quinta-feira, março 25, 2010

Sosseguem, isto é só uma guerra

A decisão sobre os castigos de Hulk e Sapunaru não é propriamente uma surpresa, desde que lemos a opinião de um especialista na matéria (rol onde não cabem obviamente José Guilherme Aguiar ou Cunha Leal), José Manuel Meirim, sobre a natureza dos agentes desportivos. Vale de pouco que se faça a triste figura de ponderar a impugnação de campeonatos ou que se faça a triste figura que Pragal Colaço fez hoje, mas é óbvio que sto vai ter consequências. Este, como tantos outros nos últimos anos, foi apenas mais um episódio da guerra aberta em que dois clubes se envolveram consciente e deliberadamente para controlar tudo o que podem para ganhar títulos. No meio disto tudo, existe um peão - entre vários peões que são ciclicamente substituídos - cujas decisões e leituras jurídicas singulares são postas em causa por outras instâncias ou tribunais. Tenho pena, porque o senhor é inteligente e o futebol precisa urgentemente de pessoas inteligentes. Mas o problema da inteligência é que pode ser usada de várias formas e para fins diversos.

master kodro

94 comentários:

J disse...

ULTIMA HORA: FCP vai queixar-se da Liga!!!! Argumentam que se o Hulk tb tivesse sido castigado na liga dos Campeoes não tinham levado 5 BOJARDAS no LOMBO do Arsenal!!!

atribodofutebol disse...

O que eu acho absolutamente espantoso é os doutos autores do acórdão da Liga alinharem da tese que os assistentes de recinto desportivo não são intervenientes do espectáculo desportivo quando os regulamentos da Federação dizem o contrário.

Ponto 4 do art.º 1 do Regulamento Disciplinar (definições)

"Entende-se por Agentes Desportivos os membros de órgãos sociais, dos órgãos técnicos permanentes, das comissões eventuais da FPF e dos seus sócios ordinários, dirigentes de Clubes, delegados, observadores de árbitros, árbitros, jogadores, treinadores, preparadores físicos, secretários técnicos, seccionistas, médicos, massagistas, auxiliares técnicos, assistentes de campo, assessores, empregados e outros intervenientes no espectáculo desportivo".

Esta gente é mesmo para levar a sério?

Bruno Pinto disse...

Este caso por si só explica bem a vergonha que foi esta temporada fora de campo. E agora que o FC Porto está arredado do título, o Hulk já pode jogar...

FILHOS DE UMA GRANDE PUTA!!!

Visigordo disse...

Kodro, com as palas que usam hoje em dia, principalmente com um campeonato à vista, queres apostar que isso vai mudar?
Na sua forma. No seu conteúdo. Na sua forma de ter dado a volta, exactamente igual à do FCP....
Cambada de ladrõres!

atribodofutebol disse...

Bruno, o problema para o Porto é que a temporada da equipa também foi uma vergonha dentro de campo...

André disse...

Assistentes de campo é uma coisa completamente diferente de assistente de recinto desportivo

Bruno Pinto disse...

A Tribo do Futebol,

O FC Porto esteve muito abaixo do exigido e do que jogou em temporadas anteriores e essa responsabilidade cabe-lhe exclusivamente a si próprio, às pessoas que comandaram o clube nesta época. Sim, foi uma vergonha, os parâmetros portistas são exigentes; se fosse noutros clubes era considerada normal.

Mas não é isso que está aqui em causa. O problema é saber porque é que Hulk e Sapunaru ficaram sem jogar 17 jogos quando apenas teriam de ter ficado 3 e 4 jogos. O problema é saber com que interesse foram tomadas decisões absolutamente criminosas numa altura em que o FC Porto estava a lutar pelo título palmo a palmo.

Os efeitos precisos de tais decisões - além da impossibilidade de os jogadores darem o contributo à equipa portista - nunca se saberão, é pura especulação tentar adivinhar. O que interessa saber é as razões e com que interesse os jogadores portistas foram punidos 5 e 4 vezes mais do que o justo numa fase decisiva da temporada. A resposta está dada pelo casos sucedidos ao longo da época.

Quem é que vai pagar o erro cometido deliberadamente?!

atribodofutebol disse...

Bruno, percebo essa inquietação, mas quem me garante a mim que esta decisão é mais acertada e menos mal intencionada que a outra?

André,

Admitamos que "assistentes de campo" não são "assistentes de recinto desportivo". Eu também podia dizer que assistentes de recinto desportivo não são público de certeza. O que o acórdão do CJ admite é que são apenas "[intervenientes no jogo], além dos delegados dos clubes e demais pessoas que desempenham funções no quadro das equipas em confronto (treinadores, massagistas, médicos), o director de segurança, o director de campo e o delegado da Liga". Pois bem, o regulamento da própria federação acrescenta a estes "secretários técnicos, seccionistas, auxiliares técnicos, assistentes de campo, assessores, empregados" e outros, que não especifica. Se toda a gente que intervém na organização do espectáculo parece estar incluída, eu tenho alguma dificuldade em perceber que os "assistentes de recinto desportivo" não estejam. Haverá quem mais facilmente acredite que são público. Estão no seu direito.

Hugo disse...

Confirmou-se a golpada montada por Ricardo Costa e seus defensores.
Como se pode considerar agente desportivo, alguém que não pode ser castigado pela justiça desportiva?

Filipe disse...

Do ponto de vista técnico não há nada a apontar quer às decisões do CD quer do CJ, ambas se basearam na interpretação de regulamentos que eram omissos.

Há ainda a desproporção das penas, e já tínhamos visto o disparate aquando da suspensão dos jogadores que aguardavam que o processo se concluísse. Aí os órgãos também se limitaram a aplicar regulamentos (ainda por cima propostos pelo FCP). Andamos todos a criticar os juízes do CJ ou os membros do CD mas quem devia levar nas orelhas foram os clubes (ou um órgão eleitos pelos clubes) que redigiram e aprovaram regulamentos cheios de falhas.

O que espanta no meio disto tudo é a leviandade dos nossos regulamentos. O Cantona levou 9 meses por agredir um espectador. Em Portugal descobrimos que agredir um espectador ao soco é muito menos grave que dar um pontapé no vazio na direcção de um agente desportivo.

comentar disse...

Quando cliquei no link para este blogue, pensei: aposto que o Master Kodro (o vimaranense que torce pelo Braga e sportinguista apaixonado pelo Porto) vai ter alguma coisa escrita sobre a decisão do Conselho de Justiça.
Na mouche!

MB disse...

Há um pormenor que já ninguém parece recordar. É que tanto o Hulk como o Suparanu tiveram suspensos preventivamente aproximadamente 2 meses, devido à eliminação do artigo que estabelecia 12 dias como prazo máximo de suspensão preventiva.

Mesmo que em primeira instância o Conselho de Justiça tivesse decidido pelos 3 e 4 jogos, os jogadores do F.C.Porto teriam sempre estado suspensos preventivamente mais tempo do que o que definido pelo castigo, simplesmente porque não há limite de tempo para a suspensão preventiva!

Ou seja, se o F.C.Porto quer pedir indemnização a alguém, que peça a si próprio, porque acabou por ser o responsável pela maioria dos jogos perdidos por Hulk e Suparanu(ao propor eliminar os tais 12 dias como tempo máximo de suspensão preventiva).

Se a legislação desportiva está feita de forma a que alguém possa cumprir uma pena, mesmo que na instância final esta seja anulada ou reduzida, se calhar alterava-se a legislação, não? Sobretudo que seja mais rápida.

Percebo a indiganção dos portistas...estar privado do jogador que perde mais bolas por jogo no campeonato, deve ser frustrante, assim como de um gajo que entra em campo aproximadamente as mesmas vezes que um Luis Filipe.

MB disse...

"Mesmo que em primeira instância o Conselho de Justiça "

Substituir Conselho de Justiça por conselho disciplinar

Quetzal Guzman disse...

Pergunto-me é o que vão fazer à Lei aprovada em 2004. Acabámos de perceber que não existe enquadramento desportivo para os stewards. Assim sendo, não podem desempenhar funções num estádio de futebol. O Governo vai dizer alguma coisa?

Quetzal Guzman disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rearviewmirror disse...

Tomando de barato que os juizes do CJ são mais competentes que os juizes do CD da liga (que isso ninguem consegue provar) segundo os regulamentos aprovados por todos os clubes (menos o SLBenfica) os jogadores do FCP ficariam sempre 2 meses em suspensão preventiva, devido aos limites dos prazos processuais legais.
Ou seja, de 20-12 até 20-02, os jogadores falhariam 11 jogos (5 da liga, 2 da taça de portugal e 4 da taça da liga).
Mesmo se os tais 3/4 jogos tivessem sido aplicados pela CD da liga, e não houvesse razão para o recurso, haveriam sempre razões de queixa no final.

São estes os regulamentos que regem o futebol português (não aprovados pelo Benfica)

Rearviewmirror disse...

"2 - Porquê a redução?

