeiro (e única conhecida) pelo Veloso foi de 10 milhões. Onde está a desvoliração se forem agora 10 milhões?!

http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR22086.pdf

O Veloso não é o "principal activo" do Sporting, nem sequer um titular indiscutivel. Sobre o "de quem é a culpa?", quem vem lendo o que aqui se escreve sabe a quem se dirige. É a mesma pessoa que lançou Veloso, um central de raiz e sem grande futuro nessa posição, a trinco contra o Inter.

Sobre assuntos concretos, fantástico negócio do FC Porto!

master kodro disse...

É extraordinário como 3 pessoas de clubes diferentes concordam que se está a desperdiçar um valor enorme, não é leãoconselheiro? Há sempre vários caminhos para lidar com jovens parvos e há um que já se viu claramente que não funciona. Mas o timoneiro insiste nesse caminho. Embora já não seja jovem.

Gostei dessa do lançamento do central de raiz a trinco. Não te esqueças da parte do lateral, que é uma das mais importantes.

leaoconselheiro disse...

Qual caminho, MK?

Importas-te de precisar, é que a mim não me parece que esteja a ser criticar "um caminho". Parece-me que a critica é dirigida a uma pessoa e não tem nada a ver com "um caminho"...

De resto, não há nada de extraordinário em haver concordancia e sisma na critica a 1 pessoa. Aliás, é bastante comum neste blog e nem sempre com fundamento real para o fazer. Este é apenas mais um caso...

master kodro disse...

O caminho do confronto, que claramente não está a resultar, nem para o crescimento do jogador, nem para o Sporting em termos futebolísticos, nem em termos de valorização de activos, que supostamente é o que interessa e não o ego de um treinador.

A ti não te parece que se esteja a criticar um caminho, mas sim uma pessoa, porque só lês partes do que se escreve. Paulo Bento já foi muito elogiado no 442 pelo excelente trabalho que já desenvolveu. Mas resolveste deter-te apenas na crítica a uma das vertentes do seu trabalho.

Como deves compreender é um problema mais teu do que meu.

condor disse...

Oh Katana,vamos ver se entendes!O Rui Costa pese embora os conhecimentos que tem em Italia,passa ao lado dos negócios rentáveis porque pura e simplesmente o Rui não tem nada para negociar!Quanto ao Sporting o problema não é o clube desvalorisar os seus jogadores!O problema é que à semelhança do befique os jogadores são sobrevalorisados artificialmente na comunicação social!Depois acontece que os hipotéticos compradores pegam no valor do jogador,subtraiem o valor acrescentado pela propaganda gratuita e o que sobra não é grande coisa,mas é o que eles estão dispostos a pagar!Aqui na provincia o jogador é valorisado dentro do campo,é assim tipo agricultura biológica!

leaoconselheiro disse...

Então qual é o outro caminho?

O da fuga ao "confronto"? o que é que isso significa? Fazer o que o jogador quer e não o que o treinador acha mais correcto?

"resolveste deter-te apenas na crítica a uma das vertentes do seu trabalho"

Isso significa que quando se fizeram análises ao (suposto) mau rendimento fora de casa com Paulo Bento, quando foi dito que tinha "estagnado" e quando se afirmou que o Sporting de Paulo Bento andava a lutar com o Leixões e Nacional no campeonato, não se estava a criticar outras "vertentes" do trabalho?

Devo ter percebido mal então.

master kodro disse...

Fazer o que é melhor para a equipa. Não é melhor para a equipa perder um jogador no presente e perder uma venda no futuro. Não tenho culpa que só consigas ver dois caminhos - o confronto ou fazer o que o jogador quer. Há meios termos nas relações profissionais e pessoais.

Por exemplo, para ti o Paulo Bento não pode ser criticado. Não tem falhas. Não erra. Todas as críiticas que lhe são dirigidas são erradas. Pelo menos as que sao feitas por editores do 442.

