sexta-feira, fevereiro 15, 2013

Grande resultado do Benfica

Melhor do que a exibição que, na segunda parte, nem foi nada de especial... Chegou a parecer milagroso que o Leverkusen não tivesse marcado (o que, a acontecer, não invalidaria um grande resultado dos encarnados). Os jornais já elegeram, de véspera, o herói do jogo, mas, para mim, foi Artur o grande herói - também necessitado de acertar contas com os adeptos. Olhando bem para a jogada do golo, ela começa com (mais) uma péssima recepção de Cardozo, que perde a bola (e o seu rasto), e foi graças a André Almeida que a jogada prosseguiu e chegou ao paraguaio, que fez aquela pequena maravilha perante a saída do guarda-redes.

9 comentários:

Manuel disse...

Talvez a péssima recepção tenha sido antes um mau passe, não?

Hugo Viseu disse...

Master, não consigo compreender esse teu desdém relativamente ao Cardozo. O mesmo digo a montes de amigos meus lampiões que não podem com ele.
O homem farta-se de marcar golos, acho que vale bem o fartote de dinheiro que pagaram por ele (se considerarmos que qualquer jogador de futebol vale milhões, o que não é a minha perspectiva).
Sim, há melhores e há piores, mas este marca consistentemente há anos e a esta hora já deve estar mais do que amortizado...
Não vi o jogo, só mesmo o golo e pareceu-me bastante bem.

Mr. Shankly disse...

"Talvez a péssima recepção tenha sido antes um mau passe, não?"

Também me pareceu. De qualquer forma, é verdade que o Cardozo esteve ausente o jogo todo, mas tem esta qualidade: tem sempre a auto-estima em alta. Mesmo quando joga mal, quando é assobiado, pode fazer golo a seguir. Mentalmente é muito sólido. Por outro lado, a "ausência" do Cardozo ontem deve-se muito à forma de jogar da equipa. Não fiquei maravilhado com o jogo, esperava mais do Bayer e penso que só a fraca produção dos alemães nos permitiu este grande resultado.

Pedro disse...

Esteve ausente do jogo pq? Pq teve pouca bola? E o jogo sem bola? A forma como desgasta os defesas e permite espaços para os alas entrarem?

Tudo conta.

Antonio Silva disse...

" E o jogo sem bola? A forma como desgasta os defesas e permite espaços para os alas entrarem?"

Traduzindo: fez o trabalho normal de um avançado, não é ficou especado que nem um pinheiro à espera que lhe passem a bola.

master kodro disse...

Não foi um mau passe, foi mesmo um ovo posto, que é algo que lhe acontece muitas, muitas vezes.

Concordo com o que escreveste, Shankly: a auto-estima do Cardozo é algo de fenomenal, que lhe permite fazer este golo com todo o enquadramento que o rodeia (jogo anterior, este jogo até aquele momento, o ovo posto 5 segundos antes).

master kodro disse...

Hugo, com o nível da equipa (são jogadores atrás de jogadores de 5 mihões para cima, ano após ano nos últimos 3-4-5), um treinador de tracção à frente até ao limite do absurdo às vezes, qualquer perneta titular durante 6 anos marcaria montes de golos ali.

O Cardozo não é perneta, mas tem limitações desesperantes, principalmente para o valor que custou.

Eu acho que a grande diferença entre o Porto e o Benfica nos últimos anos está ali. Entre o que cumpre e muito de vez em quando faz uma maravilha com o pé esquerdo e um Falcao, um Jackson, um Hulk.

Manuel disse...

Master, não deves ter visto bem o lance ou temos noções diferentes do que é um passe mau... numa situação em que o jogador vai a correr, um passe para trás é sempre um mau passe. Vê lá, visto de trás da baliza - se o passe tivesse sido bom, devia ter havido um momento em que o Cardozo tapava a bola e isso não aconteceu:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=kdY-me0K5w8

Quantos ao preço: se o comparares com o Falcão, que é um fora-de-série, foi caro, se o comparares com o Walter, que custou €6M por 75% do passe foi baratíssimo... ;-)

miguel.ca disse...

Lol, acho ate que o Ballotelli comparado com o Walter foi baratíssimo, eheheheheh.
Não vi o jogo, nem faço ideia de como jogou o benfas mas o golo do Cardozo foi um grande, enorme golo.