segunda-feira, setembro 07, 2009

Só mais uma coisinha...

...a propósito de uma ideia que tem circulado intensamente pelos blogs e alguma imprensa: a hipótese de Suécia e Dinamarca fazerem um "cozinhado" que deixe Portugal sem hipóteses de qualificação. Já aconteceu algo semelhante, de facto (no Euro-2004), então com prejuízo dos italianos. Mas as circunstâncias eram diferentes: Dinamarca e Suécia tinham ambas a ganhar com a situação, o que agora não se verificará (isto pressupondo que Portugal vencerá na Hungria, o que não é líquido).

Com efeito, se a Suécia vencer em Malta (mais que provável - e se não acontecer, melhor para nós), a Dinamarca não terá ainda o apuramento garantido quando receber os suecos, em Outubro, pelo que aceitar uma derrota (e uma eventual perda directa do apuramento) em troco de uma "amizade nórdica" não parece fazer muito sentido. Isto porque os dinamarqueses receberiam no último jogo a Hungria, e arriscavam ser ultrapassados pelos suecos em caso de empate, deitando tudo a perder apenas devido a esse "acordo" que em nada a favoreceria.

Não estou com isto a querer dizer que Portugal tem boas hipóteses de chegar ao segundo lugar. Não depende de si próprio e isso é um factor terrível. Por outro lado, a Suécia pode ganhar na Dinamarca por mérito próprio, o que seria possivelmente fatal para Portugal. Porém, as condicionantes do calendário permitem pelo menos rejeitar a hipótese de um temido "acordo sueco", o que apesar de tudo reforça algumas das nossas esperanças.

katanec

14 comentários:

JNF disse...

No Euro-2004, a Dinamarca estava em 2º e a Suécia em 1º.

No apuramento para o Mundial-2010, a Dinamarca está em 1º e a Suécia em 2º.

Retribuição de favores, lógico.

No entanto, se há alguém neste grupo capaz de ultrapassar os dinamarqueses é precisamente... a Suécia. Por isso, não convém perder com eles em casa, sob pena de virem-se obrigados a ganhar à Hungria no último jogo.

Logo, a conspiração nórdica fica menos plausível.

katanec disse...

Não sei se percebi bem, mas o teu comentário parece ser incoerente. A retribuição de favores é "lógica" ou "menos plausível"? A minha ideia é q no Euro 2004 qualificavam-se as duas, pelo que o "acordo" foi evidente.

Mas isso não sucede aqui. Se o 2º lugar desse apuramento directo, não tenho dúvidas de que haveria acordo. Mas o 2º leva a um play-off. Poderá a Dinamarca correr o risco de perder em casa só por simpatia e disputar um imprevisível playoff? Não me parece que faça qualquer sentido.

Um abraço!

JNF disse...

Não me fiz entender bem: numa primeira análise, seria lógico que o os nórdicos arranjariam um esquema para saírem ambos beneficiados. É isso que digo até à palavra "lógico".

No entanto, e analisando a tabela, essa retribuição de favores torna-se menos lógica pois a Dinamarca pode ser vítima do seu próprio esquema. É isso que digo no 4º e 5º parágrafos, e que tu próprio afirmas no teu comentário.

Salvo erro, no Euro-2004, Itália, Dinamarca e Suécia acabaram com 5 pontos, mas passaram os nórdicos. Quando dizes "A minha ideia é q no Euro 2004 qualificavam-se as duas, pelo que o "acordo" foi evidente." não te podes esquecer que:

1 - A Suécia estava em 1º lugar, e a jogar bom futebol.
2 - A Dinamarca estava em 2º e a jogar verdadeiramente mal (empataram com a Itália num jogo que podiam ter perdido por 5).
3 - As hipóteses da Suécia bater a Dinamarca eram maiores que acontecer o contrário, pelo que, com o empate, a Suécia ficaria com o 1º lugar e a Dinamarca com o 2º.

