segunda-feira, março 23, 2015

El Clásico

É um pouco estranho, tendo em conta o ADN e o momento de forma das duas equipas, ver o Real Madrid a mandar no jogo e a trocar a bola no meio-campo do Barcelona, e o Barça a apostar em transições rápidas e num futebol mais direto. Mas a verdade é que foi assim que o conjunto de Luis Enrique construiu a vitória, mesmo tendo sido inferior ao seu rival, durante uma boa parte do jogo - só a partir do 2x1, o Real caiu a pique e o resultado podia até ter sido mais dilatado. Ancelotti sai de Camp Nou com este sabor agridoce: a melhor exibição dos últimos tempos não chegou para evitar nova derrocada e aliviar a pressão dos maus resultados recentes. Vida difícil para o treinador italiano.

Sem comentários: