sábado, abril 28, 2012

Super Braga

Ou super flop. Um ponto em quatro jogos. Um ponto em 12 possíveis contra os adversários directos na luta pelo título. Parece-me que há muitos comentadores que finalmente perceberão o significado da expressão "embandeirar em arco". Pensar que houve mesmo jornalistas que escreveram ser o Braga "a melhor equipa portuguesa". A "melhor equipa portuguesa", atente-se, e não apenas a "melhor equipa do campeonato". Isto num ano em que o Benfica eliminou o Manchester United e chegou aos quartos da Champions, que o Sporting alcançou a meia-final da Liga Europa e numa época em que o Porto se prepara para ganhar o seu 6º título em 7 anos, mantendo-se no "top ten" do ranking europeu. Isto num ano em que o Braga foi eliminado da Taça da Liga pelo Gil Vicente, cedeu na Taça de Portugal nos dezasseis-avos de final e saiu pela porta pequena da Liga Europa (atrás do Brugge no grupo e depois corrido pelo Besiktas).

A "melhor equipa portuguesa". 'Tá bem, abelha.

katanec

32 comentários:

Antonio Silva disse...

O Benfica não eliminou o Manchester. O Benfica qualificou-se à frente deles sem lhes ganhar nenhum jogo. Que conversa de parolo essa que eliminaram o Manchester. Eles no último jogo bastava-lhes um empate, quem os eliminou foram eles próprios e o Basel.

Filipe disse...

O Braga arrisca-se mesmo a ficar fora do pódio (e da CL), se bem que se o Leiria desistir «ganham» pontos ao Sporting. Vai ser um final de época interessante.

Pedro disse...

"O Benfica não eliminou o Manchester. O Benfica qualificou-se à frente deles "

LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL...tão bom!!! hahahaha

Katanec, ainda arranjas lenha para te queimares... ☺☺

Fredy disse...

parece que o katanec (e os benfiquistas em geral) ainda continua meio frustrado por ter sido eliminado por esse clubezeco que é o Braga no ano passado na Liga europa lolol

isso ainda dói muito tou a ver lolol mas não te preocupes que há de passar ;)

LDP disse...

Concordo plenamente com o post.

Ao sporting em bilbau bastava um empate, logo o sporting eliminou-se a ele próprio.
O Benfica em dois jogos jogou mais do que o Chelsea, logo depreende-se que o Benfica autoeliminou-se dos quartos da Champions.
São as ideias que facilmente retiramos da conversa de parolo do António Silva.

Portanto Fredy, se o post demonstra frustração benfiquista que comentário farás ás palavras do António Silva?

Antonio Silva disse...

Acham mesmo que eliminaram o Manchester? Que puta de hubris em que vocês vivem. Sinceramente.

Quer dizer, podia muito bem acontecer perder ambos os jogos com o Manchester e qualificarem-se à frente deles. Mesmo assim diriam que os eliminaram?

Olha que o Porto em 2003/04 perdeu e empatou com o Real Madrid na fase de grupos. Se eles tivessem ficado em terceiro com nós a passar em segundo como passamos achas que diria que os eliminamos?

A verdade é que chegaram ao sexto jogo em condições de se qualificarem e ficaram pelo caminho, logo não foi pelos 4 pontos perdidos por ambos os clubes nos confrontos entre si que ditou a eliminação do Manchester.

Mas pronto, quem não tem nada que se veja no currículo europeu de 1990 para cá agarra-se a essas migalhas. É que já nem com finais perdidas podem orgulhar-se.

Antonio Silva disse...

Eu frustrado com o quê, LDP? Com as vossas 7 vitórias internacionais que tive que testemunhar na minha vida?

Terem sido Campeões do Mundo duas vezes? Terem ganho a Supertaça Europeia? A Taça UEFA e Liga Europa?
Terem ganho a Taça dos Campeões e Liga Europa a cores, depois do homem pisar a Lua?

Estou frustrado por terem ido às Antas ganhar por 4-2 e 5-0? Estou frustrado por ter levado 5 no lombo no ano passado na vossa casa? Estou frustrado por ter desperdiçado uma vantagem de 2-0 fora na meia final da taça para depois ser humilhado em casa?

Devem ser as 3 míseras vitórias no campeonato nos últimos 20 anos que me deixa frustrado.

Estou frustrado com o grande e magnifico Benfica que elimina o Manchester. É, deve ser isso.

Infante disse...

Basicamente, tirando o Filipe, todos os posts acima são conversa de parolo, desde o Manchester a "eliminar-se e a ele próprio", até à do "jogar mais que o Chelsea", como se isso estivesse ao mesmo nível de marcar golos e ganhar jogos (incrível como o pessoal, seja de que clube for, continua a achar que posse de bola é mais importante que marcar golos).

E, katanec, já devias saber que aquilo que o palhaço do Luís Sobral diz não se escreve.

Filipe disse...

Safa, o Wigan cilindrou mais um.

