sábado, novembro 13, 2010

Mr. Love

Era uma vez um rapaz com um talento especial para ganhar ressaltos. Teve o azar de ir parar a uma equipa de merda. Para além disso, teve o azar de ter um treinador que achava que ele devia jogar menos tempo do que os rapazes com talentos especiais. No ano passado, jogou 28 minutos por jogo e pouco tempo partilhava com Al Jefferson. Jefferson foi embora mas, em 9 jogos até hoje, os (fdp dos) 28 minutos continuavam a ser a sua média de utilização por jogo. Nas duas vezes, neste ano, que Love jogou o tempo que os rapazes com talentos especiais jogam, fez 24 ressaltos contra os Lakers, um record de carreira que bateu, há minutos, com belíssimos 31 ressaltos (a que juntou 31 pontos e 5 assistências), em 40 minutos de utilização, na vitória sobre os Knicks. Não há quem mande o Rambis para a cona da mãe dele?

master kodro

4 comentários:

Sérgio_alj disse...

Eheh. Muito agressivo, mas com toda a razão!

Kevin Love a mostrar "some love" para Amare Stoudemire e companhia!

Desde 1982, que o tipo nao sacava mais de 30 pts e 30 reb num jogo!

Mr. Blue disse...

70,1 no banco...
Been there, done that.

master kodro disse...

Nem me lembrei desse "pormenor" quando escrevi o post, Blue... Só vi hoje de manhã... Vida dura...

JNF disse...

"Não há quem mande o Rambis para a cona da mãe dele?"

O Queiroz manda.