sexta-feira, março 08, 2013

Golpe no Sporting

A culpa pode ser dos adeptos que andam sempre mal dispostos, do Bruno de Carvalho que está há dois anos à espera deste momento, das equipas jovens e inexperientes e do diabo a quatro.

Ou então abrimos os olhos e percebemos de quem é, realmente, a culpa.

Saldo das compras de Carlos Freitas no Sporting: um prejuízo de 97 milhões de euros, fruto de um investimento de 123 milhões de euros na aquisição de 80 jogadores cujas transferências do Sporting para outros clubes geraram apenas 26 milhões de euros em vendas.

É a minha informação preferida, até à data, no documentário Golpe no Sporting, que o blog A Última Roulote fez o favor de divulgar. Para quem ainda não percebeu o perigo da continuidade, nada como ver um bom documentário com Godinho Lopes como protagonista.

Gosto do balanço Freitas, mas também gosto da parte sobre Odivelas. Finalmente percebi porque é que está a nascer ali uma segunda academia.

kovacevic




8 comentários:

Manuel Humberto disse...

Kovacevic,

Nas 3 alternativas à liderança do Sporting, onde está o "perigo de continuidade"? Qual delas representa esse perigo?

J. disse...

Um pouco caça ás bruxas numa análise que se fosse a qualquer outra SAD ou gestão de um clube em Portugal, iria destapar coisas parecidas.
Não é defender a actual gestão do Sporting, é constatar que é assim que se fazem negócios em Portugal. Amigos, compadrios, favores, lobbies, maçonarias,etc etc.

Só acho que nos clubes as pessoas andam mais atentas. E apenas em situações limites como a que está a passar o Sporting neste momento.
Tivessemos nós ido á Champions e vendido jogadores ao preço de Hulk´s e Witsel´s e ng falava nisto.

kovacevic disse...

M.Humberto,

Por muito que eu goste de ouvir falar o José Couceiro, o seu passado torna difícil acreditar numa ruptura.

J.

Tenho a mesma ideia em relação aos negócios em Portugal: muito mais do que o mérito ou utilidade, conta o compadrio.

Talvez noutros países seja igual, não sei.

Mas nem isso nem o facto de ser igual nos outro clubes invalida o que está no documentário.

Até porque os outros, mesmo roubando, ganham.

Já o Sporting, está atrás do Estoril.

Manuel Humberto disse...

Kovacevic entre os 3 eu por acaso gosto mais de ouvir o Bruno de Carvalho. José Couceiro tem um discurso bom mas que adormece o ouvinte.

Mas como isto interessa muito pouco, quais os elementos no passado de José Couceiro que te fazem duvidar que ele possa encabeçar a ruptura que tão bem aqui foste reclamando durante tanto tempo?

E num critério que os porá inicialmente em igualdade mas que no fim balanceará em favor de Bruno de Carvalho, quais os elementos no passado de Bruno de Carvalho que te fazem saber / pressentir que ela possa encabeçar a ruptura que tão bem foste aqui reclamando durante tanto tempo?

J. disse...

Pois então, lanca a questão moral: roubar, desde que se ganhe, deixa de ser roubar?
complicado entrar em análises simplistas como esta, mas....
:-)
Olha se tiveres tempo passa pelo sector onde explico um pouco melhor o meu ponto de vista.

Férenc Meszaros disse...

E isto não interessa ao Ministério Público?

Sobre a duvida 'Couceiro e a continuidade', vai aqui um comentário retirado d'O Cacifo:

Em 1997 José Couceiro foi director geral do SCP.
José Roquete era o presidente do CD. António Dias da Cunha era o presidente do CF. José Maria Ricciardi era vogal do CF.
Em 2002 José Couceiro foi parceiro privilegiado do SCP na qualidade de gestor do First Portuguese Football Players Fund, um produto do BESI com jogadores do SCP.
António Dias da Cunha era o presidente do CD. Godinho Lopes era vice presidente do CD. José Eduardo Bettencourt era o administrador da SAD. Filipe Soares Franco estava a passar do Estoril para o CD do SCP. José Maria Ricciardi era vogal do CF
Em 2010 José Couceiro voltou como director-geral do SCP.
José Eduardo Bettencourt era o presidente do CD. José Maria Ricciardi era vice do CF. Tito Arantes Fontes e Samuel de Almeida eram vogais do CF.
Em 2013 José Peyroteo Couceiro é candidato a presidente do SCP.
Tito Arantes Fontes é o seu candidato a PMAG. Samuel de Almeida é candidato a secretário da MAG.

Já agora Kova, um artigo/ post de um dos autores do documentário que conta a história toda. Mete medo:

http://www.forumscp.com/index.php?topic=43059.0

Repito: Isto não interessa ao Ministério Público?

kovacevic disse...

Boa pergunta Férenc

É que uma notícia de jornal, por exemplo, basta para desencadear um inquérito

Manuel Humberto disse...

Kovacevic, não te "conhecia" como facilmente impressionável por histórias da carochinha.
Foi José Roquette que inventou as Sociedades Anónimas Desportivas? Foi tudo um plano maquiavélico desde o dia 1 para extinguir o Sporting CP, espoliando-o em simultâneo?

Tristes adeptos, perdoa-me pelo desabafo. Fazeres eco dessa nojice é surpreendente.