No entendimento dos conselheiros, a Comissão Disciplinar da Liga aplicou o artigo errado. O mais correcto seria o 120º do regulamento disciplinar, referente a agressões a elementos do público, puníveis com suspensão de 1 a 4 jogos."

fonte jornal oJogo. 25.03.10

Ou seja, os Stewards são os unicos elementos do "publico" que estão no estádio a receberem dinheiro para fazerem... qualquer coisa...

Que palhaçada...

td disse...

Meus caros,um steward é uma pessoa igual a nós (publico) em que a unica diferença é que por 25 euros vao ao estadio e apalpam o restante publico e alguns ficam de costas para o relvado.São o publico dos estadios com entrada de borla e com uns trocos para tabaco.Acabado o jogo,tiram o colete e vao comer uma francesinha ou um bitoque.É preciso ser DOUTOR ou JUIZ para perceber a funçao/qualidade/importancia de um steward?

Mocho Astuto disse...

rearviewmirror,

os vendedores de bebidas e pipocas também estão no estádio a receber dinheiro para fazer "qualquer coisa" e não é por isso que são intervenientes no jogo

Ricardo disse...

Portanto, túnel para cá, túnel para lá e o culpado disto tudo - pelo menos a ajuizar por aquilo que sportinguistas, portistas e bracarenses dizem - é o... Benfica.

Hulk e Sapunaru agrediram stewards. Outros do Porto também, esses sem quaisquer sanções. Culpa disto? Do Benfica, porque pôs lá esses elementos maldosos para provocarem os jogadores do Porto que, coitadinhos, vindos de derrota tinham de descarregar em alguém. Ainda por cima alguém que não é "elemento desportivo". Compreende-se, claro.

Hulk e Sapunaru, não fosse esta medida injusta de os, primeiro, suspender, e depois castigar, tinham seguramente sido os melhores jogadores deste campeonato. Nem quero pensar a quantidade de golos e de passes geniais que Hulk teria feito - neste momento, o Porto lideraria isolado, com mais de 100 golos marcados no campeonato. Sapunaru, esse, seria o rei das assistências e um forte quase indestrutível naquela ala direita. Retiraram-nos dos relvados? Culpem o Benfica, que só assim é que consegue lutar pelo campeonato. De outra maneira, aquele futebolzinho encarnado andaria já a 11 pontos do grande Porto de Hulk e Sapunaru, levaria 3 na final da Taça da Liga do grande Porto de Hulk e Sapunaru e 5 do Marselha. Assim, sem os grandes Hulk e Sapunaru nos relvados portugueses, este benfiquinha tem feito umas coisas. Mas não esqueçamos o fundamental: os túneis, senhores, o túneis!

Mas... "túneis? não era só um?"

Não, há ainda outro, o túnel de Braga. Onde jogadores do Braga agrediram o Cardozo e foram castigados. Além da expulsão ao Cardozo. Mas porquê? Ora, porque foi agredido, está bem de ver! Agredido, logo... expulso e castigado. Mas de quem é a culpa? Imagino que já saibam a resposta por esta altura.

É preciso ser muito grande (e, já agora, jogar muito futebol) para aturar esta porcaria toda. Viva o Benfica!

Miguel disse...

um steward nem é agente desportivo, nem é apenas um elemento do público. É um elemento de apoio à organização e deverá ser assim sempre considerado. O facto do enquadramento jurídico não os considerarem não pode servir para que, quem decide, o faça da forma que melhor lhe aprouver. Esta última decisão está tão certa/errada como a decisão do conselho de disciplina da Liga. O resto é conversa suspeita de adepto de clube.

Quetzal Guzman disse...

Certíssimo Miguel. Mas parece-me imnportante, e urgente, clarificar o estatuto dos ditos. É que se enquadramos os senhores como público, esvazia-se a sua função, ponto final. Os vendedores de pipocas não me podem revistar, não me podem impedir de sentar em determinada cadeira, não me podem impedir de entrar no relvado, não estão referidos numa Lei que os apresenta como alternativa obrigatória a um agente de autoridade.

Pedro disse...

Claro...o mk tinha q meter o SLB ao barulho...andavas mortinho.

Para quando um Rui Costa report? Temos saudades...

Mas ainda alguem fica surpreso com as maroscas azuis e brancas?

Rearviewmirror disse...

MOcho

Em relação ás definições de agentes desportivos, no site da FPF, existe este artigo:
Ponto 4 do art.º 1 do Regulamento Disciplinar (definições)

"Entende-se por Agentes Desportivos os membros de órgãos sociais, dos órgãos técnicos permanentes, das comissões eventuais da FPF e dos seus sócios ordinários, dirigentes de Clubes, delegados, observadores de árbitros, árbitros, jogadores, treinadores, preparadores físicos, secretários técnicos, seccionistas, médicos, massagistas, auxiliares técnicos, assistentes de campo, assessores, empregados e outros intervenientes no espectáculo desportivo".

Auxiliares técnicos, assistentes de campo, empregados e outros intervenientes no espetaculo desportivo, são o quê?
Segundo esta definição (que está no site da FPF), o homem dos gelados pode ser englobado como interveniente no espetaculo desportivo, porque recebendo dinheiro de alguem para desempenhar determinada função, passa a ser empregado.
Ou estou muito errado?

O maldoso do Ricardo Costa e o resto dos juizes do CD da Liga dizem que os "stewards", por não haver legislação especifica que os defina, não são publico.

O CJ diz que são publico.
A erva que eles fumam deve ser melhor que a minha.

Nota: Cantona agride adepto em Inglaterra = 9 meses.
Jogador A B ou C agride adepto em Portugal = maximo 4 Jogos.
Tambem está bem...

Rearviewmirror disse...

Em o PUBLICO

"Apesar de ter reduzido substancialmente as penas aplicadas a Hulk e Sapunaru pela comissão disciplinar (CD) da Liga, o conselho de justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), considerou ontem legítima a interpretação do órgão presidido por Ricardo Costa. Inicialmente suspensos por quatro e seis meses, os castigos aplicados aos jogadores do FC Porto foram redefinidos e fixados em três e quatro jogos, respectivamente, ao mesmo tempo que foi confirmado o castigo do bracarense Vandinho (três meses de suspensão). Uma decisão incompreensível para responsáveis da Liga.

Na interpretação do papel dos stewards nos estádios de futebol residiam as distintas molduras penais a aplicar aos dois futebolistas, condenados por agredirem um steward no túnel de acesso aos balneários do Estádio da Luz, dia 20 de Dezembro do ano passado, no final de um Benfica-FC Porto, para o campeonato.

Se para a Liga, os referidos stewards inseriam-se no âmbito de "interveniente no jogo com direito de acesso ou permanência no recinto desportivo", para o CJ não. Duas interpretações que fazem toda a diferença, já que, no primeiro caso (artigo 115.º Regulamento Disciplinar da Liga), o quadro penal implicava uma suspensão de seis meses a três anos, que seria substancialmente reduzida na segunda hipótese: um a quatro jogos (artigo 120.º, alínea J).

O PÚBLICO apurou junto do CJ que, face à ausência de uma definição precisa nos regulamentos desportivos profissionais a enquadrar o papel dos stewards, não restou outra alteranativa a este órgão que não fosse equiparar estes seguranças aos espectadores, também eles com direito de acesso e permanência nos referidos recintos, mas sem nenhum papel "interventivo".

Apesar de não concordar, o CJ considerou "legítima" a interpretação da CD da Liga relativamente a este caso. No acordão é, inclusivamente, referido que a análise deste caso não é linear, não se tendo verificado nenhum erro grosseiro ou tentativa de prejudicar algum clube ou jogador por parte da CD.

Para o CJ, os factos foram dados como provados, sendo inequívoca a existência de agressão por parte dos jogadores envolvidos, que tiveram um comportamento "censurável" a todos os níveis para este órgão jurisdicional.

Pouco receptivo à interpretação do CJ mostrou-se, ontem, o CD da Liga. "É uma tristeza esta decisão", disse ao PÚBLICO fonte daquele órgão. "O CJ considerou que, para além dos treinadores, dos médicos, dos massagistas e das restantes pessoas ligadas às equipas, só integram o conceito de agentes desportivos os directores de campo, directores de segurança e o delegado da Liga. Todos os restantes elementos que têm o direito de acesso e estão a exercer funções no recinto desportivo, não entram na norma. Portanto, nesta leitura, os polícias são espectadores, tal como os bombeiros e os stewards", acrescentou ao PÚBLICO a mesma fonte.

Apesar das divergências interpretativas, os dois organismos convergem nas críticas aos responsáveis pela elaboração dos actuais regulamentos desportivos, que consideram os grandes culpados pelos conceitos aplicados, que deixaram muitas "zonas cinzentas", susceptíveis das mais variadas leituras. Para o CJ, esta "nebulosa" do regulamento disciplinar terá levado a Liga a aplicar um conceito amplo na definição do papel dos stewards: "Pela primeira vez, no próprio regulamento, foi utilizado um conceito de "interveniente no jogo com direito de acesso ou permanência no recinto desportivo", mas que não está definido em nenhuma parte do regulamento, onde é utilizado esporadicamente."

