quarta-feira, outubro 26, 2011

Conspiração Estatística - O lobito esfomeado

Proposta de estudo: pontas-de-lança/avançados-centro, estrangeiros, em ano de estreia na liga portuguesa ao serviço do Sporting, nas dez épocas que antecederam a época de 2011/12. Medido em golos, obviamente, que é o que de essencial se espera de um ponta-de-lança, excepto no caso de alguns filósofos que até pela própria musa são desmentidos.

O provocador: Van Wolfswinkel, o holandês de 22 anos que se estreou em Alvalade esta época e que, no final do 10 .º jogo oficial pelo clube, contra o Vaslui, trazia um saco cheio de 8 golos, sendo um deles obtido através da marcação de uma grande penalidade.

Aviso: este exercício de memória pode ser extremamente penoso para sportinguistas menos preparados psicologicamente (diz o adepto do último classificado da liga).

O exemplo: Nos últimos 10 anos, se pensarmos no Sporting e em golos marcados com consistência, só nos lembramos do nome de Liedson. O brasileiro, na sua época de estreia em 2003/04, marcou 7 golos nos primeiros 10 jogos de leão ao peito, tendo 25 anos na primeira partida. Essa época terminou com 19 golos marcados em jogos oficiais pelo clube.

Os pesadelos: Começa a festa. Lembram-se de Nalitzis? O grego estreou-se na época de 2001/2002, aos 26 anos, sem conseguir marcar qualquer golo nos primeiros dez jogos pelo Sporting. Tiuí, com 22 anos, imitou-o em 2007/2008 e Caicedo, com 21 anos, não fez melhor na época 2009/2010. Nota ainda para Mota, que nem aos 10 jogos conseguiu chegar em 2004/2005 (fez 6 e também não marcou).

As promessas: Deivid (aos 25 anos) marcou 4 golos em 2005/2006 (antes de rumar à Turquia); o bielorrusso Kutuzov (com 22 anos) também marcou 4 golos nos primeiros 10 jogos na época de 2002/2003; por fim, o mais prometedor de todos, Marius Niculae, que com 20 anos de idade, fez sonhar os sportinguistas com 4 golos em 2001/2002.

A banalidade: Purovic (22 anos em 2007/08), Alecsandro (25 anos em 2006/07) e Pinilla (20 anos em 2004/05), chegaram aos 2 golos. Carlos Bueno só marcou 1 golo, nos seus primeiros dez jogos de 2006/2007. Outro que aqui cabe é Koke, o espanhol que só fez 7 jogos e até tem uma marca bem interessante de 3 golos marcados nessas partidas. Mas que, se bem me lembro, não deixou muitas saudades.

Inqualificável: Florent Stephane Sinama-Pongolle. Também, mas não só, pelo preço que custou. Só fez 8 jogos pelo Sporting e marcou apenas 1 golo. De penalty. Num jogo em que já tinha feito um auto-golo… Brilhante.

Os outros: Falcao, com 23 anos, no Porto, estreou-se com números iguais a Wolfswinkel, em 2009/2010, com 8 golos nos primeiros 10 jogos, sendo um marcado de penalty. Lisandro Lopez, a jogar a extremo no início, marcou 4 golos em 2005/2006. David Suazo marcou 3 golos em 2008/09 (um deles após um charuto artístico de Aimar, ao Vitória). Óscar Cardozo, que quer marcar 40 golos esta época, estreou-se com 2 golos nos primeiros 10 jogos, aos 24 anos, na época 2007/08, um deles de penalty. Ninguém, contudo, bate a performance de Benni McCarthy: 11 golos nos primeiros 10 jogos nas Antas, com 8 golos marcados nos últimos 3 jogos da primeira série de 10 que fez pelo Porto. Brutal.

Conclusões: as que quiseres, não foi por isso que fizemos o exercício. Podes olhar para Falcao, para Koke, para Caicedo ou para Cardozo e tirar quatro conclusões distintas. E juntar-lhe uma quinta, pensando nas lesões de Niculae. Agora, que o Wolverine do kovacevic promete muito, isso é inegável.

master kodro

5 comentários:

Pedro Reis disse...

Sem dúvida um início muito prometedor de Van Wolfswinkel, inquestionável!
Agora é só ver a continuação, para ver se estamos mesmo perante um jogador de top. Falcao que começou no mesmo nível, continuou depois num registo significativamente melhor, tornando-se para mim no melhor avançado que jogou em Portugal desde o Jardel. O Lisandro que começou pior, evoluiu muito para um avançado extraordinário, Cardozo também se constituiu como uma referência e outros houve que nunca saíram da "cepa torta"... :-)

littbarski disse...

Se estás a falar dos primeiros 10 jogos oficiais que um jogador fez pelo clube, julgo que o Pena fez 13 golos, em 2000/2001, entre a jornada 3 e a 12 do campeonato.

littbarski disse...

Isto só na Liga Portuguesa. Se é em todas as competições, são menos. Salvo erro, são 11 (10 no campeonato e 1 na Taça UEFA, frente ao Partizan).

littbarski disse...

E fora das 10 épocas que antecederam a época de 2011/12, que, como toda a gente que sabe fazer continhas de subtrair já percebeu, começa em 2001/2002. Acho que me vou dedicar à pesca... Faltando o peixe, que pelo menos haja água com fartura.

condor disse...

Bem,este holandez tem pinta!Poderia ser prejudicado pelo facto de jogar num clube da segunda divisão da europa mas esse pequeno detalhe dilui-se no facto da equipa ser treinada por um elemento nado e criado no F C Porto e portanto alguem competente com escola com capacidade lutador e com espirito vencedor!
Afigurasse-me que devido ao facto do Imponente Futebol Clube Do Porto ter uma equipa que tarda em atingir altitude de cruzeiro este Sportem pode ser um sério candidato ao titulo!Penso eu de que!