Vendo bem as coisas, se calhar não é o Paulo Bento que defendes. Lembrando-me da situação Cajuda, o teu problema reside mesmo nos editores do 442. Olha, tens bom remédio.

leaoconselheiro disse...

Tens-te em boa conta, não há dúvida e gostava que tivesses razão porque, como dizes, tinha bom remédio.

Infelizmente, vocês, para mim, são tudo menos um problema...

O meu ponto sobre este assunto é simples. Paulo Bento pode e deve ser criticado, mas não da forma que o fazem. Inventando análises estatísticas que não passam de sofismas (confirmados no final das épocas) ou martelando sobre a hipótese de ser o treinador o problema de um balneário com casos complicados. Como até agora, o desfecho do caso Vukcevic e as declarações de todos os jogadores que tenho ouvido não vos dão minima razão, eu, porque também tenho pouco que fazer ao Domingo à noite, resolvi contestar.

Não esperava que fosse reconhecido o erro do ponto 3. Nada de novo, portanto...

João disse...

Sim, sim o Paulo Bento trata muito mal os jogadores. Bom era o Peseiro, que se fosse tomar no cu quantas vezes o mandaram, hoje já não se poderia sentar.

Paulo Bento poderia também fazer como Mourinho, que tratou o Adriano com todos os miminhos, como se fosse um filho. E resultou de forma bestial, não é verdade?

O facto de Miguel Veloso ser atrasado mental é culpa do Paulo Bento, claro. Tal como já tinha acontecido com Carlos Martins e lixou-se bem, ao ver o fantástico rendimento do designado "sucessor de Rui" no outro lado da rua. E sem contar com a margem de progressão dele, afinal de contas só tem 27 anos.

master kodro disse...

Confirma-se a minha análise. O problema está mesmo na opinião dos editores do 442. Obrigado pela preferência, leão.

Não, João. A culpa de o Veloso ser um puto parvo não é do Paulo Bento. Isso não foi escrito por mim, foi escrito por ti, que não queres perceber o que escrevi. Mas numa conversa em que há um puto estúpido e um adulto responsável, as coisas resolvem-se em benefício de todos. E não é isso que está a suceder.

João disse...

Não, Kodro, na conversa não há só um puto estúpido. Há um puto estúpido, há um pai de um puto estúpido que foi uma figura do futebol português, polivalente e capitão de um Benfica que ainda ganhava, mas que, pelos vistos, não sabe aconselhar o puto estúpido, há uma mãe de um puto estúpido que quando o marido era jogador parecia ser das mulheres de jogadores com mais personalidade em Portugal e agora não se dá por ela, há um empresário, etc. E o puto estúpido tem 23 anos, não tem 17.

Parece-te correcto falar em "desvalorizações prodigiosas" quando a única oferta que o Sporting teve até hoje foi de 10 milhões de euros? Se o Sporting o vender por 5 é uma "desvalorização prodigiosa", até lá é apenas uma invenção da cabeça do Katanec.

PS - Nem quero saber o que se diria de Paulo Bento se ele utilizasse Di Maria tanto como o Benfica o fez. Aí teríamos o ódio aos extremos, o dogma do losango e o mau relacionamento humano reunidos num só. Um banquete!

master kodro disse...

Já estamos a misturar conversas, João. Eu continuo a escolher o caminho do que acho melhor para o Sporting. Um jogador a jogar na sua plenitude no presente e a valorizar-se em campo para valer milhões no futuro. E não foi esse o caminho escolhido.

Quanto ao Di Maria, mais uma vez não faz sentido, porque nunca deixaram de jogar extremos (houve uma ou duas) no lugar dele.

João disse...

Parágrafo 1: eu queria o mesmo que tu queres. Infelizmente o puto estúpido (e quem o rodeia) não quer.

Parágrafo 2: ah, OK, a questão do Di Maria não faz sentido porque jogaram outros extremos. Já o Sporting, quando Veloso não jogou, alinhou sem trincos. Olhós sacanas!