Conclui-se que Policias, Bombeiros e 'Stewards' são publico.
Está bem...

rui disse...

Rearviemirror,

vou explicar para que percebas...muito resumidamente, um agente desportivo é alguem que pode ser castigado pela justiça desportiva, ou seja, caso se prove que tenha cometido uma ilegalidade é aplicado um castigo disciplinar. Agora diz-me lá qual foi o castigo que os tais stewards levaram? Ah é verdade não houve...e sabes pk? Porque não sao agentes desportivos...aliás essa constatação o ricardo costa tem no parecer...para imediatamente a seguir considerá-los para que os jogadores do porto fossem castigados. Ou seja, ng no seu perfeito juizo, CD ou CJ, tal como vem nos pareceres castigou os stewards, exactamente pk não sao agentes desportivos. Como tal, nao se pode dizer que passam a ser para poder aplicar multas mais pesadas.
Por isso quando o CJ vem dizer que é vergonha nao poderem ser considerados agentes desportivos, eles proprios dizem que nao sao pk nao os castigam...

É assim tao dificil de perceber ou queres que faça um desenho? É que se for preciso eu faço...as vezes parece que algumas pessoas gostam de se fazer burras...


ruibonga

Rearviewmirror disse...

Faz la o desenho s.f.f.

rui disse...

Agr n tenh tempo.

Pf depois espera que eu depois faço. Obrigado.

Ruibonga

Rearviewmirror disse...

"Portanto, nesta leitura, os polícias são espectadores, tal como os bombeiros e os stewards", acrescentou ao PÚBLICO a mesma fonte."
In Publico

Ou seja, não pode haver um jogo de futebol sem policiamento, mas eles são equiparados a publico.

Explica-me esta quando poderes (com ou sem desenhos)

littbarski disse...

Sem público é que não há futebol de certeza. E o que esse senhor que convoca conferências de imprensa lastimáveis para se gabar de colocar (indevidamente) os melhores jogadores do campeonato fora dos relvados faz não é mais do que contribuir para menos verdade desportiva, futebol de menor qualidade, menos público. Se tivesse o mínimo de vergonha na cara, depois de ver as suas teses sucessivamente derrotadas pelas instâncias superiores, já se tinha ido embora. Mas, se calhar, para isso, era preciso que os bons jogadores fossem mais importantes do que os lugares certos na Liga...

último! disse...

E dentro de campo? Não interessa pois não?

Chorem, gritem o que quiserem mas dentro de campo o Benfas não tem dado hipoteses.

Pedro disse...

"os melhores jogadores do campeonato fora dos relvados "

LOLOLOLOLOL

master kodro disse...

Ricardo, o André Leone foi expulso pelas mesmas razões e nas mesmas condições do que o Cardozo. É um pormenor que insistes em querer esquecer sem que eu consiga perceber a razão.

luis disse...

O Leono não agrediu ninguém MK?

td disse...

Agora percebo o porquê do Benfica concordar com o 1º castigo dos jogadores do Porto? "nao queremos prejudicar mais os jogadores""a Liga tem razao""é justo"etç,etç. Pois é, o problema é que o Porto nao dorme e tem um magnifico advogado capaz de ganhar um caso contra a uefa e acham que nao ia ser capaz de ganhar o caso contra o advogado do Benfica e/ou da Liga?Bem me dizia o meu amigo Tozé que é padeiro e steward nas horas vagas que o caso ainda ia dar que falar.E não é que o padeiro/steward tinha razão.

littbarski disse...

"E dentro de campo? Não interessa pois não?"

Interessa, último!, claro que interessa. Pode não interessar sempre, como não interessou aos dirigentes do Benfica e à generalidade dos benfiquistas, durante os últimos anos, mas de vez em quando o Benfica acerta e até os clubes adversários, a fazerem épocas medíocres, como é o caso do Porto, são elogiados. Sobre isso, o que se passa dentro de campo, disse ainda há bem pouco tempo o que pensava. E agora digo o que penso sobre o que se passa fora dele, se não te importares.

Não, Pedro, os melhores jogadores que actuam no nosso campeonato não são todos do maior do mundo. Um deles chama-se Hulk, é do Porto, e ficou mais 15 jogos do que devia sem poder jogar, por causa da tese peregrina do justiceiro-mor da Liga. Outro chama-se Vandinho, punido com 3 meses de castigo pela lupa do mesmo senhor, por ter cometido o gravíssimo delito de esticar uma perna em direcção a alguém que o empurrou.

luis disse...

Tomo a liberdade de postar aqui um comentário feito pelo David, na caixa do Sectorb32.

"Não há propriamente um vazio, há uma interpretação que pode divergir por culpa da omissão da palavra steward da lista de agentes desportivos presente nas leis da FPF. Aqui vai a tal lista:

"Entende-se por Agentes Desportivos os membros de órgãos sociais, dos órgãos técnicos permanentes, das comissões eventuais da FPF e dos seus sócios ordinários, dirigentes de Clubes, delegados, observadores de árbitros, árbitros, jogadores, treinadores, preparadores físicos, secretários técnicos, seccionistas, médicos, massagistas, auxiliares técnicos, assistentes de campo, assessores, empregados e outros intervenientes no espectáculo desportivo".

A questão perante a qual o CD da Liga e o CJ da FPF se debateram é se haviam de considerar ou não os stewards incluídos nesta lista, nomeadamente no termo "assistentes de campo" ou no termo "empregados" ou ainda no termo mais lato "outros intervenientes no espectáculo desportivo." Tendo em conta que a alternativa era equiparar os steward a meros adeptos, o meu senso comum diz-me que uma das opções é muito mais lógica do que a outra.

Convém referir que o estatuto de Steward já é contemplado pelas leis portuguesas desde 2004. Mas a lei da FPF é mais antiga, daí que seja compreensível a não utilização da palavra steward na tal lista.

Aqui está a opinião de uma fonte do CD da Liga depois de conhecida a decisão do CJ da FPF:

"O CJ considerou que, para além dos treinadores, dos médicos, dos massagistas e das restantes pessoas ligadas às equipas, só integram o conceito de agentes desportivos os directores de campo, directores de segurança e o delegado da Liga. Todos os restantes elementos que têm o direito de acesso e estão a exercer funções no recinto desportivo, não entram na norma. Portanto, nesta leitura, os polícias são espectadores, tal como os bombeiros e os stewards".

Engraçado não é? E para ajudar mais à festa, aqui vai outro contributo interessante que mostra que, com a decisão de ontem, a FPF atropelou a sua própria jurisprudência:

"Ao enquadrar os stewards como “público”, o Conselho de Justiça (CJ) da Federação contraria as suas antigas decisões em casos idênticos. Fernando Mendes (E. Amadora-FC Porto, 1997), João Vieira Pinto (Rio Ave-Benfica, 1997) e Duah (V. Setúbal-U. Leiria, 1998) agrediram bombeiros e o CJ não teve dúvidas em classificar as vítimas como intervenientes no jogo, quando, em vigor, estava a mesma regulamentação que castigou Hulk e Sapunaru." in correio da manhã"

luis disse...

", por ter cometido o gravíssimo delito de esticar uma perna em direcção a alguém que o empurrou."

É contra argumentos destes que temos de discutir.

Todos sabemos que quando alguém é empurrado, estica a perna. E como sabes que foi empurrado?

Bruno Pinto disse...

O que mais me revolta é que para esta escumalha benfiquista, aconteça o que aconteça ao longo da história, o Benfica é e sempre será um clube honrado e acima de qualquer suspeita, enquanto o FC Porto, ganhe o que ganhar e tem sido abismal, será sempre um clube onde impera a ilegalidade.

O FC Porto fez temporadas memoráveis, teve equipas fantásticas, ganhou o campeonato autenticamente a passear, cilindrou os rivais durante anos e anos a fio; para esta escória a culpa é da suposta corrupção. Processos arquivados? Que interessa isso caralho?? A justiça neste país também é azul! Esta temporada tem sido pródiga em casos fora dos relvados, mas para esta gentinha o primeiro lugar do Benfica deve-se exclusivamente ao seu maravilhoso futebol. É absolutamente fantástica a falta de vergonha na cara desta gente!!

Até o José Marinho, esse projecto de jornalista, que para bem da imparcialidade e bom nome do sector deixou de o ser, se permite vir lançar bitaites acerca desta matéria, qual fervoroso adepto benfiquista; mas que para mal dos pecados dos assinantes SportTV, ainda têm que ouví-lo a narrar, mediocremente, jogos internacionais.

Um estudo sociológico acerca desta escória por favor.

master kodro disse...

luis, o Leone não é o Ney, nem o Vandinho, nem o Mossoró. O Leone foi expulso pelas mesmas razões do Cardozo. E vocês esquecem-se disso. Tal como se esquecem que não viram os 15 minutos de todas os ângulos do túnel.

