quarta-feira, julho 17, 2013

Bombinhas de mercado

Quintero As contratações de jogadores com a idade do colombiano devem sempre ser vistas com cautela, mas quem acompanhou o mundial sub-20 sabe o que de extraordinário poderá vir dali. O Porto está a construir o banco que faltou na época passada, algo que nem o golpe (de sorte divina) de Liedson e Kelvin apagou.

Djuricic Belíssimos passes contra um dos últimos da segunda suíça não são suficientes para uma avaliação do peso que o sérvio poderá ter, mas a sorte grande já lhe saiu: para Jesus é segundo avançado, pelo que, numa equipa que marca mais de 100 golos por época, vai ter direito a muitas capas e comparações a Rui Costa (embora seja Markovic o primeiro a entrar na disputa).

Bruma Um dia inteiro sem notícias sobre mais um grande feito de Godinho Lopes? Não deixem a malta a ressacar.

Chhetri Outro feito de Godinho Lopes foi a contratação do indiano e o fantástico plano de entrada do Sporting naquele mercado. O sonho de uma Índia pintada de verde e branco, começa a ruir quando o rapaz começa a cansar-se de ficar com o rabo quadrado.

Vítor O presidente do Paços revelou que o passe do médio "foi negociado em Janeiro com um empresário", provavelmente na altura em que A Bola deu conta do interesse do Benfica no jogador.

Roberto É melhor transcrever: "El guardameta madrileño no va a continuar en el Real Zaragoza, porque ni la entidad aragonesa puede permitirse pagarle su ficha en Segunda división, ni el propio futbolista desea quedarse en la categoría de plata. Además, sus derechos pertenecen a un fondo de inversión que quiere que Roberto continúe jugando en Primera. Atlético de Madrid y Fiorentina son los equipos más interesados, aunque todavía no está claro cuál será su próximo destino.". 9 milhões, no mínimo.

Kanu Na falta de nomes entusiasmantes a reforçar o plantel - Maazou? - os jornais divertem-se a criar realidades paralelas (espero): quando há João Amorim e se contrata Pedro Correia, Kanu está na frente para a lateral direita.

1 comentário:

condor disse...

É preciso ter lata!
classificar uma jogada magistral que culminou num golo fenomenal e num ajoelhanço divino de sorte divina!
Aquilo estava programado desde o inicio da época!
Da-sse,não pescam nada de bola!