segunda-feira, maio 09, 2011

Parabéns, campeões!

Há algo que me deixa um pouco apreensivo, neste final de época portista. Nos últimos 12 jogos, o Porto sofreu 18 golos. Mesmo tendo em conta o valor da maioria dos adversários (CSKA, Spartak, Benfica, Sporting e Villarreal) e alguma descompressão após a conquista do campeonato, parecem-me demasiados golos para uma equipa que, durante grande parte da temporada, se destacou pela sua solidez defensiva. Claro que ofensivamente a equipa tem compensado com um registo de golos invulgar e o que verdadeiramente importa é marcar mais golos do que os adversários, algo que o Porto tem conseguido quase sempre. Mas contra uma equipa como o Braga, que defende muito bem e sabe explorar os erros dos seus opositores, será necessário ter também concentração máxima na defesa.

O jogo de ontem foi bom. O Porto tentou oferecer, aos quase 50 mil portistas que encheram o Dragão para a festa do título, um bom espectáculo e mais uma vitória. Só que do outro lado esteve um Paços arrojado, à procura da sua melhor classificação de sempre. Pizzi foi a figura do jogo, com um hat-trick que impediu o Porto de alcançar um registo caseiro imaculado. Recebido o troféu, feita a festa, resta à equipa de Villas-Boas a possibilidade de terminar o campeonato invicta.

Depois dos sub-19 terem recuperado o título que escapava há 4 épocas (terminando o campeonato com uma sempre saborosa vitória no Seixal), foi a vez do andebol portista conseguir o tricampeonato. Parabéns, campeões!

littbarski

17 comentários:

Jorge disse...

Ainda so pude ver a primeira parte...
Que grande jogo, o Porto poderia estar a ganhar por 5 se tivesse os niveis de eficiencia dos ultimos jogos, mas parece-me que a ideia era de jogar descontraido e gozar um dia de festa antes de mais duas finais importantes, dai uma certa displiscencia na hora de marcar (que pelo que li se propagou a defesa na segunda parte).

Zé Luís disse...

É uma perspectiva, diria littbarski, mais ao jeito do LFL. Who cares?, poderia dizer-se, sendo que números são números.

Primeiro, há de facto a realçar os muito mais golos marcados;
Segundo, dos golos sofridos não conta a história, como aqueles penáltis na Luz (1+1) e golos em fora-de-jogo como um em Vila-Real e ontem um com o Paços (e fora-de-jogo duplo).

Uma questão de perspectiva, mas sobretudo da realidade. A positiva pelos golos do FC Porto - e Falcao a marcar há 8 jogos seguidos - e a negativa por erros de arbitragem, tantos e tão repetidos, que deram algumas hipóteses aos adversários.

Essa é que é essa.

Nuno disse...

Agora so falta o Hoquei e seremos DECACAMPEÕES, no basquete estamos na final.

Pode-se tornar um ano em cheio para o FC Porto!

littbarski disse...

Zé Luís, claro que os golos marcados devem ser realçados (e eu já o fiz várias vezes, neste blogue). Mas isso não anula o facto de a equipa estar a sofrer mais golos do que o habitual. O que dificulta a obtenção da vitória. Vê os exemplos dos 2 últimos jogos em que 5 golos marcados não chegaram para uma vitória. E contra uma equipa como o Braga, que defende bem e que tem muito poucos golos sofridos na Liga Europa, atacar bem pode ser insuficiente. É só isto. De resto, tanto me faz que o Porto vença por 1-0 ou por 5-4.

Fredy disse...

na liga portuguesa não conta..jogamos com a nodoa do Beto!!

sinceramente se o Helton chegar a sair, espero que se vá comprar um redes de jeito, senão com aquele meia leca que sofre 2 ou 3 golos por jogo tamos lixados.

miguel_canada disse...

Eu penso que se deve a descompressão, Littbarski. No fundo, eles são humanos e muito jovens. Ás vezes a gente ate se esquece da media de idades do nosso plantel.
E também concordo com o Zé Luis, depois de uma época destas, quero lá saber de uns golitos a mais em jogos de descompressão.