Treinador de Sofá disse...

Vamos lá ver uma coisa.
Os "ARD" (designação correcta para os elementos da segurança privada do recinto desportivo) podem não ser considerados "agentes desportivos", visto (e concordo) não estarem sob alçada da justiça desportiva (se consideramos que a justiça desportiva só se resume a jogos de suspensão e não consideramos que também engloba o afastamento temporário ou total das funções e/ou das competições, bem como multas e/outras sanções previstas no quadro jurídico da Liga e/ou Federação, aceite pelos seus respectivos membros). Mas, lamentavelmente, considera-los "público", quando os regulamentos não o indicam como tal, é de uma imbecilidade atroz (imbecilidade jurídica made in portugal). Estranho é os regulamentos da FPF seguirem nesta direcção (dos ARD serem público), quando estes mesmos regulamentos não os indicam como tal. Mais ainda, sabendo de que, supostamente, FPF, perde (ou perdeu, se o despacho já saiu ou se ainda está ser feito) o seu estatuto de utilidade pública. O que isso provoca? Presumo que não seja necessário fazer um desenho. Embora gostasse de saber, como é que L. Dias o vai fazer sem afectar as selecções e equipas nacionais (perdão, uma equipa nacional) em provas internacionais (bem como não irá isto afectar a promulgação de resultados das competições da FPF, é uma supresa). Será o primeiro caso de alguém que consegue fechar a gaveta á chave, com a chave dentro da gaveta?

Treinador de Sofá disse...

Mas voltando aos ARD e ao ponto real de toda esta conversa e que toda as pessoas querem fugir dela.
Para os iluminados jurídicos do nosso pais, não interessa o acto perpetuado e comprovado factualmente, só interessa quem foi a "vitima", neste caso. Mais, o ridículo nisto tudo é que é bem mais grave uma agressão a um colega de profissão (jogador a jogador, por exemplo) do que a um "elemento do público" (jogador a um ARD, por exemplo), independentemente dos danos causados/provocados. É esta diferença que não faz sentido algum quando estamos a falar de agressão consumada e não acto de defesa pessoal (e é isso que se vê nas tão badaladas imagens do túnel). Qualquer acto de agressão deve ter uma pena severa, independentemente de quem for a vítima ou quem for o autor. Sendo que a punição deve ser tanto dentro da estrutura interna do clube bem como dentro da estrutura externa da competição. Estamos a falar de atletas de alta competição que ganham muito dinheiro, fazem gerar muito dinheiro e valem muito dinheiro (embora muitas vezes mais que dinheiro vivo valem crédito bancário). Mais, são vistos como exemplos para todos e a imagem conta muito no meio da promoção da e/ou do Federação/Competição/Clube/Atleta tanto para consumo interno como para consumo externo. Ao partir para um acto de agressão fazem o inverso da sua imagem (por vezes demasiadamente imaculada) e corrompe esse propósito.
Noutro ponto, a presença dos ARD no túnel de acesso ao recinto (e área envolvente), está devidamente creditado tanto pela Liga (que gere e organiza a competição) como pelo MAI (organismo governamental que tutela e fiscaliza a actividade das empresas de Segurança Privada) pela pessoa do mais alto graduado da PSP presente no local e reforçado por qualquer agente de segurança pública (agente da psp) também presente no local. Estranho é que se faça um berreiro por causa da presença da Prosegur/Benfica (neste caso especifico) naquele local e não se faça de igualmente para caso todo semelhante para com a 2045/Braga (no túnel do estádio AXA no Braga x Benfica), em que os dispositivos dos tais elementos é de todo igual. Não é preciso ser um génio para perceber a importância destes elementos em ambos os casos no acto das suas funções profissionais naquele local (salvo um excesso de zelo que ultrapasse a sua função). Já agora e visto que este ponto também suscita alguma dúvida para alguns, se os ARDs não poderiam estar naquele local, como poderia lá estar o chefe de segurança do FCP visto este não ser de maneira alguma um "agente desportivo" nem tão pouco se enquadra na estrutura de segurança do próprio recinto? Especialmente tão perto do(s) balneário(s)? Deixo esta pergunta no ar para quem se sinta especialmente inspirado para responder...

Treinador de Sofá disse...

E já que o MK fala em guerra (mas insinua o alvo de forma errónea), só uma achega: até este momento só conheço nas competições nacionais, um caso de um clube que tenha atletas seus envolvidos em casos de suspensão (devido a expulsão e/ou agressão) e que se vê essas penas reduzidas (em alguns casos, alegado que não existe re-incidência do atleta). É verdade que não foram todos os casos desse clube, mas curiosamente, gosto do timing dessas decisões. Já para não falar da (falta de) aplicabilidade (ou outra falha técnica) dos famosos sumaríssimos em actos profundamente reprováveis (em vários aspectos) a alguns atletas. Se Katsouranis (num famoso Setubal X Benfica) sofreu um sanção neste quadro disciplinar, porque não sofreu Bruno Alves e Songou (no ultimo Academica x FCP) ou (C.) Rodriguez (e também, outra vez, Bruno Alves) na final da taça da liga. Se Derlei (e Petit se não me falha a memória) foi punido com um sumarissimo por uma tentativa de agressão/agressão consumada, porque não o é Bruno Alves e R. Meireles, após os actos visionados na Final da Taça da Liga. Sei que alguns vão trazer o Luisão à baila, no qual concordo que devia ter sido expulso devido ao acto perpetuado, mas o mesmo foi aplicado a Javi Garcia (2 jogos de suspensão) e Cardozo foi suspenso por 3 jogos por ter levado 3 estalos. É guerra, sim senhor MK, mas quem a começou foi um senhor dirigente, que atingiu o seu cargo de forma meteórica à já umas décadas atrás e usa esta guerra para atingir os seus objectivos desportivos. E nesta onda, muitos peões já tombaram bem como pessoas com capacidades de dignificar as suas funções bem como as competições/instituições que representam.

Por isso, e para finalizar, caso um jogador seja provocado e se quiser dar um "excerto de porrada" é melhor que faça a um adepto na bancada (ou um outro elemento que não seja "agente desportivo") e não a um colega de profissão pois o mais grave que pode acontecer é ficar 4 jogos suspenso. Que boa imagem esta do nosso futebol, infelizmente.

tp disse...

1. A quantidade de peritos em Direito que há por aqui é assombrosa. Permiram-me que lembre o seguinte: 6 Juízes ( o CJ da FPF )decidiram que os Stewards não são agentes desportivos. Se são imparciais ou não ninguém sabe. Mas 1 deles, pelo menos, foi já filmado a dar vivas ao benfica na casa das galinholas de Palmela. Portista não será.....

2. Quam achou que os stewards eram agentes desportivos foi um assistentezeco de Direito, conhecido por descobrir sempre novas maneiras de castigar o Porto e os seus jogadores e por ter sido observado num restaurante a brindar a 1 golo do benfas no Dragão.

3. Vale o que vale mas 1 advogado da liga, benfiquista, há cerca de 1 mês, conversando com amigos num treino de ténis, afirmou o seguinte:
- A decisão foi inteiramente uma criação do R Costa
- na opinião dele tal decisão do R Costa era um total disparate e seria " derretida" em qualquer recurso
- O R Costa sabia-o e borrifava-se pois as suas ambições são, acima de tudo , políticas ( há que esperar para ver )
- e de qualquer forma metade do país, pelo menos, vibrava com a sua decisão.

4. De resto podem continuar a " postar ", esgrimindo as vossas teses.Mas, e relativamente a portistas acima que relembram o facto de muitos benfiquistas nunca darem mérito ao Porto e, este ano, como finalmente e 60 milhões depois estão a jogar bem e andam de peito feito à procura de elogios, lembro, apenas, que no jornal do benfica, isto é, num orgão oficial do clube, veio um repelente artigo a afirmar que o Porto ganhou a Champions em 2004 comprando àrbitros. Perante isto, se a direcção do clube é deste nível, se é tão boçal e tão ressabiada, porquê esperar mais da maioria dos adeptos ?

Treinador de Sofá disse...

"master kodro disse...

luis, o Leone não é o Ney, nem o Vandinho, nem o Mossoró. O Leone foi expulso pelas mesmas razões do Cardozo. E vocês esquecem-se disso. Tal como se esquecem que não viram os 15 minutos de todas os ângulos do túnel."

E tu viste?
Não me esqueço de Leone, que parece foi o dano colateral para que Cardozo fosse suspenso. O ridículo é que dois jogadores que efectivamente agrediram (visto, in loco, por pelo menos um dos elementos do trio de arbitragem)tenham a mesma pena que outros dois atletas que não fizeram nada e um até foi alvo de agressões (que se tenha efectivamente visto). Porto ficou privado de um jogador que não é titular (Sapunaru que já foi despachado, por empréstimo, para a Roménia e que tem um rico historial) e de um jogador em baixa de forma (Hulk). O Benfica ficou privado do seu avançado, que só por acaso era uma das peças mais influentes do ataque até aquela data. E não comento as suspensões do Braga, porque para esta "maioria" adepta do futebol, o que aconteceu ao FCP é grave ou que se sucedeu ao Leone e ao Cardozo são "peanuts" (lido nas entrelinhas)
Sim , o FCP tem muitas razões para culpar a liga por causa da suspensão. Ui, muitas mesmo...

