segunda-feira, junho 15, 2009

Bento segundo Bento

Com a sua habitual frontalidade, Paulo Bento acaba de dizer na SIC Notícias, claramente, o seguinte:

"para o Sporting não foi uma época boa (...) não foi positiva"

E acrescentou:

"a eliminatória com o Bayern manchou essa pequena conquista de chegar aos oitavos-de-final e manchou o nosso trajecto de três anos e meio"

Deve ser suficiente para alguns iluminados que teimam em ser mais papistas do que o papa e já analisam o desempenho desportivo em função do custo por ponto (orçamento/pontuação).

kovacevic

Gostava de perceber como é que o presidente da Assembleia Geral do Sporting está numa estação de televisão em directo a entrevistar o treinador do seu clube e a comentar as declarações que ele, treinador, vai produzindo no programa.

20 comentários:

Zé Luís disse...

(Dias Ferreira/Paulo Bento)
Eu não preciso perceber, há muito tinha antecipado que o primeiro não sairia do sítio apesar da sua eleição (conturbada?) no seguimento do empurrão para cima dado pelas escadas abaixo...

Mas este processo (conturbado?) do Sporting pede meças ao do Benfas...

Que exemplos e que seguidores revelam é mais um testemunho para a podridão moral e ética do futebol português - incluindo aquele que é próprio da chusma de paineleiros...

JLC disse...

Faz aí um apanhado do que ele disser de interessante Kova!

Há gente triste que está a trabalhar e não tem tv por perto.

kovacevic disse...

Ora bem, coisas interessantes está difícil

- o primeiro lugar é o único que interessa ao sporting, mas ser segundo é melhor do que ser terceiro

- não há dinheiro, mas isso não é desculpa para não ser campeão; o título já podia ter acontecido

- não há dinheiro, mas isso não é problema porque ele, Paulo Bento, tem de saber adaptar-se à cultura e contexto do clube

- barbosa e a administração deram todo o apoio e defesa necessários; o treinador tem de ser o primeiro a dar a cara pelo grupo que lidera

- veloso fica no plantel se não houver ofertas; tem pessoas à volta dele a prejudicá-lo

- andré marques e saleiro confirmados, vão entrar um ou dois médios, falta um avançado para substituir derlei

- o trajecto normal de um jogador da formação é o de saleiro, não é o de moutinho ou adrien

- os jogadores jovens têm de crescer rodeados de atletas experientes

- dificilmente o plantel terá, a curto prazo, maior percentagem de jogadores da formação

JLC disse...

então tirando isto,
"- andré marques e saleiro confirmados, vão entrar um ou dois médios, falta um avançado para substituir derlei"

não existem grandes novidades.

Como ele tinha referido que não podia falar enquanto as eleições não terminassem, pensei que tinha alguma bomba para largar :)

João disse...

Além dessas coisas, Bento recordou outra coisa importante, que muitos parecem ter esquecido. Há não muitos anos o Sporting, com maior investimento, ficava sempre em 3º ou 4º, e nessa altura ninguém falava em falta de ambição. O Sporting, desportivamente, tem estado muito melhor nos últimos quatro anos do que esteve em quase toda a década de 80 e 90. Falta-lhe apenas uma coisa, e parece ser precisamente essa que faz a diferença: a "ilusión", que antigamente havia em barda e mantinha o pessoal contente (e com as palmas das mãos completamente gastas).

De resto, o seu discurso normal e coerente, sem fugir às questões. Se calhar teria sido mais giro falar em coisas como "vitórias invisíveis", mas não faz o estilo dele.

João disse...

Em relação a Dias Ferreira, é difícil dizer alguma coisa. Tanto pode ser uma importante arma de propaganda da direcção do Sporting, se ele se prestar a isso, como ser um factor de desestabilização, se resolver publicitar ali as suas eventuais discordâncias com alguém ou alguma coisa da estrutura do Sporting. De qualquer forma, tem de ser enquadrado exactamente da mesma maneira que Rogério Alves, que enquanto presidente da AG tinha uma coluna semanal na Bola.

camarao disse...

Apreciei o modo como valorizou Stoj, Puro e Ronny. Acho que a frase:

"Com o regresso de André Marques, o sector defensivo está preenchida. Agora temos que arranjar uma solução para o Ronny para não fazer parte do plantel na próxima época"

fica sempre bem a um treinador honesto, nesta altura do defeso.
Ainda podia aparecer alguém que quisesse pagar alguma coisa pelos jogadores e eles já estão no caixote do lixo.

São na verdade um clube diferente. Então ver o Presidente da Assembleia Geral a ter um programa de comentário televisivo é fantástico. E não comparem com Rogério Alves - uma coluna escrita não tem nem o impacto, nem se presta a erros de comunicação que uma intervenção em directo.

JLC disse...

És inteligente camarao. Mais do que os possíveis interessados em Ronny. Que aparentemente o iam comprar sem o ter visto jogar, e a confiar que ele fazia parte do plantel do sporting da próxima época.

É realmente uma falta de honestidade, o Sporting estar à procura de quem fique com ele (possivelmente emprestado) e dizer-lhes que ele não faz do plantel para esta época.

A abordagem habitual é "Temos aqui um gajo, um lateral esquerdo. Joga muito, um espectaculo de jogador. E faz parte do plantel para a próxima época. Ah porra, não temos cacifo para o homem. Assim se calhar temos de o emprestar".