Também concordo plenamente com o Littbarski de que na final de Dublin vamos ter de ter muita atenção com a forma de jogar matreira do Braga.

No que respeita aos guarda-redes, eu gosto do Beto mas, não é GR para ser titular. Isso e irrefutável.
De quem eu gosto muito é do Artur Moraes, do Braga já que o Manuel Reuer é inacessível.

miguel_canada disse...

Depois de muitos anos a ler e ouvir o Luis Filipe Vieira a dizer os maiores disparates que a um Presidente de um clube e permitido, eis que o mesmo hoje me resolve surpreender com uma das mais sabias analises que o vi fazer ate hoje:

"Luís Filipe Vieira considera que o Benfica passou demasiado tempo a festejar o título da época passada e acordou tarde para a nova temporada. Apesar de tudo, o presidente deu um voto de confiança a Jorge Jesus e anunciou que vai aumentar o grau de exigência no clube."

Que esta declaração do Luís Filipe Vieira contribua para abrir a pestana de muito azeiteiro que passou a época inteira neste blog a falar de arbitragens e de YouTubes.

Uma grande equipa não perde uma época por 3 ou 4 erros de arbitragem mas a incompetência, a fanfarronice, a arrogância, a prepotência e a megalomania não perdoam!

miguel_canada disse...

Continuando...e muito bem:

«O que correu mal foi que criámos muitas expectativas. Passámos demasiado tempo a comemorar o campeonato, demasiado tempo. Por outro lado, o plantel não era suficiente para as expectativas que criámos. Ainda por outro lado, não nos preparámos para a Supertaça. Andámos em festas constantes e esquecemo-nos de preparar o futuro. O que vai mudar é que o grau de exigência em relação a todos os profissionais do clube vai aumentar», referiu.

Ah pois disse...

Preferia que ele continuasse no limbo em que a maioria dos benfiquistas se encontram.

Grilo Falante disse...

Ó Fredy: a nódoa do Beto? Chiça que se ouve cada uma. Por acaso viste o jogo? Se não viste eu digo-te: foi o Beto, com duas defesas absolutamente decisivas, que impediu que o Porto perdesse o jogo. Acresce que nos golos não teve qualquer culpa. No estádio, ao vivo, percebe-se que tem uma precisão cirúrgica ao colocar a bola no ataque com os pés. Sempre que tem sido chamado tem cumprido bem, portanto, deixa de dizer mal só por dizer, característica muito portuguesa e nada abonatória do nosso carácter colectivo.

Nuno disse...

"Para o ano vamos voltar a ser campeões" - Jorge Jesus

"Peço a todos que não comecem a gritar que vamos ser campeões"

Assim sim...

:-)


Saudações

miguel_canada disse...

Hehehe, Nuno... É só mais um exemplo da estupidez que impera no reino vermelhusco!
Vem o treinador, que pelos vistos não se cansa de levar no focinho, e já começa de novo com a mesma cantilena do "para o ano vamos ser campeões" e no dia seguinte vem o orelhas a dizer que nunca mais se vai cometer o erro de andar a cantar previamente de que "para o ano vamos ser campeões"!
Diz bem da forma como aquela casa é governada!

Nuno disse...

Eles que continuem assim mas por muitos muitos anos lol


Saudações

Ah pois disse...

Faz lembrar o Fernando Santos que só soube pelos jornais que tinham vendido o Simão.

Ou o Adu que teve que ir ao Twitter saber a que horas era para se apresentar no dia seguinte para os treinos.

miguel_canada disse...

Uma casa Portuguesa concerteza...

miguel_canada disse...

Quando e que recomeça o campeonato??? Vamos morrer de saudades do Ricardo, do Rennie e dessa malta toda... :D

Fredy disse...

Grilo:eu conheço bem o beto e o seu valor. é da minha terra, jogou aqui no leixoes e ja o vi no porto..e mantenho a minha opinião: para titular duma equipa grande é uma nodoa!

basta ver as stats: liga: 5j 8golos sofridos total 10j 14g

sofre quase 1,5 por jogo!!

o helton por ex sofreu 26g em 43 jogos. dá pouco mais de 0,5 por jogo.

mas claro..o beto não tem culpa nos golos que sofre..pois lol