Errata: Cardozo levou 2 jogos e não 3 jogos e foram 2 estalos e não três...

Rearviewmirror disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
td disse...

Quem castigou os jogadores do Porto foi o c.d. da Liga,quem reduziu o castigo foi o c.j. da federaçao.Alguem pode explicar porque é que os benfiquistas estao tao revoltados com a redução do castigo? Por acaso foi o benfica que castigou os jogadores do Porto(ler nas entrelinhas)?Será que o LFV se irá demitir tambem em solidariedade para com a Liga(voltar a ler nas entrelinhas)?

Rearviewmirror disse...

Segundo os regulamentos aprovados por todos os clubes (menos o Benfica) os jogadores do FCP ficariam sempre 2 meses em suspensão preventiva, devido aos limites dos prazos processuais legais.

REpito: Por uma lei aprovada pelo FCP, ao contrário daquilo que o Benfica queria.

Ou seja, de 20-12 até 20-02, os jogadores falharam 11 jogos (5 da liga, 2 da taça de portugal e 4 da taça da liga).
Ou seja, tirando esses 2 meses em que o processo decorreu, o Givanildo falhou 4 jogos para o campeonato (2V,1E,1D), 1 jogo para a Taça da Liga(1D), e outro para a Taça de Portugal(1V).

Dando de barato que com o super-Givanildo ganhavam os 2 jogos contra o Olhanense e contra o Sporting (o que não é certo), tinham mais 5 pontos que agora.
Continuavam a estar a 6 pontos do Benfica, a tal equipa dos 103 golos.

Ricardo disse...

Master, ia responder mas depois o Treinador de Sofá disse tudo. A questão não está em esquecer-me do Leone, está apenas na afirmação de que, nos dois túneis, por aquilo que vimos, jogadores do Braga e do Porto tiveram comportamentos errados, pelos quais foram suspensos e castigados. Mas a ideia que os dois clubes querem fazer passar, numa histeria colectiva sem nexo, é a de que o Benfica é que é culpado pelos seus atletas estarem ou terem sido castigados.

Isto é absurdo, profundamente absurdo. Mais ainda quando vociferam contra a "Injustiça" deste campeonato. Como se, além da justiça total nos castigos aos atletas que prevaricaram, o Benfica não tenha sido, de forma arrasadora, a melhor equipa até ao momento.

Não achas isto surreal? Esta aliança Douro-Minho, baseada em mentiras, invenções e dor de cotovelo? Se fosse o Benfica a fazer a figura ridícula que Braga e Porto têm feito ao longo do campeonato e se um deles (Braga ou Porto) jogasse futebol como o Benfica o tem feito, imagino que não serias brando com os dirigentes benfiquistas. Assim, até parece normal a histeria, pelos vistos. Quando a histeria tem sido aberrante, absurda, hipócrita, mal-formada, irrealista e profundamente injusta. É a tentativa de colar qualquer coisa negativa a um campeonato ganho (se o for) pelo Benfica. Já aconteceu em 2005, estamos habituados. Mas se em 2005 foi ridículo não sei que adjectivo usar para descrever este ano, em que temos sido melhores em tudo. E o mais curioso é qje os mesmos que falam em "corrupção" (imagine-se!), são os mesmos que olham para os anos 80, 90 e 2000 com um olhar ingénuo: "corrupção? não, o Porto foi melhor!"; "escutas? não interessam, são inconstitucionais!", entre muitas outras pérolas da análise lúcida e inteligente.

Por mais que queiram, não convencem ninguém. Só os próprios e os cegos.

littbarski disse...

Luis, sei que foi empurrado porque vi estas imagens. E, perante estas imagens, acho um absurdo o castigo do Vandinho. Mas cada qual interpreta o que vê da forma que entender. Só acho estranho que o zeloso presidente da CD da Liga que, à lupa, viu o pé levantado do Vandinho, não tenha visto naquele empurrão aos jogadores do Braga mais do que uma tentativa de apaziguamento (repara que o jogador do Benfica não foi empurrado por esse elemento do Benfica). Nem tenha visto nada de anormal na atitude do causador de toda a confusão: o Di Maria. Sabes, o problema das interpretações é que podem pôr a descoberto as preferências clubísticas de cada um. Eu não escondo as minhas.

Ricardo disse...

"Nem tenha visto nada de anormal na atitude do causador de toda a confusão: o Di Maria."

Littbarski, mostra-me um vídeo em que se veja essa tua verdade.

littbarski disse...

Ricardo, não sou dono da verdade. Dou a minha opinão, nada mais. As imagens, estou certo, já as viste. Interpreta-as como quiseres.

Sérgio_alj disse...

o Littbarski!

Diz lá o que é o Di Maria fez de grave??

Cuspiu para o chão e rematou a bola devagarinho na direcção do banco do Braga, e?

E? Foi tranquilo para o balneário sem ninguem o importunar!!!

Portanto não venhas com tretas que foi o Di Maria que começou!

Basta veres o video, onde o Di Maria desloca-se TRANQUILAMENTE para o balneário!

luis disse...

Desculpa, não consigo entender onde vês esse empurrão (nem o pontapé, já agora).

Epá, empurrões? Não haveria jogadores de nenhuma equipa aos fim das primeiras 5 jornadas.

E eu respeito a tua preferência, assim como respeito as tuas opiniões, apesar de discordar bastante delas, normalmente.

Ricardo disse...

Littbarski, se as imagens de que falas para basear essa tua opinião são as mesmas que eu vi e que, pelos vistos, o Sérgio_alj viu e todos vimos, estamos conversados. Pegando numa frase tua:

"o problema das interpretações é que podem pôr a descoberto as preferências clubísticas de cada um. Eu não escondo as minhas."

De facto, não pões.

littbarski disse...

Luis, eu não falei em pontapé. Quem descobriu o pontapé foi o presidente da CD da Liga e achou que ele merecia 3 meses de castigo. Para mim, aquela situação não justificava qualquer sanção, nem para o trenador-adjunto do Benfica nem para o jogador do Braga.

Sérgio_alj, o que o Di Maria fez foi cuspir e enviar a bola na direcção do banco do Braga. Se é grave ou não, isso depende da interpretação...

Leão de Alvalade disse...

MK:
Esqueceste-te desse "especialista" chamado Pragal Colaço...

master kodro disse...

Não, não vi, Treinador de Sofá e Ricardo. E a questão é mesmo essa. Nem eu, nem vocês viram. Nem eu, nem vocês estiveram no túnel, nem nos balneários nos 15 minutos do intervalo. As imagens nem metade do tempo que durou o intervalo mostram. Vocês passam a vida a dizer que o Cardozo foi mal castigado. Vocês passam a vida a esquecer-se que o Leone também foi expulso. Vocês não viram o Leone a agredir ninguém.

Mas o que é que isso interessa, não é? O Cardozo foi mal expulso. Isso é que é importante. Seja ou não verdade. O outro da outra equipa é um pormenor insignificante.

Hattori Hanzo disse...

Master Kodro ninguém se esqueceu do Leone ... parece que é preciso repetir as palavras do Treinador de Sofá: "Não me esqueço de Leone, que parece foi o dano colateral para que Cardozo fosse suspenso. O ridículo é que dois jogadores que efectivamente agrediram (visto, in loco, por pelo menos um dos elementos do trio de arbitragem)tenham a mesma pena que outros dois atletas que não fizeram nada e um até foi alvo de agressões (que se tenha efectivamente visto)." Quanto à questão da "guerra", só agora é que te lembraste. Ouve as palavras do Erikson sobre o célebre 0-2 nas Antas e depois fala; ou aí isso não interessava?

master kodro disse...

Claro Hattori. O dano colateral para que a conspiração global contra o teu clube se pudesse verificar. Que não passe pela cabeça de ninguém que eles, de facto, se agrediram (coisa nunca vista, o Cardozo nunca agrediu ninguém, como sabemos), e muito menos que fosse o contrário. Porque um jogador do Braga nunca pode ser considerado como mais do que um dano colateral. Claro.

E, sim, lembrei-me da guerra agora. Nunca falei disso antes. Livra. Isto está cada vez pior.

Rearviewmirror disse...

Segundo os regulamentos aprovados por todos os clubes (menos o Benfica) os jogadores do FCP ficariam sempre 2 meses em suspensão preventiva, devido aos limites dos prazos processuais legais.

REpito: Por uma lei aprovada pelo FCP, ao contrário daquilo que o Benfica queria.

