sexta-feira, novembro 28, 2008

Uma ajuda histórica

Título de Record: "Meira pensa em ajudar o Vitória"

Artigo: "Meira tem 30 anos e, caso cumpra o contrato com o Galatasaray, atingirá os 34. A partir dessa altura, pensará no Vitória."

Palavras de Meira: "
Espero ter forças, quando deixar a Turquia, para ajudar o Vitória como jogador. E só continuarei a jogar depois de terminar o contrato com o Galatasaray se ainda tiver ambição e alegria a praticar futebol"

Aos 34 anos, se ainda tiver ambição e alegria a praticar futebol. Meira pensa em ajudar o Vitória.

ps - A coisa melhora... Do Esporte Clube União Suzano, da "quarta competição estadual" que "
não conseguiu superar a 2.ª fase do campeonato para discutir a subida à A3", chega Mathias Costa, treinado por José Xará e bem visto por Zelão. Suzano, Mathias, Xará, Zelão. O adepto do Vitória vibra de ansiedade.

master kodro

3 comentários:

leaoconselheiro disse...

MK,

O grande reforço (pelo menos a ideia que passou) desta época do Vitória tem 31 anos, nunca foi um jogador de Selecção, foi dispensado pelo Benfica, e fisicamente já não aguenta muito tempo em competição.

Se este é uma ajuda não vejo porque é que o Meira, com mais 3 anos mas se calhar muito mais capacidade fisica, não possa ser...

ilustre.anonimo disse...

MK, nessa altura terá 34 anos.

"Mesmo com 40 anos, Latapy ainda não tomou qualquer decisão quanto ao final da sua carreira. No próximo sábado, no encontro entre Falkirk e Hibernian (anterior equipa de Latapy), será comemorado o «Dia de Latapy», uma homenagem aos bons serviços prestados pelo atleta a ambos os clubes. O jogador também vai entrar para o «Hall of Fame» do Falkirk."

"Nunca disse não à selecção nacional. Provavelmente já me retirei umas quatro vezes, mas sou sempre chamado quando as coisas não correm bem. Tenho tido sorte, porque quando me envolvo, seja por que razão for, a equipa melhora."

"Enquanto me sentir capaz de dar um contributo positivo, e se o treinador pensar o mesmo, terei todo o gosto em ajudar."

master kodro disse...

Essa ideia nunca passou por aqui.