segunda-feira, março 19, 2012

Provavelmente, o melhor campeonato do mundo

De acordo com o site Mais Futebol, o Sporting defrontou hoje a segunda equipa que menos faltas comete na primeira liga. Mais limpo do que o Gil Vicente, só o Braga. Vê-se evoluir o colectivo de Paulo Alves e percebe-se imediatamente que a agressividade não faz parte do respectivo modelo de jogo. Percebe-se, também, por que razão se trata do plantel com menos amarelos acumulados desde o pontapé de saída do campeonato. Aquele futebol é só perfume, sem aditivos.

Um tipo como o Luís Manuel, por exemplo, que desempenha ali no meio as funções que se costumam pedir a um trinco, viu até agora três míseros cartões em 22 partidas. No Sporting, pelo contrário, o carniceiro holandês já vai em nove, mais dois vermelhos. Elias, 10 amarelos e um vermelho. Rinaudo, quatro amarelos e dois vermelhos. Enfim, é demasiada indisciplina.

Na verdade, os índices de competitividade na Zon Sagres sobem de domingo a domingo. Clubes de modestos recursos, como o Gil, apresentam um estilo elaborado, o que não surpreende, dada a mestria de homens como Paulo Alves. É por isso que abundam treinadores portugueses nos principais campeonatos europeus.

Outro aspecto a realçar é a condição física das equipas ditas pequenas. Já não há diferenças. Ali trabalha-se todos os dias como nos grandes clubes. Diria mesmo que se trabalha como nos melhores laboratórios farmacêuticos, se me permitem a comparação. Também a prospecção progrediu: enquanto o Sporting gasta o que tem e o que não tem na ânsia de se reforçar, Fiúza vai à segunda divisão buscar um central de 34 anos que marca quase tantos golos como Geraldão e Branco marcavam no FC Porto. Tem de se dar mérito a dirigentes como este.

Perante um rival tão forte, como reagir? Ao Sporting restava entrar bem duro sobre o portador da bola, jogar com os braços para impedir arrancadas, carregar nas canelas para não deixar virar, proibir dois ou três passes seguidos, usar e abusar da falta. Como fez em Manchester. Iria Bruno Paixão autorizar semelhante estratégia? Provavelmente não. Mas era preciso tentar.

kovacevic

5 comentários:

Grilo Falante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Grilo Falante disse...

Carlos Freitas: "Foi também este árbitro que beneficiou escandalosamente o Gil Vicente contra o Porto." Engraçado, na altura não vi ninguém indignado.

Tasqueiro Emigrante disse...

A Paixão Vermelha outra vez a atacar em Barcelos...

Depois do Porto ter sentido esta Paixão indiscriminada, ontem foi a vez do Sporting.

Este Bruninho não consegue passar um jogo sem mostrar menos que 8 amarelos e uns quantos vermelhos, cor da sua Paixão.

Basta de tanta palhaçada. Ou o gajo não sabe apitar ou então tem dois patrões.

O Anti Lampião disse...

Caue, Wilson Eduardo e André Pinto forma vítimas da passagem de Vasco Santos por Guimarães e ficaram impedidos de dar o seu contributo à equipa na próxima jornada.

E agora, uma pergunta fácil:
Com quem vai o Olhanense jogar na próxima jornada ?


http://oantilampiao.blogspot.pt/2012/03/o-que-ha-em-comum-entre-estes-tres.html

Red Sniper disse...

Parece que o Sá Pinto mudou de apelido...

Agora passou a Sá Quinto ...