Eu não dou demasiado relevo ao cair a pique do Braga, aquela motivação dos jogadores desapareceu e os níveis de adrenalina não devem ser os mesmos. As derrotas com Benfica e Porto foram um choque muito grande e há jogadores que se eclipsaram. Basta ver a facilidade com que o Nuno Gomes aparece várias vezes em posição finalização (desta vez a sorte não quis nada com ele) e a forma como o Lima passou ao lado do jogo.

Estou mais interessado em ver o que vai dar a confusão do Leiria.

António Silva, explica-me lá se as equipas que não passaram na fase de grupos foram eliminadas ou não? E as que se apuraram eliminaram as outras ou não? E que tal «o Benfica contribuíu para o não apuramento do MU.» Isso já satisfaz o teu espírito picuinhas?

Antonio Silva disse...

Eliminar é bota fora: ou é um ou o outro.

Se numa fase de grupos um clube se qualificar em primeiro ou segundo e perder ambos os jogos contra o terceiro ou quarto não tem direito a dizer que eliminou o outro clube. O Benfica empatou ambos os jogos contra o Manchester, é verdade, foram 4 pontos que dariam a qualificação ao Manchester, mas o Manchester foi para a última jornada em perfeitas condições de se qualificar.

Não retiro o mérito ao Benfica de se ter qualificado à frente do Manchester, bem merecido, mas daí até dizer que os eliminaram? Pá, ainda vai um esticão.

Uso o exemplo do Porto na fase de grupos da Liga dos Campeões de 1996/97. O Porto ganhou fora e empatou em casa com o AC Milan. Ficamos em primeiro lugar e o AC Milan foi eliminado da competição mas não necessariamente pelo Porto. O último jogo deles foi em casa com o Rosenberg e perderam. Quem os eliminou foram os Noruegueses, assim como quem eliminou o Manchester foi o Basel.

Mas tanto Porto como o Benfica tiveram total mérito de se qualificar à frente de AC Milan e Manchester United respectivamente.

Pronto, podem não concordar mas isto não é clubismo, se a minha perspectiva serve para o Benfica também serve para o meu clube.

Filipe disse...

Caramba, o Wigan estava apenas no final da primeira parte. Safa.

António, foi eliminado pelo Porto porque o Porto foi melhor, não no confronto directo, mas no somatório dos jogos. Vais dizer-me que se nesse grupo passasse apenas um, o Porto sendo primeiro não podia dizer que tinha eliminado os outros? Acho que estás a ser picuínhas com uma questão de semântica.

Antonio Silva disse...

Talvez um pouco picuínhas sim, mas tanto para um clube como para o outro.

Antonio Silva disse...

No entanto existe a probabilidade de um clube que fique em primeiro ou segundo perder ambos os jogos com um que fique em terceiro ou quarto.

Nessa situação hipotética quem se qualifica pode realmente dizer que eliminou o outro contra quem perdeu ambos os jogos?

Antonio Silva disse...

Já agora no exemplo que dei do Porto tanto fomos melhores no somatório dos jogos (só empatamos um dos 6 jogos) como fomos melhores no confronto directo tendo ganho 3-2 em S. Siro e empatado 0-0 nas Antas.

master kodro disse...

Já eu não percebo qual é o problema de se ter escrito, na altura em que se escreveu, que o Braga era a melhor equipa portuguesa. Foi-se abaixo no fim do campeonato, depois de perder com o Benfica e Porto. E então? Não consigo perceber a questão. O Porto e o Benfica estavam a jogar miseravelmente (e continuam a não jogar grande coisa) e o Braga vinha numa série de mais de 10 vitórias seguidas. Agora está o Braga a jogar miseravelmente e não se pode dizer o mesmo neste momento, de facto. Mas daí a flop... Mas, pronto, agora o katanec só escreve sobre o flop Braga, como se não houvesse flops maiores no futebol português... Pelo menos, escreve! Já fico contente com isso.

master kodro disse...

Mais: o artigo em questão é assinado a 3 de Março, tem um sub-título que diz "neste momento acho que não há dúvidas" e nessa altura acho que o colosso Sporting não tinha chegado às meias-finais da Liga Europa e estava em quinto a 11 pontos do Braga, que estava empatado com o colosso Benfica e a 1 ponto do colosso Porto.

master kodro disse...

"Pode ser que isso não chegue para ganhar a Liga. Pode ser que tenha uma quebra. Pode até ser que nas jornadas 25 e 26, quando encontrar os outros candidatos, falhe."

Juro que não percebo o enquadramento.

Filipe disse...

MK, nesta época parece-me que falar em melhor é inadequado, devíamos era falar em menos má.

master kodro disse...

Sem dúvida, Filipe. É por isso que também foi possível definir um Braga como o melhor. Porque só com muita incompetência dos outros três face às condições de que dispõem e aos investimentos feitos é que chegam a ter o Braga a lutar com eles. E o flop é o Braga? Há aqui qualquer coisa deslocada, não?

miguel_canada disse...