Ou seja, de 20-12 até 20-02, os jogadores falharam 11 jogos (5 da liga, 2 da taça de portugal e 4 da taça da liga).
Ou seja, tirando esses 2 meses em que o processo decorreu, o Givanildo falhou 4 jogos para o campeonato (2V,1E,1D), 1 jogo para a Taça da Liga(1D), e outro para a Taça de Portugal(1V).

Dando de barato que com o super-Givanildo ganhavam os 2 jogos contra o Olhanense e contra o Sporting (o que não é certo), tinham mais 5 pontos que agora.
Continuavam a estar a 6 pontos do Benfica, a tal equipa dos 103 golos.

Rearviewmirror disse...

"Vandinho sofreu na segunda semana de Janeiro uma fractura na mão direita. A cicatrização da lesão obrigava ao uso de gesso para que o processo não demorasse uma eternidade. Mas jogar com gesso é proibido, pois pode colocar em causa a integridade física dos adversários. A única solução era esconder o gesso, o que nem é difícil com recurso a ligaduras, camisolas de manga muito comprida ou luvas, que atendendo ao mês em causa foi a solução mais vezes utilizada. O problema é que o capitão tem de cumprimentar o árbitro e nesse gesto Vandinho estaria a denunciar-se. Ao retirar-lhe a braçadeira, Domingos garantiu que nada seria descoberto e que o jogador poderia continuar a ajudar a equipa. Caso contrário, teria perdido quatro jogos que o Braga venceu: Académica, Sporting, Marítimo e Freamunde, este último para a Taça de Portugal. No plantel, todos sabiam os reais motivos da troca de capitão, até porque nos treinos Vandinho não escondia a mão de ninguém e abdicava de participar em exercícios que obrigassem ao seu uso."

Temos batota....

master kodro disse...

Se o gajo partiu a mão, das duas uma, rearview: ou está dopado, ou foi a agredir alguém do Benfica.

luis disse...

Não sei se a história do Rear é verdadeira. Mas acho piada mesmo é à tua prontidão em desviares a conversa do assunto principal, MK.

No fundo, pouco ou nada te interessará se o Vandinho jogou com gesso no braço (e se tal é proibido), porque até pode ser verdade e depois terás de te refugiar no silêncio.

Treinador de Sofá disse...

Sim, MK, só nós o benfiquistas e que criamos conspirações para justificar as más campanhas desportivas. Sim, é tudo altamente justificável e plausível. Os únicos "justos" vencedores dos títulos oficiais portugueses são ora o FCP, clube e dirigentes acima de qualquer suspeita, ora (e neste época) o Braga. Sim, porque não sei se com o Hulk o campeonato não estivesse ao muito tempo decidido e certamente que a culpa de uma Braga não estar invicto neste campeonato deve-se ao castigo de Vandinho após agressão. Peço desculpa, após ter sido "violentamente e vilmente empurrado" e de forma inconsciente, de como alguém tivesse perdido o equilíbrio esticou a perna. Só aqueles senhores em vergonha é que acharam que o jogador estive a agredir e não a ser agredido.
Sobre Leone, já te tinha dito, mas pelos vistos o verbo "parecer" não se encontra bem definido na tua gramática. Mas, como tens sempre razão e os outros (leia-se os "benfiquistas") é que são paranóicos e tem mal-perder, por isso estamos conversados.

Ricardo disse...

Imaginem que isto se passava com um jogador fundamental do Benfica. O Javi, por exemplo, para a comparação ter ainda mais sentido. Façam só essa viagem pelo imaginário. E imaginem o que seria dito.

Treinador de Sofá disse...

Ricardo não é preciso imaginar...

Ainda esta época se fez e faz. Javi Garcia foi suspenso (com um sumarissimo) por agressão (levou 2 jogos). Antes da suspensão ser efectiva, era o "colinho" para aqui, era o "jogador tinha de ser expulso por agredir e era penalti por ser dentro da grande área (?)" para ali. Sem esquecer que David Luiz tinha (e tem) de ser suspenso por "isto" e por "aquilo", que o Luisão também. Todas as semanas é "cabalas" para a esquerda e "conspirações" para a direita.

É só ver os comentários do Rui Bonga, Mr. Blue, Fredy e MK para perceber, que jogar bem não interessa nem justifica o primeiro lugar. O que interessa é que isto é um guerra, e que entre mortos ou feridos, alguém há-de escapar (desde que não seja adepto do SLB).

rui disse...

"Jogar bem" não dá o direito por si só de estar em primeiro lugar...às vezes não chega...que diga por exemplo o arsenal...Por isso sim ha que reconhecer que o benfica joga bem, agora é só por isso que vai em primeiro? Óbvio que não...pois a diferença é tao pequena (para o braga) que qualquer vantagem sobre os adversários é suficiente para decidir um título...


ruibonga

master kodro disse...

Luis, desviar a conversa do assunto principal? Acho que esse era o do post e fui eu que o escrevi. Eu acho engraçado que, não sabendo se é verdade, como dizes, aches tanta coisa, principalmente relativamente ao que eu acho.

São tudo palavras tuas, treinador de sofá. Não tens nenhuma autoridade para me pôr palavras na boca. Os comentários que fiz foram sobre um assunto específico, sobre comentários feitos por pessoas específicas - portanto não são generalizações - e ainda não vi ninguém a explicar-me porque é que o facto de Cardozo ter sido expulso nas condições em que foi é mais ou menos gravoso do que Leone ter sido expulso exactamente nas mesmas condições.

Nada excepto que a expulsão de Leone foi um "dano colateral". Portanto, foi um pormenor no objectivo maior que foi, como é óbvio, para quem o escreveu, atacar o Benfica.

Isso Ricardo, imaginem. Bom argumento. Nestas últimas caixas de comentários em que já lemos que o Varela partiu uma perna porque se dopa, imaginar o que se diria relatiavmente seja ao que for parece-me mesmo o mais importante.

Treinador de Sofá disse...

Por isso sim ha que reconhecer que o benfica joga bem, agora é só por isso que vai em primeiro? [b]Óbvio que não...[/b]pois a diferença é tao pequena (para o braga) que [b]qualquer vantagem sobre os adversários[/b] é suficiente para decidir um título..."

Sinceramente não sei qual o objectivo desta afirmação. Então o Benfica vai em primeiro, porque...?

"São tudo palavras tuas, treinador de sofá. Não tens nenhuma autoridade para me pôr palavras na boca."

Digo e repito: vai ler outra vez e volta que depois falamos.

"Os comentários que fiz foram sobre um assunto específico, sobre comentários feitos por pessoas específicas - portanto não são generalizações - e ainda não vi ninguém a explicar-me porque é que o facto de Cardozo ter sido expulso nas condições em que foi é mais ou menos gravoso do que Leone ter sido expulso exactamente nas mesmas condições."

Nem ninguém o afirma. Tu é que trazes Leone como se fosse algum argumento milagroso. Sim foi expulso em conjunto com Cardozo, por troca de agressões no túnel, segundo e somente visto pelo arbitro do jogo. Ninguem, nem o delegado da liga, que lá se encontrava, vislumbrou qualquer agressão, nem a tão badalada agressão feita por um elemento da 2045 (que supostamente depois abandonou as instalações ou pelo menos aquele local) a Cardozo e Ramires. Nem as imagens mostram. A única coisa que se vê, é na entrada do túnel, com destaque para as "atitudes" (para não chamar outra coisa) de Mossóro, Ney e Vandinho.
E já agora, acreditas que ficaram lá 15 minutos no tunel? Não há balneários naquele estádio?

"Nada excepto que a expulsão de Leone foi um "dano colateral". Portanto, foi um pormenor no objectivo maior que foi, como é óbvio, para quem o escreveu, atacar o Benfica."

Voltamos ao mesmo. Na minha gramática o verbo "parecer" é diferente do verbo "ser". Para ti, tanto faz (essa do "um promenor no onjectivo(...)" é muito bonita, mas nada trás para o teu argumento), desde que mostre que não sabemos ganhar/perder e que andamos a arranjar conspirações.
Expulsões de Leone e Cardozo foram estranhas? Foram, tendo em conta o que se "viu". Agora, num resultado 1-0 para o braga ao intervalo, que é que saiu mais beneficiado com esta situação? Pelo final do jogo (2-0, para o Braga), posso afirmar que o Benfica ficou mais a perder com esta situação.
Se com Cardozo (e Leone) em campo se o resultado seria diferente? Provavelmente.

master kodro disse...

"Sim, MK, só nós o benfiquistas e que criamos conspirações para justificar as más campanhas desportivas. Sim, é tudo altamente justificável e plausível. Os únicos "justos" vencedores dos títulos oficiais portugueses são ora o FCP, clube e dirigentes acima de qualquer suspeita, ora (e neste época) o Braga."