Daí, quem pediu o favor ter sido a Dinamarca, tendo a Suécia aceitado de bom grado, porque só ficava a ganhar.

Hoje, se as condições o permitissem, creio que haveria retribuição de favores. Mas a Dinamarca ainda pode perder o apuramento.

JNF disse...

O Master Kodro chama-se António Diogo Leite ;)

master kodro disse...

O master kodro não tem as quotas em dia enquanto aquele senhor lá estiver, JNF. :)

Petinga disse...

Tanta conversa e ainda nem jogámos contra a Hungria... e se primeiro aquela gente se preocupasse em VENCER um raio de um jogo contra adversários de jeito nesta qualificacao? É porque fazer cálculos elaborados a propósito de uma equipa que só conseguiu ganhar uma vez a Malta e outra à Albania (e nem sequer foi em casa!...) parece uma belíssima masturbacao intelectual - muito prazenteira, mas provavelmente pouco útil...

Tenho para mim que Portugal nunca precisou de um treinador super competente em termos técnicos, nem de alguém que soubesse todas as artimanhas tácticas sobre como jogar bom futebol. O grupo actual de jogadores é aquilo que se pode chamar de "perennial underachievers". Muito bons, muito bons, mas raramente conseguiram feitos relevantes enquanto Seleccao. Um treinador sem carisma, sem exitos no seu currículo e com uma história de falhancos sucessivos enquanto treinador principal está LONGE de ser o que se precisa. E o pior é que, na eventualidade de falhar o apuramento, vai lá continuar porque tem contrato por 4 anos - com uma belíssima cláusula de rescisao.

zorg disse...

>A minha ideia é q no Euro 2004 qualificavam-se as duas, pelo que o "acordo" foi evidente.
-

Ui...

Não há, portanto, a mínima hipótese de se terem qualificado as duas por terem sido as duas melhores equipas do grupo respectivo, é isso?

António Pista disse...

Nórdicos a unirem-se? Não seria a primeira e não será a última com certeza!

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Joao disse...

Sobre a conspiração nordica no euro2004, acho que, ou nao viram o jogo de todo, ou passado seis anos não se lembram de como o jogo foi.

A tese era que se houvesse um empate a 2-2 ou mais passavam as duas independentemente do resultado da itália.

Para quem nao se lembra, o jogo foi competamente aberto, em que a Dinamarca a vencer por 2-1 teve varias chances de fazer 3-1. Depois quando a Suecia empata (um golo que nao foi oferecido) aconteceu o logico, ambas as equipas decidiram que nao valia a pena arricar perder a qualificacao em vez de tentar ganhar o grupo. Algo que qualquer equipa faria, mesmo que fosse a Suecia contra o Burkina Faso.

Essa historia de ter havido um pre acordo para empatar a 2 so cola naqueles que teem uma visao conspirativa do futebol, o que sendo portugal, 99.9999% das pessoas teem.

Luciano Rodrigues disse...

Ora bem João...

JNF disse...

Quem vos ler até pensa que o futebol é um mundo limpo

master kodro disse...

Claro que o futebol não é mundo limpo, JNF, simplesmente porque o mundo não é limpo. Mas se tentares falar com um sueco ou um dinamarquês e o tentares introduzir na arte da corrupção/manipulação, vais ter dificuldades em explicar o conceito e o seu objectivo. Como regra, claro que há excepções. Ao contrário do que se passa cá, no futebol e na vida.

Luciano Rodrigues disse...

Por acaso ontem estive 20 minutos à conversa com um cliente Austríaco que acabou a conversa dizendo "That looks like South America's stuff. Does that happens in Portugal???" - só lhe dei uns "lamirés" de Apitos Dourados e afins. Ah, e da falta de castigo. O crime não o impressionou. O que o impressionou foi a impunidade.

JNF disse...

MK,

estes suecos e dinamarqueses jogam todos fora dos seus países, tendo já aprendido muita coisa :)