Eliminados e não eliminados..... Não, o benfica NÃO eliminou o Manchester United! O benfica QUALIFICOU-SE a frente do Manchester United na FASE DE GRUPOS da Liga dos Campeões.
Mais tarde, o benfica ELIMINOU o Zenit porque disputou com os Russos uma ELIMINATÓRIA, em que o vencedor do conjunto dos dois jogos ELIMINA o derrotado.
Há dias o benfica foi ELIMINADO pelo Chelsea na ELIMINATÓRIA que colocou frente a frente os dois clubes.
É obvio que uma eliminacao do Manchester United ficaria bem no curriculum, tal como aquela taça ridícula que lhes permitia ainda ter mais títulos que o FCPorto mas, ao contrario do benfica, o mundo não vive da bazofia. Vive de factos reais.

Filipe disse...

Caramba, fiquei a saber que o Benfica tem seis jogadores emprestados ao Leiria (e pelos vistos um rescindiu?).

miguel_canada disse...

O Braga foi durante uma data de jornadas, muitas mesmo, sem margem para qualquer duvida, a melhor EQUIPA Portuguesa, aquela que melhor futebol jogava. Nunca foi o melhor CLUBE Português mas sim a melhor EQUIPA.
Como de facto o Braga não é nem nunca foi o melhor CLUBE Português, não foi capaz de manter a elevada performance quando apanhou pela frente aqueles que são de facto os melhores CLUBES Portugueses e saindo derrotado dos dois confrontos que eram de máxima importância para eles, houve de facto uma queda motivacional enorme que gera estas repercursões quando o clube não está estruturado aos mesmos níveis económicos do FCPorto e Benfica.
Para quem gosta e percebe o futebol estes factos são tão naturais como a sua sede mas para ressabiados que utilizam o futebol para exorcizar frustrações, as coisas ficam demasiadamente turvas para que se produza um raciocínio lógico e fundamentado.

Filipe disse...

Certo Miguel, deixa-me ver se percebi. Estás a dizer que o Chelsea se qualificou eliminando o Benfica.

Já o Benfica qualificou-se sem haver equipas eliminadas. O Manchester não se qualificou mas não foi eliminado. Ou então se foi eliminado, não foi por obra e graça das equipas que se qualificaram. Brilhante.

Antonio Silva disse...

Filipe, ainda não me respondeste a isto:

"No entanto existe a probabilidade de um clube que fique em primeiro ou segundo perder ambos os jogos com um que fique em terceiro ou quarto.

Nessa situação hipotética quem se qualifica pode realmente dizer que eliminou o outro contra quem perdeu ambos os jogos?"

Filipe disse...

A fase de grupos é uma eliminatória, há equipas que não seguem na prova, logo são eliminadas. É uma prova a eliminar, para quem tem dúvidas veja o significado de eliminar num dicionário, não fala em lado nenhum em confronto a dois.

Não vejo como é que se pode defender que as equipas que passaram não eliminaram as equipas que foram eliminadas da prova.

Filipe disse...

António, e se o que está acima não é claro. Eliminou sim, pode não ter sido no confronto directo mas conseguiu ser superior nos confrontos indirectos.

No ano do Koeman o Benfica bateu o Porto no confronto directo mas não vejo problema em dizer que o Porto ganhou o campeonato ao Benfica, apesar da diferença pontual ter sido assegurada por outras equipas.

miguel_canada disse...

Filipe, com o devido respeito te informo que fiquei abismado com a tua resposta ao meu comentário!!!! Eu acho que tu não foste capaz de decifrar frases simples e concretas. Nao percebeste!
Sugiro-te que leias mais uma ou duas vezes com atenção, particularmente na parte onde o benfica eliminou o Zenite.

miguel_canada disse...

*Zenit

Filipe disse...

Miguel, esta confusão não existiria se em vez de eliminatória para descrever algo do tipo mata-mata se tivesse um pouco mais da criatividade dos ingleses (knockout stage, ou seja ronda de bota-fora).

Eliminar significa simplesmente colocar fora de prova. E a definição de eliminatória no dicionário é: «prova que, num concurso, tem por fim eliminar os concorrentes menos habilitados, para aproveitar os mais qualificados; prova de seleção.» No futebol português o termo derivou até incluir só os confrontos a dois.

Diz-me só uma (duas) coisa(s). O MU foi ou não eliminado? As equipas que se apuraram preencheram ou não os requisitos para que as outras fossem eliminadas?

Antonio Silva disse...

Pronto, leva lá a bicicleta, eliminaram o Manchester United. Se isso é tão importante para ti.

condor disse...

Realmente é uma carga de trabalhos fazer entender algo tão simples como isto a uns gajos obtusos que não veem um palmo á frente do nariz!
Numa competição em que todos jogam contra todos e a classificação é determinada pela quantidade de pontos amealhados ninguem elimina nem é eliminado!
Simplesmente uns ficam mais á frente e outros mais atrás!
Na CL passada esta fase os clubes melhor classificados passam á fase seguinte esta agora disputada por eliminatórias!
Por isso é que a malta diz:Agora é muito importante não sofrer golos em casa pois isto é a eliminar e sofrer em casa pode valer por dois em caso de empate nas duas mãos!
Perceberam ou é preciso fazer um desenho?
Dasse!Que gentinha!

miguel_canada disse...

Boa Condor, talvez agora o Filipe tenha percebido.