São tudo palavras tuas, dirigidas a mim, como se de alguma forma fizessem parte do meu pensamento ou discurso. Tal como outras absolutamente nojentas que foste deixando nas caixas de comentários ao longo desta semana do mesmo calibre e pior. Não fazem. És incompetente nessa matéria. Não percebes a minha opinião sobre as coisas, pelo que não vou continuar a ter conversas virtuais com pessoas que não percebem o que lhes é apresentado à frente.

rui disse...

"Por isso sim ha que reconhecer que o benfica joga bem, agora é só por isso que vai em primeiro? [b]Óbvio que não...[/b]pois a diferença é tao pequena (para o braga) que [b]qualquer vantagem sobre os adversários[/b] é suficiente para decidir um título..."

Sinceramente não sei qual o objectivo desta afirmação. Então o Benfica vai em primeiro, porque...?"


Está explicado...é o que eu digo. As vezes acho que gostam de se fazer burrinhos (o que nao sao...)

ruibonga

Treinador de Sofá disse...

MK, como tens memória selectiva:

"Claro Hattori. O dano colateral para que a conspiração global contra o teu clube se pudesse verificar."

É de mim ou és tu a proferires tal afirmação (a qual se usares um pouco da tua "sapiência" verás que a minha afirmação tem um encadeamento lógico)?

E como não desejaria tornar isto pessoal (mas tu queres porque não tens outra forma de argumentar quando perdes a razão), fica a vista de todos o teu calibre como pessoa. É impressionante como insinuas sem fim e quando (visto isto ser um espaço virtual mas semi-público) és (justamente, na minha opinião) contrariado (porque não passam de insinuações "hollywoodescas" sem fundamento) resumes-te ora ao silêncio, ora foges ao propósito dos comentários com mais insinuações do mais puro cinismo ou ora simplesmente, para continuar a diversão, partes para a ofensa.

Meu caro, não tens a integridade moral para apelidares os meus comentários seja do que for, quando escreves aquilo que escreves. Nojento e de pura incompetência, é trazeres um texto de um de nós (bloggers), de um outro blog, sem informares e pedires autorização ao seu autor (segundo o próprio isso não aconteceu). Mais, usas (o texto) de forma mesquinha, como se justificasse, algo a respeito dos posts dos dois convidados - Mr Blue e Littbarsky - ou melhor, como se implicasse (ainda mais!!!) os comentários ao Mr. Blue como ofensas. Como é que isto não é pior que os meus comentários (essas vis ofensas à moral do MK) ao longo desta semana, escapa-me por completo.
Lá está, diferença de valores morais...

Treinador de Sofá disse...

"Está explicado...é o que eu digo. As vezes acho que gostam de se fazer burrinhos (o que nao sao...)

ruibonga"

Rui, tu dizes que jogar bem não chega (bem como não dá direito) para estar no primeiro lugar. Que é óbvio (não para mim) que qualquer vantagem é importante para decidir títulos, especialmente quando a diferença para o braga (neste caso) é pequena.

Elucida-me, visto o Porto estar a fazer quase os mesmos pontos que nesta altura fez no ano passado, o Benfica vai em primeiro, porque...?

rui disse...

...Não deixam o braga ir em primeiro.


ruibonga

master kodro disse...

Oh treinador de sofá, a questão é mesmo essa. Tu estás aqui com o intuito de medir o meu calibre como pessoa. Eu estou aqui há 6 anos a tentar discutir futebol e o que o rodeia. E quando alguém com o teu calibre põe em causa alguma coisa que eu digo que apenas me diz respeito - como ser ou não adepto do único clube de que sou sócio como fizeste - uso da linguagem que muito bem entendo.

Pelo que repito: és completamente incompetente a ler as minhas opiniões, porque não as compreendes e as tuas leituras sobre as minhas opiniões estão cheias dos teus preconceitos e não dos meus; fizeste comentários absolutamente nojentos sobre coisas que não dominas, não tens conhecimentos e se queres chamar mentiroso a alguém, aconselho-te a começar primeiro por alguém da tua família ou das tuas relações próximas.

Para terminar, o texto que foi citado - citado - num post foi aqui deixado numa caixa de comentários pelo seu autor. Também não deves ter percebido isso. Começa a não ser novidade.

master kodro disse...

Realmente é espantoso que esteja a ser medido o meu "calibre como pessoa" - por alguém que põe em causa que eu seja adepto do Vitória -, por não ter pedido autorização para citar um texto que foi deixado na caixa de comentários do meu blog pelo seu autor. Extraordinário.

low desert puke disse...

Rui Bonga, visto que insistes em ser o primeiro, ou unico, a fazer-te de burrinho dou-te tres hipòteses de me ajudares a descer ao teu nivel intelectual e assim perceber porque é que "...Não deixam o braga ir em primeiro."

a) - porque o Luisao teve um golo mal anulado em braga;

b) porque o braga ganhou ao Maritimo ao iniciar uma jogada transformada em golo fora das quatro linhas;

c) porque o Meyong nao jogou contra o porto.

Eu, e mais gente, aguardamos que nos ilumines as mentes.

rui disse...

Se kiseres entrar por ai e começar a enumerar casos é so dizer...pk axo engraçado ke fales no ponto b) e nao digs nada do lance que deu a vitoria ao benfica no pior jogo (e que mais anti jogo houve por parte da equipa maravilha) da epoca (sim estou a falr do benfica -porto da primeira volta)...mas sobretudo nao deixam o braga ir em primeiro por causa do caso vandinho...essa vergonha...


ruibonga

Treinador de Sofá disse...

"Oh treinador de sofá, a questão é mesmo essa. Tu estás aqui com o intuito de medir o meu calibre como pessoa."

Tens mesmo uma alta consideração por mim, se pensas que o meu propósito é simplesmente "medir o teu calibre como pessoa". Já-me sinto melhor comigo mesmo...

"Eu estou aqui há 6 anos a tentar discutir futebol e o que o rodeia."

Isso é altamente discutível. Mas é só a minha opinião ou medição do teu calibre.

"E quando alguém com o teu calibre põe em causa alguma coisa que eu digo que apenas me diz respeito - como ser ou não adepto do único clube de que sou sócio como fizeste"

Afinal não sou só eu que meço calibres.

"Uso da linguagem que muito bem entendo."

Parabéns. Nota 5 para a percepção de uma linguagem que bem entendes, porque isto de insinuares a teu bel-prazer e não entender insinuações é complicado. Mas continuando...

"Pelo que repito: és completamente incompetente a ler as minhas opiniões, porque não as compreendes e as tuas leituras sobre as minhas opiniões estão cheias dos teus preconceitos e não dos meus"

Deveras?!
O que posso dizer, foi amor à primeira linha das tuas "opiniões". Sim, este ser cheio de preconceitos (e incompetente) aparece aqui com o único propósito de medir o teu calibre como pessoa.

"Fizeste comentários absolutamente nojentos sobre coisas que não dominas,"

Ui, aposto que tenho uma mente perversa. Falas em comentários nojentos com uma facilidade. Conhecimento de causa? Voz da experiência? Expõe essas vis afirmações que tanto afectaram o teu bom nome, do teu blog e das tuas "mal-compreendidas opiniões".

"não tens conhecimentos e se queres chamar mentiroso a alguém, aconselho-te a começar primeiro por alguém da tua família ou das tuas relações próximas."

E voltamos ao mesmo. Pareces uma rotunda, sempre à volta do mesmo circulo quando existe mais para disso, mas lá está partes para as ofensas quando não tens argumentos. Agradecia que não trouxeste familiares para aqui. Não conheço a tua família nem nunca me foi apresentado os teus amigos e familiares.
Ainda existe alguém que não os "elucidados" adeptos do futebol (e tudo o que rodeia) que não a "escumalha" (um termo que não foi utilizado por ti por isso não te preocupes) de adeptos do único clube que não "merece" ganhar, que te leve a sério. Por este andar, nem a brincar...

"Para terminar, o texto que foi citado - citado - num post foi aqui deixado numa caixa de comentários pelo seu autor"

Se estas a falar da "excelente" prosa do "teu post" de defesa do comentário ao jogo Mr. Blue (http://quatroquatrodois.blogspot.com/2010/03/ainda-vos-dou-uma-hipotese.html )
, não te esqueças de mencionar que estamos a falar da citação de um texto, sem aviso ou autorização prévia para o fazer (dito pelo próprio autor). Se não, sê mais explicito, porque o que se passa aqui são citações de citações de citações. Ei é como tu dizes:

"Também não deves ter percebido isso. Começa a não ser novidade."

Tu, que estás acima de qualquer suspeita neste aspecto é que sabes. Aliás, aqui apenas estou, previsivelmente, para medir o teu calibre como pessoa.

Treinador de Sofá disse...

"Realmente é espantoso que esteja a ser medido o meu "calibre como pessoa" - por alguém que põe em causa que eu seja adepto do Vitória -, por não ter pedido autorização para citar um texto que foi deixado na caixa de comentários do meu blog pelo seu autor. Extraordinário."

