quarta-feira, setembro 19, 2012

35 remates e uma derrota

O massacre do Braga esbarrou nas pernas, nas cabeças, nas 24 defesas de Mário Felgueiras, no Éder e no passado e acaba por sofrer dois golos de (legítimo e inteligente) contra-ataque. Um típico jogo de liga nacional com um grande português sem um Lima. O Benfica conseguiu um bom empate na Escócia, sem o Lima.

master kodro

5 comentários:

JL Martins disse...

O Braga assim até parece um grande :) Acontece aos melhores, mas fica com a vida muito difícil.

O Benfica em Glasgow "não" jogou. Jogo paupérrimo, mas nada surpreendente.

Sérgio_alj disse...

Se o JJ quer jogar só com 1 avançado, que meta o Lima em campo. Rodrigo e Cardozo sozinhos não resolvem...

MM disse...

O Benfica subiu um degrau relativamente ao que sempre fez na Escocia: perder, e nalgumas ocasioes ser humilhado. Foi um passo importante embora sim tivesse jogado quase nada. Enaltece-se de igual modo que nenhum jogador do Celtic tivesse acabado o jogo com uma perna partida - o que Bynia e o SLB fizeram na ultima ocasiao que haviam jogado frente ao Celtic em Glasgow (e perdido, enxovalhados ora bem, por 3-0).

Salvou-se o ponto (1) para o futebol Portugues e os minutos de jogo para Enzo Perez - Saviola a carburar em Malaga enquanto o SLB joga com Enzo Perez. Um clube sem duvida inteligente ...

Quanto ao Lima, morreu. Tal como Djalo, Makukula ou as centenas de jogadores que o SLB contratou nos ultimos 5 anos ninguem sabe para que. Foi so mais um.

Sérgio_alj disse...

Sim, MM, porque no teu clube nenhum jogador "morreu"...

A última vez que o Benfica foi jogar no Celtic Park até perdeu por 1-0... e neste caso, penso que as pernas do Salvio, do André Almeida e do Matic é que estiveram próximas de ser partidas...

Rearviewmirror disse...

MM, quando voltarem á Liga dos Campeões, apitem.