quinta-feira, novembro 27, 2008

Olympiakos 5 x Benfica 1

Um resultado humilhante a confirmar uma temporada europeia francamente negativa. Só uma improvável combinação matemática poderá qualificar o Benfica (atente-se que o factor de desempate é o agregado de golos e não potenciais confrontos directos), mas depois do que se viu hoje, talvez seja preferível ficarmos mesmo por aqui.

Curiosamente, o Benfica até ensaiou movimentos ofensivos interessantes, com Reyes, Nuno Gomes e Suazo (embora perdulário) em bom plano. Porém, um comportamento defensivo atroz deitou tudo a perder. Jorge Ribeiro confirmou que não é uma alternativa credível no lado esquerdo, nunca tendo compreendido as diagonais de Galletti e Diogo. David Luiz, jogador que aprecio, foi desastroso, com um posicionamento sistematicamente errado (às vezes parecia "trinco", deixando o eixo da defesa vazio). Binya nunca conseguiu compensar estas insuficiências e Yebda, depois de um período interessante, parece novamente um jogador vulgar.

A boa temporada interna justifica algum entusiasmo, mas as hostes benfiquistas, tão céleres a entoar cânticos de vitória em triunfos naturais frente a equipas medíocres, deviam perceber que esta equipa tem ainda muitos problemas estruturais para superar.

katanec

18 comentários:

O Anti Lampião disse...

Faltou o apoio da APAF ou os cheques da Obriverca.

Ainda bem que o TAS não os admitiu na Liga dos Campeões

http://oantilampiao.blogspot.com/2008/11/olmpica-derrota.html

Pedro disse...

Um dos principais problemas estruturais do Benfica é ter um guarda redes com chumbo nos pés q é incapaz de ganhar uma bola cruzada na pequena área....enfim...

Uma derrota muito pesada e humilhante. Resta aguentar o gozo até segunda e vencer o Setúbal para ultrapassar esta página negra da gloriosa história do SLB.

vieiradospneus disse...

As galinhas deitaram-se hoje muito cedo. Nem piaram.

LionHeart (o autêntico) disse...

Pedro

Não te preocupes com o gozo. Ninguém está em condições de gozar.

Em menos de 2 meses os 3 grandes foram enxovalhados nas competições europeias e a selecção enfardou do Brasil.

Temos é que começar a pensar nos problemas estruturais do futebol português, afogado em dividas, imerso num mar de suspeições e com um mercado cada vez mais minúsculo e asfixiado por um monopólio que controla a única fonte de receitas decente que resta: o mercado televisivo.

Senão, qualquer dia, andamos todos a gozar uns com os outros, mas já não temos mais ninguém para gozar.

psergio disse...

Isto hoje está muito sossegado....

Lionheart, primeiro damos o gozo que nos deram e que voces já levaram e depois analisamos, está bem??

Porto goleado, alegria..
selecão goleada, alegria..
Seporting goleado, alegria..
Benfica goleado, LUTO NACIONAL????

Pedro disse...

"Porto goleado, alegria..
selecão goleada, alegria..
Seporting goleado, alegria..
Benfica goleado, LUTO NACIONAL????"

Sinceramente não vejo mal nenhum nisso...
:):)

Littbarski disse...

Eu acho curioso que enquanto foi apenas o Porto a perder, era o Porto que estava em crise (e era, de facto). Parecia que os problemas do futebol português tinham desaparecido todos. Agora, o Sporting foi goleado em casa pelo Barcelona e o Benfica foi massacrado na Grécia (o que, convenhamos, não bem a mesma coisa...), na semana em que o Porto consegue uma vitória (banal, diziam) na Turquia e, pela terceira época consecutiva, o apuramento para a fase seguinte da Liga dos Campeões e há que pensar nos problemas estruturais do futebol português. Nem parece que vão estar dois clubes portugueses, pela primeira vez, nos 1/8 de final da prova.

psergio disse...

Venho por este meio apresentar as minhas desculpas a todos por ter afirmado e defendido a ideia de o fcporto ter feito um enorme jogo contra os turcos, de facto cheguei á conclusão que não fez.

Grandes jogos foram o Sporting vs Barcelona e o Olympiakos vs Benfica.
Houve de tudo, muitos golos, emoção, golos na própria baliza, enterradelas das defesas, grandes golos, polémicas, incerteza no resultado, animação nas bancadas...enfim não faltou nada...

As minhas sinceras desculpas a todos pelo meu equívoco...

Nuno disse...