Leão de Alvalade disse...

Tal como havia previsto, nada de relevante veio à luz na entrevista que Paulo Bento deu ontem ao “Dia Seguinte”, da SicNoticias. Não tendo havido grande pertinência nas perguntas colocadas, PB limitou-se a “cumprir calendário”.

Estranhamente, ninguém questionou a qualidade do futebol da equipa do Sporting. A excepção à banalidade veio de Guilherme Aguiar que por, 2 vezes, se referiu ao que me parece ser o problema do “Sporting de Paulo Bento”: os campeonatos são perdidos nas primeiras jornadas e a incapacidade de afirmação da equipa nos momentos decisivos, ou, segundo Guilherme Aguiar, a inaptidão que revela para subir os “2 últimos degraus” . Paulo Bento não conseguiu diagnosticar a origem desse problema, e não sei se o reconhece como tal. Respondeu com a necessidade de “ganhar com maior regularidade e empatar menos”, Ou seja, é necessário fazer mais pontos. Pois, digo eu.

Os dias seguintes de Paulo Bento no Sporting permitirão, ou não, esclarecer se ele é o técnico que precisamos para chegar ao título. Há muito que me parece que não. Ontem ainda mais convencido fiquei, perante a incapacidade de diagnóstico revelada pelo técnico. Não percebendo um problema e desconhecendo as suas causas, como o conseguiremos resolver? Como é óbvio, espero vir a ser desmentido pelos dias que se seguem.

P.S.- Dias Ferreira dissertou sobre o resultado de Munique e as reacções subsequentes, perdendo uma boa oportunidade para estar calado. Devia ter ouvido Paulo Bento, que, ao seu estilo, assumiu responsabilidades que nem são totalmente suas.

Metralha disse...

LdA,

toda a eliminatória vs Bayern foi da responsabilidade de PB.

Aquela equipa que entrou em Alvalade para os 1/8 de final foi anedotica. Parecia o prémio dos amigos do "mister".

Na Alemanha Polga decidiu!

leaoconselheiro disse...

O problema de Paulo Bento chama-se FC Porto.

Ele, com uma equipa bem mais fraca, fez 3 campeonatos ao nível do último em que fomos campeões, com Jardel & Companhia.

NUNO RAMOS disse...

Para quem gosta de recordar o nosso clube em imagens, recordando as nossas vitórias e glórias, visite o Armazém Leonino. Julgo que passará alguns momentos nostalgicos. Peço desculpa pela intromissão!

http://armazemleonino.blogspot.com

para apaixonados por cromos,jornais antigos, relatos de futebol, revistas antigas, etc... visite!

Zé Luís disse...

"O problema de Paulo Bento chama-se FC Porto".

Não é só do Paulo bento, que tem a vantagem de poder partilhar esse problema chamado FC Porto.

Leão de Alvalade disse...

O problema de Bento é o beira-mar, o paços de ferreira, o aves, a académica o trofense, leixões, etc, tudo clubes com quem se perderam pontos que teriam dado o campeonato este ano e em 06/07.

kovacevic disse...

No último ano em que fomos campeões o FC Porto não competiu?

leaoconselheiro disse...

Competiu, só que com um orçamento parecido com o do Sporting.

A questão é que com Paulo Bento, o Sporting faz sucessivamente médias pontuais na ordem daquelas que lhe valeram o título (e com menos 4 jogos contra 2 equipas teoricamente mais fracas).

Não é difícil de perceber. Bastam 3 coisas:

- Saber fazer contas.
- Ter memória.
- Querer concluir só depois de analisar e não o contrário.

... bem se calhar para "alguns iluminados", até é capaz de ser difícil...

João disse...

Leão Conselheiro, não vale a pena vir com esses argumentos lógicos. O Paulo Bento já devia ter sido campeão, mesmo com menores condições do que outros treinadores que passaram pelo Sporting e terminaram o campeonato em 3º ou em 4º. Do que a malta gostava é que em Agosto entrassem 12 jogadores e saíssem 12, em Janeiro entrassem 6 e saíssem 6 e que de cada vez que a equipa perdesse dois jogos e a Juve Leo pedisse a cabeça do treinador, lhe fosse feita a vontade. A malta quer é circo e novidades. Ai que saudades dos anos 80 e 90...

luissm disse...

leaoconselheiro,

Tenho de discordar de ti.

Não é preciso ter memória.

E ainda bem. Basta visitar um site qualquer que tenha os resultados dos anos anteriores.

kovacevic disse...

que sintonia maravilhosa


parece a equipa técnica do sporting

Rantas disse...

Que grande desafinação, virem para aqui elogiar o Paulo Bento num post do kovacevic.
Nestes posts só se pode dizer mal do Sporting, certo?
Por acaso tenho uma certa curiosidade em entender em que "Sporting mítico" o autor se revê. Anos 80? Anos 70? Anos 50?

Presenças consecutivas na Liga dos Campeões, conquista de Taças e Supertaças, disputa do título praticamente até final dos campeonatos... nada disso conta.

Se PB tivesse tido um discurso deste género, valorizando os pontos positivos (o que até me parece razoável!), teria demonstrado uma enorme falta de ambição.

Como teve um discurso ambicioso, para motivar sportinguistas para a conquista do título e não se desculpou com falta de orçamento, etc e tal, então é acusado de "pouco interessante".

O desgraçado do homem é preso por ter cão e por não ter...