segunda-feira, novembro 22, 2010

Moreirense 0 x 1 Porto

A primeira parte foi um longo bocejo, interrompido por um bom lance individual de Belluschi e por dois erros de arbitragem: penalty não assinalado sobre Hulk e lance de golo feito mal invalidado a Antchouet, o elemento mais perigoso do Moreirense. Na segunda parte, o domínio portista acentuou-se, mas Moutinho e Belluschi não chegavam. A entrada de Falcão trouxe alguma objectividade ao ataque, e acabou por ser o colombiano a carimbar a passagem sofrida do Porto aos oitavos-de-final da Taça.
Caso Varela não jogue em Alvalade (e com a ausência confirmada de Álvaro Pereira), a equipa de Villas-Boas perde uma parte importante do seu potencial ofensivo. A não ser que Rafa, Ukra ou Rodríguez mostrem aquilo que ainda não foram capazes de mostrar esta época: que são mais perigosos do que um canto a favor do Porto.

littbarski

1 comentário:

td disse...

Se nao jogar Varela,entra o Ruben e joga-se em 4-4-2,com Hulk e Falcão na frente e com 3 médios de construçao que garantem muita posse de bola.Fucile joga se nao jogar Alvaro.O Rafa tá muito verdinho ainda como se viu em Moreira.