Katanec, justificar a derrota do Benfica através das individualidades, recorrendo a um exercício de apontamento de defeitos individuais, quando os erros do Benfica são e foram todos eles colectivos, isso sim, é atroz. O 442 clássico provou mais uma vez que é um sistema negligente, que concede muito espaço no meio e contra o qual um adversário que tenha uma cultura de posse de bola assinalável tem grandes facilidades em se impor. Foi o que aconteceu. O espaço entre linha defensiva e linha de meio-campo, bem como o deserto em que este viveu, são duas das causas maiores para o descalabro de ontem. Enquanto Quique não perceber isso, o Benfica será sempre uma equipa esquizofrénica, capaz de ganhar muitos jogos com um futebol ofensivo de qualidade, porque tem individualidades capazes de decidir a qualquer momento, mas ao mesmo tempo capaz de sofrer humilhações como a de ontem ou como a do jogo anterior, frente ao Galatasary.

leaoconselheiro disse...

São como os putos. É preciso levarem um estalo bem dado para perceberem que não andam a fazer grande coisa. Caso contrário, continuam alegremente a disparatar.

Há muito que se andava a ver que esta equipa defende mal...

cparis disse...

Só pude ver os primeiros 15 minutos, e chegaram para perceber onde ia o jogo.
Tive a mesma impressão que tu, relativamente a David Luiz. Nesse quarto de hora nunca consegui perceber se jogava na direita ou na esquerda, dando a sensação de estar a jogar a trinco.

Kaiser disse...

Caro psergio, admitir os erros apenas enobrece as pessoas, vai no bom caminho!

As partidas do sporting e do Benfica foram efectivamente dois excelentes jogos de futebol, ao contrário daquele pobre espectáculo do clube do freixo.

Aliás, outra não poderia ser a realidade, quando o sporting e o Benfica são as equipas portuguesas melhor classificadas no Ranking da Uefa deste ano.

Vai ver que ainda perde esse seu tom azulado!

Abraço,
Kaiser

psergio disse...

"o sporting e o Benfica são as equipas portuguesas melhor classificadas no Ranking da Uefa deste ano."

...e vão no bom caminho....

cj disse...

Parece que a Associação Desportiva e Recreativa do Colombo se reduziu à sua verdadeira identidade europeia:

Insignificante.

Tutano disse...

O FCP está nos oitavos da Champions, o SCP idem (além de ter sido sodomizado num jogo quase a feijões).

Portugal levou um banho do Brasil num jogo AMIGÁVEL, em que o novo Ricardo foi um gajo chamado Joaquim.

O SLB, (clube onde alinha o novo Ricardo) foi ELIMINADO da taça UEFA, por números, mesmo assim, piores que os 3 referidos resultados.

Agora querer transformar isto tudo num problema do futebol nacional, só porque o glorigozo foi escandalosamente (só para quem não sabe o valor do benfas) humilhado, só pode ser para rir.

Eu explico:

Pela 1ª vez na história do futebol português temos duas equipas nos oitavos da champions.

O jogo Portugal-Brasil não foi oficial. Com todo o peso que a derrota possa ter no ânimo das prima donnas, uma qualificação para o Mundial reduz a importância deste jogo a ZERO.

O SLB foi eliminado da UEFA, não ganhou nada, não tem mais hipóteses de ganhar algum título internacional esta época.
E tendo em conta o jogo que ainda lhe falta efectuar, por muito bem que lhe corra, só para o ano é que vai ter hipóteses de “limpar” a sua imagem.
Isto, evidentemente, se se conseguir qualificar para qualquer competição europeia.

Ou seja, o futebol português não está a passar por nenhuma crise. O Benfica é que continua igual a si mesmo.

Abrações (e obrigado por dois dias seguidos de puro divertimento)

david disse...

"não tem mais hipóteses de ganhar algum título internacional esta época."


LOL

Os outros têm tantas hipóteses como o Trofense de ser campeão nacional.

Há cada um

Tutano disse...

david, eu explico:

Qualquer clube, inscrito em qualquer competição, tem hipóteses teóricas de a ganhar.
Enquanto tiver hipóteses teóricas de a ganhar, continua a jogar.
E enquanto continua a jogar, continua a entrar dinheiro para o clube (percebes agora a importância das hipóteses?).

Se só os melhores tivessem hipótese de ganhar a UEFA, clubes como o Hertha ou o Benfica nunca concorreriam.
Este ano por exemplo, bastava entregar o trofeu ao Milan.

Mas além do factor monetário, interessa relembrar que a magia do futebol é essa mesma:
clubes que não ganham um troféu europeu há quase 50 anos (como o Benfica) ou clubes que nunca ganharam nada (como o Sporting), têm sempre hipóteses de ser Grandes na europa (ou voltar a ser), bastando, para isso, ganhar.
Coisa que o benfica ainda não fez desde que passou à fase de grupos.

Tá?

Abração

pitons na boca disse...

Por essa ordem de ideias o Benfica ainda tem hipóteses (muito remotas, sim senhor) de ganhar um troféu internacional, logo estás-te a contradizer quando dizes isto:

"não tem mais hipóteses de ganhar algum título internacional esta época."

Tá?

Cumps.