terça-feira, junho 12, 2012

Mais especializado é impossível

Para os gregos marcarem um golo é preciso que juntem os seguintes factores: um mau cruzamento/abertura para a área; nenhum atacante com possibilidades de rematar; um guarda-redes e um defesa com todas as possibilidades de recolherem/cortarem a bola; um choque entre o guarda-redes e o defesa; um remate de baliza aberta. Não é nada fácil e já lá vão dois. Outro momento interessante do jogo foi ver Rosicky, com bola, correr mais do que Karagounis sem ela.

master kodro

5 comentários:

Francis disse...

até eu corro mais que o Karagounis

Zé Luís disse...

O Karagounis - he´làs! - que o F. Santos dispensou do Benfica numa 1ª fase e depois levou com ele durante o resto, quase toda, a época...

G. disse...

O Hulk, com bola, também correu mais que o Rochemback sem ela.

PeLiFe disse...

Muito bem lembrado G.
Que apresentação brutal nos deu o homem. Foi uma corrida fantástica que acabou num remate brutal.
O valor pago de 5M€, que na altura pareceu caro, ficou, logo nesse momento, barato.

Riga/V-1-Boy disse...

realmente os gregos sem ofertas da defesa adversaria, nao marcam.

e o dzagoev ja vai com 3 golos