domingo, junho 03, 2012

Selecção a brincar e basket a sério

- Ora aí está uma coisa que não me preocupa minimamente: resultados da selecção em jogos particulares, seja uma derrota em casa com a Turquia, ou uma goleada à Espanha.

- O factor casa está a ser determinante nas finais de conferência: depois de os Celtics terem vencido o jogo 3, os Thunder voltam a derrotar os Spurs e empatam a série. Desta vez a resposta veio de dentro, para além do omnipresente Durant: Ibaka e Perkins juntaram 41 pontos

- Password para a Liga 442 no Fantasy do UEFA Euro 2012: 19284-32262

master kodro



15 comentários:

Riga/V-1-Boy disse...

fizeram 41 pontos e uma percentagem de lançamentos de campo impressionante( e o suplente colinson tmbem este bem)

eu ontem vi a reptiçao do jogo dos celtics, quando nos heat apenas o lembron joga e mesmo ele chega a um ponto que pensa que anda a correr para os outros, normalmente as coisas nao correm bem.

Joao disse...

Aquela cena no final do jogo com os tablets a fazer de bandeira nacional preocupa-me muito mais...

miguel_canada disse...

Se por um lado não nos devemos preocupar muito pelos resultados em jogos particulares, visto que são jogos onde se afinam as ultimas experiências e se esgotam as substituições possíveis, por outro lado acho que deveríamos acordar para o facto de que a nossa selecção esta longe de ser uma selecção de topo.
Ok, temos o melhor ou segundo melhor do mundo, temos o Nani, o Moutinho, o Meireles e o Pepe mas depois não temos mais nada de classe mundial, apenas um conjunto de bons jogadores e outro de autenticas nulidades.
Espero que o Paulo Bento tenha os tomates no sitio e aposte no Nelson Oliveira porque do Almeida e do Postiga não podemos esperar literalmente nada.

Rearviewmirror disse...

Temos o meio-campo mais fraco desde o ano de 1996, e ainda queremos ir longe...
Até o Vidigal era uma máquina metido ali no meio.

Costinha, Deco, Maniche, Tiago, Rui Costa, Paulo Sousa, Petit... que jeitão que davam para a semana.

Pedro disse...

Petit.

Sério?!

Rearviewmirror disse...

Na pá, bom bom é o Moutinho.

miguel_canada disse...

Concordo com a lista, rear... mas o Petit? Really? Para isso deixa lá estar o Rúben Micael, eheheh.

Nuno disse...

O Petit era bom para chamar o arbitro de filho da puta eheheh

Antonio Silva disse...

E lançar perdigotos.

Pedro disse...

Foda-se comparar o Moutinho ao Petit é dum nível tão altíssimo, que nem o o diabo de Gaia se lembraria...

Talvez seja por isto que todas as épocas têm o plantel "mais maior grande e muita forte"

Filipe disse...

O Queirós pelos vistos também não pensava grande coisa do nível do Moutinho.

Pedro disse...

Mau.

Afinal o Queiroz tinha ou não razão nas suas escolhas?!

Vocês decidam-se.

Filipe disse...

Um treinador, mesmo um mauzinho, não deixaria de fora um jogador que fizesse de facto a diferença a meio campo.

Rearviewmirror disse...

Já disse, bom bom é o Moutinho.
E vai mostrar isso nestes próximos 3 jogos.

Vai ter nota 3 (de 0 a 5) no record, e já se sabe o que vai ser escrito sobre ele:

"exibição esforçada, batalhadora do numero 8 português, mas inglória contra o poderio físico do meio campo adversário. Tentou remar contra a maré, mas os seus passes nunca saíram em boas condições para os seus companheiros mais avançados"

Pedro disse...

Professor Chibanga?