Se não percebes as implicações do uso de algo que não é teu, mesmo que tenha sido escrito no "teu" blog de 6 anos na caixa de comentários (se tivermos a falar do texto do rearmirrorview) e usá-lo como uma espécia de arma de arremesso ou argumento válido que comprove alguma coisa (que sinceramente não se percebe o quê), então isso é mesmo extraordinário.
Já agora mede-se em metros ou kilos. Ou existe uma outra medida?

Treinador de Sofá disse...

Rui...

"Se kiseres entrar por ai e começar a enumerar casos é so dizer...pk axo engraçado ke fales no ponto b) e nao digs nada do lance que deu a vitoria ao benfica no pior jogo (e que mais anti jogo houve por parte da equipa maravilha) da epoca (sim estou a falr do benfica -porto da primeira volta)..."

Qual? O jogo em que o Porto esteve 45 minutos sem fazer um remate à baliza? O jogo que o Benfica teve mais hipóteses de marcar que o Porto (que diga o Helton)? O jogo que jogou esse selecionavel da selecção brasileira que (mais uma vez) não fez nada? Corrigo: fez um remate para a bancada em todo o jogo...

Não deve ser esse jogo. Deve ser um outro...

"mas sobretudo nao deixam o braga ir em primeiro por causa do caso vandinho...essa vergonha..."

Sacanas, pá. Uns agridem "público" outros agentes desportivos (acho que o adjunto do Jesus ainda conta como agente desportivo). É ridículo andarmos a castigar estes senhores que querem jogar à bola e nos tempos mortos (leia-se intervalo e fim do jogo) querem arrear em alguém. Sacanas, pá. É injusto. E é só benfica que sai "beneficiado". O Porto (que eu acho que ainda luta por alguma coisa no campeonato) não ganha nada com isto. Nem ganhou, quanto espetou 5-1 no Dragão).
Lê-se com cada coisa...

rui disse...

LOL...que comentário mais parvo...

la por o porto nao ter jogado nada nao ker dizer que o benfica nao praticou anti jogo...e que ganhou como ganhou...enfim...e kt ao resto ja estou cansado de tanta parvoice...


ruibonga

master kodro disse...

Treinador, ainda só tu é que partiste para ofensas. Eu ainda só te disse que és incompetente a compreender o que escrevo (porque o demonstras e só eu é que posso dizer se o és ou não) e para definir qual é o meu clube.

Para chamares mentiroso a alguém, reitero, experimenta com alguém da tua família primeiro.

De facto, parecem-me graves as implicações de citar um texto num blog, que por acaso é meu, que foi deixado voluntariamente na caixa de comentários desse mesmo blog pelo seu autor.

Isto começa a roçar o ridículo. Não tarda começo a fazer o mesmo do que tu e começo a partir para as ofensas. Mas prefiro rir.

master kodro disse...

Seria mais ridículo ainda se na caixa de comentários em que me acusas de citar o texto de alguém, citasses textos meus, sem a minha autorização. Ah, já o fizeste, está bem.

Treinador de Sofá disse...

"Treinador, ainda só tu é que partiste para ofensas. Eu ainda só te disse que és incompetente a compreender o que escrevo (porque o demonstras e só eu é que posso dizer se o és ou não) e para definir qual é o meu clube."

Desculpa? Só eu? Memória fraca, sr. MK. Ou então, é mais fácil fazer de vitima. Mas isso é lá contigo, eu só estou (segundo tu) a medir o "teu calibre como pessoa". Aposto que sou especial para ti, mas lamento que relação seja só de um sentido (sim, isto foi uma ofensa, para que não haja dúvidas).

"Para chamares mentiroso a alguém, reitero, experimenta com alguém da tua família primeiro."

E eu chamei-te "mentiroso" quando? E se essa frase não roça a ofensa (como outros comentários teus)...

"De facto, parecem-me graves as implicações de citar um texto num blog, que por acaso é meu, que foi deixado voluntariamente na caixa de comentários desse mesmo blog pelo seu autor."

Palavras para quê.
Não te esqueças de usar as "minhas afirmações" neste "tete-a-tete" para pores num post como insinuação que os "adeptos do benfica são incompetentes", a gerência agradece.

"Isto começa a roçar o ridículo. Não tarda começo a fazer o mesmo do que tu e começo a partir para as ofensas. Mas prefiro rir."

Sim, porque apelidar alguém de incompetente (entre outros adjectivos que tiveste a facilidade de me lançar em vários comentários que sempre me fizeste) é um elogio. Só te digo que se te chamam de incompetente não é razão para ficares feliz é indicativo que tens (muito) a melhorar. Olha, tenta com a tua família primeiro (sim, isto também foi uma ofensa, só para não haver mal-entendidos).

Treinador de Sofá disse...

"Seria mais ridículo ainda se na caixa de comentários em que me acusas de citar o texto de alguém, citasses textos meus, sem a minha autorização. Ah, já o fizeste, está bem."

Ainda não percebi qual o texto a que te referes. Tu também não dizes o que indica que não te interessa dizer qual ou que não o sabes também, mas dizer mal é porreiro. Eu continuo a achar que é o texto do rearmirrorview (pelo menos é esse que faço alusão nesta "conversa", mais que uma vez), tu não confirmas nem desmentes. Mas como é para dizeres mal não interessa...

Treinador de Sofá disse...

"la por o porto nao ter jogado nada nao ker dizer que o benfica nao praticou anti jogo...e que ganhou como ganhou...enfim...e kt ao resto ja estou cansado de tanta parvoice..."

É difícil ficar sério e ler que o Benfica praticou anti-jogo, quando teve mais oportunidades de golo que o Porto num jogo que ganhou (e bem). O porto jogou mal (como tu não desmentes) mas mesmo assim o Benfica não merece ganhar (apesar de jogo jogado o Benfica ter feito por isso). É de uma injustiça atroz e quem sofre é o Braga...

low desert puke disse...

"e kt ao resto ja estou cansado de tanta parvoice..."

é um problema de consciencia pessoal...

rui disse...

"É difícil ficar sério e ler que o Benfica praticou anti-jogo,..."

É facil entender eu expliko. Se foi o jogo da primeira liga com menos tempo de jogo útil e se houve uma equipa ke amrcou a meio da primeira parte, ora bem a equipa que sofreu golo interessava lhe que o jogo estivesse parado o menos tempo possivel. Logo foi a outra equipa que a causadora do poukissimo tepo de jogo util. Assim sendo, kd uma equipa provoca paragens no tempo de jogo, reduzindo o max o que se joga isso chama-se anti-jogo. Fácil....


""e kt ao resto ja estou cansado de tanta parvoice..."

é um problema de consciencia pessoal... "

Eu nao estava a falar ksg...nao ker acrescentar nada de util a discussao,e só ker provocar, vá insultar po caralho que se foda....


ruibonga

pitons na boca disse...

Oh Rui,

então, quando toda a gente estava à espera que explicasse a sua visão de como uma elemento do publico geral (antigamente conhecido como "steward") é equivalente a treinador-adjunto de um clube, a sua reacção é: "e kt ao resto ja estou cansado de tanta parvoice...".

Que decepção...

Deixa Tar Que Eu Faço disse...

Bem não entrando no insulto fácil como muitos que ao que parece só isso sabem fazer, enquanto outros fogem a perguntas incómodas.
Na minha opinião (que vale o que vale) O vandinho é mal castigado, nas imagens nao se vê patada nenhuma, mas o Mossoró é bem castigado. Em relação ao Cardozo, parto do principiop que se foi expulso certamente nao andou a distribuir beijos no tunel, nem ele nem o Leone.
No entanto acho que quem provocou toda a confusão nao foram os jogadores do benfas, o que dizem sobre o Di Maria é ridiculo, o gajo chuta a bola e cospe para o chão, parece aqueles filmes da máfia, cuspir para o chão é uma ofensa gravíssima.
Em relação ao Hulk, que ele foi provocado não deve haver duvidas, que agrediu também não as há, se devia cumprir o castigo da comissão disciplinar da liga ou do conselho de justiça da federação ja é mais complicado. É óbvio que os stewards não sao equivalentes a treinadores ou delegados da liga, mas dizer que são adeptos também é igualmente falacioso.
Claro que os portistas e anti-benfiquistas em gerl dizem que a CD liga esta comprada pelo Benfica e esta errada, enquanto os benfiquistas dizem o mesmo do conselho de justiça da federação.
Olha cada vez mais estou como o MK, que se fodam esses gajos, vou-me focar no futebol.
Cumprimentos

LT

rui disse...

"Oh Rui,

então, quando toda a gente estava à espera que explicasse a sua visão de como uma elemento do publico geral (antigamente conhecido como "steward") é equivalente a treinador-adjunto de um clube, a sua reacção é: "e kt ao resto ja estou cansado de tanta parvoice...".

Que decepção... "


As minahs desculpas...tenho andado cansado e pelos vistos agora tb n tenho tempo para fazer o tal desenho.


ruibonga

low desert puke disse...

"nao ker acrescentar nada de util a discussao,e só ker provocar, vá insultar po caralho que se foda...."

Coerente.